Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Dia de treino em Joannesburgo

04 de junho de 2010 3

Depois de oito dias em Joanesburgo, 11 da estreia, a Seleção parece pronta, capaz de enfrentar os primeiros desafios do mundial, Coreia do Norte, Costa do Marfim e Portugal, três adversários em 10 rápidos dias.

Dunga não tem mais dúvidas no seu time. Se Michel Bastos, com uma torção no tornozelo direito, não se recuperar, o treinador chama Gilberto, um lateral esquerdo ainda mais experiente.

Júlio César ainda se recupera de uma pancada nas costas, só que a lesão não tira o sono da Comissão Técnica. Não há qualquer outro problema físico.

Em Curitiba, ainda no final de maio, a Seleção se apresentou com dois problemas, Kaká e Luís Fabiano. Hoje, os dois treinam com a mesma intensidade dos demais colegas e melhoram a cada treinamento. O meia e o atacante garantiram em entrevistas que estarão em plena forma a partir do dia 15, data da estreia do Brasil, que espera os norte-coreanos no Estádio Ellis Park.

Os treinos mostram que os 23 convocados trabalham todos os dias com muita intensidade. À tarde, nos olhos da imprensa mundial, Paulo Paixão faz um longo aquecimento, normalmente usando bola. Depois, Dunga e Jorginho começam os trabalhos táticos, normalmente usando apenas uma parte do campo e pedindo que os jogadores toquem na bola duas vezes. Goleiros trabalham de um lado, zagueiros do outro e homens do meio-campo e atacantes usam um terceiro espaço em campo, como aconteceu nesta sexta-feira.

Quem vê os treinos com atenção observa um grupo totalmente compenetrado. A obediência ao comando de Dunga é absoluta. Não se vê ninguém correndo menos ou reclamando de qualquer coisa, nem de uma possível erro de arbitragem em rachões, dois toques ou coletivos.

Antes dos treinos, os jogadores fazem muitas brincadeiras, riem alto, normalmente em volta uma roda de bobinho, onde um deles precisa correr atrás da bola até conseguir recuperá-la. Não parece, ao menos nos treinos, aborrecidos ou entediados. Pelo contrário, lembram o trabalho de jogadores motivados, unidos em torno de um objetivo.

Bookmark and Share

Comentários (3)

  • JB Costa diz: 4 de junho de 2010

    Sr. jornalista,
    Inicialmente meus parabéns pela excelente cobertura.
    Desculpe se vou desviar de assunto. Mas não há outro jeito.
    O que o sr. achou das declarações do Messi? Arrogantes u realistas?
    Deponho como torcedor: à exceção dele Messi, quem realmente se destaca nessa seleção Argentina? Mascherano?Verón? Talvez Milito pela campanha da Internacionale. E olhe lá.
    Começaram assim na Copa de 90. E o resultado deu no que deu.
    Sou mais Brasil. Temos, sem sombra de dúvidas, um esquema defensivo talvez dos melhores das últimas copas. A começar pelo goleiro. Um meio de campo com contenção ótima e criação apenas regular. No ataque tenho certeza que Robinho e Luiz Fabiano repetirão Romário e Bebeto.
    O problema é que nos, brasileiros, temos o vezo de pararno tempo e espaço no que tange ao futebol.
    Acredite, tem pessoas que ainda falam em Zizi, Barbosa, Pelé, Tostão, como parâmetros a serem utilizados em termos de eficácia.
    Estão certos se a análise for em termos absolutos. Foram eles e outros mais craques na acepção do termo.
    No entanto, o futebol praticado era outro. O contexto era totalmente diferente.
    Resumo: para os dias atuais não estamos bem servidos? Acho que sim.
    Nesse ponto, defendo totalmente a seleção do Dunga e, como brasileiro, torcerei pelas nossas cores.

  • Tadeu Cruz diz: 4 de junho de 2010

    Prezados,

    Antes de mais nada preciso parabenizar o nosso grande Dunga, pois esta convicto no seu planejamento. O Brasil precisa ser brasileiro acima de tudo. Neste momento o patriotismo tem que prevalecer, todos temos que torcer pelo nosso país. Sou testemunha quando o treinador em entrevista na Noruega falou: “para jogar na seleção o jogador tem que estar preparado para atuar cinco, dez, quarenta e cinco, noventa ou até nem jogar”. Parabéns Dunga você esta com um grupo unido ou fechado na linguagem do futebol. Esta seleção é de patriotas, quem não gostar pelo menos torça.

    Um forte abraço, rumo ao Hexa.

  • almanaque do roberto diz: 6 de junho de 2010

    Jogadores gaúchos famosos que passaram pelo Flamengo :

    Renato Gaúcho
    Moderato
    Carpegiani
    Branco
    Pirilo
    Hermes
    Gilmar Luís Rinaldi
    Juvenal Amarijo
    Gaúcho
    Adãozinho
    Popéia
    Gauchinho
    Chico
    Leandro Ávila
    Alexandre Gaúcho
    Marcelo Rosa da Silva
    Huguinho
    Gago
    Luisinho
    Kuntz
    Ivanir Santos Honorato
    João Carlos Gonçalves Flain
    Beto Bacamarte
    Jamir
    Kita
    Jarbas Luiz Gomes
    Luís Carlos Fernandes de Freitas
    Artigas
    Nestor Pedroso
    Cléo Inácio Hickman
    Candiota
    Claudiomiro
    Amorim
    Alcione Barboza Dornelles
    Lúcio Assumpção
    Edmilson Neves da Silva
    Vitor Hugo Siqueira

    http://www.globofm.com.br

Envie seu Comentário