Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

O fiasco e as lições do Japão

18 de dezembro de 2011 123

Quatro gols, duas bolas no poste, duas grandes defesas. O 4 a 0 do Barcelona sobre o Santos parece que não foi tanto.

Doeu igual, mas quase foi seis, sete.

O Santos nunca achou o Barça campeão mundial no Japão. Correu atrás, em volta, do lado. Equipe inferior, no sentido coletivo, o primeiro, e técnico, sentiu a força de Messi, o melhor, e os seus. Fracassou. Conheceu a mais trágica derrota do futebol brasileiro em uma final em muitos anos. Fracassaram seus jogadores especiais, Neymar e Ganso, murchou o confuso esquema tático de Muricy Ramalho – se bem que todos os sistemas já foram testados contra os espanhóis e quase nunca dá certo.

Campeão da Libertadores, o Santos desistiu do futebol no segundo semestre. Arrumou dezenas de desculpas. Viveu nas glórias de ter sido o melhor time da América do Sul no primeiro semestre, no segundo foi LaU. Surfou no marketing do Mundial de Clubes da Fifa. Teve meio ano para crescer como time. Ficou na média baixa, seu Brasileirão foi péssimo. Confiou nas suas reservas técnicas, que foram anuladas pelo futebol intenso do adversário.

 O Barça não deixou o Santos pensar. Fez quatro, foi pouco e ainda bem que Pelé ficou no Brasil.

A aula não foi só de futebol, mas de conceito de futebol. 

 Futebol não se faz com dois ou três jogadores espetaculares, mas com um trabalho coletivo que deixa os grandes jogadores com espaço para brilhar e correr por dois (jogar e marcar). No Brasil, o profissionalismo no futebol ainda é miragem. Uns jogam quando querem e só como querem. Se a cabeça do jogador brasileiro não mudar, adeus grandes títulos internacional, bye bye Copa do Mundo de 2014.

O Santos pagou o preço. Imaginou que o grande futebol da Libertadores poderia brotar em 90 minutos depois de desistir dele durante seis meses.

Bookmark and Share

Comentários (123)

  • Adriano Colorado diz: 18 de dezembro de 2011

    e os caras nem quiseram bicho extra por mais um exibição de luxo pro mundo inteiro ver… profissionalismo extremo num chocolate histórico.

  • Carlos Ribeiro diz: 18 de dezembro de 2011

    Fiasco??????? O time do Santos jogou contra uma referência do futebol mundial, uma equipe histórica.Fiasco seria se o Santos não tivesse a dignidade e capacidade de chegar a final e perdesse para um time de segunda linha. Perdeu como todos os times do futebol mundial que jogaram contra o Barcelona perderam. Parabéns ao Santos que honrou o futebol brasileiro e disputou a final do mundial!

  • Eliandro Strassburger diz: 18 de dezembro de 2011

    Nunca vi 1 grande futebol no ganso,e achar q ele poderia ser nosso camisa 10 na copa america,deu no q deu.Um bom jogador não se faz apenas de bons passes.

  • César Augusto Danelli Jr diz: 18 de dezembro de 2011

    Depois da final do Mundial, fiquei esperando os posts dos colunistas de ZH, para analisar qual publicaria o comentário mais adequado. Por ora, vislumbro que seja o teu Zini. Principalmente no sentido de avaliar o contexto da temporada 2011 que acarretou nesta derrota frustrante do Santos.

    O desleixo do time da Vila durante o segundo semestre foi determinante no jogo de hoje. Apenas tu Zini, levantaste o ponto fundamental da questão. Os times brasileiros não vem se preparando de maneira organizada para os Mundias Interclubes.

    Fiquei surpreso ao ver por exemplo o David Coimbra desferir uma crítica contundente no mal sentido ao Santos. Como se fosse de nosso interesse comentar com tamanha revolta tal insatisfação pela derrota para o Barcelona.
    O Santos é paulista, levava nossa torcida, mas não com tanto depósito de esperança na vitória como deve ter pensando o grande escritor David. Se revoltou como se fosse seu time e sentiu-se no direito de humilhar através de seu espaço na sua coluna.

    É aquele velho manto josnalístico de se revestir no direito de opiniar sobre tudo e sobre todos. Exaltando talvez em sua cabeça, uma liberdade ilusória. Para mim, as coisas não funcionam dentro deste sistema de simplicidade inóspita.

    O Santos perdeu e pronto. Era difícil uma possível vitória, mas sem cobranças e críticas humilhantes de gente que não faz parte do universo santista. David hoje se inseriu de cabeça nesse universo. Mas ele deve achar que no emprego que ele tem, pode falar o que bem entender. Cada um, cada um!

    Parabéns pelo teu comentário Zini! É a coluna onde mais sofro com a moderação, mas mesmo assim não deixarei de reconher sua correta ponderação dos fatos!

  • Colorado57 diz: 18 de dezembro de 2011

    Patrocinador do Santos: BMG ou Barça Me Goleou.
    Dureza!!

  • Colorado diz: 18 de dezembro de 2011

    Aqui, abaixo dos trópico, temos muito, mas muito Marketing e pouco futebol. É muita balela, cabelo, óculos, meia, etc,..

    Esquecem do principal, BOLA NA REDE.

    Depois da humilhação, caíram na realidade. Jogadores e imprensa inclusive. Agora é fácil enaltecer o time catalão.
    O Barça deu outra lição, jogou e ganhou do maior rival e não poupou ninguém, foi para o Japão e fez um passeio em campo. Jogam 100% ligado, não rifam a bola nem dão balões para qualquer lado.
    Mas para alguns, pobres como a Africa, o grande Mazembe ainda é a referencia.

  • Helinho diz: 18 de dezembro de 2011

    Parabéns ao Barça.
    1º bi mundial da história.

  • Mario Mello diz: 18 de dezembro de 2011

    Parabens Zini. Perfeita sua avaliação. Foi o maior “chocolate” que eu vi nos últimos anos. A mentalidade dos nossos clubes, embora digam que não, é achar que poupar jogadores é a melhor saida. O Barça jogou a menos de uma semana seu maior clássico contra o Real Madri, “às ganhas” e ganhou. Ou seja, quanto mais joga melhor fica. Aqui não, quanto mais treina e fica parado (Roth) acham que é melhor. Ficou barato pro Santos. Deveria ter sido uns 6 ou 7.
    Acordem dirigentes, principalmente do Gremio.

  • MARCIO DAROS diz: 18 de dezembro de 2011

    É isso ai ZINI, ja faz tempo que nossos times ganham a libertadores e depois ficam esperando O CAMPEONATO MUNDIAL,esquecem que o time tem que se manter treinado,tecnicamente e fisicamente,e jogando todos os jogos como sendo finais.Voces da imprensa tambem tem parte de culpa, pois idolantram jogadores que jogam uma duas partidas otimas e ja estao na vitrine.Nossos jogadores estao muito abaixo do profissionalismo que todas as profissoes exigem.Falta comprometimento e objetivos aos clubes ,aos quais desejam ganhar apenas um titulo no ano e depois acham que o resto do ano ja esta ganho.A PALAVRA É VONTADE.

  • Colorado diz: 18 de dezembro de 2011

    BMG > Barça Nos Goleou.

    Que dureza de patrocínio !!!!

  • juan mateo walter diz: 18 de dezembro de 2011

    estimado Zini
    Mas allá del resultado de hoy, una reflexion, estas aguas son resultado de aquellas lluvias, estoy convencido que si yo llegaba con Lio a Gremio, no hubiere sido aceptado (muy pequeño , dirían) cuando llegamos al barcelona, sus compañeros fueron Pique y fabregas y he visto las divisiones de base de Inter y Gremio (tenemos algunos jugadores) y cuando mas grande mejor, por ello el Mamut -jugador normal no un crack como quieren ungirlo- es tan badalado. Señores Brasil del 70 en Mexico, del 82 en Barcelona, tenían la filosofía que hoy todos elogian, y, quizá despues del 82, se resolvieron por futbol Dunga y aquí las consecuencias. Si hay jugadores en el mundo que pueden jugar como el Barcelona, están en Brasil espero que los formadores lo reconozcan. Un abrazo

  • guilherm diz: 18 de dezembro de 2011

    Falar é fácil…todos sabemos.
    Mas parabéns pelo texto, excelente análise.
    Abraço

  • Heloísa Pires diz: 18 de dezembro de 2011

    E NINGUÉM PERGUNTOU PARA O OSMAR LOSS COMO É QUE ELE FEZ PARA ESTANCAR O BARCELONA RECENTEMENTE, NA COPA AUDI!…ISSO É QUE É FALTA DE HUMILDADE!…QUANTA INJUSTIÇA!

  • Rodrigo diz: 18 de dezembro de 2011

    Credo, enquanto estivermos sujeitos a estes tipos de técnicos e dirigentes que estão hoje atuando no Brasil, o futebol arte sempre será deixado de lado para ter meia dúzia de brucutus que não conseguem das dois passos com a bola nos pés. Santos deve a derrota vergonhosa a seu técnico sr Burricy que abdicou de jogar futebol para se encolher de uma forma vergonhosa de se encher de zagueiros e esquecer o futebol.
    Pior que este é o melhor time brasileiro, viva a muricis, viva a celsos roths, viva a todos os que acabaram com a arte do futebol no Brasil.
    Santos jogou como um pequeno time, assim como a cabeça de seu treinador que encheu o time de zagueiros que não conseguem acertar o pé na bola ou dar uma passe correto.
    Valeu Santos, por ter entregue o brasileiro para fazer este fiasco. Não aprenderam nada com o Inter ano passado????

  • Eduardo diz: 18 de dezembro de 2011

    Prezado torcedor Zini (talvez assim o moderador não de chilique). Fiasco é perder para o Mazembe e não para o Barcelona!!!! Hahahahahahaha

  • marcio diz: 18 de dezembro de 2011

    que fiasco, Zini??????????????????????????????????????

    O Barça é um dos melhores da história e atropela até o 2º melhor time do mundo, o Real Madrid.

    Repense teu título.

    A dupla grenal perderia de 10 a zero.

  • Espencer diz: 18 de dezembro de 2011

    Olá Zini! Confesso que não entendo muito de jornalismo esportivo, me atento mais às opiniões. Passei o ano inteiro ouvindo que time com um atacante somente não faz gol, hoje vimos algo diferente disso. Porém dirá a imprensa – Mas observem a qualidade do grupo do Barcelona! No entanto, vocês cronistas, hoje disseram – Não são as individualidades, mas sim a mentalidade que ao longo dos anos foi construída na equipe, até mesmo nas categorias de base. Ora, como não sei nada de futebol pergunto eu: – Vocês darão tempo aos técnicos para adotarem tal procedimento??? E peço que atente para sua resposta, pois vi várias críticas sua a esse modelo de jogo, reflita e defina sua posição, uma somente!

  • antonio diz: 18 de dezembro de 2011

    Concordo plenamente com Zini ,pois todos os clubes que ganharam algo importante ,o inter o ano passado, e repetido pelo Santos este ano,esquecem quanto mais jogar junto com um sitesma de jogo,escola como o Barcelona,mais treinamento com toques de bola,o Inter do Falcão tinha isso e foi criticado posto para fora,creio o que falta é ter um esquema bem montado,Futebol escola, o que eu vi e o mundo todo viu,coletivo com qualidade ,não aos cutões,não a soberba,não os que penssão pequeno,temos que inovar com qualidade,tecnica com simplecidade,toque de bola,me pareceu quando eu era pequeno ira jogar com os colegas de aula,tinha a peteca e o jogo de bobo,foi o que eu vi hoje pela manha,tentei de todas as maneiras torce para futebol do Santos ,¨tão afamdos meninos da Vila , mas não deu,acho que doeu mais do que a derrota do colorado para o Mazenbe,pois ali tinhamos a soberba,ah sera que de hoje o que temos respostas , acho que posso responder time de um jogador só,achamos que tinhamos um novo Pelé,que salvaria todos os in sucessos do nosso futebol brasileiro.Gente falta escola categoria de base ,futebol de verdade não chutões ate o goleiro da toque de bola.Finalmente estive vivo para ver na minha vida o que eu vi sómente em 1970 a seleção de todos os tempos jogar, hoje foi muito parecido com a epoca.

  • Rodrigo diz: 18 de dezembro de 2011

    É duro concordar, mas o Santos 2011 foi igual ao Inter de 2010 que abandonou o futebol após a Libertadores. Diferente do Inter de 2006 que por pouco não foi campeão brasileiro em 2006. Espero que a diretoria do Inter tenha aprendido.

  • valdir diz: 18 de dezembro de 2011

    BANHO DE BOLA!!! Pra calar a boca dos poucos que achavam que o Neymar era melhor que o Messi, ele não serve pra amarrar as chuteiras do Messi…Pra ganhar do Barça, chama o Gabirú!!!!!!

  • juliano diz: 18 de dezembro de 2011

    Grande futebol da LA?
    Nâo tô lembrado, não???
    Contra quem eles jogaram, mesmo?

  • Carlos diz: 18 de dezembro de 2011

    Postura tática equivocada (time todo espalhado), atitude desastrada (acuados, com medo, falta de garra), falhas individuais grosseiras: Este foi o retrato do jogo. Agora vamos ficar um mes ouvindo os jornalista dizerem que o Barcelona é um time de deuses, imbatível e outras besteiras. Do jeito que o Santos jogou, qualquer adversário viraria melhor do mundo. Em 2006 o Inter venceu por que não teve medo e o Barcelona de Ronaldinho, está procurando explicações até hoje.

  • colorado diz: 18 de dezembro de 2011

    Tbm com Muricy de treinador não dá, sempre disse que esse cara não é bom técnico, eu não gosto ao menos, e tinha neguinho querendo ele de volta para o inter, Neimar e ganso são craques só aqui na américa do sul a onde o futebol esta decadente, se forem jogar na europa eles desaparecem, robinho era craque aqui tbm e quando foi para europa morreu seu futebol, craque só tem um nesse planeta MESSI o restou são apenas bons e médios jogadores, Neymar e ganso são craques aqui, fora daqui são apenas jogadores médios para bom, o santos não ganhou pq não tinha gabirú, essa é a verdade hhehehehehhehhe, e tbm não tinha Abel como técnico, o Muricy é fraco como treinador me desculpem.

  • Flavio diz: 18 de dezembro de 2011

    Zini, faco como minha, tuas palavras. Falaste tudo. O Santos esqueceu de jogar futebol. O Barcelona é de outro mundo, sao jogadores milionarios e profissionais. Aqui no Brasil, os caras só querem dinheiro e nao sao profissionais. Ganham muito pelo pouco que jogam.

  • joao a e bal camburiou diz: 18 de dezembro de 2011

    o q falta ao futebol brasileiro principalmente a imprensa do eixo sao rio,e sair do salto alto e deixar os treinadores mais tempo no clube.

  • Anônimo diz: 18 de dezembro de 2011

    No Brasil, craque não precisa correr nem marcar… Craque no Brasil joga com a bola no pé… Quando perde, coloca a mão na perna (não sei por quê) e fica onde está, indiferente com o contra-ataque adversário… Para esses, Messi deu aula hoje… Maior e melhor jogador do mundo, correndo, marcando, passando e principalmente fazendo gols… Esse é um verdadeiro exemplo a ser seguido (isso serve para Douglas do Grêmio… Que com a bolinha que joga, se acha no direito de somente jogar com a bola no pé. Fora Douglas…

  • Hugo Hemp diz: 18 de dezembro de 2011

    O Santos foi o Santos e o Barça, bem o Barça …

    Ouvi alguns comentaristas da TV, após o jogo, dizer que o Santos não jogou como o Santos. Discordo totalmente!
    Ora, todo o planeta sabia da superioridade do Barcelona e o placar do jogo demonstrou exatamente isso. O Santos perdeu, justamente, porque foi só o Santos.
    Esse jogo era disparado o mais importante do ano para o peixe. E a única chance era marcação! Isso mesmo, marcar como nunca. Cada jogador do Santos deveria ter “dado” uns 20, 30% do que normalmente dão (correm) nos jogos do campeonato brasileiro. O Barcelona é muito, mas muito, superior tecnicamente. Não poderia ser (e foi) superior na garra e raça. Aqui, não posso deixar de concluir que, nesse aspecto, além de todas as dificuldades já esperadas, o Santos entrou com um jogador a menos; Ganso é um dorminhoco, um dos jogadores mais sem comprometimento que já vi jogar (ele estava rindo na entrevista após o jogo). Se os demais jogadores já não correram os 20 ou 30% a mais que deveriam, com esse soneca em campo, então, a coisa só ficou pior.
    O Santos tinha a obrigação de fazer um jogo mais competitivo. Não fez, por falta de raça ou comprometimento ou preparo físico ou tudo isso junto!
    Se tivesse corrido mais, marcado mais, chegado mais firme (e não ficar passando a mão na cabeçinha de cada jogador do Barça que caia) teria diminuído a posse de bola dos espanhóis para 64, talvez 60%, teria feito um jogo de mais perde e ganha e aí, com certeza, a bola chegaria mais nos pés do Ganso, Borges e, principalmente, Neymar. Com isso o Santos poderia ter alguma chance de complicar o jogo para o Barcelona.
    Enfim, o jogo foi como foi, porque o Santos foi como o Santos e o Barcelona, bem…

  • jefersongg diz: 18 de dezembro de 2011

    Não achei fiasco, pois o que se viu foi simplesmente a superioridade do Barcelona diante de um time que foi para ser meramente sparring do time espanhol, o Santos não teve e nem tem time para encarar estas feras do Barcelona que jogam por musica, e um toque de bola impressionante e eficaz, se fazendo de mosca morta derrepente viram numa velocidade que desmancha qualquer defesa adversária. A maior lição para o marrento Murici Ramalho, espero que ele aprenda com esta surra que levou hoje. É um ótimo treinador mas hoje se viu envolvido pela competência do colega espanhol.

  • Chicão diz: 18 de dezembro de 2011

    Só um fiasco pode ser maior!

    T.P Mazembe (Republica Democrática do Congo) 2 x 0 S.C Internacional (Brasil)

  • Paulo diz: 18 de dezembro de 2011

    Espero que agora parem de falar que o Brasil tem o melhor futebol do mundo. Já teve, atualmente tá mais feio do que arroz de quinta.

  • Kandor diz: 18 de dezembro de 2011

    Desde que vejo mundiais interclubes o time sulamericano só ganha por milagre.

  • edson santos diz: 18 de dezembro de 2011

    o erro foi tudo do muriçoca…
    onde se viu vc escalar 3 zagueiros,sendo q o adversário não tem nenhum atacante?? o Barça joga assim desde 2008 e os treinadores q jogam contra ainda não sacaram…
    O Barcelona joga com 10 rodando o campo todo,não existe zagueiro,laterais,volantes,meias e muito menos atacantes…o Barça jogou com 10 rodando o campo e o Santos jogou com 7 a marca-los,pois tinha 3 zagueiros fixos marcando ninguém…resumindo,como sobravam 3,é lógico que o Barça chegaria na área quantas vzs quizesse,como aconteceu…MURIÇÓKA nunca mais quero vc rodeando o beira-rio,treinadorzinho chinelo q não sabe estudar um adversário,não pode ser treinador!!!

  • Colorado57 diz: 18 de dezembro de 2011

    No fundo torci pelo êxito do Santos.
    Gostaria de dividir com eles o prazer, a satisfação de ser campeão do mundo em cima do poderoso Barça.
    Infelizmente continuarei dividindo somente com a nação colorada.

  • rodolfo diz: 18 de dezembro de 2011

    Ultimo time das Americas que enfrentou de igual para igual um time europeu no mundial interclubes chama-se Gremio futebol club… Jardel e companhia…gremio 0 x0 ajax…pecado ter perdido!!! Rivarola foi expulso na mao boba.

  • Nelson diz: 18 de dezembro de 2011

    Ainda tem Gremistas sem Titulo metendo a mão com o INTER mas só perde quem disputa titulos não tem que torcer para outro clube, que feio o teu time já era!!! Time grande é o INTERNACIONAL campeão de tudo, menos da segunda divisão esse é só para vocês!!!! Para ganhar do barcelona e ser campeão do mundo FIFA é o INTERRRRRRR.

  • Airton diz: 18 de dezembro de 2011

    Ganso, um jogador delicado. Neymar precisa jogar em clube Europeu contra a marcação européia para saber-se se é ou não um craque. Os jogadores brasileiros necessitam saber que todos marcam. O Barça mostrou que o drible é algo secundário. Aqui há os narradores que pedem “pedala, pedala, pedala, Robinho. Ou muda a cultura futebolística ou como muitos já disseram em seus comentários… a copa no Brasil mais uma vez não será nossa.

  • volmar diz: 18 de dezembro de 2011

    Será que ainda há duvidas que para ganhar do Barça somente o colorad teve essa capacidade. Dale Inter

  • André diz: 18 de dezembro de 2011

    Mazembe, Tolima, Barcelona, jogaram e ganharam de times brasileiros, por uma simples razão, a soberba de seus dirigentes e técnicos. Não sabem o que é humildade, não sabem reconhecer seus defeitos. Futebol é feito de dedicação, treinamento e obediência tática. Qual time brasileiro faz isto? Bem o Santos pensou que jogava uma coisa e o Barcelona mostrou que quem joga são eles. Quanto ao Inter, viveu um dia feliz em um dia infeliz deles, sou colorado e vibro até hoje com este feito. Mas seria tolo em não reconhecer que o Barcelona era o melhor. Enfim como disse, falta humildade. Este foi principio da vitoria do Inter que acreditou, mas sabia que ia ter que ter um dia especial e teve. Já o Santos, nenhum, nem outro… Tenho minhas teorias, mas seria injusto criticar ou achar isto ou aquilo sobre o jogo, afinal das contas quem teve o mérito de estar lá foram eles, quem não chegou tira sarro do que nem chegou perto…

  • Jose Ronaldo diz: 18 de dezembro de 2011

    Não era assim que jogavamos antes ;Pelo menos a seleção de setenta era? o Flamengo campeão mundia?Não, tá na hora de repensar os conceitos de Futebol, Pelo que eu sei no sistema de treinamentos não se faz quase coletivos esse que da toque bola conjunto como falavamos antigamente; O carra agora tem que ter tres metro de altura para ser selecionado por nossos clubes baixinho não tem ves e os melhores, Péle,Maradona,Messi,Romario etc..ERAM ESSES BRUTAMONTES,

  • EVANDRO diz: 18 de dezembro de 2011

    QUEREM SABER COMO PARAR O BARCELONA, ASSISTAM A FINAL DO MUNDIAL DE 2006 E O JOGO DA COPA AUDI DESTE ANO E APRENDAM UM POUCO, SEM SOBERBA E COM HUMILDADE.

  • Roger A. diz: 18 de dezembro de 2011

    Vexame Mundial.
    Nos 50 anos do Mundial de Clubes, nos 2 últimos anos, o mundo assistiu às duas maiores fiasqueiras platenárias que se viu, e que jámais podia se imaginar :
    1 – O Inter, um time de P.Alegre 0 X 2 Todo Poderoso Mazembe, um time de uma tribo africana.
    2 – Santos, do colorado Muricilha 0 X 4 Barça, maior goleada em uma descisão de Mundial

    A propósito, o Inter do Gabirú teve mais sorte que juízo. Se em 2006 não tivesse enfretado aquele Barça com jogadores de 3°reservas e alguns da base, que foram lá às brincas, e sim o Barça de titulares de hoje, que foram a fim de morder e ganhar, teria caido, não de 4 mas sim de 8.

  • Luiz Carlos diz: 18 de dezembro de 2011

    Sr, Carlos Ribeiro, qual a sua idade? Em 2006 já entendia de futebol? Caso positivo, comece a ficar preocupado com a memória que anda falhando. Em 2006, o Internacional de Porto Alegre venceu esse mesmo Barcelona e sagrou-se campeão mundial. E o Barcelona já era o bicho papão que é hoje e tinha grande parte dos jogadores que jogaram hoje e ainda tina o Ronaldinho no auge da carreira. Então, como afirmar que todos que jogaram contra o Barcelona perderam?

    Aos que lembraram o Mazembe, mostrando boa memória, fica a pergunta: A memória de vocês alcança o último grande titulo do clube de vocês? Se não estou enganado, foi a Batalha dos Aflitos que o Odone gosta tanto de recordar.

  • oscar diz: 18 de dezembro de 2011

    inter e santos mostraram que abandonar o futebol no 2o semestre é mesmo um tiro no pé, mas o fiasco do santos é um pouco menor.

  • JOÃO AZEVEDO diz: 18 de dezembro de 2011

    TIME MEDIANO ( COMO FUTEBOL BRASILEIRO ATUAL ) COM FOQUINHA FIRULENTA NA FRENTE ( EM TERRA DE CEGO QUEM TEM UM OLHO E REI ) ENDEUSADO PELA IMPRENSA, TANTO QUE LI EXPERTS VATICINAREM VITORIA SANTISTA… REALIDADE : 0 X4 IN NATURA ( COM BOA VONTADE DEVERIA SER PLACAR DE GAUCHÃO 8 X 1
    ESPERO QUE SIRVA DE LIÇÃO PARA OS ENTENDIDOS EM FUTEBOL…

  • Paulo COLORADO 17 DEZEMBRO 2006 SEMPRE! diz: 18 de dezembro de 2011

    Cada dia que passa o MUNDIAL DE CLUBES DE 2006 vai conquistando mais respeito, VALEU ADRIANO GABIRU E IARLEY OS PRINCIPAIS HERÓIS DA CONQUISTA….JÁ VÃO 5 ANOS !!!!!! Somente o S.C INTERNACIONAL encara o BARCELONA.

  • Rodrigo diz: 18 de dezembro de 2011

    Aos FREgremistas que insistem em falar do Mazembe, o único clube de primeira que eles torcem, deixo um recado: Perder para o mazembe é ridículo, mas pior que perder para o mazembe, É SER FREGUÊS HÁ 66 ANOS SEGUIDOS DO CLUBE QUE PERDEU PARA O MAZEMBE, ISSO SIM É FIASCO, É O FIM DA VÁRZEA. Tem que fechar um clube que consegue isso, é medíocre.
    Quanto ao Barcelona, se quiserem aprender como se ganha deles, o Inter passará a dar curso agora, pois já ganhamos deles mundial de futebol, mundial de futebol de salão e também ganhamos deles no torneio de apresentação do maradona, a maior contratação da sua história. O Barça é como o FREgrêmio, FREGUÊS DO INTER!!!

    Mas não tem problema, falem e escrevam o que quiserem, POIS O FREGUÊS TEM SEMPRE A RAZÃO!!!

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  • Robson diz: 18 de dezembro de 2011

    a imprensa tem parte de culpa sim. Idolatram PROMESSAS e as comparam com REALIDADES. Vivem falando de individualidades, quando o que ganha jogo é o coletivo. Afinal, trata-se de um esporte coletivo. Pode ser que agora nossa mídia abra o olho para as besteiras que anda dizendo e comece a se preocupar com 2014.

  • Tiago diz: 18 de dezembro de 2011

    Último campeão do mundo foi o Inter e o Barcelona de 2006 tinha o mesmo status de hoje, não esqueçam disso. Mas o Inter soube marcar e jogar, também não esqueçam. Sendo que o Inter não tinha o mesmo time campeão da Libertadores. Realmente um grande feito para um time brasileiro. Ficou na história é o que importa.

  • Paulo fala; diz: 18 de dezembro de 2011

    Falei para alguns amigos,não deixo por menos de 4×0.Já contatei c/alguns me deram razão.É muito badalo por conta desses galvãos bueno da vida.Vão criar vergonha quando falam de jogadores de futebol.Ficam enchendo a bola desses marrentos que ganham muito e não jogam nada.Sito :Douglas,Rochembach,Guinazu,Andre Lima,Ganso etc.Por favor dirigentes do grêmio,esqueci,R.Marques esse joga menos que eu que tenho 57 anos c/hérnia de disco.Por favor vão fazer como os ursos da Sibéria se escondam e mandem esse pernas e peitos de borracha embora.Chega;rrrrrrrrrrrrrrrrrrrr.

  • osmar diz: 18 de dezembro de 2011

    Só para lembrar, na decisão do ano passado, o Estudientes fez frente sim a este mesmo Barcelona, perdendo na prorrogação. Logo, se conclui que Santos foi covarde. Poderia sim ter feito um jogo mais igual, criado mais dificuldades. Não estou dizendo que iria ganhar, mas evitaria o vexame.

  • Lu diz: 18 de dezembro de 2011

    aqui nao da pra fazer um sistema assim, e cultural, aqui todos os q lidam com o futebol nao são confiaveis, na minha ignorancia acho que pra fazer um sistema precisa de muito profissionalismo, competencia e honestidade de todos os envolvidos e simples. Viva o Barcelona que ainda nos faz a creditar e apreciar o futebol.

  • Fabiano diz: 18 de dezembro de 2011

    Depois desse jogo do Barcelona perdi o tesão pelo futebol. Pois comentaristas, técnicos, os medalhões em atividade, torcedor, ou seja, todo o ecosistema do futebol brasileiro terá de se calar perante qualquer conseito sobre futebol.

    Hoje pela primeira vez na minha vida me envergonho do futebol apresentado em meu país, que em toda a histório serviu de referência!

  • Victor diz: 18 de dezembro de 2011

    Eu penso no Inter, na obsessão por jogadores grandes, aliada a uma concepção de preparação física em que jogadores ficam fortes e estáticos. O time tem dificuldades frente a qualquer equipe que corra um pouco. Um defensor do inter só consegue tirar a bola do atacante se acavalando pois não tem agilidade. O time corre pesado (o Nei é exemplo, mas tb. tem o Bolivar, o Indio, mas mesmo os magros correm trancados). Outra coisa, o entendimento local de que um centroavante deve jogar parado lá na frente “como referência” é uma coisa ridícula, é como se o time jogasse com um homem a menos. Há tempos que noto isso. Mas, a exemplo de outras coisas, isso não é minimanente pensado por aqui. Treinadores, mídia, conservadores, pouco ousados. E antes que prossigam divulgando que o Santos perdeu para um time “de outro planeta”, não tenho a menor dúvida que ele perderia (ou seja, é pior) tranquilamente para uns cinco ou seis grandes times europeus. Por baixo. Para finalizar: essa idéia de idolatrar o Neymar só pode ser por força de esquemas empresariais, mas não tem verdade nisso, é puro marketing.

  • claudio Gremista diz: 18 de dezembro de 2011

    Ainda precisa prova maior de que o futebol Brasileiro virou futebol de quinta categoria… Depois dessa aula dá para ver que os nossos tecnicos sao MEDIOCRES e nossos CRAQUES nao passam de simples atletas e ganham uma fortuna…
    Nossa deu ate pena AFFFFFFFFF…QUE POBRESA O NOSSO FUTEBOL…. Ainda tem gente que fala que o Douglas e craque pelo AMOR DE DEUS………….

  • Cristiano Borges diz: 18 de dezembro de 2011

    O Santos se preparou q nem o time do Inter do Celso Roth o ano passado e se deu mal. Não era para seguir este mal exemplo e sim o q o Inter fez em 2006, um time bem montado e aguerrido com Jogadorez de Talento como Pato, Alex, Fernandão, Iarley, Indio e os demais sendo literalmente uma equipe.

  • Fabio diz: 18 de dezembro de 2011

    Helinho, vc me da frouxos de riso.

  • Marcelo diz: 18 de dezembro de 2011

    Parabéns pelo comentário, mas tenho que acrescentar que a imprensa brasileira, principalmente a do centro do país, contribuí batante para piorar ainda mais a situação do futebol brasileiro. Temos que nos colocarmos em nosso devido lugar e correr atrás da bola senão nunca mais ganharemos nada,

  • COLORADO-CAMPEÃO DE TODAS AS COPAS diz: 18 de dezembro de 2011

    É , o tempo passa, o tempo voa, e o INTERNACIONAL segue como ultimo sul-americano campeão do Mundo.
    O tal de Barcelona NUNCA venceu o Inter…nem neste ano, quando os dois times, mesclados, por reservas, jogaram em Munique.
    Em 2006, Abel foi macho em disputar o Brasileiro ate o fim, sendo vice, diferente do Roth e do Mura, que largaram o futebol no segundo semestre e pagarm o preço da derrota. 2010 E 2011

    QUER VENCER O BARÇA? PERGUNTE-ME COMO…

  • Gabriel diz: 18 de dezembro de 2011

    Sem dúvida, será uma derrota a ser relembrada por muitos e muitos anos como um marco altamente significativo para o futebol brasileiro. FIASCÃO, sem dúvidas… o Santos enterrou o nome do Brasil em Yokohama…

  • zyk diz: 18 de dezembro de 2011

    tava na cara que isso ia acontecer…….e olha que a duplinha ganso/neymar jà tinha deixado transparecer que na hora H o futebol deles desaparece…..lembram da copa américa?

  • Rodrigo Andrade diz: 18 de dezembro de 2011

    ACORDA “Carlos Ribeiro diz: 18 de dezembro de 2011 às 12:48 pm”

    SÓ O CAMPEÃO DE TUDO VAI FICAR NA HISTÓRIA COMO ÚNICO VENCEDOR DESSE TIME HISTÓRICO DO BARCELONA. Com o mesmo Valdez, Pujol, Rafa Marques (melhor que o Piquet) Xavi, Iniesta, e Ronaldinho Gaucho (que na época era melhor que o atual Messi, que não joga nada sem esse barsa preparando tudo)

    Agora vamos aos Fatos:

    1) Esse Santos é uma idiotice lamentável por ter Muricy como treinador, parecia o time do CELSO ROTH cheio de zagueiros e voltantes, logo pra atrair o Barsa;

    2) Esse Barcelona ganhou apertado do Estudiantes da Argentina de 2 a 1.

  • Eduardo diz: 18 de dezembro de 2011

    O fiasco não foi ter perdido o jogo, o fiasco foi levar 4 x 0, quando se dizia que o Santos estava em condições de enfrentar o Barcelona de igual para igual.
    O fiasco é ter os melhores jogadores (Neymar e Ganso) do Brasil e perder vergonhosamente.
    O fiasco foi o Santos ser totalmente dominado.
    O fiasco foi a falta de coragem para reagir.
    O fiasco é ter jogado tão mal que escapou, por sorte, de não tomar 6 ou 7 gols.

  • Rafa Neves diz: 18 de dezembro de 2011

    Peço desculpas antecipadamente, pois gostaria de tecer meu comentário um pouco estendido. O Santos foi ridículo, uma vergonha para o futebol brasileiro.

    Mas tão ridículo quanto o time também foi o técnico do Santos Muricy Ramalho e o seu Presidente Luis Alvaro.

    Primeiro Muricy, que teve 5 meses após a Libertadores para treinar um modelo de jogo que anula-se boa parte do toque-toque do Barcelona, mas não fez isso, nem treinou nem jogou, assim como o Internacional de 2010, desmobilizou o time totalmente, os jogadores do Santos entraram em campo em ritmo de fim de campeonato brasileiro.

    Outro erro grotesco do técnico Santista foi não ter definido um modelo de jogo contra o Barcelona, ou seja, ou sai abafando, marcando em cima homem a homem, mesmo que corra o risco do contra-ataque, ou fica todo atrás, atrás da linha de meio campo com 9 e não dá espaço no seu campo de defesa, geometricamente 9 jogadores contra 6 de outro time em meio campo de jogo, não sobra espaço.

    O Santos nem marcou no seu campo saindo para contra ataque rápido, nem marcou no campo do Barcelona, os caras tocavam a bola onde queriam, quando e como queriam.

    Segundo, o Presidente do Santos Luis Alvaro esqueceu o time, parece que o Santos virou Neymar F.C., só se fala disso todo dia, toda hora, abandonaram o resto do time, estão mais preocupados com quanto dinheiro vão ganhar com as campanhas publicitárias do Neymar do que vão ganhar com o time.

    Não se pode ir disputar um título mundial contra o Barcelona com “Durval”, “Edu Dracena” e “Bruno”, Pelo Amor de Deus, tinha que ter contratado 1 ou 2 zagueiros muito melhores, esse caras nunca jogaram nada, sempre foram dispensáveis por onde passaram.

    Porque ninguém fala que o Santos entregou 3 gols de forma ridícula para o Barcelona? O Durval esse deu 2 “passes” para gol do Barcelona. Entregaram gols que no gauchão não entregam.

    Por último, gostaria de repudiar a subserviência do brasileiro diante dos europeus em tudo, e agora no futebol que é um de nossos maiores patrimônios. Não podemos ficar babando e nos humilhando passivamente como fez o Santos.

    Nada de aula de futebol, nada dessa estória que agora todo “papagaio” está repetindo nas mídias que o Barcelona deu uma aula de futebol, que temos que aprender a jogar a futebol com o Barcelona, que temos que trazer os conceitos para cá.

    Parem com essa ladainha, o Brasil, PENTACAMPEÃO MUNDIAL, (Espanha que tem a base o Barcelona, ganhou 1 títulozinho agora a duras penas, escapando de levar 2 buchas da Holanda) ENSINA FUTEBOL, o Brasil não aprende, o Brasil ensina, o Brasil dá show, sempre.

    Sempre houveram grandes times na história do mundial de clubes, times tão ou mais fantásticos que esse Barcelona, cada um com seu estilo de jogo, com sua concepção e com seus craques.

    Eles inventaram esse toque-toque ENFANDONHO que está dando certo a 2 ANOS apenas, com alguns lampejos muito eficientes que resultam em gol, jogam 50 JOGOS POR ANO contra times do nível da SÉRIE B do campeonato brasileiro, e apenas uns 10 jogos contra times de verdade, logo ficam “50 anos” praticando essa baboseira, que uma hora chega próximo a perfeição, É ÓBVIO.

    Não pode um time brasileiro jogar contra qualquer europeu e ficar babando em cima deles, ficar pedindo desculpas e dando tapinha na bunda depois de qualquer falta, querer pedir autógrafo antes de terminar a partida, não pode o “Santos de Pelé” ir fazer esse PAPELÃO no Japão, ficar olhando os caras jogar, nem marcar, nem atacar, nem os times lanternas do espanhol deixam isso acontecer. UMA VERGONHA.

    O Internacional que jogou com brio, com culhão, com sangue no olho, conseguiu parar Ronaldinho Gaúcho que é muito melhor e tinha mais recursos que Messi, mas o Internacional jogou como homem, não como galinha acovardada como fez o Muricy para o Santos.

    Agora, para não parecer despeito total, uma coisa é certa o Brasil, o futebol brasileiro precisa sim, melhorar os fundamentos e o jogo coletivo, o brasileiro erra muitos passes, erras passes infantis a todo momento, e no coletivo, não tem que abandonar o lance mágico, o drible, o espetáculo, mas sim ter mais consciência do momento do drible e do momento do passe na cara do gol.

    Abraço.

  • Gilberto Silva diz: 18 de dezembro de 2011

    No Brasil chegamos em março e já há reclamações contra o calendário. É jogador, dirigente, treinador, imprensa, enfim, vem de todos os lados. Na europa os times jogam direto duas vezes por semana e não se houve reclamações. Aqui no Brasil os elencos são inchados, mas, ainda assim o choro corre solto. Na europa com grupos enxutos os grandes clubes miram todos os títulos possíveis. O Santos, como todos os brasileiros, cometeu o mesmo erro de “privilegiar” o mundial. Se ferrou. Provavelmente perderia de qquer jeito, mas se chegasse com um time em rítmo de competição certamente não daria o vexame que deu. Sem contar que o nível dos técnicos brasileiros é uma piada. Salvo raras exceções que aparecem de tempos em tempos a maioria deles não vale um terço do que os clubes pagam. O pior é ouvir o Murici falando que o planejamento foi bem feito. Só se for o do Barcelona.

  • Luciano Mediza diz: 18 de dezembro de 2011

    Acho que fiasco fica pesado o título,Real Madrid tomou um passei contra o Barcelona,e todos sabem que tem um timaço,infelizmente para o Santos se tivesse jogado muito perderia de 3×1,mas perderia,escuto algumas besteiras como achando que o inter sim foi muito bem contra eles,pois na verdade o Inter ganhou o jogo num contra ataque,o resto do jogo foi deles que estavam desfalcados de Messi e Eto’o machucados e não me digam que isso não faz diferença,ouvi dizer que o Neymar amarelou,diriam o mesmo do Fernandão s tivesse perdido,pois não jogou nada e até pediu pra sair,diriam mas como ganhou esqueceram o assunto,pela vitória,hj esse time do barcelona é algo sensacional,em qualidade tecnica,preparo fisico,profissionalismo,dizer que o Muricy é mau tecnico também é uma injustiça,dizer que o neymar não joga nada,também. neymar no time do Barcelona seria Deus,assim como Messi,o menino é diferenciado,mas hj cada vez que ele pegava na bola tiravam todo espaço dele,dizer que poupar jogadores faz mal ao time,só se fala isso depois da derrota,na vitória esqueceriam isso,o barcelona poupou jogadores no primeiro jogo e isso não mudou nada na final, na verdade esse time do Santos é muito bom,mas o Barcelona de Guardiola é algo fora do normal pra parar esse time só armado e rezando muito pois até acertar eles todos o jogo pode já estar uns 3×0,abraços Zini
    Guardiola 3 anos no comando 13 títulos em 16 disputados

  • vladimir diz: 18 de dezembro de 2011

    O que foi este time do Santos que a globo falou mais que qualquer coisa, tomo um rodiaooooo nao viram a cor da bola e o ESTRELINHA(Neymar) nem tocou na bola direito ou melhor tocou mas nao fez o que ele faz com os arigos aqui no Brasil, lá o bicho pega e nao jogaram nada mesmo…..

  • christiano diz: 18 de dezembro de 2011

    BOM MEUS COLEGAS,SO PRA ESCALRECER , O ASSUNTO MAZEMBE. FIASCO E JOGAR 2 VEZES A SEGUNDA DIVISAO TOMAR DE 4 DO ANAPOLINA, SUBIR NO CANETAÇO E FAZER DVD CONTRA OS CABEÇA ,,, DO NAUTICO,ISSO SIM ÉS UM BAITA FIASCO, AGORA JOGAR MUNDIAL DE CLUBES DA FIFA, NUNCA FOI E NUNCA SERÁ FIASCO. VEJAN O INTER LOGO LOGO VAI DE NOVO, TLVEZ 2012.

  • José Colorado diz: 18 de dezembro de 2011

    Eu avisei na semana passada que o Santos deveria assistir o DVD da final de 2006. Claro que o Barcelona de hoje é melhor que o Barcelona de 2006, mas, técnicamente, considero o time do Santos melhor que o Inter de 2006. Porém, naquele ano, quando um jogador do Barcelona pensava em chegar na bola já tinha um colorado fungando no cangote e chegando junto mesmo!
    Hoje o Santos tentou armar uma retranca e nem isso conseguiu fazer, tamanha era a lerdeza da equipe!

  • Jaibé – Vacaria diz: 18 de dezembro de 2011

    Tomar de 4, fora o baile de bola e tem uns “comentaristas” aí que vem me falar em capacidade e dignidade… Vamos entender o que aconteceu e aceitar. Independente de ser o Barça o que é – e verdade que é muito – o Santos pelo menos deveria ter jogado com a coragem que o Abelão botou o Inter em campo em 2006. Provavelmente perderia sim, mas não acovardando-se como fez…

  • jairo s. nunes diz: 18 de dezembro de 2011

    Rodrigo, afirmo que direção colorada não aprendeu nada com o insucesso. Classificou no sub-vinte, jogou com reservas, retornaram titulares e perderam para o Fluminense. Vamos continuar poupando jogadores.

  • Samuel Ritter diz: 18 de dezembro de 2011

    FIASCO!!! Nunca v um time ser dominado de maneira tão constrangedora. Que isso sirva de lição para aquelas pessoas (que não entendem absolutamente nada de futebol) que ousaram comparar Messi com Neymar. Messi é jogador de ser comparado com Pelé, com Maradona, com Platini, com Ronaldo gordo… entre tantos. Neymar ainda tem um longo caminho pela frente.

    PS: Você esqueceu de citar que o juiz ainda foi solidário ao não aplicar o 1o. cartão amarelo ao Edu Dracena, o que teria expulsado quando fez aquela 2a. falta no Messi.

  • vini diz: 19 de dezembro de 2011

    maior fiasco que isso só perder pra um tal de mazembe mesmo

  • antonio diz: 19 de dezembro de 2011

    …aconselho a todos…clorados e nao colorados a REVEREM ,quando puderem ,o DVD com o jogo INTER x Barça(pode ser pirata,peça emprestado,peça uma cópia a um amigo ….E VEJAM…OS JOGADORES DO INTER ESTAVAM MENTAMENTE FOCADOS…o esquema com 4 na defesa,3 centromedios,o Fernandão mais adiantado e o Pato e Iarley na frente,movimentando pra todo lado e FUSTIGANDO SEMPRE a defesa do Barcelona…com a bola jogava e trocava passes…apertado dava de bico…dividia chegando junto…o Clemer sempre atento…o Alex dando chapéu no Iniesta…o Fernandão dando chapéu no Giuly e Deco ao mesmo tempo…o Pato tirando o Puyol pra dançar…e sempre trocando passes no ataque e NUNCA TOMANDO PRESSÃO DO BARÇA…tinha MAIS vontade…jogava e nao deixava jogar…tentava sempre um contra ataque …até que encaixou um com o Adriano e o Luiz Adriano…que estavam desvairados poia haviam entrado recentemente….ganharam duas divididas pelo alto…e passaram voando pela defesa….GOL DO TÍTULO ( o plano…nao tomar gol e jogar por uma bola)…podia ter sido antes em 2 chutes do Pato,no início do jogo com infiltração do Cardoso,numa asistencia de cabeça do Fernandão,em chute do Indio e Iarley dentro da área…nao era hora…o time ia relaxar…melhor no final…pra terminar o jogo com o Iarlei tirando onda do Barcelona….INTER CAMPEÃO DO MUNDO…( que time !!!! e ainda desfalcado do Sobis e TINGA e Jorge Wagner que tinham sido vendidos…..Ceará um leão…Edinho,Monteiro e Vargas jogando e marcando…Iarley e Pato NUNCA deram descanso ao PUYOL E RAFA MARQUES…. Fernandão e Alex dando BALAOZINHO contra XAVI,INIESTA E DECO…foi um jogo COLETIVO, SEM ESTRELA E QUE DEIXARAM TUDO EM CAMPO….Ronaldinho Gaucho gremista nao tomou nenhum pontapé,tentou jogar e não conseguiu…teve que olhar o COLORADO DOS PAMPAS JOGAR…era UM TIME TÃO COLETIVO QUE TOCOU PARA UM RESERVA FAZER O GOL DA VITÓRIA…JUSTAMENTE PARA NAO HAVER NENHUM HERÓI DO JOGO….O HEROÍSMO FOI DE TODOS…E DA CORAGEM DO ABEL, que perdeu o Pato ( que tinha 17 anos e fazia o terceiro!!!!jogo no profissional)e perdeu o grande capitão Fernandão por lesão…e ao contrário de se retrancar…METEU 2 ATACANTES…QUE COM O IARLEY MATARAM O JOGO…era um time que tinha plano de jogo,acertou no esquema tático,e tinha jogadores técnica e mentalmente preparados…assista ao DVD…e veja como ganhar do Barcelona de Ronaldinho, Deco, Xavi, Iniesta, Puyol, Valdez , Rafa Marques , Giuly, Zambrota….o time que encantava o mundo foi batido pelo glorioso SPORT CLUB internacional…(colorados e gremistas…assistam ao DVD …os primeiros para ver que grande time era o inter que foi Bi-VICE campeão brasileiro e campeão da América e do Mundo….e os gremista para parar de falar bobagem e achar que o jogo se resumiu ao ataque que originou o gol….)vamos Inter…rumo ao TRI da América e esperar pelo Barcelona de novo…

  • alexandre diz: 19 de dezembro de 2011

    amigos com certeza o time do barcelona eh um dos melhores do mundo,invensivel??duvido…estava com meu comentario pronto eh dei uma olhada nos dpoimentos dos amigos.primeiro concordo plenamente com o rafa neves ele falou td nao temos que ficar pedindo migalhas pra ninguem nosso futebol eh diferenciado.e o q luciano mediza falou em termos tah certo.muricy eh um bom treinador ,neymar eh um bom jogador.o problema e q hj o treinador foi covarde ,tanto que quando jogou no seu sistema tatico no segundo tempo foi melhor.o neymar tem muito pra aprender a midia estraga ele demais.eu sou gremista mas escutei quando abel braga falou quando estavam na final interclubes..meu time nao vai para de jogar meu time tem que ter ritmo..ele tinha razao deu certo. jah em 2010 vcs sabem o que aconteceu….tah na hora de tecnicos e comissao rever seus conceitos.

  • Erivelton Coelho diz: 19 de dezembro de 2011

    Bom dia seu Zini, tudo BLZ.!!!!
    Zini, eu não vejo o pq. deste teu rótulo sobre o jogo do Santos contra o Barça, os caras enfrentaram o melhor time do planeta, na minha concepção.
    Fiasco mesmo, é um timizinho daqui do Sul dispupar o mundial e PERDER para um time Congolês que nunca teve uma vitrine detacada no futebol, mas graças ao co-irmão hoje eles são bem conhecidos. MAZEMMMMBE.!!!!
    inter FIASCO FIFA.!!!!kkkkkkkkkkkkkkkk

  • Tales diz: 19 de dezembro de 2011

    Márcio e Roger A.:
    pois o Inter enfrentou esse mesmo Barcelona em Julho de 2010, na Copa Audi, e empatou o jogo em 1 x 1 no tempo normal, só vindo a perder na prorrogação por 2 a 1 e não 4 a 0.
    O Santos não ganha nem do Figueirense (vide o último campeonato brasileiro), que dirá do Barça!!!
    Dá-le colorado!

  • Celito Sonza – Jaguari diz: 19 de dezembro de 2011

    Olha, Zini! O jogo entre o Barcelona e o Santos parecia treino de 2 toques, onde vários atletas tocam a bola, fazendo um de bobinho. Vamos falar de dois jogadores do Santos: Neimar não jogou nada, foi ridículo e o PH Ganso sucumbiu afogado em sua incompetência como meia armador. Que fiasco cara!

  • Thiago diz: 19 de dezembro de 2011

    É natural que os times europeus estejam mais propensos a ganhar o Mundial Inter Clubes, eles adquirem aleatoriamente os melhores jogadores do mundo com cifras milionários. Nós aqui nop Brasil ou qualquer outro time da américa do sul, tem somente jogadores da “casa”. Temos algum jogador vindo da itália? Espanha? França? NÃO. Eles tem os melhores jogadores que se manifestam como melhores nos seus paises de origem. É claro que o Santos fez o seu melhor naquele momento. Além de ter o fator psicológico, os guris do Santos estão acostumado a ver aqueles jogadores no video game, se pudessem pediriam autógrafos. Para mim o Santos representou bem diante das circustância. Sou COLORADO e amo FUTEBOL, se assim foi assim será contada a história e essa é a realidade.

  • Rodrigo diz: 19 de dezembro de 2011

    Concordo plenamente com o antonio, que fala de como o Inter de 2006 estava focado. Tanto o santos 2011 quanto o Inter 2010 foram para o Mundial como se saíssem de férias par a Disneylândia. Em 2006 o Inter saiu de Porto Alegre como se fosse para uma guerra. Em 2010 saíram deslumbrados e em ritmo de festa. É inacreditável os motivos de NÃO terem repetido os acertos de 2006, não entendo… Chega desta atitude brazuca de deslumbramento e intimidação. Em 2012 espero que o Inter volte a ser aguerrido como em 2006 e na Libertadores de 2010. CHEGA DE SOBERBA E UFANISMO!!!

  • joão diz: 19 de dezembro de 2011

    Fiasco mesmo é um timinho que caiu 2 vezes pra segundona do brasileiro e ainda quer ser grande, além de dvd da segundona com o poderoso Nautico. Gremistada já compraram o boneco do craque André Lima. Ahahahaha Dale Inter!

  • Gil diz: 19 de dezembro de 2011

    Nesse momento o emocionalismo impera na análise dos resultados por parte de colorados e gremistas. Desculpem os colorados, mas é brincadeira querer comparar o Barcelona de 2006 com o Barcelona de 2011. A vitória do internacional com certeza foi memorável, vai ficar para a história do futebol mundial e isso quem fala é um gremista, mas, com uma análise racional, sem dúvida a história seria outra se tivessem jogado contra o Barcelona como está formatado hoje. Com certeza eu diria o internacional seria derrotado, mas com certeza também daria mais trabalho para o Barcelona que o Santos deu.
    Vamos com calma ao comparar esses dois momentos de 2006 e 2011, sem qualquer pretensão de desprestigiar o grande título conquistado pelo Internacional. Lembremos que o Barcelona de hoje já está recebendo o selo de um dos melhores time da história do futebol mundial, o que não é pouco.
    Abraços a todos.

  • Heloísa Pires diz: 19 de dezembro de 2011

    Eu sugiro assistirem o vídeo na integra de Barcelona X Internacional (globoesporte.com), para constatarem a diferença entre o comportamento do Inter, naquele jogo, e o comportamento do Santos, ontem. É bom ver de novo para que a comparação possa estar bem fresquinha na cabeça da gente!

  • LUCIANO – SL diz: 19 de dezembro de 2011

    DEPOIS DE Barcelona e Santos, cada COLORADO do RGS deve orar, todas as noites, agradecendo a DEUS por ter disputado em 2006 com um barcelona quebrado, desfalcado de jogadores como Messi, Etoo, Saviola, só para citar alguns e com aquele jogador decadente do Ronaldo Assis em campo. Basta ver de quem foi o “gol” vermelho, naquele jogo ….
    Não fosse isso, talvez o Mazembe’s Day fosse somente o SEGUNDO maior fiasco dos colorados.
    Time pequeno só ganha do barcelona por milagre ou muitos desfalques no time catalão, como em 2006.
    Agradeçam colorados…..
    Saudações Tricolores!

  • LEANDRO MARQUES diz: 19 de dezembro de 2011

    CONCORDO COM O ANTONIO ALI EM CIMA…O GREMIO TENTA DIMINUIR O INTER POR QUE OS PROPRIOS IDOLOS DO GREMIO E EX TECNICOS QUE ENTENDEM DE FUTEBOL(POR QUE VEJOS COMENTARIOS AI DE GREMISTAS QUE AO MEU VER NEM SABEM O OQUE É FUTEBOL, NEM JOGAM FUTEBOL POIS SO FALAM MERDA) ASSIM COMO O VALDIR ESPINOZA QUE ESSES DIAS FALOU NA RADIO PARA OS GREMISTAR PARAREM DE FALAR NO “MAZEMBE DAY” E SIM SE LEMBRAR DO “TOQUIO DAY” SENÃO CAPAZ DO INTER SER 10X CAMPEÃO DO MUNDO E O GREMIO AINDA FICAR ESTANCADO NESSA HISTORIA DE FIASCO DO MAZEMBE, ONTEM O SANTO ENVERGONHOU O BRASIL, JOGOU SEM RAÇA, SEM VONTADE NENHUMA, NÃO IMPORTA COMO O TECNICO ESCALA O TIME SE OS JOGADORES NÃO TEM VONTADE DE GANHAR, DE VENCER, DE LUTAR, OLHEM O DVD DO INTER CONTRA O BARCELONA E VOCÊS VÃO VER O QUE É FUTEBOL, RAÇA GAUCHA, OS JOGADORES CHEGANDO DURO, NÃO PERDENDO VIAJEM, TU ACHA QUE SE O MESSI JOGASSE O BOLIVAR JÁ NÃO IA ACABAR COM ELE NA PRIMEIRA ENTRADA, POR QUE ISSO É RAÇA QUE TA FALTANDO PRO BRASIL ULTIMAMENTE, TER VONTADE DE GANHAR, NÃO ADIANTA SO TECNICA TEM QUE TER RAÇA, O QUE FOI AQUILO ONTEM QUE VEXAME, PIOR QUE AINDA ACORDEI PARA TORCER PELO BRASIL E NO FIM ACONTECE ISSO..OLHA O SANTOS NÃO É O MEU TIME MAS HOJE PELA MANHA ME SENTI ENVERGONHADO COMO BRASILEIRO POIS VER EM TODOS SITES DO MUNDO INTEIRO QUE FALAM DE FUTEBOL FALAR QUE O BRASIL DE PELE FOI HUMILHADO PELO BARCELONA SENDO QUE É SO VOCES PENSAREM E UM POUCO E VER QUE ESSE TIME NÃO É TUDO ISSO..EM 2009 FOI UM DEUS NOS ACUDA CONTRA O ESTUDIANTES, E NESSE MESMO ANO GANHOU NOS PENALTIS DO INTER….ENFIM FALTOU GARRA PARA O SANTOS E VONTADE O BARÇA DEU SHOW POREM ESPERO QUE 2012 O INTER VÁ LA E DE ESSA ALEGRIA PARA O BRASIL DE NOVO AFINAL NOS MERECEMOS…..

    E O GREMIO TRATE DE GANHAR UM TITULO SENÃO É CAPAZ DO MAZEMBE SER CAMPEÃO DO MUNDO A ALCANÇAR O GREMIO!

  • Mario diz: 19 de dezembro de 2011

    O Barça já era esse time em 2006 tinha o maravilhoso Ronaldinho e outros grandes jogadores e a mudança atual é de 3 ou 4 jogadores da mesma qualidade e o INTER ganhou deêles e nesse ano empatou com eles de nôvo, como não tem time para ganhar dêles ? tem sim o INTER. Querem mascarar esse grande feito devido ao Mazembe, mas não adianta é pura mágoa de gremista que não ganha nada há 10 anos. e viva o INTER….

  • PEDRO diz: 19 de dezembro de 2011

    O Santos não está só nessa humilhação imposta pelo Barça! O futebol brasileiro é que foi estraçalhado ontem no Japão. Messi mostrou como deve jogar um camisa 10 e o Barcelona traçou o real significado de futebol coletivo. Se o futebol brasileiro continuar acreditando que é o melhor do mundo e que seus jogadores são mais técnicos, seguirá correndo atrás por muitos anos. Não há mais lugar para “estrelas”, “que jogam com a bola no pé”. Ou cada jogador se condiciona a correr pelo time e para o time, ou seremos por muitos anos meros coadjuvantes. O alerta despertou! treinadores, em especial o da seleção, que não mudarem seus conceitos, serão flagrados pelas câmeras com a mesma cara estampara pelo Muricy ontem. O futebol evoluiu técnica e taticamente e essa evolução nasceu na Espanha.

  • João E. diz: 19 de dezembro de 2011

    Fiasco até foi Elogio Sr. Zini, o que vimos ontem foi Vexatório, vergonhoso e mostrou em campo um monte de Covardes que se entregaram sem um pingo de luta. Perder não é vergonha pra ninguém mas perder desse jeito sem esboçar reação foi demais. Mas a maioria da imprensa prefere enaltecer o Barcelona fingindo não ver e querendo tapar o sol com a peneira. Estamos muito mal e isso deveria servir de lição para o esporte brasileiro, pagam fortunas pra jogadores mediocres e treinadores ruins mas ta tudo bom, tudo maravilha no pais de tupiniquins

  • André Ribas diz: 19 de dezembro de 2011

    Cultura no Futebol !
    Estamos diante de uma nova filosofia de futebol. O único fora de série do Barcelone é Messi. os outros são jogadores bons, mas acima de tudo, inteligentes, provavelmente com cultura, e fica mais fácil mostrar como se deve jogar, do que para nós, que tiramos nossos craques da miséria e do semi analfabetismo e achamos que somente com o dom para o futebol ( e o temos ) e alguns milhões vamos conseguir encarar essa nova realidade…Seguramente NÃO !! Teremos que desenvolver culturalmente esses craques, para que passem a usar o cérebro. O que o Barcelona faz não é nada diferente do que é feito no futsal !!! Sim senhores, simples assim !!! Não há posição fixa, os jogadores marcam, lançam, fazem gols, jogam no ataque e na defesa com a mesma desenvoltura !!! O Barcelona tem 3 jogadores fixos ( Puyol, Piquet e e Abidal )pois o campo é muito maior do que o futsal, ainda é preciso alguns fixos, mas atrás, e não na frente, como ainda temos alguns centroavantes ” aipim ” por aí, como o próprio Borges ( coitado… ! ) Os jogadores nos treinos ficam jogando ” bobinho ” em um espaço curto, mas não são obrigados a fazê-lo no campo…aí começam a dar chutões para a área, cruzamentos da intermediária, achando que fica mais fácil de fazer gol. Ainda bem que surgiu o Barcelona !!! Agora vamos obrigar esses jogadores a pensar !!!! Psicólogos, treinadores, massagista, preparadores físicos…SIM A TODOS ELES, MAS VAMOS CONTRATAR PROFESSORES PARA FAZER ESSE POVO PENSAR QUE, QUANDO SE CHEGA NA CARA DO GOL, É MAIS FÁCIL FAZER COMO O MESSI FEZ DO QUE COMO O NEYMAR, QUE CHUTOU EM CIMA DO GOLEIRO !!!! COLOCA POR CIMA OU DESVIA DELE, MEU GURI !!!
    O Inter há 2 anos vem trabalhando mais a bola, mas às vezes, irritantemente dá 249 toque para chegar no gol… São toques improdutivos, pois os jogadores ( Tinga, Dalessandro, Guinazu,… ) não tem como característica entrar na área. Não são jogadores agudos, de toque na vertical, como o Barcelona…mas já é o início de uma filosofia…Agora precisamos de jogadores de toque de bola, porém agudos, contundentes, como são os do Barcelona. o João Paulo pode ser um deles…é muito mais rápido que todos, mas… deve ser treinado para isso !
    Adeus futebol de chutões !
    Adeus futebol de escanteios !
    Adeus futebol de dos sem Cultura !!
    PARA FINALIZAR COM CHAVE DE OURO:
    IMAGINEM OS NOSSOS JOGADORES, COM AS QUALIDADES QUE TÊM, E UM POUCO DE RACIOCÍNIO…!!!!
    O BARCELONA SERIA FICHINHA !!!

  • anderson diz: 19 de dezembro de 2011

    fiasco nao e perder p mazembe afinal ele foi o campeao do continente africano agora cair 2 vezes p segunda divisao e tomar 4 da anapolina e coisa de clube ridiculo mesmo

  • Roger diz: 19 de dezembro de 2011

    A verdade é que o Barcelona teve PENA do Santos, e puxou o freio durante vários momentos da partida.

    Caso contrário, teria sido uma goleada mais do que histórica, e que dificilmente voltaria a se repetir nas proximas décadas, e quem sabe, no proximo século.

  • Thiago diz: 19 de dezembro de 2011

    Foi o maior massacre que eu vi numa partida de futebol.

    O Barcelona é um time fantástico e que é pesadelo dos demais times europeus (vide o que fez com o Manchester na final da Champions e na semana passada contra o Real, em Madri), mas o Santos e o Sr. Muricy deram uma baita ajuda. Não que o Santos tivesse chance contra o Barça, mas pelo menos evitaria a surra histórica que levou

    O Muricy deu chance para a humilhação por mudar o esquema que vinha jogando o ano todo para, no jogo mais importante, colocar 3 zagueiros, ou seja, colocou um time com um esquema sem treinamento contra o Barcelona. Uma covardia do treinador que fez com que a humilhação e o vexame fosse enorme.

    Quantos aos jogadores do Santos, os mesmos estavam deslumbrados e reverenciaram os jogadores adversários. Eles estavam lá para disputar um titulo mundial, não para um encontro amigável.

  • Campeão de TUDO diz: 19 de dezembro de 2011

    Sugestão para definição da palavra FIASCO no dicionário da lingua portuguesa:

    - Jogar 2 vezes a segunda divisão
    - Subir de divisão no “canetaço”
    - Ter como único orgulho, na ultima decada, ganhar do Nautico, chamar de batalha, fazer DVD e exibir no cinema essa “pelada”.
    - Fazer boneco do idolo André Lima, vulgo guerreiro imortal (hahahahaha)
    - Levar 5 numa final de Libertadores e insistirem que são copeiros (copeiro é o papelzinho do sorteio)
    - Jogar a copa toyota contra Hamburgo (quem??) que nem banco de reservas tinha no jogo

    Gremio campeão mundial FIFA??? NUNCA SERÃO

    Time de piada pronta

    Saudações do MAIOR do RS… unico com chancela nos titulos….

  • Ed Lekl diz: 19 de dezembro de 2011

    FIASCO É TOMAR UM CHOCOLATE DO MAZEMBE…DO BARCELONA ATÉ O REAL MADRID TOMOU SEMANA PASSADA EM MADRID…

    FIASCCO FIFA 2010 – SÓ ELES TEM!!!

  • betofutebol diz: 19 de dezembro de 2011

    Não concordo com vc ! novamente querendo provar tuas teses “VC NÃO VIU O JOGO”.Todos correm e voltam,procuram a bola e a jogada, e não “ficam parados esperando a bola” quando a recebem vão a frete passam e se colocam para receber.Todos criando jogadas e se desmarcando.No brasil a maioria fica esperando um pelo outro e só querem bola no pé.

  • Luiz diz: 19 de dezembro de 2011

    FIASCO SIM SENHOR! A PIOR APRESENTAÇÂO DE UM TIME BRASILEIRO! ano passado perdemos pa o Mazembe, mas todo mundo viu que jogamos melhor, desperdiçamos chances, erramos gols incriveis, foi assim que perdemos e digo mais prefiro perder assim, como perdemos para o mazembe do que ir para a final e nao ver a cor da bola, nao adianta os gremistas quererem diminuir a facanha colorada de 2006, dizer q messi e etoo nao estavam, quem éra o grande nome do barça??? quem, quem?? ah ta agora falam mal do RONALDINHO mas em 17/12/2006 ele éra o cara até o SCI /terminar com ele naquela final heheheheh.17/12/2006 um dia INESQUECIVEL PARA O FUTEBOL BRASILEIRO!! é o Inter tem essa mania, perder para times pequenos (mazembe, etc…) mas desbancar os poderosos (BARCELONA / INTERNACIONALE / MILAN) hehehehe, vcs comemoram o mazembe mas no fundo sentem raiva daquele dia 17/12/2006, é uma defesa para tentarem esconder a dor que sentem por esta data, nao adianta querer dizer que ja esqueceram, pq sempre que vcs olha rem para o Ronaldinho, ou falarem sobre ele esse dia vai doer em suas alma!! INTER, por enquanto unico time Sul Americano a ser 3º no Mundial, mas um dos poucos a ter orgulho de ter ganho um titulo MUNDIAL EM CIMA DO BARCELONA! salve nação COLORADA!

  • RAFAEL PEREIRA diz: 19 de dezembro de 2011

    FIASCO MAIOR SÓ O MAZEMBAÇO !!!

    CAIR PRA SEGUNDONA FICA AQUI EM CASA , MAS FIASCO DESSES QUE O SANTOS E O INTERZINHO FIZERAM
    APARECEM NO MUNDO TODO .

    FIASCO ABSOLUTO DO SANTOS

  • Vilso diz: 19 de dezembro de 2011

    Quero ver o que Galvão e outros comentaristas irão dizer agora, endeusaram um projeto de craque(Neymar) e crucificaram Dunga pela não inclusão na lista que disputou a Copa de 2010. Dunga apesar de alguma teimosia sempre esteve correto em suas escolhas, ele não deixou se enganar por quem fala o que quer mesmo sem ter a noção do que esta falando. O que eu quero dizer e que certos comentaristas não levam em conta o nível dos adversários enfrentados por Neymar aqui na América e o nível dos europeus. Contra o Rafa Marques ate o veterano o Sandro Sotille faz carnaval, contra Pique a historia e outra.

  • carlos augusto diz: 19 de dezembro de 2011

    Não dá para dizer que foi fiasco, como é que um time que não joa durante 6 mes que jogar contra omelhor time do mundo?? Os jogadores brasileiros em que ter mais profissionalismo e encararem todas as competições garra, com vontade vencer, independente do adversário. O Barcelona provou que é muito melhor que qualquer time, hoje, e que para disputar o Mundial não precisa ficar só treinando, tem que disputar as competições anteriores com muita vontade vencer, pois a melhor preparação é jogar seguido, pois só assim valoriza o conjunto, aprimora a técnica e pensar cada jogo na sua hora.

  • Guilherme diz: 19 de dezembro de 2011

    Não foi chocolate e sim SHOW-colate.
    O Barça mostrou uma coisa para o mundo: que futebol é esporte coletivo e não individual. Quando se alia jogadores de técnicas diferenciadas, os chamados craques, a um estilo de jogo que os favorece, isso dá um time quase imbatível. O Barça de hoje mostra porque o Messo joga tanto no time catalão e muito pouco (para alguns quase nada) na Seleção da Argentina. É, como dizia o Seu Rolla, a ‘mecânica de jogo’ que faz a diferença. Ou seja, comprometimento de todos para o bem do time. Alguém se lembra do ataque dos sonhos do Flamengo com Edmundo, Romário e Sávio? O que fez esse ataque? Quase nada porque eram 3 estrelas uma querendo brilhar mais que as outras. Futebol é esporte coletiva, e a individualidade só pode ser importante em lances esporádicos e não como rotina da equipe.

  • saul diz: 19 de dezembro de 2011

    Chega a ser insano a manifestação de colorados (o azarão de 2006) falar da tal de Copa Audi, amistosos de pre-temporado para os europeus. Esqueceram o que foi o Mazembe?????????,

  • Jordan diz: 19 de dezembro de 2011

    Não se pode qualificar o que aconteceu com o Santos como fiasco, a menos que se continúe a pensar da maneira que a maioría pensava até ontem, Messi ou Neymar, os craques da Vila e todas essas bobagens .E tú que te consideras especialista em futebol europeio , não tem acompanhado o Barça estos últimos tres anos ? O Barcelona tem acabado com o Real do Mourinho o Manchester de Fergusson, com demonstrações de alto nível , e estou falando do Real ,do Manchester ,TIMAÇOS, porém o Barça é melhor.Porque Santos faría fiasco , porque não se indignou ? não bateu ? e o Real de Pepe ,Marcelo ,Ramos não bate?não usa de marcação forte ? E não adianta o Barça ganha , simplesmente porque é MELHOR

  • Alexandre diz: 19 de dezembro de 2011

    Além de todo o resto levaram o “Borges do Grêmio” e não o Borges do Santos. Nas poucas chances de gol que o Santos teve uma ele chutou fraco e a outra não dominou. Este é o atleta que o Grêmio mandou embora, o que na hora da decisão sente a pressão.

  • Eduardo diz: 19 de dezembro de 2011

    alguns falam que foi honra o santos perder pro Barça e talz como jah era previsto,
    porem o Internacional-POA jah ganhou do barça, e na epoca com ronaldinho, deco
    entre outros grandes nomes.
    mas sabe qual o erro do santos? Não ter levado o Adriano Gabiru XD

  • Gil diz: 19 de dezembro de 2011

    Escrevo novamente só para deixar consignado que, pelo que escrevi (na condição de torcedor do Grêmio, mas analisando as coisas friamente) não estou de modo algum desmerecendo o título do internacional, que, sem dúvida foi glorioso, heróico. Também acho uma bobagem os gremistas lembrarem a derrota para o Mazembe, porque acho que na vida temos de primeiro olhar para nós mesmos, saber os nossos defeitos ao invés de procurar infelicidades alheias.

    A propósito, lamento os comentários feitos por algum setor do Grêmio que cogitou da vinda do Mazembe para inaugurar a arena. Se isso ocorrer, lamento mesmo, mas o Grêmio, clube para o qual torço, estará se apequenando. Assim como se apequena a cada dia que lembra com ares de grande título a subida para a primeira divisão. O Grêmio é maior que isso.
    Nós temos de apreender com os outros na vida.
    Nesse sentido, cito o Internacional, que, quando não ganhava títulos, acabava se pautando nas derrotadas do Grêmio, nos seus títulos brasileiros, para alcaçar-se em um artificial patamar; porém, quando passou a olhar mais para si, perceber seus defeitos, aparar arestas, está aí, começou a empilhar títulos. Devemos apreender a direção colorada nesse ponto.

    Feito esse comentário, apenas ratifico que realmente acho que esse time do Barcelona é melhor que o de 2006, bem melhor, são situações completamente diversas, sem, novamente afirmo, tirar qualquer prestígio do grande título do internacional de 2006.

    Um abraços aos colorados e gremistas e feliz natal e próspero ano novo.

  • Enio Zuge diz: 19 de dezembro de 2011

    Bom amigos, falar todo mundo fala, mas ver, poucos enchergam, ou pior, se contentam com o que temos aqui no Brasil.
    Endeuzaram o Santos quando ganhou a libertadores, Neimar, Ganso, e cia… alguém lembra quando eles jogaram na seleção, pois até agora eu não os vi. Já do Barça sim, já vi, e os vejo quando entram em campo pela seleção deles, la eles jogam com vontade, com garra, com comprometimento. Já aqui no Brasil se joga com um “único” objetivo: Ganhar o salário no final do mês.
    Nossos dirigentes gostam de jogador que “cadencia o jogo”, pura ilusão, cadenciar o jogo é jogar rápido, de primeira, não deixar o adversário pensar no que deve fazer. Infelizmente nossos jogadores são legítimas “enceradeiras”, amarram a bola, esperando a marcação chegar, ninguem se movimenta, nossa principal jogada é a bola parada, e ainda tem técnicos que vão para a imprensa se vangloriar que tem uma boa jogada de bola parada. É por isso que nosso futebol esta decadente, do jeito que esta.
    Outra coisa, como falam, ganhar o brasileirão não é para qualquer um, é sim, pega qualquer clubinho da europa e coloca aqui, metade do campeonato garanto que já são os campeões. Nunca teve brasileiro mais fácil de ganhar que os últimos 3 anos, nunca. Faltou só competência e vontade, ou melhor, vergonha na cara de quem entra em campo e jogar bola.
    Mas fazê o quê né, temos que nos contentar com nossos deuses, ou melhor, endeusados, porque jogar bola mesmo, e para poucos, pouquissímos, se contar, sobram dedos, de uma mão somente.
    Para colorados e gremistas, não sonhemos alto, do jeito que esta, não temos perspectivas boas.
    Só peço uma coisa, “caiam na realidade”, não custa nada, é muito melhor que ser otimista.
    Um abraço a todos.

  • Silvio COLORADO diz: 19 de dezembro de 2011

    O Barcelona é freguês de caderno do INTER:

    - INTER, CAMPEÃO DO TORNEIO JOAN GAMPER!

    - INTER, CAMPEÃO MUNDIAL DE FUTSAL!

    - INTER, CAMPEÃO MUNDIAL INTERCLUBES FIFA 2006!

    COMO É BOM SER COLORADO! E TEM ALGUNS QUE COMEMORAM DVD DE SEGUNDA DEIVISÃO!

  • LEANDRO MARQUES diz: 19 de dezembro de 2011

    COMO OS GREMISTAS SÃO AMARGOS MESMOS, SE VOCE É UMA PESSOA CONCIENTE OLHE O JOGO INTER X MAZEMBE E VEJA QUE O INTER DEU 20 CHUTES A GOL ENQUANTO O MAZEMBE DEU POUCO MAIS DE 5, POR INFELICIDADE NOSSA ACERTARAM O GOL, MAS FUTEBOL É ISSO SÃO 11 CONTRA 11 NUNCA SE PODE MENOZPREZAR NINGUÉM NEM ENTRAR DE SALTO ALTO EM CAMPO…ISSO JÁ FOI PROVADO EM 2006 QUANDO ENTRAMOS POR BAIXO E SAIMOS POR CIMA DERROTANDO O PODEROSO BARCELONA DE DECO, XAVI, INIESTA, VALDEZ, RONALDINHO GAUCHO ENTRE OUTROS CRAQUES E FOMOS LÁ E GANHAMOS O JOGO NA RAÇA E NA GARRA, SENDO QUE O GREMIO AINDA ESSE ANO TENTARAM CONTRATAR O RONALDINHO GAUCHO PRA JOGAR NO OLIMPICO POREM O MESMO DISSE “O FLAMENGO É O FLAMENGO”, NÃO ADIANTA A HISTORIA COMPROVA QUE O INTER ESTÁ ACIMA DO GREMIO SEMPRE…ALEM DISSO HOJE ESTÁ SENDO COMEMORADO O DIA DA “SEGUNDONADAY” OLHEM PARA O PASSADO ANTES DE FALAR DE “VERGONHA”

  • elvi tonezer diz: 19 de dezembro de 2011

    passei 15 dias assistindo a globo endeusar o neimar e o santos falaram muitammmmmmmmmmm não da pra aguentar não nos deixam outra saida a não ser torcer contra viva o inter viva o gremio viva os mineiros viva todos do norte e do sul abaixo rio e são paulo

  • Luiz Fernando diz: 19 de dezembro de 2011

    Zini, vc que tem as informações quentinhas, é verdade que os jogos da 2ª divisão apitados pelo Sr. Djalma Beltrame terão que ser realizados novamente?

    Vendo os jogadores do Barça marcar foi algo…E pensar que teve um técnico a pouco tempo que disse que o Douglas não precisava marcar, pois era craque…

    O muricy mostrou com suas declarações que ele não tem convicções de futebol e tática…pelo jeito ele treina e joga para contentar dirigentes e imprensa, devia estar meio atordoado na declaração…

  • Marcelo diz: 19 de dezembro de 2011

    insano é ver as smurfetes opinando sobre um campeonato que só vêem na TV e no Playsation, mas eu os entendo: na falta de satisfação com o próprio time a buscam nos eventuais fracassos do rival.

    em tempo:
    1)Perder pro Mazembe é fiasco sim, tomar 4 do Barça não.
    2)Fiasco só dá quem está por cima.

  • Quemsabeagoramuda? diz: 19 de dezembro de 2011

    Pois é, a história sempre mostra que para alguma coisa de importante acontecer, alguma coisa marcante tem que acontecer, e foi marcante para todos que, no mundo todo, viram: Não a derrota do Santos, nem mesmo até o placar “vexaminoso” (para nosso padrão de vecedor), mas sim a forma como o Santos jogou. Não é possível um treinador deixar em campo por 85 minutos um jogador – o Ganso – que simplesmente não deu três passos seguidos, os adversários passavam na sua frente e ele simplesmente olhava! PORQUE o técnico o DEIXOU em campo? Porque, para as concepções brasileiras, ele é um ‘CRAQUE’.
    Ora vamos! Por certo, os “entendidos” em futebol no Brasil devem achar que os grandes clubes brasileiros têm diversas “PÉROLAS” nos seus plantéis Sub-20, Sub-17,… Ora, quem viu os jogos do Campeonato Sub-20 até semana passada no RS, viu que NÃO HÁ UM – NENHUM! – JOGADOR DE FUTURO, que possa vir a ser sequer um Paulo Bayer ou um Diego Souza, nem mesmo um Neymar, quanto mais um Romário, Rivaldo, Sócrates,…, para não falar em Ronaldo (Nazário), Tostão, Zico, Pelé,…
    Vou mais longe: não vi nos times que jogaram no Campeonato Sub-20, NENHUM JOGADOR EM CONDIÇÕES DE VIR A SER UM JOGADOR TITULAR EM NENHUM DOS DEZ OU QUINZE MAIORES equipes do Brasil. Quer dizer, se a coisa está “preta” agora, vai ficar muito pior ainda daqui a uns três a cinco anos.

  • marcelo colorado diz: 19 de dezembro de 2011

    Qualquer clube brasileiro, ou até do mundo, pode jogar como o Barça. para tal, basta que:

    a) procure meninos com talento para jogar futebol, que no futuro serão jogadores de futebol talentosos (hoje em dia, o que se vê é um bando de trogloditas sendo preparados para serem vendidos à Europa, ou outros mercados emergentes);
    b) tenha dinheiro para resistir ao assédio do mercado, senão, não conseguirá formar uma idéia de jogo;
    c) volte a pensar o futebol como futebol, onde os sistema de jogo é muito mais importante do que a estratégia (seria muito interessante assistir-se jogos onde times com sistemas e concepções diferentes, voltados ao talento, se alternassem em confrontos imprevisíveis pela opção de sistemas diversos). As estratégias podem falhar,como falhou a do Muricy, e também a do Mourinho, contra o Barça. Sistemas devem sempre prevalecer;
    d) se tenha paciência para formar uma concepção de sistema. O Barça levou, no mínimo, 20 anos;
    e) que se tenha ao menos UM jogador para descomplicar os momentos mais difíceis;
    f) que o clube tenha convicção no seu projeto, sendo resistente ás cornetas da torcida e da imprensa.

    Todos os itens devem acontecer simultaneamente, e não esgotam outras situações que devam acontecer ao mesmo tempo.

    É uma barbadinha, não é?

    Nem na China!!!!

    Saudações Coloradas.

    Com a gente “eles” não podem!

    P.S.:`É muita sacanagem jogarem a derrota do Santos nas costas do Neymar, com o alguns estão fazendo. O menino vai longe e, se for para o Barça, é melhor esquecer o tal de Mundial FIFA…

  • André – Erechim/Curitiba diz: 19 de dezembro de 2011

    Todo mundo viu o jogo, isso é reflexo de um “TIME”, vejam bem é o time do BARCELONA e não o Barcelona do Messi ou Santos de Neymar, como está sendo pregado por aí. É por isso que temos jogadores que não correm atrás da bola, como falou um colorado aí acima, nossos atletas estão preocupados com óculos e cabelos, enquanto os Espanhóis estão preocupados em correr atrás da bola.
    Mais um detalhe Pepe Guardiola respondeu em campo a declaração do Muricilha de que ele apenas seria considerado um grande técnico se viesse ao Brasil treinar algum time!

    Agora chega de Barcelona ou Mazembe, nos preocupemos com nossos times (GREMIO e inter) e cobremos nossos dirigentes para que tenhamos alegrias como o Barcelona tem. Nós, principalmente os Gremistas, estamos numa situação desesperadora, faz tempo que não temos um nacional, SP e RJ estão levando tudo.

    Saudações Tricolores.

  • marcos diz: 19 de dezembro de 2011

    SANTOS!!! FOI UMA VERGONHA!!
    E o Brasil todo fica mascarando isso e preservando o SANTOS.
    SE fosse Grêmio ou Inter estaríamos sendo alvo de chacota nacional.
    O SANTOS amarelou, fugiu, não confrontou, não enfrentou, foi medroso, risível como foi no Brasileirão.
    SANTOS deixou o BRASIL ENVERGONHADO.
    Porque não criticam o SANTOS: MEDO?
    Ou acha q o Barça faria isso com o Grêmio ou Inter?? Nunca nem q terminássemos com 9 em campo.
    Isso é futebol.Tem contato…!!
    SANTOS..que decepção !!
    Vergonhaaa!!!

  • Adilson Guacho diz: 19 de dezembro de 2011

    Zini, fiasco é perder para um time de 8ª categoria da República do Congo e nem jogar a final. Este sim foi o MAIOR FIASCO do futebol mundial.
    Mazembaço !!!!!

  • Carlos diz: 19 de dezembro de 2011

    Tristemente aos gremistas so resta falar do Mazembe. Bom, afinal é SEGUNDA.

  • João Colorado diz: 19 de dezembro de 2011

    O Santos não marcou, olhou os jogadores do Barça tocarem a bola, não teve raça.
    O Estudiantes, a dois anos quase sagrou-se campeão como o INTER em cima do Barça. Saiu ganhando deu pau, marcou, e perdeu na prorrogação.
    Ontem, Messi por duas vezes poderia ter caido na área e o juiz daria penalti, preferiu pular, resistir a falta e no final da jogada deu um passe de calcanhar e dai saiu o gol. Depois driblou o goleiro e novamente gol.
    O futebol brasileiro com estes árbitros frouxos, está longe de fazer os jogadores pararem com este cai-cai.
    Iniciei torcendo pelo Santos, mas antes do final do primeiro tempo torcia para que o Barça colocasse uns 6, 8 a zero.
    Timinho nojento este do Santos. Derrubavam os adversários e iam pedir mil desculpas. O Santos precisa de castelhanos no time, assim como o Barça tem Messi e Mascherano, esses hermanos tem raça.

  • Ednei Ribeiro diz: 19 de dezembro de 2011

    Perder pro Barcelona não é fiasco, qualquer time do Brasil perderia, mesmo jogando bem, pode ir a seleção brasileira que vai ser goleada;
    Fiasco mesmo é perder pro MAZEMBE, isso sim é fiasco FIFA, não tem explicação, MAZEMBE passou a existir depois do saudoso colorado, que deu vida ao MAZEMBE, antes ninguem conhecia MAZEMBE, nasceu em cima do glorioso inter, FIASCO FIFA;
    Os colorados nem devem ficar dando opinião sobre essa final, afinal, eles foram os unicos sulamericanos que não chegaram a final no mundial de clubes, vergonha da américa, como vão falar do Santos, moral de cueca não vale.
    Parabéns Santos por ter chegado a final;
    Parabéns MAZEMBE por ter chegado a final;
    Digo e repito, em situação normal, nenhum time brasileiro tem força pra ganhar do Barcelona, somente acontecendo caso fortuito ou força maior (cai um raio e mata 5 jogadores do Barcelona durante a partida), e ainda assim, seria muito dificil.
    Futebol não se avalia em cima de resultado, tem que ver o contexto geral, coisa que poucos conseguem ver, analisar com a razão e não pela emoção;
    Claro que o MAZEMBE foi só pra tirar com os colorados…………..mas que foi um fiasco dos feio, isso foi, ninguém pode negar, e pra piorar foi FIFA, ta la, entrem no site da FIFA, os colorados gostam tanto da FIFA, olhem, ta registrado;
    PRA SEMPRE MAZEMBE!!!!!!!

  • Nilson diz: 19 de dezembro de 2011

    “o grande futebol da Libertadores poderia brotar em 90 minutos” – O Santos não teve esse futebol todo na Libertadores. Passou na primeira fase por um fio. Penharol fez um grande favor de eliminar os adversários mais perigosos para o Santos: Velez, por exemplo, entre outros.
    O Santos não é esse time todo e tampouco se preparou para enfrentar o Barcelona.
    A proporção das diferenças entre BarcelonaxInter 2006 e BarcelonaxSantos 2011 é muito pequena. Ronaldinho, Deco e Cia estavam em alta tanto quanto o time atual. A diferença foi a liderança do Inter em se organizar para não deixá-los jogar a ponto de evitar uma goleada. Deu mais do que certo. Vitória e título, mesmo sendo inferior.

  • fernanda diz: 20 de dezembro de 2011

    Que chocolate! Uma perguntinha,quem é melhor: Messi ou Neymar??? HEHEHEE,Acho o Neymar um BOM jogador,alias muito bom, mas não é possivel compara um craque que se chama MESSI e um bom jogador chamado Neymar!
    A imprensa brasileira iludiu o Santos e sua torcida,que seria possivel vencer o Barcelona,vivem disso e ainda cometem esses erros, ano passado iludiram a torcida colorada, que o inter poderia vencer o MAZEMBI,erraram,quem sabe dessa vez aprendem!

  • Silvio COLORADO diz: 20 de dezembro de 2011

    O MAIOR FIASCO DO BRASIL É SER REBAIXADO DUAS VEZES (BI-REBAIXADO) E VOLTAR NUMA VIRADA DE MESA!
    HEHEHEH…!!!

    INTER, 100% PRIMEIRA DIVISÃO!
    INTER, ÚNICO CAMPEÃO MUNDIAL FIFA DO SUL DO BRASIL!!!

    HEHEHEHE…!!! CHOREM SEGUNDINOS!

    E PONTO FINAL! HEHEHE…!!!

  • Werner diz: 20 de dezembro de 2011

    Estava ouvindo sala de redação e concordo com o Davi pois o Santos não teve a mínima ATITUDE, pois não jogou nada, mas não por culpa deste mas sim pela falta de qualidade dos técnicos do Brasil!

    Em entrevista, Pep Guardiola (Técnico do Barcelona), falou que joga como o Brasil JOGAVA no passado, pois seu avo contava que o brasileiro recebia a bola, DOMINAVA E PASSAVA O MAIS RAPIDO POSSIVEL, assim se faz o Barcelona, nem cruzamento na área eles fazem, para que não se tenha que abdicar deste sistema!

    O canal SporTV da Net passou um vídeo com a seleção Brasileira de 1970 fazendo exatamente isso, o básico!

    AI ESTÁ O QUE O FUTEBOL BRASILEIRO ESQUECEU, pois não se joga sem a bola! E onde precisa de talento são os 2 homens de ataque e os 2 meio campistas pois o resto se resolve com o que se tem em casa!

    1)Aprender a dominar a bola
    2)Dar o passe rapidamente (NÃO É 2 TOQUES, É DOMINAR E SO ENTAO PASSAR)
    3)Colocar-se em posição para receber a bola

    Somente nestas 3 características, simples, um grupo não perde, encurrala o adversário e está muito mais perto de ganhar uma partida!

    “O Grêmio sempre foi um time chato, que não deixa o outro jogar, sem abdicar da técnica, … um time mais solidário e com qualidade” Paulo Odone

    Fico me perguntando se o Presidente sabe o que isto realmente significa? Pois se um time joga no 4 2 3 1 ou 4 5 1 quem sabe no 4 4 2 seria mais um teatro para as multidões pois o Barcelona chegou a jogar no 4 6 0 (segundo Nando Gross) e continuou sendo ofensivo

    Por que Grêmio e Internacional não podem fazer isso? Será que não existe técnico CAPAZ de ORIENTAR OS JOGADORES?

    Princípios fundamentais do futebol foram esquecidos em prol da habilidade individual do jogador(TEATRO) sendo que o futebol é essencialmente um esporte coletivo!

    Craque? Este vem ao natural (muitas vezes da base) desde que a tabuada esteja DECORADA! Ou ainda, que se saiba bem o Português antes de aprender o Inglês.

    Abs.

  • Leonel diz: 21 de dezembro de 2011

    Heloisa Pires: Não viaja…na tal copa audi, o Barcelona tinha apenas 5 titulares…vai querer compará-lo com o time que jogou contra o Santos?
    Time do Barcelona na Copa Audi:
    Valdés; Riverola; Fontás, Busquets e Maxwell ; Keita, Thiago Alcantara e Iniesta; Cuenca, Soriano e Affelay.

Envie seu Comentário