Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Palermo e Washington fazem a diferença

22 de maio de 2008 13

Uma certeza ficou na longa noite da Copa Libertadores da América, que pode ser espalhada em outras direções e competições. O centroavante de ofício e de carteirinha é jogador indispensável. Quem tem um, possui uma seqüência de gols. O homem gol da grande área é peça definitiva em time que quer mais, namora títulos, cobiça faixas, toca em taças.

 

O Boca de Palermo dinamitou o Atlas mexicano. O Fluminense de Washington detonou o São Paulo papa-Libertadores num Maracanã absolutamente tricolor.

Palermo marcou três vezes, uma delas encobrindo zaga e goleiro com um magistral toque de pé esquerdo. Não peça que Palermo acerte cobranças de pênaltis (nem exija nada parecido do super-craque português Cristiano Ronald). Mas solicite gols de pé direito, esquerdo, cabeça, peixinho, barriga… Ele concorda, aceita, faz. Os 3 a 0 sobre o Atlas têm a assinatura de Palermo.

No Rio, o Fluminense enfrentou um São Paulo, time sem o mesmo brio, experiência e qualidade de dois anos atrás, e venceu por 3 a 1. O centroavante Washington marcou duas vezes. O segundo foi marcado de cabeça.

O atacante subiu no segunda andar, ganhou da zaga, de Rogério Ceni, do mundo. Chorou como criança, fez Renato Portaluppi chorar mais e se perfilar com o técnico que pode ser campeão da Libertadores depois de ter erguido o mesmo caneco como jogador em 1983 com o Grêmio.

Fluminense e São Paulo fizeram um jogo espectacular. Emocionante. Imprevisível. Até o apito final ninguém poderia considerar-se classificado. O Flu perdeu o primeiro jogo por 1 a 0. Venceu o segundo, 3 a 1.

O Flu festeja. Grita. Não quer ver o amanhã, que pode ser o Boca em dois jogos. Com os argentinos, todos sabem, a pegada é outra. O Boca é o grande time da América que gosta de usar os pés em jogo de bola.

 

 

Postado por Zini, Porto Alegre

Bookmark and Share

Comentários (13)

  • cecon diz: 22 de maio de 2008

    É VERDADE, NO MOMENTO EM QUE O GREMIO REALMENTE CONTRATAR UM MATADOR C/ CERTEZA PODEMOS ALMEJAR ALGO.PRECISAMOS APOSTAR UM POUCO MAIS, TEM TANTOS AVANTES ARGENTINOS, PORQUE NÃO TENTAR ALGUM DELES.

  • Leandro diz: 22 de maio de 2008

    foi 3 a 1

  • Otavio diz: 22 de maio de 2008

    ZINI, como diz o ditado, NADA SE CRIA TUDO SE COPIA. Cometo a heresia de postar duas vezes. Mas o seu blog é o mais democrático entre todos. Não há patrulhamento e nem censura prévia, coisa que o JKFURI inventou e introduziu no âmago da internet,que não se presta prá isso. Todo sujeito com mais de dois neurônios em funcionamento sabe que a cobiça é o melhor atrativo prá venda. O ODONE criou a versão “odoneana” da máxima cunhada pelo GUERRERO: NÃO VENDEMOS CRAQUE. Pois o DOUGLAS já vale 20.

  • felipe diz: 22 de maio de 2008

    Isso aí, Zini. Portaluppi tem ALMA CASTELHANA, tem sangue AZUL, não de nobres, mas de GREMISTA, tem RAÇA, FIBRA, VALENTIA, CORAGEM; coisa que colorados azedos da tua espécie desconhecem e sequer conseguem compreender! Força, Zini.

  • felipe diz: 22 de maio de 2008

    Correção Zini : O jogo do Fluminense ontem foi 3×1. Se fosse 3×2 o São Paulo teria se classificado.

  • Rodrigo diz: 22 de maio de 2008

    3 a 1…

    O jogo foi 3 a 1.

    Eu como gremista achei ótima a classificação do Flunimed. Provavelmente vão jogar com os reservas contra o gremio na sequencia do brasileiro. Seria bom se o Vaishco passasse pelo Ishpórtee tb…

    Temos que acumular a maior quantidade de pontos antes do Celso Roth surtar como ele sempre faz.

    De repente, se na virada pro segundo turno tivermos disputando o título, vamos beliscar libertadores depois que desandar a maionese do Celso no clube.

    Saudações tricolores,

  • Renato Portaluppi diz: 22 de maio de 2008

    Meu eterno ídolo gremista, mais da metade da população gaúcha, tão gremista como tú, torce pelo Fluminense. Nosso herói de Tóquio,arrebenta com o Boca, lava a nossa alma, arrasa com o grande Riquelme. Nunca esqueceremos quando em 91, dissestes que não jogaria contra o teu time do coração, num jogo que acabou rebaixando o Gremio. E não jogastes. Quando se viu amostra de amor por um time como essa? Por isso, és aplaudido em pé, sempre, no Olímpico. Quem tem Renato, não precisa de Gabiru´, rs,rs..

  • Otavio diz: 22 de maio de 2008

    ZINI,nada como uma vitória contra o “mix” frio do SAMPA com gol de zagueiro e um empate contra o midiático FLA, aquele da sova dos mexicanos no Maraca. Os gremistas, pasme, já pronunciam a palavra “campeão”. Com essa campanha arrazadora até dá prá concordar, ou não dá? O ROTH é de circo, com um golinho miserável conseguiu quatro pontos. Isso, se notou, equivale a aproveitamento de 100%. Agora, ZINI, cá prá nós, o FLU, com aquele timinho,não é candidato contra o BOCA. Nem o SANTOS. Vai dar BOCA.

  • Jonas Rafael diz: 22 de maio de 2008

    O que falta ao Palermo é jogar fora do Boca. Ele só joga lá. Tem quem não acredita em mística mas não tem outra explicação. Esse cara não daria um chute de bico sequer em qualquer outro time do planeta. Bom, o Washington já jogou em outros times e fez muitos gols. É um dos 10 maiores artilheiros do futebol brasileiro em atividade. Ontem, mostrou que em jogo decisivo ele comparece e faz a diferença. Isso eu valorizo muito em um jogador.

  • Jonathan Hoerlle diz: 22 de maio de 2008

    Pô Zini… te liga no placar do jogo… tu disse duas vezes que foi 3 x 2, mas o resultado do jogo foi 3 x 1…… se o São Paulo tivesse feito dois, o confronto terminaria 3 x 3 e o SP se classificaria com 2 gols marcados fora de casa contra nenhum do Fluminense….. mais atenção aí.

  • eduardo diz: 22 de maio de 2008

    E então Zini? Tú não vai explicar pq achas o Fernandão o melhor da história colorada?
    Pensei q fosses um jornalista. Pensei q fosses sério.

  • Grégory diz: 22 de maio de 2008

    Zini, faz o favor de prestar mais atenção quando estás postando.
    Teu texto está cheio de erros, e o mais grave é o placar do jogo, 3×1.

  • Francisco diz: 22 de maio de 2008

    Foi um bom jogo mas o SP só tem força bruta com Dagoberto mal e o Flu é um tal de cai e simulação danada. Primeira partida que vejo o Conca com bom desempenho. Se o Flu não melhorar dá Santos se passar hoje. Insisto: nossos centroavantes estão no Olímpico. Falta é treinador para lapidar. Um bom treinador os poderia preparar em três meses.

Envie seu Comentário