Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Onde está escondido o futebol da Dupla

21 de março de 2010 29

O que você vê, o que eu vejo, escapa do campo de visão dos dirigentes gremistas e dos colorados. Os homens do futebol, os que estão acima e ao lado, desfilam elogios aos técnicos Silas e Jorge Fossati. Não importa o tempo, chova, faça sol, o céu infestado de relâmpagos.

O desempenho dos dois importa, sempre importa. Hoje, porém, mesmo que os seus dois times estejam longe do desempenho imaginado pelas duas torcidas, eles ganham carinhosos tapas nas costas dos dirigentes. Eles acreditam nos dois técnicos depois de dois meses e meio de trabalho. Eles apoiam. Aplaudem.

O discurso é quase comum, sejam em tom azul ou vermelho. Depois das partidas, eles anunciam que Grêmio e Inter jogarão bem mais na próxima partida, que é preciso oferecer tempo ao tempo, que cem dias é quase nada no trabalho de uma nova comissão técnica (o que concordo, só que em cem dias já se pode ver algo e nos dois times eu enxergo pouco os dedos de Silas e Fossati). E assim vai indo.
—-

Voz do vestiário

Entrevistas pós-jogo é uma repetição braba. Sempre o mesmo discurso. O torcedor, que ganha um espaço exagerado nas rádios do sul, é o que fala a verdade. É o único que critica em boa voz os dois treinadores, além de parte da imprensa especializada.

No Olímpico, Silas sentiu uma crítica duas semanas atrás, mas elas foram retiradas, arquivadas, esquecidas. Sumiram com as últimas vitórias, mesmo que os adversários atendam pelo nome de Inter-SM ou Votoraty (sem preconceito, apenas pela fragilidade atual de cada um).

Dirigente de futebol é um ser paciente (e às vezes tem razão). Ele é torcedor, mas está acima da torcida. Ele vive vestido com a fantasia de um fã, mas não pode agir como um em determinados momentos. Pode vibrar igual, claro, e deve gritar o mesmo gol, mas não pode pensar como um dos caras que se movem sem compromisso pela arquibancada.

Torcedor não tem compromisso com ninguém. Quando ele não gosta, vaia. Ponto.

O jornalista tem opinião.
Quando usa, o torcedor corre para saber se atrás da opinião existe um colorado ou um gremista. Tudo bem, sem problemas. É um dos esportes preferidos dos gaúchos tentar saber a cor de determinado profissional. Como se bom jornalista fosse movido por paixão clubística. Sua paixão é o futebol, eu penso.

Novo domingo

Grêmio e Inter voltam ao nosso Gauchão, que eu gosto, embora critique a fórmula atual. O Colorado prefere a Libertadores (opção do Grêmio em 2009) e não consegue escalar o mesmo time em dois jogos seguidos. É um problema. Futebol é repetição, sabemos. O Tricolor usa o melhor que tem no Regional, exibindo um folha de pagamento de R$ 3,5 milhões, uma das maiores da história do clube.

Outro domingo, o décimo de futebol na temporada: será que teremos a repetição de tudo ou finalmente a Dupla vai começar a exibir o futebol que todos esperamos? Algo capaz de nos oferecer a Copa do Brasil e a Libertadores num só semestre?

Você acredita em milagres?

Eu não.

Bookmark and Share

Comentários (29)

  • LAURO JULIO KOCH diz: 21 de março de 2010

    Tenho comentado ao longo dos últimos tempos,que futebol se planeja fisicamente para todo ano.Com isso,o pico da preparação é prolongada mais para o final do ano,na reta final do Campeonato Brasileiro.Com isso,o início da temporada é mais lento.As competições ficam pejudicadas,parece que o time não joga,não se acerta.As dificuldades são enormes.Tanto o Gremio em 2008,quanto o Inter em 2009,perderam o Campeonato Brasileiro,porque anteciparam a preparação física.Deram tudo no início.No final do ano deu no que deu.Não adianta agora,cobrar o time.É claro que tem que haver pauta para críticas e cobranças.Mas temos que ir devagar.Com relação à folha de pagamento do Gremio,para esse ano,tenho confiança na diretoria.Se o clube tivesse que reduzir a sua folha,aí me preocuparia.Em qualquer ramo de atividade,quando o negócio cresce,crescem também seus gastos,seus compromissos.Tomara que o clube prossiga nesse rumo.É sinal de recuperação,de crescimento.Não enfatize isso tanto,é um tiro no pé.Apenas os desavisados e incrédulos que dão asa para isso.

  • Eloi Bittencourt diz: 21 de março de 2010

    OS TIMES GAUCHOS ESTÃO MUITO MAL DIRIGIDOS, COM UMA FOLHA MILIONARIA E COM DEZENAS DE CABEÇAS DE BAGRE EM SEU QUADROS. FALTA PARA AMBOS QUALIDADE TECNICA,É SIMPLES,SE HOUVESSE ALGUM CRAQUE, JA SERIA NEGOCIADO DE IMEDIATO, POIS OS DIRIGENTES,ESTÃO NA MÃO DOS EMPRESARIOS, POR NESCESSIDADE OU POR “AMAREM” ROLOS E NEGOCIATAS. E OS TECNICOS CHEGAM COM MUITA BADALAÇÃO E SE ACHAM O MELHOR DO MUNDO E QUEREM MONTAR ESQUEMAS SEM TER OS JOGADORES PARA O ESQUEMA.QUEREM FAZER COM CABEÇAS DE BAGRE O QUE DEVERIA SER FEITO COM CRAQUES.OLHA, CARA, HOUVESSE LÓGICA E RESPEITO AOS COFRES DOS CLUBES,NENHUM JOGADOR DA DUPLA PODERIA GANHAR MAIS DE 30 MIL/MES.É MUITA GRANA PARA TANTA PODRIDÃO…

  • Eloi Bittencourt diz: 21 de março de 2010

    OLHA, TECNICOS IGUAIS AOS DA DUPLA ,TEM AOS MONTES NO RS, OS DAS CATEGORIAS DE BASE, SERIAM BEM MELHORES QUE ESTES MALAS QUE CHEGAM CHEIO DE POMPAS E NÃO TRAZEM NADA DE DIFERENTE.OS MELHORES TECNICOS QUE PASSARAM POR AQUI, ERAM PROFISSIONAIS QUE TRABALHAVAM NO ESTADO.MAS, PARA DIRIGENTES INCOMPETENTES,SANTO DE CASA NÃO FAZ MILAGRE, PREFEREM ARRISCAR COM ALGUEM QUE FOI BEM EM OUTRO LUGAR.VEJA SÓ SILAS FEZ UM BELO TRABALHO NO AVAÍ, TIME COM FOLHA DE 600 MIL/MES, ENTÃO ISTO PROVA QUE O QUE NOS FALTA, É UMA DIRETORIA MENOS ROLEIRA E MAIS COMPETENTE.LEMBRAM A BOMBASTICA CONTRATAÇÃO DE CARVALHO?? UM ILUSTRE DESCONHECIDO QUE JOGAVA NO MEXICO E ESTÁ NA RESERVA. QUE É ISTO? ROLO COM EMPRESÁRIO!!! E A TORCIDA QUE SE DANE.

  • marcio diz: 21 de março de 2010

    Se o Victor vai embora deveriam observar o goleiro da Universidade catolica do Chile, Garces. Eu vi o jogo contra o caracas e nunca vi um goleiro fazer tantas defesas espetaculares. Vale a pena observar!!! Fica aí a dica

  • Luis Ramos diz: 21 de março de 2010

    Olá Zini,

    A sua, e a dos demais colunistas, crítica deveria sempre ser bem-vinda.

    Entretanto, você deverá concordar comigo, críticar apenas é muito fácil.

    Veja. Da forma como você coloca o post atual basta que os dirigentes substituam os treinadores e todos os problemas iriam terminar como em um passe de mágica.

    E você sabe que não funciona assim.

    São muitas variáveis envolvidas, time, torcedor, treinador, direção e, não menos importante, imprensa.

    Observe os times de outras partes do mundo. Quem joga um futebol irrepreensível 100% do tempo? Quem está 100% contente com os resultados? Quem é unanimidade?

    Poucos, muito poucos, e principalmente em poucos momentos!!!

    Então. O que eu gostaria de sugerir com este meu comentário é o trabalho dos comentaristas, da imprensa em geral deveria ter outra razão que não a crítica pela crítica.

    Não adianta nada, não contribui com nada esta atitude de crítica por crítica. Acaba por desacreditar o comentarista. Termina por desestabilizar o ambiente.

    É claro que eu não quero o oposto, ou seja, a ausência de críticas. Mas seria muito interessante um movimento diferente da imprensa gaúcha. Por mais credibilidade, por mais informação, mais análise e com isto o ganho de conhecimento de todos: treinadores, dirigentes, torcedores e comentaristas.

    Eu pecebo que nos últimos tempos todos os treinadores que passaram pela dupla grenal foram, sistematicamente, veja: sistematicamente, desestabilizados. Isto para usar um termo mais cordial. Se você observar verá que no final nenhum deles serve e isto é impressionante!!

    Veja, isto é diferente de se analisar e destacar pontos positivos e negativos. A imprensa gaúcha, com algumas exceções é claro, em geral parece sentir um prazer mórbido em efetuar estas ações.

    Cada um dos treinadores que passou pela dupla tinha suas características. Seus pontos positivos e seus pontos negativos. Como todos nós. Endeusar, ou o contrário, não auxilia em nada a comunidade em geral.

    Será que somos capazes de fazer algo diferente. Mais construtivo? Mais benéfico para todos?

    Obrigado pela atenção.

  • Dóris diz: 21 de março de 2010

    Bom dia, colunista! Bonito o seu texto, mas muito melancólico…

  • job da silveira gomes diz: 21 de março de 2010

    Zini, o Fossati e pessimo treinador, para nao dizer b, joga com 3 zagueiros e perde o meio campo, quando tira 1 zagueiro bota dois pontas e continua a perder o meio, e para acabar
    com o time tira o dalessandro e o juliano e coloca o andrezinho enceradora que corre muito
    e nao produz nada, sem contar que o cleber ele nao deixa passar do meio campo, edu joga,
    joga nao fica em campo 90 min e o valter afastado do grupo.

  • Rodrigo diz: 21 de março de 2010

    Meu sentimento em relacao ao Gremio (ja fui bem pessimista em relacao `a capacidade do Silas…) e’ de OTIMISMO neste momento.

    O Silas da’ sinais de que comeca a entender quem e’ quem no grupo tricolor e isto fica visivel atraves das ultimas escalacoes com Edilson na lateral , Mario na zaga e Adilson no meio.

    Ainda falta escalar definitivamente o Magrao e achar um espaco para o Leandro.

    A verdade e’ que o Gremio tem um grupo de 14, 15 jogadores em condicoes de jogar e isto e’ fundamental para uma temporada exitosa.

  • miguel sessin diz: 21 de março de 2010

    PARA SABER O QUE TU É NÃO NECESSITA CORRER ATRAS, É SÓ SABER LER E VER A COR DE TEUS OLHOS VERMELHOS.

    O PIOR DOS CRONISTAS É O ENRRUSTIDO.

  • Mauricio diz: 21 de março de 2010

    Olha,no caso do grêmio mesmo jogando mal fez o seu dever ganhou o 1º turno do gaúcho e esta bem na copa BRASIL,por enquanto não temos o que reclamar 10 vitórias seguidas,já no outro lado aí não é com nós.

  • murad diz: 21 de março de 2010

    victor,edilson,rodrigo,mario fernandes,fabio santos,adilson, wilian magrao,douglas,leandro,jonas e borges time titular depois das recuperaçoes souza hugo maylson mithiue etc esse time e time de ganhar tudo deixa os caras voltarem e pegarem bem o introsamento vcs vao ver o gremio vai voltar a ser o gremio da decada de 90.

  • Jonas diz: 21 de março de 2010

    O GREMIO ESTA MELHORANDO
    O INTER ESTA IGUAL

    ESTOU TRANQUILO EM RELAÇAO AO GREMIO

  • vanessa diz: 21 de março de 2010

    O futebol do GRÊMIO eatá deixando muito a desejar não pelo elenco que na minha opinião é muito bom(apesar dos desfalques)e tem potencial pra almejar titulos esse ano, mas o problema maior está no técnico ele pensa como se estivesse treinando o Avai, pensa como se o GRÊMIO fosse um time pequeno e está fazendo grande coisa ganhando 10 partidas seguidas no gauchão e times sem expressão na Copa do Brasil.O minimo que se espera do GRÊMIO é que quando tenha um time inferior a ele ganhe e quando pegue um time á sul altura ganhe ou pelo menos mostre bom futebol, a única experiência contra time grande que o Silas teve esse ano foi contra o outro time da capital e ele saiu derrotado, mas concordo que não jogou mal, mas o futebol é o resultado final que importa.
    Eu só espero que o GRÊMIO não tenho que perder um titulo ou ser desclassificado de uma competição pra essa direção perceber que o Silas é técnico pro Avai e não para o GRÊMIO.

  • Mauricio Todeschini diz: 21 de março de 2010

    Com 3 meses de trabalho, tanto o Silas como o Fossatti já deveriam ter um esboço de time. Um sistema de jogo. Mas o time piora a cada dia. No Grêmio, o Silas insiste contra tudo e contra todos na sua ovelinha FERDINANDO, que fica atrapalhando o retorno de WILLIAN MAGRÃO e de outras revelações como FERNANDO. Sinceramente. Se eu fosse presidente do Grêmio repetia a decisão, certa a meu ver, tomada em 2008, quando a direção demitiu WAGNER MANCINI e contratou ROTH. Tiraria o SILAS e traria o MURICY RAMALHO, TITE ou o próprio ROTH. O SILAS demonstrou, até o momento, que não sabe qual será o sistema de jogo do Grêmio, não sabe quem é o time, quais os titulares, muda a toda hora. Os resultados vêm pela fragilidade dos adversários. Mas será preciso jogar outra Copa do Brasil e outro Brasileirão fora para comprovar o que está na cara de todos o que acontecerá?
    Será. Certamente. E aí virão aquelas desculpas de que os resultados eram bons blá blá blá…e temos, nós torcedores, suportar tudo isso, vendo ROCKEMBACK ganhando 200 mil por mês para ser reserva, ver FERDINANDO tirando lugares de jogadores melhores e um time medíocre em campo.

    illiam Magrão e as jovens revelações. O final desta história todo mundo já sabe. Para o Grêmio, mais uma Copa do Brasil e um Brasileirão jogado fora, quando chegar no meio do campeonato e o time pegar um adversário mais qualificado e for eliminado.

  • Dirceu diz: 21 de março de 2010

    Uma coisa logica, é impossivel formar um time para uma temporada. Passa pro aleatorio as vitorias e titulos, mas a critica ganha tem bastante pano pra manga postando sempre no pior nao é difici errar.
    Boa mesmo é a liga a Europea, balao pra tudo qto é lado.

  • SÀVIO diz: 21 de março de 2010

    A imprensa gaucha recuperaria credibilidade, se revelasse suas preferências clubisticas. Do jeito que está, e como bater e esconder a mão. Isso é desonesto, da oportunidade de servir a interesses obscuros.

  • Valair Ferreira diz: 21 de março de 2010

    Nada serve pra vcs. Nunca vão estar contentes com treinador nenhum.
    O que vcs querem na verdade é desestabilizar, criar entrigas, e pedir a cabeça dos treinadores. Olhem o passado de vcs. Sempre foi assim. Só começam a respeitar, mesmo assim com desconfiança, depois que o treinador suportou todo o tipo de dencrença e ganhou algum título ou que o time encaixou.

    Mas durante essa fase de montagem e ajuste da equipe, o que se fala é TROCAR o treinador. E troca um, troca outro, e o time cada vez mais afunda. Pra trabalhar aqui no Sul, o treinador tem que ter personalidade mais forte e até agressiva com vcs jornalistas. Pq é porrada o tempo todo. O Vesgo conseguiu trabalhar 2 meses com mais tranqulidade depois de distribuir esporros nas entrevistas coletivas. Sim, com 2 jogos já tinha gente pedindo a cabeça dele.

    O pobre Silas, foi tirado pra corinho nesses dias. Passaram batendo desde o início do trabalho. Agora o time vem mostrando clara evolução, tanto defensiva como no meio campo. Mais entrosamento, e mecânica. Se seguir essa tendência, irá melhorar. Mas mesmo assim, não dão o braço a torcer. Sempre vem um corneta dizendo que está jogando com times fracos.
    Bom, mas a coisa se acalma uns dias, e começam bater no Fossati. É o novo foco. Esse daí vai comer o pão que o diabo amassou nos próximos dias.

    Eu não tenho dúvida nenhuma que até o meio do ano vcs irão conseguir a cabeça de alguém pra coleção.

    Afinal, como vc mesmo diz no seu post, se o esporte preferido dos torcedores é adivinhar o time do coração de alguns jornalistas “neutros”, e digo que o esporte preferido de alguns jornalistas é pedir a cabeça de treinadores.

    É a crítica pela crítica. Mas o país é livre, como disse o David numa coluna essa semana. Felizmente. Cada um fala e faz o que quer. Melhor assim, do que não poder falar nada. Certamente que isso não contribui em nada com o futebol local. Está provado que um time só é vitorioso quando o trabalho é de longo prazo. Ficar trocando o comando a cada 3 meses não leva a nada. Até assanha alguns a começarem a pedir a cabeça do técnico seguinte, ou então queimar algum jogador em especial.

    No mais o que determina o sucesso do trabalho é ter uma direção com braço forte, blindar o vestiário das cornetas da imprensa, manter o comando forte e der tempo pra que o resultado apareça.

  • Ricardo Naves diz: 21 de março de 2010

    O que acontece é o seguinte, muito simples: quem contratou Silas e Fossati sabe que se criticar os técnicos estará criticando a si mesmo. É mais ou menos como faz o Silas, que trouxe o Ferdinando e não abre mão do cabeça de bagre.

  • Luciano Pohlmann diz: 21 de março de 2010

    Não está escrito em lugar algum, sequer há comprovação científica, que um time de futebol deve apresentar determinado resultado em X tempo, e assim sucessivamente. O que há de concreto é o fato de o torcedor desejar que o seu clube vença todas as competições. Isso sim é verdadeiro.
    Por outro lado, há os interesses da mídia que, acima de tudo, prima pela notícia preferencialmente polêmica, bombástica, arrasadora, comovente, obviamente com o objetivo de obter a audiência tão apreciada por seus anunciantes, ou expressiva tiragem de jornais, como queiram.
    Muitas vezes, na ânsia de produzir essa lucrativa visibilidade, ultrapassa limites éticos, atribuindo notícias capciosas a pessoas “influentes” dos clubes. Na verdade pessoas que tem interesses pessoais em enfraquecer os que estão atualmente gerindo o clube e, é claro, obter vantagens galgando posições nessa hierarquia.
    Digo isso, porque sou sócio do Inter e entendo que o torcedor tem estar atento a esses interesses outros que, na maioria das vezes, não estão preocupados com os clubes, mas sim em satisfazer seus interesses. Por isso, não exitam em criar fatos, favorecer a imagem de pessoas simpáticas a esses veículos de comunicação com o objetivo de colcoá-las em postos chaves dentro do clube (Tite é um exemplo), nas horas difíceis do time ampliam a voz da suposta “oposição” política no clube, tudo isso, é claro, visando minar o conceito da gestão frente aos seus torcedores.
    A mídia daqui do sul se diz a única a criticar os clubes, diferentemente da mídia do centro do país. Entretanto, os clubes do centro do país tem muita mais visibilidade, muito mais aceitação do publíco e, consequentemente, muito mais receitas de marketing decorrente de seu poder de barganha, o que repercute positivamente sobre as finanças dos clubes. Ou seja, no centro do país a mídia esportiva é aliada dos clubes e ambos ganham com isso.
    Aqui me parece que um dos lados só quer vencer: a mídia. Pra mim, isso explica o atraso de Inter e Grêmio, principalmente do ponto de vista financeiro, frente aos clubes do centro do país.

  • Jorge diz: 21 de março de 2010

    Esta um porre essa pegação no pé do Silas por ele ter vindo do avai, veio de time pequeno mas fez milagre com aquele time, terminou o brasileirão 2009 na frente do Grêmio que tinha um elenco muito melhor e um Técnico badaladíssimo chamado Paulo Autuori, muita grife mas não ganhou nada, enquanto Silas foi eleito o segundo melhor técnico de 2009, na frente do Luxemburgo, Muricy e outros reconhecidos!!!

    O saudoso Felipão sofreu o mesmo tipo de preconceito quando chegou aqui vindo do “Criciúma” time da terceira divisão, mais modesto que o Avai, e o que resultou todos sabemos, um dos mais vitoriosos técnicos da história do Imortal!!

    Lançamos o Felipão e o Mano Meneses, agora estamos projetando mais um, vejo no Silas o mesmo potencial que via neles, e tenho certeza que dentro de pouco tempo o inter vai estar fora da Libertadores com o técnico Jorge tô na Fossatchê, e o Tricolor vai estar classificado para a Libertadores e de quebra vai ser o único Penta campeão da Copa do Brasil com o Silas!!!

    Comentei isso com amigos colorados, duvidaram que aconteça claro, mas ficaram apavorados em constatar que isso é uma real possibilidade!!!!

  • SAUTRICOLOR diz: 21 de março de 2010

    Deixa o Silas!!!!
    O cara eh bom, esta dando resultados com uma serie de desfalques, e desfalques importante!!! Na folha salarial concordo com o Meira, para um time grande conquistar grandes titulos tem q ter investimento à altura!!!!!

    Sem mais p/ o momento……..o GREMIO vai ganhar no mínimo 2 competições GRANDES esse ano!!!!

    “ESTE ANO EH O ANO DOS TITULOS Q NOS FALTARAM DE 2 ANOS P/ CA(TRÍPLICE COROA!!!”

  • ARLINDO rEESE diz: 21 de março de 2010

    Talvez o tema não seja este. Porém, gastaria de de ver alguém escrever ou mesmo falar sobre o seguinte tema/assunto: Em 2001 o Gremio foi Tetra Campeão da Copa do Brasil.E de lá pra cá? Never…. Delá prá cá… Revelou e vendeu (Não necessariamente nessa ordem..) Anderson, Lucas, Carlos Eduardo, Felipe Matione, Douglas Costa, Rever, Léo (Pagar dívidas), Willian (Pagar dívidas). Faltou alguém? Talvez…. Agora, chegou a vez do goleiro Vitor, amanhã, do zagueiro Mário Fernandes, depois, com certeza, Maylson, Wiliam Magrão, Mitihue, entre outros……
    Quando, pelo AMOR DE DEUS, o Gremio voltará a ser GREMIO, com letra MAIÚSCULA?. Um forte abraço de um GREMISTA imortal. AR

  • Arlindo Rese diz: 21 de março de 2010

    Diretoria. Eu fico impressionado com o amadorismo no Gremio. Caso acontecesse em minha empresa, a mesma já tinha falido. Imagine, se eu tivessse contratado o Rochembacker para Diretor de Marketing. O que seria dos meus produtos, considerando o seu desempenho? e se o Leandoro fosse o Diretor de Prudução? Haveria produção para atender a demanda? E o meio campo fosse responsável pela segurança? Quantos já teriam batido na porta do cofre? E o ataque? se comparados aos vendedores, estariam reclamando: a gente vende mas não tem PRODUTO para entregar…. Penso que nesse Gremio tem muito cartola que está 30 ou mais anos no futebol e NÃO ENTENDE NADA, mas não entende de nada mesmo, aliás, so entende de ovelhinhas…… AR

  • Anônimo diz: 21 de março de 2010

    Faço um desafio a vc, que sabe tudo, é um gênio. Fique o mesmo tempo que o Silas e o forsatti dirigindo os times. Esses mesmos. Se vc se sair muito melhor, vc tem razão. Senão (omque va obviametne acontecer) Você troca de profissão emvai fazer algo que realmente te combrem em vez de ser engenheiro da obra alheia.

  • José diz: 21 de março de 2010

    Zini, mas que encheção de saco, com o William Magrão. Primeiro, é só ele jogar bem quando entra equpe não sai mais, mas isto não está acontecendo. Ele ainda está travando e não é na conversa e na pressão de comentaristas que ele vai entrar. Segundo, ele não é, nem aqui e nem será na China, primeiro volante. Parem com isto. Primeiro volante tem que guardar lugar. Você conhece algum grande primeiro volante que saía o tempo todo? Por acaso Falcão era primeiro volante? Ele tinha um Caçapava ou um Batista atrás dele. E o Dinho, por acaso saía do lugar?

    Como você e o Wianey gostam de arrumar uma confusão, não??? Parem com conversa fiada. Magrão é segundo volante e jogará quando estiver bem. E ponto final!!!

  • antonio rosa diz: 21 de março de 2010

    sou gaúcho e moro em floripa. tem colunista que só vê o próprio nariz. deixa os técnicos trabalhar. o silas e o fossatti fizeram escola no avaí e se deram bem. imagina se a gente analisass, de verdade, o conteúdo das colunas…dos ditos analistas…papel aceita tudo. dá-lhe grêmio…hoja a 11ª vitória seguida. pena, zini. pega outro pra bode…

  • João Manoel Rodrigues diz: 21 de março de 2010

    Zini.
    Acho que tens razão,o futebol apresentado pelo Inter neste inicio não é o que a torcida esperava, o markting que foi feito em cima deste plantel foi muito grande e era lógico que nos como bons colorados acreditamo na Diretoria.
    Pergunto:quando se escolhe um treinador não tem que levar em conta o plantel e os objetivos que o Time tem no ano, pois bem,temos um equipe qualificada do meio do campo para frente(olhe o Banco)e fomos contratar um Treinador que não gosta de atacar ou sera que os jogadores não estão entendendo o esquema tático do Jorge F.porque não é possivel querer ganhar a Libertadores sem fazer gol.

  • Roberto Taborda diz: 21 de março de 2010

    Aham… e cadê a citação ao grande Fossati? Porque somente sobre o Silas? Como sempre, parcial….

  • joão antenor de melo leite diz: 21 de março de 2010

    FALO DO INTER- TALVEZ SEJA O PIOR TIME DO INTER NESSES ÚLTIMOS 05(CINCO)ANOS. TEM PROBLEMAS DE TREINADOR DE JOGADOR E PRINCIPALMENTE DE DIRIGENTES. O FERNADO CARVALHO ESTÁ MANCHANDO SUAS CONQUISTAS. DEVERIA ENXERGAR QUE FALTA JOGADOR E QUALIDADE AO TIME. UM TIME QUE PROJETA SER CAMPEÃO JAMIS FICA 04 JOGOS SEM VITÓRIA E OBSERVE OS ADVERSÁRIOS. POR FAVOR FALEM MENOS E TRABALHEM MAIS, ENXERGUEM O INTER CHEGO NA BEIRA DO ABISMO E VAI CAIR. PASMEM.

Envie seu Comentário