Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Só o Milan ainda acredita em Ronaldinho Gaúcho

19 de agosto de 2008 35

Fica difícil, quase impossível, encontrar a data, o dia, o jogo exato que definiu a  decadência de Ronaldinho Gaúcho como jogador de futebol. Nem os fãs da Catalunha, terra do Barcelona, sabem precisar o momento exato da queda. Sabem apenas que foi um processo acelerado como poucos.

Ronaldinho foi campeão europeu com o Barça na temporada 2005/2006. Foi o seu maior feito na Espanha, que teve ainda conquistas nacionais e os prêmios da FIFA como melhor jogador da Terra duas vezes seguidas.

Os títulos ofereceram poder ao craque, superpoderes, dinheiro como nunca, força superior até a dos dirigentes, que perderam o controle dos atos do jogador ainda em 2007. Os catalãos usavam com sucesso e com imensa alegria Ronaldinho como arma letal para combater os galácticos do Real Madrid.

Milionário, Ronaldinho passou a fazer o que bem entendia a cada 24 horas. Queria jogar, mas não treinava como na sua melhor fase. Não aparecia nos ensaios físicos, não trabalhava. Fora de forma, o futebol competitivo o largou rapidamente sem pena , nem dó, os fãs estranharam o comportamento do ídolo e passaram a questioná-lo.

Vaias, antes impossíveis, começaram a germinar nas cadeiras do Camp Nou e a falta de compromisso do brasileiro com o clube e com os seus companheiros assustou. Os mídia local se encarregou de acompanhar com tintas de novela o profundo e demorado mergulho de Ronaldinho na noite de Barcelona.

A venda ao Milan foi apenas o triste final de uma bela paixão da torcida do Barcelona. A saída tempestuosa do jogador da Espanha imitou outras partidas mais antigas, mas igualmente apressadas, de Porto Alegre e de Paris. Quem acompanha a carreira de Ronaldinho não estranhou. Na saída, ele sempre tranca a porta de entrada, pois sabe que jamais voltará ao mesmo lugar outra vez. O dinheiro o move para longe,sempre mais longe.

As performances recentes do gaúcho na Seleção mostraram o quanto ele está longe dos seus melhores momentos. É hoje uma caricatura do que foi 24 meses atrás. Parece pesado e desinteressado, lento e burocrático, acomodado e sem ânimo. Nas entrevistas, pouco mira a câmara, seus olhos são desviados para outro lugar.

Dunga só aceitou o retorno apressado do craque (ex?) depois de ter levado um carteiraço da CBF que, por sua vez, queria agradar a China, pois pode precisar dos dirigentes asiáticos mais adiante. Ele voltou completamente fora de forma. Causou até desconforto.

A Seleção vem carregando Ronaldinho desde sempre. Ele jamais fez com a camisa canarinho partidas dignas do seu futebol brilhante exibido no Barcelona. Sempre foi coadjuvante, antes de Ronaldo e de Rivaldo, agora de Kaká, o atual número 1. Nunca assumiu o papel de protagonista. Quando tentou, não achou o lugar.

Eu não ficaria surpreso se Dunga, ou o um novo técnico, esquecesse de escrever o nome de Ronaldinho nas futuras convocações. Vejo zero de futuro para jogadores desinteressados numa Seleção competitiva, digna de usar a camisa cinco vezes campeã do Planeta. A CBF mira Dunga, sua vida útil como técnico pode estar com os dias contados se não ele vencer o Chile pelas Eliminatórias em setembro.

Ou muito me engano e as últimas duas temporadas estão mentindo, mas Ronaldinho é quase um atleta do passado. Quer ver de novo? Só em vídeo. Nunca vi decadência tamanha de um jogador de futebol em apenas dois rápidos anos. Não sei se alguém ainda é capaz de embarcá-lo outro vez no mundo da bola.

Não sei se ele sabe, deve saber, mas os fãs do Milan, por todos os títulos que exibem, são mais, mas muito mais exigentes que os torcedores do Barcelona. Ele não vai ter um minuto de paz no norte de Itália se não voltar a jogar tudo o que sabe e mais um pouco.

O Milan espera o máximo de Ronaldinho. Não contratou o jogador dos últimos dois anos. Este não interessa. Mesmo.

Postado por Zini, Porto Alegre

Bookmark and Share

Comentários (35)

  • Jorge Morais diz: 20 de agosto de 2008

    É emblemática a soberba do RG quando a bola já um metro fora e um argentino ainda se atira para tentar qualquer coisa, enquanto o RG sorri e balança a cabeça com ares superiores. Mal sabe que ele teve a possibilidade de ser o maior do mundo de todos os tempos, mas a ganância do irmão o levou a este ponto. Mas para não falar somente do RG, que tal os braços lavantando do ex-Inter Renan que desiste de tentar a defesa duas vezes para reclamar do bandeirinha?

  • ROBSON DE CASTRO LEMES diz: 19 de agosto de 2008

    O ZINI NÃO SEJA ARROGANTE OU VAI DIZER QUE JÔ, RAFINHA, HERNANES, ESTES TEM CONDIÇÕES DE JOGAR NA SELEÇÃO? DIZER QUE O GAUCHO ANDA NA SOMBRA DE KAKA É DEMAIS. ESTÃO FAZENDO O MESMO QUE FIZERAM COM O Q VOCÊS CHAMAVAM DE MORTALDO(RIVALDO) MAS NÃO JOGAVAM SEM ELE. ME DIGA QUEM JOGOU BEM NAS OLIMPIADAS? OS CRAQUES DA MÍDIA PATO, DIEGO, ROBINHO, KAKA, ESTÃO SIM SÃO VERDADEIROS CRAQUES??? DA UM TEMPO LEMBRA D QUANTO TEMPO O GAUCHO FICOU SEM JOGAR ESTA TUA OPINIÃO É D GREMISTA RECALCADO OU DE COLORADO?

  • Jonas Rafael diz: 20 de agosto de 2008

    Eu vejo um fim deprimente pra carreira dele. E o pior de tudo é que não vai faltar quem o buscque pra jogar no país depois que terminar ao declínio em terras européias (Flamengo, alguém aposta?)

  • Ricardo diz: 20 de agosto de 2008

    O Ronaldinho é o retrato do que é a família dele, um bando de mau-caráter! E ele está pagando tudo aquilo que fez por onde passou, sempre respondendo com ingratidão. Você quer atitude menor do que a ida do sobrinho dele pro Inter? Com direito, inclusive, a participação da Miguelina na apresentação do garoto de, pasmem, 12 ou 13 anos! Um dia papai do céu cobra a conta e está cobrando agora do dentuço traíra!

  • Guilherme diz: 20 de agosto de 2008

    Concordo que o Ronaldinho nao está jogando nada faz tempo, mas dizer que ele sempre foi coadjuvante na seleção brasileira é forçar a bara.. Já se esqueceram da copa de 2002? Ronaldinho foi um dos principais jogadores daquele time, fez uma copa do mundo como poucos e um dos responsáveis diretos pelo penta, principalmente no jogo contra a inglaterra q ele levou o time nas costas. O que ta faltando pra ele é treinamento e ritmo de jogo.. ainda acredito q ele possa voltar a sua melhor forma

  • Paulo diz: 20 de agosto de 2008

    o jogo em que ele começou a decair, foi dia 17/12/2006. Até um jogo antes de enfrentar o Inter, ele era o cara! Depois de ver o inter acabar com o barça, ele largou de mão o futebol.

  • Tricolor Sempre!!! diz: 20 de agosto de 2008

    Zini,fostes tu mesmo que fizestes, há não muito tempo, um acertadíssimo comentário sobre o Ronaldo Assis no Milan.Algo como :”o Milan não quer ver (ou saber)”dizendo que os italianos fecharam os olhos ao passado infame desse indivíduo.Cada vez mais devem estar se preocupando vendo a sua montanha de euros desvanecer-se com as apresentações ridículas do elemento em questão.Vão ter de ficar só com o olhar que não encara de frente e com o sorriso imbecilizado de um derrotado…

  • lettyane diz: 20 de agosto de 2008

    Engraçado, todo mundo, inclusive você, elogiou muito Ronaldinho nas primeiras partidas das olimpíadas. Acontece o mesmo com o Inter, após uma vitória todos são bons, já na derrota tá tudo perdido. Embora sabemos que o Colorado tá perdido mesmo, mas Ronaldinho não pode ser culpado sozinho pelo fracasso da Seleção e inclusive mostrou que tem plenas condições de retomar o grande futebol que dele se espera.[2]

    Lettyane: Ele é grande culpado, era a grande esperança, mas não está sozinho. A Seleção decepcionou como um todo, começando pelo inexperiente treinador. Conjunto não tinha, porque nunca jogou junta. Valores individuais sobravam, mas nem todos apareceram. Bom jogador, o jovem Pato, a esperança, por exemplo, naufagrou. Culpa do coletivo, óbvio, culpa dele também. Só que eu não lembro de ter elogiado muito o Ronaldinho. Acho que você errou o alvo. 

  • J.V. diz: 20 de agosto de 2008

    Caro Zini !

    Se me permite opinar sobre o título do teu post, acho que deveria alterar para:

    “Só Milan e Ricardo Teixeira ainda acreditam em Ronaldinho Gaúcho”.

    Acho que assim ficaria melhor, pois o “carteiraço” dado pelo Teixeira foi sem precedentes, mas quem acabará pagando o pato será o Dunga.

    Cordial abraço deste teu assíduo leitor.

  • Pablo Martins diz: 20 de agosto de 2008

    Zini, vou ser sincero. A última seleção que realmente me dava vontade de ver jogando era a de 1994 (a Copa de 2002 foi roubada, todos sabem disso). Em 1994, talvez por não haver, ou haver menos interesses pessoais, Nike, cartolas, etc..,o Brasil jogava com um time tecnicamente limitado mas com RAÇA! Branco, Zinho, Raí, Bebeto, Romário.. ahh que saudade!

  • Edi diz: 20 de agosto de 2008

    Se lembrar do jogo da final do mundial, desde ali nem o Barça nem Ronaldinho jogaram mais bola. Incrível o Inter acabou com a carreira de Ronaldinho…Ceará acabou com Ronaldinho!!!

  • Rodrigo Faerni diz: 20 de agosto de 2008

    Caro Zini, o problema de Ronaldinho não é de futebol, nunca foi. O problema dele é de caráter: o mesmo caráter que o fez sair do Grêmio pela porta dos fundos. Que o faz se aposentar aos 28 anos, a mesma idade, aliás, em que se aposentou o irmão, Assis. Será esse um problema de genético?

  • J.V. diz: 20 de agosto de 2008

    Caro Zini !

    Se me permite opinar sobre o título do teu post, acho que deveria alterar para:

    “Só Milan e Ricardo Teixeira ainda acreditam em Ronaldinho Gaúcho”.

    Acho que assim ficaria melhor, pois o “carteiraço” dado pelo Teixeira foi sem precedentes, mas quem acabará pagando o pato será o Dunga.

    Cordial abraço deste teu assíduo leitor.

  • Isaldo diz: 20 de agosto de 2008

    Zini escreveu: “Fica difícil, quase impossível, encontrar a data, o dia, o jogo exato que definiu a decadência de Ronaldinho Gaúcho como jogador de futebol.” Eu sei a data e o dia: foi dia 17/12/2006, dia em que jogou contra o Inter a final do Mundial, E PERDEU. Nesse dia Ronaldinho começou a decair.

  • FERNANDA diz: 20 de agosto de 2008

    VÊ A CARA DE TRISTEZA DO RONALDO-TRAÍRA APÓS JOGO, FOI IMPAGÁVEL…RSRSRS, PODEM ME CRITICA,TO NEM AI, EU SEQUEIIIIIIIIII E MUITOOOOOOO, NEM PRECISARIA, PQ A ARGENTINA É INFINITAMENTE SUPERIOR!

  • marcelo diz: 20 de agosto de 2008

    Engraçado, todo mundo, inclusive você, elogiou muito Ronaldinho nas primeiras partidas das olimpíadas. Acontece o mesmo com o Inter, após uma vitória todos são bons, já na derrota tá tudo perdido. Embora sabemos que o Colorado tá perdido mesmo, mas Ronaldinho não pode ser culpado sozinho pelo fracasso da Seleção e inclusive mostrou que tem plenas condições de retomar o grande futebol que dele se espera.

  • LUIZ PAULO diz: 20 de agosto de 2008

    Parabéns pelo comentário. Espetáculo! Só faltou acrescentar que ele está seguindo os passos do irmão. Talvez até na índole. Um abraço.

  • ilimar Schuck diz: 20 de agosto de 2008

    Prezado Zini,eu sei e vc também sabe,qual foi o jogo em que começou a derrocada de Ronaldinho, foi na decisão em Tóquio contra o Inter, mas eu acho que ele não pode ser taxado de vilão da derrota da seleção, mas sim o esquema tático de Dunga com 5 volantes no time, sim porque Ronaldinho, Diego também jogaram recuado matando o ataque brasileiro e o técnico argentino viu isso no 1º tempo e mandou o time atacar no 2º tempo, o brasil não queria atacar e nem poderia com tanta retranca. Ilimar Schuck

  • silvio jaime fernandes diz: 20 de agosto de 2008

    Olá Zini:…a convocação do R.Gaucho,todos sabem que foi um imposição do ricardo teixeira e sua quadrilha.Interesses outros..
    Qual o treinador do Mundo que já não engoliu “sapos” de seus dirigentes?…Como explicar o Ronaldo Gorducho naquela final com o Zagalo de treinador?..Como explicar a derrota dos fora de forma com o Parreira?
    Istos são fatos isolados e fáceis de comentar.Desorganização em nosso futebol, é secular. Que copiem o exemplo do Volei.O maior levantador do Mundo foi barrado…

  • Piero Silva diz: 20 de agosto de 2008

    …fala mal do Ricardo Teixeira, aquele ser de negociatas que faz com que a imagem de nossa seleção seja essa tragédia?!

    Vai me dizer que ele é o culpado pela seleção ter perdido e apresentado futebol tão rídiculo? Futebol são 11 jogadores e técnico. Onde está um bom técnico na seleção? Não tem! E não tem porque nenhum bom técnico quer ter seu time convocado por outra pessoa. O Milan acredita nele e eu também! Prefiro acreditar em alguém que contrata um bom profissional (Paulo Paixão) do que

  • Piero Silva diz: 20 de agosto de 2008

    Pra atrasar tem muitos, pra adiantar é que tem poucos!

    Me pergunto quando é que a mídia vai dar um tempo em perseguir ele!

    Me pergunto porque a mídia daqui não funciona que nem a do Rio de Janeiro, que quando aquele farreiro do Romário aprontava eles continuavam apoiando ele, quando ele decidia matar treino ou se apresenatr na hora que ele queria, ninguém ia lá e acontecia na cabeça dele.
    Todo mundo sabe que ele tá na seleção por conta de dinheiro injetado a CBF. Por sinal, porque não…

  • Edgar Germano cesar Gundlach diz: 20 de agosto de 2008

    Zini, esta seleção só vai tomar jeito quando o Felipão quiser treiná-la novamente. Com ele não tem de bobagem, não tem essa de r. teixiera metendo o bedelho onde não é chamado e jogadores tipo Ronaldinho(mascarados) não tem vez!!!! Volta felipão!!!!!!

  • SALESIO diz: 20 de agosto de 2008

    Concordo com o Rodrigo Faeri. O problema do Ronaldinho e de seu irmão Assis é de falta de caráter. Faltou responsabilidade com quem os formou e agora, faltou responsabilidade ao Ronaldinho para com ele e com toda a nação brasileira que pela última vez confiou nele.

  • plets diz: 20 de agosto de 2008

    Texto perfeito, o judas é ex-atleta, só pensa em dinheiroe nao joga nada – familia assis moreira/inter – voces se merecem!!

  • Fabio diz: 20 de agosto de 2008

    A decadência dele começou em 17 de dezembro de 2006 em Yokohama, quando ele achou que iria desfilar a sua “genialidade” diante do mundo e, principalmente, diante dos seus conterrâneos, e acabou saindo de campo derrotado por um gabiru. Nunca mais foi o mesmo… Diziam que ele era melhor que Maradona, alguns malucos diziam até que era melhor que Pelé, que seria o maior de todos os tempos. Bobagem. Não era nem o maior do seu tempo, porque Zidane era melhor do que ele.

  • Marcus diz: 20 de agosto de 2008

    Zini, a queda do império do Ronaldinho Gaúcho tem data, e muito bem definida por sinal: 17.12.2006.

  • Piero Silva diz: 20 de agosto de 2008

    do que o Romario que nao ta nem ai pra treino e toda midia bate palma e diz que ele esta certo!

    Por sinal, a mesma midia tentou caçar a cabeça do Felipão porque ele não quis levar Romário festeiro e mal exemplo pra Copa do Mundo de 2002, e ele trouxe o título sem Romário no time.

    Pena que Ricardo Teixeira está lá, certamente Felipão ainda estaria lá nos dando muitas alegrias caso não tivesse pessoas como esse cidadão tentando ganhar dinheiro em tudo que é negociata.

  • bira diz: 21 de agosto de 2008

    Olha Zini, não por ser colorado, mas depois da final no Japão, o ronaldinho começou a despencar. Abraço!

  • Marcelo diz: 20 de agosto de 2008

    O Ronaldinho vai conseguir algo inédito: ser ídolo e logo depois ser odiado em todos os clubes que passa. Porque só pensa em dinheiro e festas. O problema de caráter é genético e só quem não conhece seu passado acredita neste marketing forçado de bom moço. Mas a máscara está caindo. Ele nunca conseguiu uma grande atuação na seleção e muito menos um grande título. Vai ser lembrado sempre como um jogador de clube, que apesar de ídolo não deixa saudade por onde passa.
    É o caminho que ele escolheu.

  • John diz: 22 de agosto de 2008

    Zini, acho que Seleção Brasileira deveria ser somente para jogadores que jogam no Brasil, que estão identificados com a nossa torcida, com nossa realidade, em todos os sentidos. Ronaldinho Gaúcho, Robinho e todos os demais que “tiveram a chance de serem” cidadãos do mundo (foram embora), deixaram de ser Brasileiros há muito tempo, e por isso, não deveriam vestir nossa camiseta nacional.

  • Fê diz: 20 de agosto de 2008

    Eu entendo. Alguém que nao consegue deixar as portas abertas onde vá profissionalmente, é de se desconfiar. O Ronaldinho é o que pensa o Assis. O futebol dele é descompromissado com o time. Na realidade deveriamos perguntar o que o Assis quer para o Ronaldinho, afinal a cabeça é ele.

  • JULIANO diz: 20 de agosto de 2008

    Sua opinião prima pela EXATIDÃO!!!! O tal Ronaldinho nunca jogou coisa nenhuma na selação. Agora, como outros disseram, e mesmo uma reportagem da Placar já colocou, o dia “d” pro ex-jogador foi o da decisão com o Inter. Pesquisa para vc ver!

  • João Francisco diz: 25 de agosto de 2008

    “Fica difícil, quase impossível, encontrar a data, o dia, o jogo exato que definiu a decadência de Ronaldinho Gaúcho como jogador de futebol.” Poxa, Zini… Quer dizer que vc só entende de segunda divisão e BAT(p)ALHA(çada) dos Aflitos??? Eu te ajudo então: dia 17 de dezembro de 2006. A partir dali, o guri se traumatizou e largou a vida da bola.

  • Beto diz: 20 de agosto de 2008

    Fala sério, os blogueiros da RBS são todos comentaristas de resultado… Na primeira fase o Ronaldinho estava bem, se recuperando, blá, blá, blá, etc… Agora, é o culpado de tudo. O Diego jogou uma barbaridade, o Pato foi espetacular, todo mundo jogou muito, menos o Ronaldinho que entregou tudo… Ora, vão se catar…

  • sport diz: 7 de abril de 2010

    quero ve ronaldiho na copa vaise uma emosao ronaldiho tana copa vaise uma

Envie seu Comentário