Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

A inesquecível noite de 23 de abril no Beira-Rio

24 de abril de 2008 56

O Estádio Beira-Rio conta histórias que o homem não acredita em suas quase quatro décadas de existência. Seus olhos, e de seus habitantes do cimento armado, tinham visto tudo, títulos, taças, gols e jogadores de Seleção e de documentário. Digo, quase tudo.

O primeiro tempo do jogo com o Paraná, a 23 de abril de 2008, foi algo quase extraterrestre. O Inter fez o possível, depois o impossível sem o seu goleador Alex, sem a sua máquina, Guiñazu, sem o seu protetor Edinho. Sofreu um gol logo aos três minutos, mas marcou três em menos de 40, mais dois depois do intervalo: 5 a 1.

Claro, o adversário perdeu dois jogadores expulsos com justiça, o Inter mais um, mas nem com 11 o Paraná conseguiria um resultado positivo na noite agradável de outono. O Inter tinha mais time, mais grupo, mais vontade, mais todos os segredos que encaminham um vitória espetacular.

O Beira-Rio sacudiu inteiro. A torcida ficou em pé, jogou junto com os 10 da grama. Jogou inteira com o time.

Passou o intervalo todo com a certeza que o quarto gol nasceria com o segundo tempo. O Inter não tinha apenas mais determinação. Contava com 10 jogadores contra apenas nove.

O número par podia oferecer tranqüilidade acima de tudo. Mas a arquibancada era uma pilha de nervos. Um gol de Fernandão nos descontos desconectou a pilha.

O Inter correu o que não podia graças a determinação dos jogadores, que buscaram forças na alma. Nem eram os 11 titulares de Abel Braga, mas um time com desfalques, com reservas, com improvisações.

Foi um jogo histórico, inesquecível, capaz de encantar várias gerações de colorados. Jogo para ser contado em qualquer conversa, no bar entre amigos, em casa junto aos familiares, na rua aos incrédulos.

Os 5 a 1 lembrou os melhores momentos do clube em 99 anos de vida. A decisão do meio da semana da Copa do Brasil foi vencida. Domingo pelo Gauchão tem outra, especial, e todas as histórias e estórias que a cercam. O Inter ainda não venceu o Juventude em 2008.

Postado por Zini, Porto Alegre

Bookmark and Share

Comentários (56)

  • Paz diz: 24 de abril de 2008

    Tardelli apitou mal para os dois lados. Deixou de dar um pênalti duvidoso em Éverton e outro escandaloso em Nilmar – não há vantagem no pênalti por ser a penalidade máxima. Poderia ter expulsado Magrão no final do primeiro tempo como poderia botar pra rua o próprio Éverton por segundo cartão amarelo, o qual sonegou, no início da etapa final. Além disso, imediatamente após o segundo gol do Inter, Adriano parte livre e é erradamente marcado impedimento.
    Isto são fatos, o resto é dor-de-cotovelo.

  • Sanduíche não é Penalti… diz: 24 de abril de 2008

    Não sei porque os paranistas,gremistas e o Milton Neves tão dizendo que foi penalti p/ o
    o Paraná, quando o jogo tava 1 x 0. Sanduíche e 2 contra 1 não é mais considerado penalti. A FIFA decretou isso: se 2 zagueiros chutarem ao mesmo tempo um atacante, nada será marcado, por que gera o seguinte conflito: teria que ser aplicado cartão amarelo para os 2 zagueiros ao mesmo tempo e isso seria uma punição em demasia ao infrator.Viva o apito-amigo…

  • Gabriel Trindade diz: 24 de abril de 2008

    Passaste bem o espírito do jogo, Zini. Poucas vezes vi um clima como o de ontem no Beira-rio; tudo conspirava contra, os indicativos eram os piores, mas o que se viu foi um espetáculo maravilhoso por parte da torcida e especialmente dos jogadores, que tiveram atuação praticamente perfeita, irretocável, de raça e força, de paciência e precisão, de doação e sacrifício. Foram gigantes frente ao Paraná que, apavorado, não sabia o que fazer com a bola.

    Uma noite inesquecível.

  • Colorado Gigante diz: 24 de abril de 2008

    “Eu nunca me esquecerei
    dos dias que passei
    Contigo, Inter

    Colorado é coração
    Trago amor e paixão
    Pra sempre Inter”

    Esse clube é demais. Que orgulho me dava de ver aquela torcida ontem levando um gol que decretada a necessidade de fazer 4, calando-se para respirar fundo, pegando fôlego, e voltando dessa parada de 3 segundos com o grito ainda mais forte, com o “vamo, vamo Inter” ainda mais alto.

    Ontem eu tinha vontade de beijar aquele concreto, me enrolar na minha bandeira e dormir por lá.

  • Israel Borba diz: 24 de abril de 2008

    Parabéns ao inter, o novo GRÊMIO do RS.
    Aliás, o GRÊMIO virou inter e o inter virou GRÊMIO.
    Quem sempre bateu agora apanha, quem sempre apanhou agora ensaia umas “batidinhas”.
    Tá na hora das coisas voltarem ao normal hein Odone

  • Tininho diz: 24 de abril de 2008

    Eu posso encher a boca e dizer: – Eu estava neste jogo épico!
    Sensacional. Mostramos o que é ser imortal de verdade….
    Gremistas, tremei… pintou o campeão…

  • marcelo diz: 24 de abril de 2008

    Interessante as manifestações dos secadores…ninguém fala do impedimento inexistente do Adriano que faria gol…do pênalti sofrido pelo Nilmar…que não era para expulsão o segundo jogador do Paraná e do Inter…era para terminar o jogo 11 contra 10…e o Inter ganharia igual!!! Olha que dia 11 de maio está chegando…já começa com o São Paulo!!! Vai ser outro fiasco como 2004…gremistagem!

  • fernando- colorado diz: 24 de abril de 2008

    quantas vezez o koff em 95 cupincho lá da CBF ajudou o grêmio… na copa do brasil de 97 dinho arrancou as canelas e deixou aleixado o Savio e não foi expulso, esse koff cupincho da CBF

  • Paulo diz: 24 de abril de 2008

    É…tem razão o cara que diz que o técnico do Inter é um cara “fajuto”…técnico bom mesmo é o Celso Roth, do greminho…só perdeu para grandes Clubes esse ano…e já ganhou muitos títulos!!! Gozação!!!Respeitem o Abelão…o homem já foi campeão da América e do Mundo!!!

  • JOÃO CARLOS BREMER diz: 24 de abril de 2008

    O que é a falta de planejamento.Tem time que saiu de férias e deixou órfãos e perdidas algumas almas penadas.Vamos acolher os mesmos e não nos chatearmos com as bobagens ditas por eles pois temos que perdoar os mais fracos e desamparados e nunca,em hipótese alguma chutar cachorro morto.Nem que ele seja listrado e arrogante.Também deixar em paz as “CORUJAS“ que acompanharam a grande vitória do INTER.

  • marco diz: 24 de abril de 2008

    CALMA GREMISTADA, AGORA VOCÊS TEM O JUVENTUDE(FILIAL DE VOCÊS) PARA TORCER. O MELHOR PARA VOCÊS SERIA CAIR PARA A SEGUNDONA NOVAMENTE E TER JOGOS HISTÓRICOS CONTRA O PARANÁ. LÁ É O LUGAR DOS MEDÍOCRES!!

  • Marcio Resende de Freitas diz: 24 de abril de 2008

    Expulsões justas??? Credo!!! Não discuto a primeira expulsão, desde que o Magrão recebesse tratamento igual… E o penalti foi vergonhoso… o Paraná tem razão de estar indignado…

  • Luiz Carlos diz: 24 de abril de 2008

    Que diferença do Sant`Ana!!! Apesar de ser gremista como ele, sabe ver virtudes no adversário e não fica insuflando a massa com besteiras. Parabéns. A imprensa que tanto cobra ética também precisa ter em sua atuação.

  • thiago diz: 24 de abril de 2008

    Impressionante como a imprensa gaúcha fecha os olhos quando o prejudicado são os outros times! Que vergonha! O Paraná foi operado dentro do Beira Rio!

  • Rodrigo diz: 24 de abril de 2008

    que vitória!
    foi o jogo mais emocionante no Beira-Rio.
    ganha do jogo da libertadores, porque naquele, desde o primeiro minuto eu só queria que o jogo terminasse.
    nesse de hoje não.
    eu queria que o inter fizesse gols!
    muitos gols

    e fez.
    foi inacreditável.

  • Rodolfo diz: 25 de abril de 2008

    Ahahahahaha gremista é um ser estranho mesmo, dizendo q o Inter foi ajudado pela arbitragem e se esquece do jogo contra o Atlético onde ganhou um penalty e MESMO ASSIM foi eliminado… fazer oq…

  • Henrique diz: 24 de abril de 2008

    Típico comentário provinciano de um colunista colorado que jamais verá o seu time fazer o q o GREMIO já fez.
    Que noite histórica é essa com a ajuda do apito amigo meu?
    Tu precisa de óculos?
    Aproveita o momento pq já já a casa vai cair pra vcs e a rotina deste técnico fajuto de voltará a realidade

  • MÁRCIO CORUJA diz: 24 de abril de 2008

    Escandaloso o penalti não marcado quando o jogo estava 1×0 pro Paraná.
    Assim é fácil pra vcs COLORADOS fazer HISTÓRIA…

  • Arthur colorado diz: 24 de abril de 2008

    Esses comentários da torcida do portoalegrense nao vale nem a pena comentar. So a direção do Paraná e a torcida pijamista achou que a arbitragem influenciou no resultado ninguem mais. MAs é isso aí. Time pequeno quando perde reclama da arbitragem, Marca registrada de tricolores de série B.

  • Kew diz: 24 de abril de 2008

    Torcedor do Inter que falar que é choro ou que mereceu ganhar tá LOUCO. Não reclamaram contra o Corinthians em 2005? O país todo apoiou a causa dos gaúchos. Agora vão falar que é justo o que aconteceu em campo? Palhaçada. E história de camisa e nhem nhem nhem não ganha jogo. Árbitro mau intencionado sim.

  • CLENIO CORREA diz: 24 de abril de 2008

    Realmente, Sr.Zini, foi uma noite inesquecível no Beira Rio. Inesquecível, não pelo desempenho das equipes, mas pela facciosa arbitragem de Wagner Tardelli que interferiu diretamente no resultado da contenda. Quando o placar era de 1 x 0 para o Paraná, ele deixou de dar um pênalti escandaloso num atacante paranaense e,ato contínuo, ainda na primeira etapa, expulsou o ala direita do visitante por jogada violenta e sequer advertiu o Magrão ao entrar criminosamente num adversário.
    É lastimável.

  • Andre diz: 25 de abril de 2008

    Vitória manchada.
    A arbitragem estragou uma noite que poderia ser épica para a historia do colorado.
    Quem assistiu a partida viu que o principal personagem não foram os jogadores, não foi a torcida, não foi o Abel, foi o super Wagner Tardelli.
    Com um juiz desse não há quem segure o inter. Pode vir Palmeiras, Sport qualquer um.

  • Pedro diz: 24 de abril de 2008

    Vem cá tchê! Porque toda essa rasgação? O Grêmio já fez coisas que nenhum ser humano verá novamente na terra, o que este time fez ontem o Tricolor já fez várias vezes, preciso citar? Não é necessário. Espero que a seriedade e a ética na Arbritagem brasileira sejam praticados, pois ontem vimos uma verdadeira vergonha do árbrito favorecendo time grande contra time pequeno… Vergonha.

  • Pedro diz: 24 de abril de 2008

    Gremistada chorona e indignada: saliento que o INTER cumpriu o requisito básico para que o juiz tivesse atuação controversa: O INTER JOGOU ONTEM! O gremixo podia ter apito a favor ou contra? Podia, mas é TÃO RUIM que está de férias.

  • Fábio diz: 24 de abril de 2008

    Achei que você esqueceu de falar sobre um penalti no inicio do jogo a favor do Paraná. E também a primeira expulsão, o jogador já tinha amarelo? Acho que roubaram o Paraná…. hehehe

  • Tiago Durante diz: 24 de abril de 2008

    EXCELENTE TEXTO ZINI, DISSE TUDO

  • julio diz: 24 de abril de 2008

    duad expulsões merecidas? nem com onze o paraná resistiria? eu achava que existia outro blog para contar piada não esse.
    e o magrão não deveria ter sido expulso, e não foi penalti pro paraná no inicio do jogo? onze contra onze e um juiz no minimo imparcial o inter ia estar eliminado e talvez nem teria vencido o jogo. olhe nos jornais do paraná e veja a diferença para esses jornais bairristas do sul. todos falam da pessima noite, para não dizer outras coisas, do sr. tardelli

  • Carlos Eduardo Blanco diz: 25 de abril de 2008

    O placar não teve influência de ninguém mais além dos jogadores e da torcida COLORADA. Como é bom ser COLORADO, como é bom ser GAÚCHO, como é bom ser CAMPEÃO DO MUNDO, se é FIFA então, nem se fala.

  • Bruno Koech diz: 24 de abril de 2008

    Parabéns pelo comentário. Trouxe uma beleza ainda maior para essa nossa façanha. Mas que não fique por isso, busquemos os dois títulos do primeiro semestre!

  • elton diz: 24 de abril de 2008

    Parabéns pelo texto. Exatamente o que sentimos nós os colorados.
    Enfim, como disse para os amigos, o INTER é confiável desde 2006, cresce nas decisões junto com a torcida.
    O BEIRA-RIO PULSOU ontem à noite.

  • Gustavo Ribeiro diz: 24 de abril de 2008

    E eu que levava fé, mas desconfiava do nosso amigo Zini. Evidentemente que o colorado obteve êxito na sua classificação, mas desconsiderar a atuação benéfica aos vermelhos do W Tardelli é uma falta grave, principalmente vindo de alguém “imparcial” como este bloguista. Nem irei inumerar as diversas falhas porque foram evidentes pra todo mundo. Só me surpreendo por “alguns” não terem visto.

  • deivid carniel diz: 24 de abril de 2008

    É realmente é uma façanha ganhar do paraná, com 2 a menos, em casa de um time que esta rebaixado e não tem tradição.Realmente merece todo os méritos, he,he imaginem se fosse um time grande com a vantagem que o paraná tinha iria perder o jogo pros moranguinhos que aliás já vão cair pro juventude novamente.
    DA-lhe grêmio ´tetra campeão da copa do brasil

  • Glênio Sarmento diz: 24 de abril de 2008

    Agora é ter muita tranquilidade. Fazer o rescaldo da batalha e montar um time equilibrado para encarar o Jú na serra. Qualquer jogador do COLORADO que entrar em campo vai saber horar a camisa do Gigante internacional.
    VÂMU, VÂMU INTER!

  • Arthur Melo Tavares diz: 24 de abril de 2008

    Vai comentar os defuntos de Ivoti gremistão. Tuas palavras não escondem os sentimentos de dor em tua gazélica alma listrada.

  • Miriam diz: 24 de abril de 2008

    Que jogo, que noite!!!
    Até agora me arrepio quando penso nos momentos vividos no Beira-Rio ontem! É por esses e outros momentos que eu amooo ser colorada! Vamo, vamo Inteeer!!!!

  • Andressa diz: 24 de abril de 2008

    Inesquecível e indescritível!

  • EduKC diz: 24 de abril de 2008

    Já vi este filme, afinal já estive em sete finais deste torneio.Claro que na época tínhamos os da libertadores.Agora, nemhum se compara a este timaço do Paraná clube.É quase uma seleção.Mas, mesmo com 11, segundo o vidente Zini, os E.Ts. do Beiro Lago, fariam o escore.Por que é muito difícil jogar contra o Inter, mesmo sendo um time diferenciado como este do Paraná, com esse grande treinador e um time de craques.Sim, para quem tem um cérebro, diria que esta coluna do Zini de hoje, é histórica.

  • alisson diz: 24 de abril de 2008

    É nessa hora que a gente vê a diferença entre os times de Porto Alegre.
    Ano passado o Grêmio precisava fazer 4 no Boca, mas tomou 2!
    Ontem, o campeão do mundo da FIFA precisava de 3 e fez 5! Afinal, no futebol são 11 contra 11, né? Duas esquadras, esses Boca e Paraná…
    Acho que esse ano vão faturar a tríplice coroa nacional! Gauchão, Copa do Brasil e Brasileiro!
    Meu Deus, como é bom ser colorado! Vão ter duas coroas no seu manto sagrado! Fora as 18 estrelas! É muito bom ser colorado!!!!

  • PAULO PORTO diz: 24 de abril de 2008

    PÔ ZINI, COMENTA SOBRE O CLÁSSICO DO PORTOALEGRENSE DE FÉRIAS CONTRA O PODEROSO IVOTI, SENÃO ESTES TORCEDORES DE FÉRIAS ACABAM ENTRANDO NO BLOG, ONDE ESTAMOS FALANDO SOBRE FUTEBOL. FUTEBOL QUE, COM CERTEZA, NÃO HÁ LÁ PELAS BANDAS DO CEMITÉRIO DA AZENHA !!! ZINI, SEU COMENTÁRIO HOJE, SÓ NÃO FOI MELHOR QUE AQUELE QUE VOCÊ FEZ INÚMERAS “QUALIDADES” SOBRE O CELSO ROTH !!!

  • Minuzzi diz: 24 de abril de 2008

    Jornalismo sério se faz com matérias sérias. Dizer que os dois jogadores do Paraná foram expulsos com justiça é desdizer o que todos viram (até mesmo os colorados)pela TV. Um carrinho dado de frente em que o jogador não mostra as travas da chuteira não pode ser punido com vermelho; um pênalti indiscutível no início do jogo em cima do Paraná e uma dupla expulsão em que o jogador do Paraná só apanhou pelo que apareceu na TV. Não dá para entender essa imprensa bairrista e “vermelha”.

  • Alfredo Bola diz: 24 de abril de 2008

    Pois chegou a hora de VENCER !
    Vamos rasgar a touca, tocar fogo nela e seremos campeões. Dá-lhe INTER !

  • colorado diz: 24 de abril de 2008

    eu to faceiro `e com a raiva e `odio dos gremistas isso sim!o mundo sabe q o tardeli `e ruim,ele ja ralou com o inter um monte de vez aqui no beira rio mesmo, ele errou pros dois lados no jg de ontem, achei penalte:no jogador paranaense,no nilmar no primeiro tempo e errado o empedimento dado pro adriano,carrinho violento `e passivel de expulsar,ta na regra da fifa,la no parana teve um penalte em cima do adriano e ninguem reclamou de nada,o magrao tb deveria ser expulso erros q sempre acontecem.

  • Camile diz: 24 de abril de 2008

    continuando a choradeira ali de baixo…o juiz tb n deu pênalti claríssimo pro Nilmar e me desculpe abrir teus olhos…o ADRIANO não estava impedido…se o juíz ajudou alguem foi o Paraná pq eles iam levar mto mais!!!

  • IMORTAL diz: 24 de abril de 2008

    gremistada

    (Por respeito aos leitores, o texto foi editado)

  • Beira rio diz: 24 de abril de 2008

    Cara foi demais!!! Que orgulho ser COLORADO!!!! Vamo meu inter, torcida espetacular, vamo meu inter, time de guerreiros, Vamo meu Inter, Te Amo pra Sempre!!!!! Massacramos, 5 a 1 foi barato, melhor noite do ano!!!! Demais!!!! Pros pijamas, só tenho uma coisa a dizer: CHOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOORA SEGUNDINOS!!!!! huahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuhahua

  • Gustavo diz: 24 de abril de 2008

    Foi mesmo uma noite sem igual!

  • Emilio diz: 24 de abril de 2008

    Quero concordar com os gremistas de ferias. O juiz roubou ontem. Eu queria o penalti que ele nao deu do goleiro no Nilmar e o impedimento do Adriano, onde ele fez o gol mal anulado. Seria 7 a 1. Mais justo, com certeza.

  • jo diz: 25 de abril de 2008

    AOS GREMISTAS TÃO ZELOSOS COM A ARBITRAGEM:FINAL DE COPA DO BRASIL-PENALTI PRO CEARÁ NÃO MARCADO DARIA O TÍTULO PRA ELES,NÃO EXPULSÃO DO DANRLEI SOQUEOU O VALBER PREJUDICOU O PALMEIRAS QUE FICOU COM UM A MENOS E TOMOU OS ENTÃO IMPROVÁVEIS 5X0 QUE DEPOIS 11 CONTRA 11 ENTUBOU UM 5X1(QUE PODIA SER 10X1)E FOI ELIMINADO,TAPETÃO EM 1992 POR 2 VEZES COM O CAMPEONATO EM ANDAMENTO PRA PODER SUBIR 92 TALVEZ FALISSE DE VEZ O IMORTAL SEGUNDINO,EXAME ANTIDOPING NÃO FEITO(CL

  • Marcos diz: 26 de abril de 2008

    Mas sejamos honestos: fechar os olhos para os erros contra o Inter e lembrar apenas os do Paraná é imparcialidade? Nem aqui, nem na China. Toda a imprensa, eu disse toda mesma, fora a gaúcha e a paranaense, q nesse caso puxariam a brasa pro seu assado, é da mesma opinião: a derrota do Paraná não pode ser creditada aos erros de Tardelli.

  • jefferson diz: 26 de abril de 2008

    Sem dúvida nós, nossos filhos e possivelmente nossos netos nunca esquecerão o que é ser “colorado” de coração. Isso é amor por um clube, não uma paixão “Débora Secco” de momento.

  • alisson diz: 25 de abril de 2008

    Por que tu não escreve um livro?
    Será que vai sair DVD? Gigantes do Aterro?
    Dá-lhe colorado Bi-campeão da Copa do Brasil CBF!

  • Ricardo diz: 25 de abril de 2008

    VERGONHA NO FUTEBOL BRASILEIRO!
    O que ocorreu na noite da última 4a feira foi uma vergonha pro futebol…nós que somos penta campeoes, temos que nos submeter a aturar arbitragens mal intencionadas, caseiras, sem o minimo de escrupulo.
    Se fosse 11 contra 11… nunca q o intertardelli teria eliminado a gralha…
    mas só resta lamentar, e repudiar atitudes como a do sr. wagner tardeli.
    e viva o apito amigo…pq sem eles, o inter naum classificaria e o corinthians naum seria campeao em 2005.

  • Marcos diz: 26 de abril de 2008

    Não vi o jogo ao vivo, mas vi os melhores momentos, ou seja, todos os lances q todo mundo tah discutindo aeh. O que me assusta eh ver gente q se diz imparcial, (sabemos q não são por seus argumentos), postar apenas os erros do juiz contra o Paraná e dizer q ele “manchou a história do Inter”. É lógico, salvo alguns critérios de avaliação, diferença de interpretação, o Paraná foi prejudicado pela arbitragem, sim.

  • Paz diz: 25 de abril de 2008

    As férias podem tirar das pessoas a clareza com que viam situações cotidianas.Nunca houve pênalti quando estava 1 a 0 para o Paraná porque o Inter empatou um minuto depois.O enrosco na área foi aos 12min,o Inter empatara aos 4.Depois,Ângelo faz a falta com a perna direita e chuta o tornozelo do adversário com a esquerda?Não é pra expulsão????Magrão podia ir pro chuveiro, mas cadê o segundo cartão do tal Éverton no início do segundo tempo?E o outro pênalti no Nilmar?Devagar que tá chororô demais.

  • Marcos diz: 26 de abril de 2008

    E olhe que eu procurei ler todos os comentaristas que conheço, e naum são poucos…. Enfim, se quisermos ser razoavelmente levados em consideração, precisamos merecer isso. O que vejo em alguns comentários por aeh afora me dah náuseas…. Saudações Campeãs do Mundo

  • Marcelo diz: 25 de abril de 2008

    Seria uma grande façanha se o adversário não tivesse com 10 desde os 20 min. do 1º tempo, se não tivesse sido roubado um penalti claro, se depois não tivessem expulsado o atacante dos caras, se tivessem expulsado o Magrão que foi quem fez o 4º gol.Quer mais ou tá bom assim a roubalheira?
    Ganham roubando descaradamente e ainda acham que foi façanha, epopéia…por favor, menos…
    Até o Mauricio Saraiva, colorado doente, falou que foi vergonhoso.
    Ainda tomaram bola no poste e sufoco no final.

Envie seu Comentário