Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Reservas azuis superam o B colorado: 2 a 1

30 de janeiro de 2011 17

Gostei do clássico do Exterior, o primeiro da temporada 2011, os reservas do Grêmio contra o Inter B: 2 a 1. Gostei do jogo, um bom segundo tempo, um Gre-Nal empolgante.

O jogo começou truncado, atrapalhado, sem coordenação. Clementino quase marcou, parou na grande saída de Muriel. Melhorou depois do gol do Inter, uma bela cabeçada de Guto.

Parecia que o Inter faria o segundo gol logo. O Grêmio agradeceu o intervalo. Respirou. Roger mudou o time no vestiário.

No segundo tempo, os reservas azuis mostraram que são superiores aos jogadores do B colorado, ao menos no jogo de ontem. Collaço empatou de falta, na falha de Muriel. O goleiro esperava um chute de pé direito, apareceu um canhoto. Gol.

Depois, o Grêmio dominou, criou chances, mas o Inter perdeu a bola do jogo com o chute torto de Ricardo Goulart na frente de Marcelo Grohe, também com boa atuação. Lins fez o segundo gol.

A vitória do Grêmio foi justa. Ganhou quem foi melhor, quem aproveitou as chances de gol e o quem criou mais.

Bruno Collaço foi o melhor em campo. Gostei de Neuton, de Adilson. William Magrão voltou bem, Lins foi oportunista.

Do lado vermelho, Muriel fez defesas importantes, é um jovem e precisa de mais e melhores oportunidades. Rodrigo é bom zagueiro, Ricardo Goulart sabe jogar e Marquinhos foi um dos nomes do clássico.

Márcio Chagas fez um jogo tranquilo, sem falhas, lotado de acertos.

Bookmark and Share

Comentários (17)

  • ELTON diz: 31 de janeiro de 2011

    No primeiro gol gremista NÃO HOUVE FALTA. Erro da arbitragem.

    No segundo gol gremista o erro foi de Natan, um colorado.

    Dois gols entregues de bandeja.

  • Guto diz: 31 de janeiro de 2011

    Lins. Bruce Lins…

  • renata diz: 31 de janeiro de 2011

    Sempre quem ganha tem os melhores jogadores, dominou a partida e blablabla…
    se o Inter tivesse vencido, ng do lado azul prestaria…
    Seria justo um empate, nao achei os reservetes do Gremio melhores que os meninos do B! e isso é bem preocupante do time azul.

  • Negrito diz: 31 de janeiro de 2011

    Grenais dos goleiros e a defesa do Marcelo na cabeçada me lembra o grande goleiro Castilho, hoje já falecido.Mas o goleiro do Inter demonstrou ser o melhor do Brasil juntou com o goleiro de Flamengo sub 20. Em campo foi uma batalha de vontades, de um lado um time bem treinado e do outro um grupo de jogadores mais maduros. O Gremio apresentou os mesmos problemas cronicos, a zaga não marca e não defende de cabeça e a frente da area está sem proteção, até a entrada de Magrão, legitimo homem de frente de zaga que corregiu o setor. Clementino e Lins são excelentes jogadores e muito determinados. Neuton não sabe por onde anda. Mityue anda sem confiança. Mario Fernandes jogou muito bem. Denner precisa se firmar e o Mailson (Jaburu) deu certo na lateral direita (até que enfim). Bruno Colasso é o reserva do Lucio na esquerda, não podendo jogarem juntos porque ambos sobem, e Gilson vai para a cerca, talvez até jogue na lateral direita ou no meio. Renato agora pode escolher um time até bom para quarta-feira, ferramentas não faltam.Claro que não se pode comparar o Gremio com o Santos, com o Cruzeiro ou com o Fluminense, está ainda longe tecnicamente desses times. Mas para o gauchão dá para o gasto. Quem esperava a derrota do Gremio deu com os burros nagua, a sorte estava do outro lado.

  • Tiago José diz: 31 de janeiro de 2011

    Olá Zin! Também gostei do “grenalzinho” e até arrisco opinar que as equipes principais,talvez não conseguissem destacar tantas individualidades.O meu destaque fica no técnico Roger,pela vitória,evidentemente,mas sobretudo pelo conjunto de qualidades que reúne.É um estudioso das variações táticas,aliás,como atleta já se interessava por isso e também possui inteligência acima da média num meio em que completar uma frase é um acontecimento.Roger foi estudar Educação Física,é bem articulado,humilde e não inventa.Aproveitou bem sua primeira oportunidade como treinador e se for valorizado pelo clube (o Grêmio peca em “queimar” as pratas da casa) pode estar surgindo aí um grande treinador.

  • Tiago José diz: 31 de janeiro de 2011

    Suprimi uma letra no teu nome.Peço desculpas e corrijo: Zini. Cumprimentos!!!

  • Walmir diz: 31 de janeiro de 2011

    TER TÉCNICO COM CORAGEM E VONTADE DE VENCER SEMPRE NÃO TEM PREÇO!!!
    LEIAM O QUE DISSE O RENATO AO ROGER DURANTE O GRNAL:

    “Chama o Lins. Coloca o terceiro atacante. Tira o Mithyuê. Vamos para dentro deles. Vamos ganhar esse Gre-Nal. Chama o Lins e vamos para dentro deles” – reiterou.

    “Técnico não pode ter medo. Tem que ter coragem. Pedi para o Roger colocar o terceiro atacante porque eu vi que o Inter tinha sentido o gol, vi que a gente podia ganhar. Não podemos ter medo. Quem tem medo de perder, perde a vontade de ganhar. Tivemos coragem, fomos para dentro, e vencemos” – comemorou, ao final.

    ESSAS ATITUDES DIFERENCIAM RENATO de Roths, Autuoris, Silas e outros mais.

    Da-lhe tricolor !!!! da-lhe Mazembe!!!
    Moranguetes! sem o Simon não conseguem !!!! Kidiaba!

  • Alan diz: 31 de janeiro de 2011

    eu TAMBEM gostei deste GREnal , principalmente que o GREMIO GANHOU MAIS UMA. DA-LHE GREMIOOOO…

  • l fernando blog diz: 31 de janeiro de 2011

    quem precisa de mais e melhores oportunidade é o AGENOR
    MURIEL tomando o gol de falta ontem mostrou que nem para banco serve
    MURIEL falha em todos os jogos
    pequenas ou grandes flahas, mas sempre falha
    no jogo contra o santa cruz conseguiu dar um balão nas costas do zagueiro do Inter a la Clemer

  • João diz: 31 de janeiro de 2011

    Não concordo com a tua colocação: “Muriel fez defesas importantes, é um jovem e precisa de mais e melhores oportunidades.”. Acho que ele está tendo boas oportunidades, ou o gauchão não conta. Um goleiro não precisa estar no time titular para ser avaliado. Pelo contrário, quanto mais fraca a zaga melhores oportunidades virão. Acho que ele deve continuar jogando no Inter B para ter certeza se ele é ou não é o goleiro que o Inter precisa para ser seu titular. Infelizmente o Agenor vai ter que esperar ou é possível dar as “mais e melhores oportunidades” para o Agenor também?. Será que o Inter vai ter que montar um time C para testar o Agenor? Ainda acho que o Inter deveria contratar um goleiro bem melhor do que os que estão aí ou vai ficar difícil ganhar a libertadores.
    Quanto ao Grenal, deu para ver que o Grêmio tem um bom time titular, mas os reservas suam para ganhar do time B do Inter.

  • Marcelo Colorado diz: 31 de janeiro de 2011

    O Inter estava bem, dominando e criando oportunidades…

    Mas na hora H, quando o time precisava de um goleiro confiável, vem o seu Muriel(aquele mesmo que já entregou um título de juniores pro rival da azenha) e fica estagnado, como um “aipim” fincado e olhando a bola entrar…..tenha a santa paciência….. onde estão os dirigentes do Inter?
    Goleiro bom quando falha, o time dele ganha, já o ruim quando frangueia, o time dele perde.

    Senti até saudades do Lauro!

    Já o Ricardo Goulart está se revelando muito bom jogador, chegando com força no ataque, perder gols é do jogo, mas ele já mostrou que faz.

    Abraço Zini.

  • Ricardo diz: 31 de janeiro de 2011

    O Gre-Nal em Rivera não passou de um grande peladão, melhorado. Um bando de guris correndo enlouquecidamente atrás da bola, sem aplicação tática, sem “eira, nem beira”. Ganhou o menos pior, pois o time do Inter é risível. Infelizmente, o clássico foi rebaixado, por atitudes incoerentes e impensadas de nossos incensados dirigentes, para um segundo plano. Não venham com argumentos de Pré-Libertadores, Libertadores e outros já cansativos discursos. O Gauchão está sendo tratado amadoramente, de forma inescrupulosa, pois só visam o lado econômico. Perdeu seu charme, seu glamour! O que dizer do público que compareceu ao Estádio? Lamentável! Jogo de times reservas com preços dos ingressos de primeiro mundo. O que é isto? Não vejo todo este espetáculo noticiado pela Imprensa. Foi um jogo monótono, cansativo, deprimente em alguns instantes. Nosso maior clássico relegado ao segundo plano e desmobilizado pelos próprios dirigentes. Continuam as avaliações erradas, incoerentes e precipitadas. O melhor presente que a dupla Gre-Nal poderia ter nos próximos dias e meses que se seguirão, seria o de não passarem, sequer, da fase classificatória da Libertadores. Morreriam juntos e abraçados!

  • Roberto diz: 31 de janeiro de 2011

    Pra mim, a “mão” do Renato e o carisma do Roger é que fizeram a diferença. Agora, Marquinhos joga muito, realmente. No Grêmio, faltou o Pessali, que joga mais do que o Mithyuê. Boa partida dos goleiros e dos jogadores citados por ti.

  • valmir diz: 31 de janeiro de 2011

    Sou colorado, mas os técnicos azuis demonstraram convicção e coragem. O técnico colorado expressou MEDO, quando
    iniciou a partida com outro esquema. Declinou de um esquema VENCEDOR. A MENTE É PODEROSA, jamais sairia com
    vitória.

  • valmir diz: 31 de janeiro de 2011

    Caro Zini, queres moderação no que ? Todo mundo percebeu o MEDO de um e a CORAGEM do outro !

  • João Carlos diz: 1 de fevereiro de 2011

    Muriel foi o grande responsável pelo fato de o Grêmio fazer apenas dois gols. Sua atuação foi muito boa, Marcelo. No primeiro gol foi atrapalhado pela falsa barreira do Grêmio e pela antecipação do Colaço, chutando de pé esquerdo. Isso acontece com os melhores goleiros. Até com o CastilhoS, citado em comentário que peca pelo excesso ao apontar Muriel como o melhor goleiro do Brasil. Menos…

  • Marisa Assis Dalla Vecchia diz: 1 de fevereiro de 2011

    O GREMIO sempre vai superar esses coloridos,B ou A. KIDIABO de grenal…… ADOREI!!!!!! De virada é mais gostoso…. LINS será nosso novo goleador,com o BORGES e cia.

Envie seu Comentário