Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

A taça que Ronaldinho não tem

24 de abril de 2006 1

A bola sabe quem a trata bem, muito bem/Luca Bruno, AP
Aposte em um. Só num. Fique com o Barcelona.

Ninguém merece mais a lustrosa copa da Liga dos Campeões do que o número 1 do planeta. Ronaldinho é o melhor jogador da competição, a mais rica, importante e bem organizada da Europa, perdendo apenas para a Copa do Mundo. Mas o Mundial acontece de quatro em quatro anos. A Liga dos Campeões é anual.

Ao Barça falta aquilo que sobra ao Milan: tradição em finais de competições continentais. Ás vezes, o passado influi. Cobra seu preço. Mas agora, talvez, não seja o caso. O alquebrado Milan, além de observar uma série de jogadores na enfermaria, Kaká entre eles, ainda precisa superar o gol que levou no San Siro no jogo de ida. Encarar aquilo que os italianos odeiam. Buscar o ataque e não ganhar o campo para atacar.

O Milan jogou no final de semana. O Barçelona descansou. Todos os ventos sopram as velas do barco do Barcelona.

Do outro lado, no jogo de terça, é impossível esquecer o dinâmico Arsenal e, quem sabe, seja bom esquecer o interessante Villarreal, a zebra. O Arsenal venceu o primeiro jogo. Foi 1 a 0 e, assim, os ingleses jogam como mandam seus manuais. Atrás, esperando o adversário se abrir. Usando o mortal contra-ataque.

O Arsenal é um time inglês que não usa jogadores ingleses. Na maioria dos jogos, em casa ou fora, todos os titulares são estrangeiros: do goleiro da seleção alemão (Lehmann), passando pelo meio-campo brasileiro (Gilberto Silva) ao atacante da seleção francesa (Henry). O técnico Arsène Wenger é um dos melhores da Europa, cobiçado por Real Madrid e mesmo pela Seleção da Inglaterra.

O Arsenal eliminou Madrid e Juventus, jogou melhor e não levou nenhum gol. Usa um esquema compacto, de passes curtos e rápidos. A idéia é servir obrigatoriamente o hábil, veloz e preciso Henry, rodeado por jovens jogadores como Hleb, Cesc, Ebouè, Senderos, Flamini, Van Persie.

O Arsenal chega nas semifinais da Liga dos Campeões pela primeira vez em toda a sua história centenária. Não vai querer perder o metrô da final.

Postado por Zini, Porto Alegre,

Bookmark and Share

Comentários (1)

  • Marcus diz: 25 de abril de 2006

    Fala sério!
    O Ronaldinho vai ganhar a taça e o premio de melhor jogador da copa!

Envie seu Comentário