Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts do dia 25 dezembro 2007

A Europa, o outro caminho de Diego Souza

25 de dezembro de 2007 9

O calendário é inimigo do Grêmio na contratação de Diego Souza. O prazo termina em seis dias, apenas quatro deles úteis. O preço do meia é europeu, o salário soma três dígitos.

O São Paulo diz que não paga (mentira) 4 milhões de euros, acrescenta que é um time formador e não comprador – apesar do investimento em Dagoberto, ex-Atlético PR.

O Grêmio sabe que a contratação de Diego Souza fica cada dia mais complicada. O Benfica não quer o jogador, mas pretende ficar com todos os centavos que tem direito no negócio – 80% dos direitos federativos são do clube, 20% pertencem ao Fluminense.

No Brasil, Grêmio, São Paulo, Fluminense, Flamengo, Palmeiras e Santos acreditam que possam ter Diego Souza em 2008. Ele é o jogador mais cobiçado do Brasil no momento, mais que o goleiro Felipe, do Corinthians.

Os clubes brasileiros não contam com a janela de negociações da Europa que abre por alguns dias o rico mercado europeu. Diego Souza pode ser negociado com clubes que vivem no meio da tabela dos principais campeonatos, os que podem oferecer seis milhões de euros por um jogador como Diego Souza. Não será novidade se talentoso meia jogar na Espanha, na Rússia ou na França na próxima temporada. .

Jogadores como Diego Souza são mantidos apenas em clubes com muito dinheiro. Quem no país tem 3 ou 4 milhões de euros na carteira para oferecer pelo jogador, mais um gordo salário? Eu vejo o São Paulo porque vendeu um zagueiro por 18 milhões de euros – e ninguém mais. Os outros só se correrem aos bancos mais próximos. Aí, os 4 milhões de euros se transformam em 10 milhões de euros, um pouco mais, um pouco menos.. 

Postado por Zini, Porto Alegre

Bookmark and Share