Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Hooligans terão cela especial na Copa

02 de junho de 2010 2

Os hooligans são esperados na Copa do Mundo, mas não são bem-vindos. A Ministério da Justiça da África do Sul, com apoio das forças de segurança da Inglaterra, evitou que um grupo de ingleses, com um passado de arruaças antes e depois de grandes jogos de futebol na Europa, embarcasse para o continente africano via o Aeroporto Internacional de Dubai dias atrás.

O governo inglês tem em seu poder mais de 3 mil passaportes de pessoas identificadas como hooligans. Assim, eles não podem deixar as ilhas britânicas. O problema, no entanto, não é exclusivo da rainha Elizabeth II. Outros países da Europa mais rica, como Alemanha, Itália, Espanha, também têm problemas semelhantes. A polícia dos três países, assim como a inglesa, vão enviar policiais ao continente africano para cuidar dos seus torcedores mais exaltados. A vigilância será diária, 24 horas sem intervalo.

Se alguém escapar do controle, o governo sul-africano promete uma resposta imediata para quem desafiar as autoridades nos estádios ou nas ruas das nove cidades – com 10 estádios, que receberão 64 jogos em 30 dias a partir de 11 deste mês.

Os estádios receberam novas celas, criadas especialmente para o torneio, assim como dezenas de postos policiais. Quem praticar atos de vandalismos em tornos ou no interior dos estádios será preso no próprio estádio. Não dividirá celas ou presídios com os criminosos locais.

O governo da África do Sul promete uma Justiça rápida durante a Copa do Mundo. Criou 56 novas cortes em diferentes cidades da África do Sul. A ideia é a acelerar o processo de julgamentos dos estrangeiros que cometeram algum crime durante o Mundial.

Bookmark and Share

Comentários (2)

  • Douglas diz: 2 de junho de 2010

    Não é de sentir nojo de uma seleção como a do Brasil que cobra 1,8 milhão para jogar num país miserável como o Zimbábue?

    Em mim causa, sinto vergonha e nojo dessa seleção de milhonários e semi-analfabetos.

    Não perco mais 1 segundo com essa mentira, chamada seleção brasileira.

  • David Mello diz: 2 de junho de 2010

    Parabéns à Inglaterra que colaborou com as forças de segurança da África do Sul ao facilitar a identificação de vândalos ingleses e impedir que eles embarcassem ao país da Copa para repetir arruaças e também ao apreender passaportes de bandidos travestidos de torcedores.

    O apogeu da violência dos hooligans ingleses ocorreu em 1985, no estádio de Heysel, em Bruxelas, na Bélgica onde jogaram Liverpool (ING) contra a Juventus (ITA) pela final da UEFA Champions League. Não houve controle sobre a infiltração desses bandidos e o resultado foi um saldo de 39 torcedores da Juventus mortos, a maioria pisoteadas, ao tentar fugir dos hooligans. A UEFA baniu os clubes ingleses de competições continentais por cinco anos.

    Em muitos países, 25 anos depois, isso seria simplesmente esquecido. Mas na Inglaterra isso é lembrado todos os dias, para garantir que não ocorra novamente. Nos estádios ingleses, não ha alambrado, muros, fossas ou arames farpados. Quem quiser invadir estádio no meio do jogo, só precisa levantar-se de sua cadeira e dar alguns passos a frente e “voilà” entrará em campo! Mas ninguém faz isso, por questões culturais, por saber que isso prejudicará muito o seu clube e também porque será preso e banido de eventos esportivos dentro e fora da Inglaterra.

Envie seu Comentário