Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

O time do Grêmio perdeu a alma

22 de agosto de 2011 12

As más partidas do Grêmio, empates e derrotas misturadas as magérrimas vitórias, sempre têm uma explicação, tentativas pelo menos.

Pode ser a juventude de Leandro, os centroavantes que não marcam gols, o goleiro que sofre, a ausência de um ou outro jogador, o cartão vermelho, a apatia consolidada de Douglas, a sequência de erros de Rochemback, o descaso de Miralles, a fragilidade de Rafa Marques, a cruel insistência com Adilson, os três volantes de Celso Roth, a falta de jogadas laterais, o fervilhar nos bastidores do Olímpico, as brigas entre grupos pesados e grupelhos de dirigentes, ex-dirigentes e futuros dirigentes, as arbitragens, boas, más, mais ou menos.

O problema é sempre um ou outro. Nunca a soma. A adição dos problemas explica tudo. A visão de um só não revela nada.

O Grêmio 2012 lembra a Legião Estrangeira, um Atlético Mineiro dos Pampas. Jogadores caros, com ótimos salários, mas sem um ideal em campo, uma causa, uma luta que não seja passar no banco a cada 30 dias. O Grêmio perdeu a alma.

Pior que as atuações constrangedoras, o Grêmio de agosto não dá esperança. Lutará contra o rebaixamento.  A torcida sente e não corre mais ao Olímpico como fazia antes. Torcidas no Brasil, de uma modo geral, só lotam estádios quando o time vai bem, muito bem. Aí, torcer é fácil.

O problema não é técnico, embora Roth insista com o seu retrógrado sistema de três volantes sem criatividade que, somado aos quatro defensores, mais o goleiro, dá oito homens com funções quase só defensivas. O Grêmio já passou por três técnicos em três meses. Os males precisam ser dividos entre todos, sem exceção.

Futebol é coletivo, seja na hora dos dos 11 ou na gestão ou ainda não administração do clube. O Grêmio se perdeu em 2011. Precisa entender os motivos, caso contrário ficaram sem GPS no meio da Amazônia.

O Grêmio do novo século se constrói e se destrói a cada seis meses. Imita o Palmeiras, o Galo e outras equipes mergulhadas em crises históricas.

Bookmark and Share

Comentários (12)

  • Joceli diz: 22 de agosto de 2011

    Zini: Concordo em tudo o que disseste. O Grêmio é um time sem alma. Ninguém luta. Afinal, para esses jogadores o que importa é seu alto salário depositado a cada 30 dias. Jogar com raça é só um detalhe. já foram jogadas 18 partidas. E quase sempre com os mesmos atletas. Penso que está na hora de radicalizar e usar outros jogadores que querem mostrar serviço. Deve ser feito um limpa nos medalhões. De que adianta o Rockembach reclamar no rádio de seus colegar se ele mesmo a cada 10 passes para frente ele erra 6. E quanto ao Gilberto Silva. É de dar pena. Lento, sem reflexos, não produz uma única jogada de ataque. Então, se todos os jogadores de meio campo não produzem nada, como é possível não ir para a zona de rebaixamento? Acho que o Santana acertou de novo. Z4 no meu time do coração, cuja direção só pensa no novo estadio.Uma pena.

  • Maurício diz: 22 de agosto de 2011

    É Zini infelizmente esta é a verdade nua e crua, perdemos a alma está dando tudo errado: as contratações caras não dão certo, os que dispensamos são destaques em outros times, trocamos técnicos e não há resultados, nossos maiores jogadores não conseguem jogar e junto com isso nossa torcida sumiu perdeu a fé se apequenou logo nós que faziamos tremer o mais experiente dos capitães …. enfim estamos desesperados e desalmados… sem qualquer expectativa…
    Vamos imortais temos que nos unirmos e literalmente ressuscitarmos senão iremos amargurar mais uma vez a segundona e isso nosso grêmio não merece!!!

  • Roberto diz: 22 de agosto de 2011

    Praticamente estes mesmos jogadores saíram-se muito bem ano passado, quando jogaram com entrosamento, foco e união, sob a liderança positiva do Renato. Este ano, com as perdas do campeonato gaúcho e da Libertadores, a união foi pelo ralo, veio um desânimo impressionante e há confusão total na direção. O Grêmio, como ocorre regularmente com times grandes sem bons resultados, se perde na busca enfurecida por culpados. Segue o caminho do caos.
    Está faltando um líder para colocar ordem na casa. Ano passado foi o Renato. Este ano ainda não apareceu ninguém. Odone é um incompetente. Será que ainda vai aparecer? Rezo que sim.

  • Roberto Guimaraes diz: 22 de agosto de 2011

    Tudo bem o torcedor falar em alma, mas o cronista eh brabo…

    Que tal achar, ou tentar achar, explicacoes plausiveis para o rendimento pessimo do time?

    Que sabe nao eh o cobertor curto aliado a falta de confianca e alguns pessimos jogadores/em ma fase?

    Quem sabe o time nao fica tao focado para proteger a zaga terrivel que nao tem forcas ou confianca pra atacar? Fala-se tanto em ataque mas os mesmos jogadores faziam gols faz nao muito tempo.

  • Guto diz: 22 de agosto de 2011

    QUASE perfeito, Zini. Mas hoje ficamos no quase. Porque não foi fácil lotar o Olímpico em 2005, Zini. Torcida que passa pelo que passamos em 2005, DO JEITO QUE PASSAMOS, jamais pode ser acusada de “torcida que só torce quando é fácil”.

    O problema é que ninguém mais aguenta. Mesmo os apoiadores incondicionais de sempre já começam a se questionar se o apoio incondicional leva a algum lugar. E concluindo que leva: ao lugar em que estamos hoje! Daí a mudar a postura é o mesmo que somar dois e dois…

  • Ismael diz: 22 de agosto de 2011

    O gremio é uma crise continua. Ninguém deu muita importancia. Se o Inter perde dois jogos seguidos, é uma “crise” incrível. O gremio perde e todos são complacentes, falam pouco (outro blogueiro aqui do Clic nem comentou a ultima derrota do gremio para o Cerá) tomando 3! Quer dizer, não sei se o motivo é justamente não piorar o ambiente, ou se realmente muita gente já largou o gremio de mão. Vejo apenas que o co-irmão quando perde, é algo muito forte (pois o Inter atual não sabe perder direito), não aceita. Já o gremio vem a quase uma década sem vitória. Não esperasse muito do clube, ou grande vitórias…títulos. Parte daí (para mim a coisa). Não leva-se muito a sério (atualmente) o TIME do gremio.

  • julio cesar inocente perez diz: 22 de agosto de 2011

    Está na hora de uma mudança radical no time do Grêmio.
    O Gabriel e Lúcio não estão em boa fase. O vitor tem que arrumar uma lesão. A defesa no segundo turno tem que ter Rodolfo e Edcarlos e Mário Fernandes (vamos nos defender primeiro).
    Não havia reserva para o André Lima e emprestamos o Viçosa (dois gols em Grenal).
    O Fernando está na hora de mostrar que é o mesmo jogador da Seleção.
    E O Mithue está pedindo passagem.
    Será que só os Argentinos do Grêmio é que não jogam?
    E baixa as meias do Leandro e manda ele cortar aquele cabelo, que ele nem para imitação do Neymar ele serve, muita banca e pouca bola.

  • edson pastorini diz: 23 de agosto de 2011

    eu soh espero q as pessoas q votam para presidente lembrem de tudo isso nas proximas eleicoes em que o inerte do odone se candidatar. jah eh o quarto mandato dessa nulidade e nunca ganhou nada,pq seria diferente desta vez? eu acho q ,jah q o gremio se tornou mais um dos coadjuvantes do futebol brasileiro, deveriam mandar todos os milionarios do plantel embora. deveriam pelos proximos 10 anos nao trazer mais nenhum jogador q queira ganhar acima de 50.000 por mes, e olha q 50.000 por mes eh um baita salario. jah q nao ganhamos nada faz 10 anos q pelo menos nao ganhe nada e nao aumente as dividas. bah ateh o clementino ganha 60.000 por mes. gabriel, o mais preguicoso, desinteressado e despretencioso do elenco, um mero lateral direito ganha mais de 400.000 por mes. eu nunca vi ele cruzar uma bola na area, eu nunca vi ele salvar um gol. resumindo q q esse rapaz faz em campo?
    esta tudo errado mesmo e a tendencia eh piorar.
    sorte gremio

  • George Cristiano diz: 23 de agosto de 2011

    O problema do Gremio vem de 10 anos pra ca…mais especificamente….logo, não pode ser de responsabilidade dos jogadores, quantos estão no Gremio mais de 2 anos….troca jogador e o problema continua…se compararmos o elenco do Gremio ao Atl.Goianiense, Figuera, Coritiba e outros que estão acima do gremio…veremos que temos um planteu muito melhor, o que faz nosso Gremio pior que o Coritiba então que quase ganhou a copa do brasil este ano? Gestão. O problema do gremio nestes ultimos 10 anos são os gestores, estes sim que não mudaram, e fica sempre entre um grupo dos mesmos que são despreparados e que não olham para o Gremio como torcedores ou quem quer bem para o clube, estão apenas preocupados em seus interesses particulares….eleições para deputado e outras mais.
    Enquanto o Gremio não se profissionalizar na gestão continuaremos sendo um Atl.Mineiro, palmeiras e outros fracassados.
    Enquanto nosso rival tem um centroavante de seleção, um garoto destaque na seleção sub-20 e que volta para o inter jogando da mesma forma, está no pareo para trazer outra reveleção da seleção sub-20, nosso Gremio esta atolado em fracassos e insucessos. Porque o Fernando vai bem na seleção e não vai bem no Gremio….porque esta tudo errado com o Gremio…o ambiente não é bom para jovens revelações e nem para medalhoes que ja tiveram sucesso em outros clubes que passaram anteriormente.
    FORA ODONE E TODA CORJA QUE O CERCA. Vamos trazer o gremio de volta do abismo e coloca-lo entre os grandes como ja foi a mais de 10 anos atras.

  • GERSON LUIS diz: 23 de agosto de 2011

    Não duvidem. o gremio é imortal!!!

  • Gustavo1979 diz: 23 de agosto de 2011

    Zini, parabéns por mais um texto em que identificas com clareza os problemas do Grêmio. Desta vez, a divisão dentro do Tricolor. O Grêmio é um clube dividido em todas as instâncias – da situação política ao time dentro de campo. Enquanto isso, a poucos quilômetros do Olímpico, o co-irmão Internacional aprendeu essa lição simples e, hoje, independente de desavenças políticas, sua equipe disputa títulos (e não apenas competições, mas, *títulos*, bem como eu disse), enquanto ao Grêmio resta (a) formar um grupo, (b) experimentar treinadores, (c) tentar formar um time, (d) participar de campeonatos, (e) voltar para o passo (a) no fim do ano/começo da próxima temporada… Incrível que eu, você e tantos outros consigamos enxergar com clareza essa situação, enquanto dirigentes, ex-dirigentes e aspirantes a dirigentes do Tricolor não consigam ver isso – ou, simplesmente, não têm interesse (político?) em fazê-lo.

  • FERNANDO diz: 23 de agosto de 2011

    Lamentável ver esse time com Gabriel(quem disse que joga alguma coisa?) que é péssimo marcador e quando ataca só afunila e não sabe cruzar uma bola sequer… insistir com Mário Fernandez na zaga é uma burríce aguda. Como zagueiro , é um baita lateral…como se empresta jogadores como Edilson(lat. direito) que bate falta muito bem e vai na linha de fundo(pelo menos) e não se tem lateral…e o mais grave…não acreditam na base…diretoria perdida… agora é só rezar!
    Ah! já ia esquecendo: não sou mais assinante do PFC…dar dinheiro pros outros é coisa de otário. Sou mergulhão(Santa Vitória do Palmar) mas moro no Rio…ainda bem que to bem distante da flauta! Escuto os jogos pela internet. Abraço…
    Ave Maria…cheia …

Envie seu Comentário