Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

A operação Abu Dhabi

07 de agosto de 2010 1

O antenado marketing do Inter, exemplo nacional, já conversou com a Reebok, em São Paulo.

O principal assunto da pauta foi a criação das novas camisas para o Mundial de Clubes nos Emirados Árabes Unidos. Não só o uniforme dos jogadores, camisa, meia e calção, mas outros diferenciados artigos com a grife do Inter.

Em 2006, antes da decisão em Yokohama, o Inter lançou alguns produtos, que não foram bem aceitos pelos lojistas – logo surpreendidos pela procura por parte dos colorados.

Este ano a estratégia de lançamento está sendo repensada.

Homem do marketing, Jorge Avancini pretende leiloar nas próximas semanas algumas camisas oficiais que não foram usadas nos dois jogos com o São Paulo.

A camisa é da coleção 2010, mas tem alguns detalhes exclusivos, como uma bandeira do Brasil, e já se transformou em peça de colecionador. O dinheiro será revertido às obras de caridade do clube.

A chegada à final da Libertadores e a presença no Mundial deve adicionar 25% ao faturamento do marketing em 2010.

Bookmark and Share

Comentários (1)

  • Leandro Motta diz: 7 de agosto de 2010

    Taí mais uma lição pros bananas da direção do Grêmuo, que nem aprovar um uniforme número um decente são capazes.
    É um horror ver o Grêmio jogar com uma camisa que não diz nada aos torcedores. É descaracterizada e feia, acima de tudo.
    É tão horrível que, quando vai presentear alguém, a direção recorre ao modelo da Libertadores ou aquela histórica de 83.

Envie seu Comentário