Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

VÍDEO: Fossati mostra mágoa com o Inter

08 de julho de 2011 10

Jorge Fossati, 58 anos, volta hoje ao Uruguai depois de três dias em Porto Alegre, onde negociou antiga pendência com o Inter. Na sala de um hotel da Capital, ele mostrou certa mágoa com dirigentes e não se vê campeão da Libertadores 2010.

Bookmark and Share

Comentários (10)

  • Fabio diz: 8 de julho de 2011

    É chata essa situação de ter trocado de treinador no meio da competição. Nem o Fossati pode se considerar campeão, mas na verdade o Celso Roth também não é “campeão” mesmo, porque só dirigiu o time em quatro partidas.

    Mas é inegável que a troca do Fossati pelo Roth foi positiva para o Inter. O Fossati não saiu porque perdeu o Gauchão, ele saiu porque o time não estava jogando nada, e ninguém gostava das opções dele. Ele insistia em jogar com três zagueiros, naquele jogo contra o Estudiantes entrou com um 3-6-1, levou dois gols antes dos 20 do primeiro tempo e só foi mexer no time aos 24 do segundo. Deu certo no fim, com aquele gol do Giuliano, mas acho que 100% dos colorados queriam matar o Fossati antes daquele gol.

    A direção agiu certo nesse caso. Fossati caiu porque o trabalho não era bom, apesar da classificação para a semifinal da Libertadores.

  • Torcedor Vermelho Furlan diz: 8 de julho de 2011

    Deixo a minha critica a este tipo de reportagem que aborda mágoas e desconfortos de ex funcionários. Imagina se a RBS fosse dar espaço para todos seus ex coloboradores expressarem suas insastifações. Se o Fossati entende e até pode possuir direitos os valores a receber que cobre da forma legal ou negocial. E que a mídia não ofereça publicidade.

  • claudio diz: 8 de julho de 2011

    Muito bom o post, principalmente pela oportunidade de ouvir o Fossati e poder refletir sobre as coisas que ele fala. O que se percebe é que a politica e a demagogia continua imperando dentro do clube, beneficiando poucos (em termos financeiros) e colocando os interesses pessoais acima dos interesses do clube. Derrubam o técnico que quiserem, com a conivência do vestiário e das “lideranças” patrocinadas. Pra bom entendedor uma meia entrevista dessas já basta. Chato é a torcida entrar no discursinho safado de “diretores” e de certas pessoas da imprensa. Máfia é máfia. A hora que resolverem despachar o Falcão, o cara sai voando (no mau sentido)… e vem outro que vai durar até o momento que não for conivente com a “política” vigente.

  • André diz: 8 de julho de 2011

    Luiz,

    Alguém não perguntou se ele também ficou magoado com a bolada da recesão de contrato?
    Este tipo de coisa nem deveria ser publicada. Não acrescenta nada para os Colorados.
    O cara só se deu bem no Inter. O Inter é que não se deu bem com ele.
    Isso é da vida do futebol.

    Até

    André

  • ilidio vilmar diz: 8 de julho de 2011

    magoa de quê, ele nao foi atendido em todas as reinvindicaçoes pedidas(auxiliares/preparadores fisicos etc) ele nao demonstrou um perfil de tecnico vencedor, superpreocupado a beira de campo, rezando, ora, ora isto é simplesmente ridiculo para um tecnico de futebol….tecnico vencedor tem que ter a altivez de um Semi Deus, ai ele impoe respeito com os seus e com os adversarios…nem exagero em dizer que é imaturo para ser considerado um tecnico do quilate exigido de nosso Inter…pasmo ainda em ser uruguaio, que afinal sao atrevidos com os adversarios, o que receberam na primeira copa do mundo, o apelido de c~çadores de cabeça, que os argentinos o digam…………………

  • Thiago diz: 8 de julho de 2011

    Apesar desse treinador incompetente, o Inter consegui se classificar até a semifinal da Libertadores.

    Graças a Deus ele foi embora a tempo do time se ajustar, já que estava bagunçado, mal no braisleirão e só se classificou por causa dos gols salvadores do Walter (Banfield) e o Giuliano (Estudintes), que eram mal amados pelo Fossati.

  • Rodrigo diz: 8 de julho de 2011

    Concordo com o Cláudio. Fica claor que o Fossati nao saiu por causa de resultados ou desempenho do time. A mesma direção manteve o Tite no comando por meses com resultados q nao chegam me perto de um final de libertadores. O time do Fossati apresentava problemas semelhantes aos apresentados com o Roth e com o Falcão. Um time velho e lento. A verdade é que Fossati é um treinador uruguaio onde a cultura do futebol é bem diferente que no brasil e nao teve tempo e nem paciencia dos diregentes colorados de entenderem a sua filosofia. Pegue qualquer treinador urguaio exemplos: Diego Aguirre e Oscar Tabarez,e vejam que o trabalho e que o conceito tático de Fossati é similar aos deles. Fossati teve os adversários mais dificeis da libertadores de 2010. Recuperem uma entrevista dada por D’alessandro ao jornal el pais do uruguai e vejam o q ele fala do treinador.

  • felipe diz: 8 de julho de 2011

    nunca vi alguém ser demitido q caher bom,matéria totalmente desnecessaria!

  • marcio engelberto fritsch diz: 11 de julho de 2011

    É, perdemos um tecnico que reinventou a roda.

  • ademir aguiar diz: 13 de julho de 2011

    Palhaçada esta reportagem. Cheira a gremista enrustido.

Envie seu Comentário