Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

O exemplo de outra Inter, a de Milão

24 de setembro de 2007 4

Roberto Mancini, técnico da Inter de Milão/Murad Sezer, AP
O Inter precisa entrar forte e firme na discussão judicial sobre o Brasileirão 2005. Deve imitar outro Inter. O de Milão ganhou na Justiça o título que a Juventus conseguiu em campo, mas com a ajuda dos árbitros no campeonato 2005/2006.

Viu ainda a Juventus ser rebaixada, cair de divisão, passar da Série A para a B. Assistiu de camarote juízes serem punidos e dirigentes banidos do futebol. Com satisfação, aplaudiu quando Milan e Lazio perderam pontos e começaram o campeonato 2006/2007 lá no fundo da tabela, devendo pontos já na primeira rodada.

 A Itália ainda não se recuperou do escândalo. Basta observar o público nos estádios, que murcha a cada rodada. Mas caçou e pegou os culpados, puniu os corruptos.

Se Alberto Dualib, ex-presidente do Corinthians, disse que o Brasileiro-2005 foi roubado, é preciso pensar, estudar as gravações e investigar. Dualib está enterrado até o pescoço na lama, sendo acusado de todos lados. Uma investigação profunda faria bem ao futebol brasileiro. Gente como Dualib não pode ser bem-vinda em nenhum clube. Ele faz mal ao futebol brasileiro. Os que o cercam e acreditam no seus propósitos também.

Postado por Zini, Porto Alegre

Bookmark and Share

Comentários (4)

  • PEDRO GAUCHO diz: 24 de setembro de 2007

    SE O ROUBO DO CORINTIAS PODE SER QUESTIONADO, A GARFEADA QUE O NACIONAL LEVOU NO BEIRA-RIO TAMBÉM? QUE TAL CRIAR A CPI DO “MUNDIAL PIFA”? TEM QUE ARROLAR O JUIZ DAQUELA PARTIDA, O MURICI QUE DEU MOLE E O DENTUÇO QUE RETRIBUIU A ACOLHIDA DO SOBRINHO NO BEIRA-RIO. DÁ PARA FICAR QUIETO?

  • Elton diz: 24 de setembro de 2007

    Parabéns pelo texto, é bem por aí.

  • rodrigo perez pereira diz: 24 de setembro de 2007

    …complementando – caros gremistas, antes de opinarem sobre o ocorrido com o colorado, não esqueçam que o mesmo poderá, um dia, vitimar o tricolor! acho que ninguém perderá se tudo for devidamente esclarecido…

  • JULIANO diz: 24 de setembro de 2007

    O FATO É SIMPLES: NA DÚVIDA, JAMAIS SE ANULAM ATOS, AINDA MAIS SE IRRADIARAM TANTOS EFEITOS E SÃO CONFORMADOS POR TANTAS CIRCUNSTÂNCIAS PARTICULARES COMO SE DÁ NUM JOGO DE FUTEBOL. ESSA É A QUESTÃO BASILAR: COMO, COM BASE EM MERAS SUSPEITAS – E NINGUÉM FALOU QUE HOUVE PROVA DE ATOS ILEGAIS NOS JOGOS

Envie seu Comentário