Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

O Grêmio e os seus questionamentos

05 de abril de 2008 21

O Grêmio viu fantasmas outra vez no Estádio Serra Dourada. Tremeu e levou dois gols do Atlético Goianense, um time da periferia da elite do futebol brasileiro, integrante da Série C do Brasil da bola.

O Grêmio não vence no Serra Dourada desde o pré-histórico 1997. A derrota assustou gremistas de todos os costados. Foi a pior atuação do time em meses, talvez a pior desde que o Grêmio voltou ao convívio dos grandes no Brasileirão.

O tropeço, logo na segunda fase da Copa do Brasil, no seu terceiro jogo, obriga o Grêmio a vencer no Olímpico e ainda pedir ajuda a indigesta matemática. Além disso, o Atlético detonou uma série invicta de 18 jogos do azul gaúcho. Pior ainda, alinhou quase o time inteiro do Grêmio, com técnico e tudo, no paredão. Semeou alguns questionamentos. Muitas dúvidas. Algumas certezas.

Celso Roth foi um dos mais criticados, especialmente pela suas mudanças absurdas, quando retirou um volante do time e adicionou um zagueiro. Mudou o esquema tático, usando um sistema que dependia do alas, só que ele não tinha alas no time, nem no banco.

Nem os sérios problemas de lesão que o Grêmio teve durante os 90 minutos serviram para amenizar os ataques ao treinador. Quando o técnico foi chamado para dar o algo mais num jogo decisivo, fazer a diferença, não conseguiu. Não fez a diferença.

A derrota veio na pior hora. No começo da segunda fase do Gauchão, no justo momento em que o Grêmio se destacava com o time de melhor aproveitamento na competição. Tanto que subiu a Serra, enfrentou o sempre imprevisível Juventude e ganhou de 2 a 1 com segurança e competência.

Várias perguntas ficaram no nosso ar de outono, pipocando na cabeça de quem viu o jogo em Goiás e observou os fantasmas do Serra Dourada:

1) Qual o real poder do time do Grêmio nos nossos dias?

2) Será que os adversários e os resultados do Gauchão são enganadores?

3) Será que o jogo no Planalto Central foi apenas um acidente de trabalho?

4) Será que Celso Roth tem mesmo qualidades para oferecer ao Grêmio uma temporada feliz?

O jogo com o Juventude, domingo, responderá algumas perguntas. A partida com o Atlético Goianense, quarta que vem, pode definir outras. O Grêmio joga em três dias as suas duas mais importantes partidas dos últimos 90 dias. O futuro imediato começa contra o Ju.

Postado por Zini, Porto Alegre

Bookmark and Share

Comentários (21)

  • Marcos diz: 6 de abril de 2008

    Incríveis análises da crônica. Apenas uma pessoa para variar viu onde o Grêmio começou a perder para o Atlético-GO, o Prof. Ostermann. Os demais ateram-se a comentar o óbvio. O Grêmio perdeu o jogo na falta de qualidade de atacantes, como o Jonas e na péssima jornada de Perea. Não havia retenção de bola na frente muito menos combate à rápida saída de bola do adversário, antes do golem pelo menos duas vezes a jogada de contra-ataque havia sido desenhada. Até ali a equipe se empunha coletivamente,

  • gremista diz: 5 de abril de 2008

    o CELSO É MUITO FRACO nao vejo nele um treinador q agente possa contar para fazer a diferença em substituiçoes no jogo e no intervalo.

    o gremio merece mais ainda mais com um time fraco desses e com um cara q descarta HUGO tendo um nunes no time titular.

    depois disso nao tem nem o q falar.

  • vilson bressan diz: 6 de abril de 2008

    A imprensa insiste em criar crise no GREMIO.
    Nunca foi tão fãcil chegar às semifinais do gauchão e acham que o time é ruim. Fala sério ZINI, na quarta despacharemos esse Atletico e se bobearem vamos decidir o gauchão com o CAXIAS…que para a imprensa gaucha tambem deve ser fraco como o Gremio… que jogava na chave mais fraca….

  • rene gordinho diz: 5 de abril de 2008

    Parabéns Zini, você está sendo isento e cirurgico. Acho que o Roth não tem competência nem para dirigir os times do interior, em poucos dias a torcida vai começar chama-lo de BURRO, aguarde!

  • felipe diz: 5 de abril de 2008

    Bom Zini vou tentar responder as perguntas:
    1- O time do Grêmio é bastante limitado, é pior que os times de 2006 e 2007.
    2-Todo mundo sabe que o Gauchão não tem times tecnicamente bons.
    3-Não é acidente de trabalho.
    4-Celso Roth nunca ganhou títulos importantes então não é treinador para times grandes.

  • josé luiz gomes diz: 5 de abril de 2008

    o gremio mostrou aquilo que toda imprensa da capital não ve ou faz que não enxerga, que é um time medíocre, e que esta mesma imprensa que agora atira pedras, enaltecia há poucosa dias, celso roth tinha virado um mago, o time era uma beleza e destacavam a longa invencibilidade deste tricolor esquálido..é um time candidato desde já a volta para a segunda divisão se não qualificar o grupo atual….

  • Jorge diz: 5 de abril de 2008

    Com todo o respeito ao Celso Roth, dizer que Nunes é o equilíbrio da equipe e o retorno do Pereirqa na Zaga, Júnior e Júlio dos Santos no banco, fala sério.

  • Carlos zigmmeyr diz: 6 de abril de 2008

    Zini, vai escrever matérias do teu time , que aliás ganhou ontem, deixa outro colunista mais ” isento” escrever sobre o Grêmio.
    Por favor sem aquela papagaiada de sou profissional, obrigado.

  • Guilherme Diehl diz: 6 de abril de 2008

    Caro Zini, este tal Atlético a que tu te referes não é só um time da periferia do futebol, mas também é o atual campeão goiano, e está próximo de copar novamente o campeonato goiano este ano. Até mesmo o Goiás, que tem sido um problema para nós nos últimos anos, tem tido dificuldades para jogar com o time atleticano.

  • osmar quinto diz: 6 de abril de 2008

    Zini, pode-se acrescentar a essas questões as tecnicas: a) Quando entrou thiego o gremio passou a jogar com 5 zagueiros. b)Mesmo com 5 zag. jogou em linha-ver 2º gol. c) Um time atacado/acuado, sem alas e atacantes de velocidade(nem no bco. nem em Poa). Podemos afirmar que o Celso R repetiu W Mancini pra pior q naquele jogo da C do Brasil venceu e foi mandado embora. O pior, será q o Roth voltou a ser o Roth de antigamente e os 30 clubes q treinou não lhe serviram pra avançar na carreira?

  • Charles diz: 5 de abril de 2008

    A 4a questao parece resumir tudo: a resposta obvia e NAO. ROTH NUNCA TEVE UMA TEMPORADA FELIZ!!! E NAO E COMO O ABEL, QUE ENTREGAVA NO FINAL, ROTH NUNCA CHEGOU AO FINAL!! So se engana com ele quem quer ou nao enxerga.

  • Jorge diz: 5 de abril de 2008

    Com todo o respeito ao Celso Roth, dizer que Nunes é o equilíbrio da equipe e o retorno do Pereirqa na Zaga, Júnior e Júlio dos Santos no banco, fala sério.

  • Jorge diz: 5 de abril de 2008

    Com todo o respeito ao Celso Roth, dizer que Nunes é o equilíbrio da equipe e o retorno do Pereirqa na Zaga, Júnior e Júlio dos Santos no banco, fala sério.

  • Jorge Tabajara da Costa diz: 5 de abril de 2008

    OLHA ZINI,ACREDITO QUE A QUESTÃO N° 3 É A MAIS VERDADEIRA,NÃO FOI POR ACASO QUE O GRÊMIO FICOU 19 JOGOS INVICTOS,UMA HORA IRÍA PERDER,E A HORA FOI AQUELA CONTRA O ATLÉTICO,ENTÃO COMO UM FANÁTICO TORCEDOR QUE SOU TE DIGO,É GOLEADA CONTRA O JU NO DOMINGO E NA QUARTA CONTRA O ENGRAÇADINHO DO ATLÉTICO GOIANIENSE,ISSO NÃO É FANATISMO,É PALPITE…

  • Alex diz: 5 de abril de 2008

    Pára de escrever sobre o Grêmio, seu paspalhão tendencioso, colorado amargo, rancoroso e azedo. Vai escrever sobre a peste que assola o chiqueirão de Vcs, seu pestiado.

  • André diz: 5 de abril de 2008

    Não gosto do Roth.
    Não entendi até agora por que a direção contratou ele.
    Não vejo nele umtécnico vencedor. E agora ele começa as barbaridades. Fora Roth!!!!!

  • Eduardo diz: 5 de abril de 2008

    Caro Zini, eu te respondo estas questões porque me parecem obvias:
    1)O Grêmio ainda é um time de grupo fraco. Bastaram duas ou três lesões para que dependesse dos `pratas da casa` sabidamente ruins como nunes, pico, adilson, thiego, etc
    2)Para quem só analisa resultado o gauchão é enganador sim, pois os times são fraqíssimos.
    3)Parte acidente, parte incompetência do CLUBE.
    4)O Roth NUNCA poderia estar no Grêmio, pois NÃO É treinador! é fraco, conhece pouco, não serve e nunca serviu ao Grêmio!

  • Marcelo diz: 6 de abril de 2008

    Zini, nós, gremistas e colorados tbém, já vimos o que o Celso Roth pode oferecer…e não vai além dessas trapalhadas táticas e da falta de “pulso” p/chamar na “responsa” a bolerada!!No gauchão, vamos carimbar os 99 aninhos mas p/brasileiro vai ser dureza com esse técnico e alguns “jonas da vida” que ainda persistem….abção da fronteira!!

  • Daniel Previatti diz: 6 de abril de 2008

    Falou e disse.

  • Dudu diz: 7 de abril de 2008

    Perguntas respondidas!!!

  • norberto diz: 6 de abril de 2008

    Quem conhece um pouco de futebol ja esperava, que, a desclassificação do gremio era questão de tempo, pois, esse treinador que ai esta, não conhece nada de futebol. Escalar o Nunes chega ser uma irresponsabilidade. Acho que foste muito feliz em tua coluna; o gremio errou quando contratou este tecnico.

Envie seu Comentário