Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts de janeiro 2012

Com D'Alessandro, Luigi faz o gol do ano

31 de janeiro de 2012 27

O Inter pensou que ia perder D’Alessandro. Os torcedores imaginaram. O próprio jogador tinha quase certeza. Os milhões da China são irresistíveis para alguns.

O presidente Giovanni Luigi pensou diferente. Agiu corretamente. Abriu o cofre e pagou para ver, ter D’Ale de volta inteiro, pronto para novos desafios no Beira-Rio e fora dele.

Once Caldas será o primeiro adversário. Os colombianos vão sentir, como provaram no Beira-Rio. A assistência do gol de Damião é do argentino. Pelo time qualificado que tem, pelos valores individuais que exibe, por uma base formada lá atrás, o Inter é favorito mesmo jogando em outro país. Claro, favoritos são quase invisíveis no futebol, quem fala antes corre os riscos de errar depois. Futebol não se faz com previsões. ma quase todos arriscam.

Luigi arriscou. Gol do presidente Luigi, golaço, sua aprovação nas redes sociais alcançou o teto ao segurar o seu meia organizador canhoto número 10. Luigi tem hoje os maiores índices de aprovação desde que assumiu o cargo, dia 3 de janeiro passado.

Luigi é um presidente discreto. Calmo, tranquilo, de paz. do diálogo e é assim que se faz num mundo civilizado.

Ele não jogou para a torcida, mas fez aquilo que o torcedor de qualquer time do mundo que ver o seu presidente fazer. Segurar o jogador diferenciado. Ele cumpriu se papel, honrou o cargo. Foi o presidente da torcida quando a torcida mais precisava dele. Ficou com D’Alessandro.

Foi do presidente Luigi a grande jogada deste começo de 2012. O gol do “Fantástico” é seu.

Bookmark and Share

O nó da nova Arena

31 de janeiro de 2012 54

O nó da Arena

O Grêmio contava com R$ 85 milhões do governo federal para o projeto de mobilidade urbana em torno da Arena e em avenidas próximas. Menos de 11 meses antes da inauguração do estádio, pingaram apenas R$ 8.7 milhões nas contas da prefeitura da Capital, que tocará os projetos.

A bancada gremista em Brasília não conseguiu sensibilizar o governo. O dinheiro previsto ainda não foi liberado. As obras são decisivas para que o torcedor possa chegar com tranquilidade ao bairro Humaitá. Os congestionamentos de final de tarde na região roubam o sono da direção.

O certo é que as obras dificilmente ficarão prontas até dezembro, embora as ruas do entorno e as avenidas A.J. Renner e Padre Leopoldo Brentano não tenham problemas com desapropriações, e as reformas são mais simples e rápidas.

Nos dias da inauguração e do show musical, em dezembro, a prefeitura conseguirá organizar um sistema especial de trânsito. O problema vem a seguir, com os grandes jogos, com cerca de 60 mil pessoas em busca do estádio.

Bookmark and Share

Saia de carro zero KM do Gre-Nal de domingo

31 de janeiro de 2012 4

Domingo, dia 5, no intervalo do Gre-Nal, com o auxílio de um auditor, a FGF vai sortear um Clio zero-quilômetro.

O prêmio será entregue no final do clássico.

O torcedor poderá sair rodando de carro novo do Estádio Olímpico, se quiser.

Concorre quem comprar ingresso.

No sorriso, alma em prantos, um zero km pode fazer a diferença

Bookmark and Share

Rochemback e a China

31 de janeiro de 2012 3

Fábio Rochemback desembarca hoje em Hong Kong, onde ganhará uma visto de trabalho de dois anos para entrar na China e jogar no Dalian-Aerbin.

Seu salário será mais ou menos o que D’Alessandro passará a receber no Inter.

O ex-volante gremista ganhará carro, motorista, intérprete e empregados em Dalian, cidade de quase 6 milhões de habitantes.

Ele será um dos quatro estrangeiros do time, fundado em setembro de 2009 por uma empreiteira e que jogava na terceira divisão em 2010.

Bookmark and Share

Caio Júnior e o exagero de quase todos

30 de janeiro de 2012 103

É cruel o que fazem com Caio Júnior. Nem discuto suas qualidades, discutíveis. Discuto o tempo oferecido ao treinador.

Ele tem menos de um mês de Olímpico e já cobram resultados de time campeão. A exigência é tudo. Exigir o impossível é atraso.

Torcedor é injusto, fala com o coração, usa uma voz só. Dirigente é apressado, deseja o time pronto para “ontem de manhã cedo”. A mídia, às vezes, pressiona mais ainda.

Os resultados do novo técnico gremista são sofríveis neste primeiro mês. Ele não acertou o time, mudou de esquema em quase todos os jogos, usou sistemas diferentes com os mesmos jogadores. Ele não teve tempo para treinar, desenvolver suas ideias táticas, trabalhar, repetir. Futebol é pura repetição com pitadas de talento.

O novo time tem seis novos jogadores. Como unir todos em 20 dias, sejam eles mais ou menos talentosos? Só por milagre e como milagre não existe…

Acho injusta a cobrança severa. É preciso cobrar, sempre, mas com critérios claros. Mas não é possível julgar o trabalho de um técnico em 30 dias. Há quem o faça. Eu considero um exagero.

Bookmark and Share

O futuro de Douglas no Olímpico

27 de janeiro de 2012 57

O número 10 Douglas, que faz 30 anos em 22 dias, deve renovar contrato com o Grêmio.

Mas só por 12 meses, até o final de 2013.

No máximo.

O atual se encerra no final de 2012.

Bookmark and Share

GrêmioMania vem aí

27 de janeiro de 2012 9

O Grêmio fechou acordo com a Meltex, que atua no mercado de distribuição e gestão de marcas.

O clube quer duplicar o número de lojas GrêmioMania em dois anos. Pular de 24 para 50.

A previsão é de R$ 100 milhões em vendas no varejo.

Bookmark and Share

Reebok, Nike e Inter e as camisas

27 de janeiro de 2012 10

Inter, patrocinado pela Nike, usou Reebok na Libertadores, quarta, depois de assinar um acordo especial com a antiga parceira. A extensão do contrato se encerra dia 31.

Como a Nike não ainda liberou seus uniformes, o time usará os antigos também na Colômbia, dia 1º, no segundo jogo da Libertadores 2012.

No Beira-Rio, contra o Once Caldas, o time adotou dois modelos diferentes, um em cada tempo.  O detalhe da diferença está nas mangas.

 A Reebok não confeccionará  mais as camisetas coloradas. Não fará mais. O acordo acabou.

Assim, o Inter precisará apelar  para suas escassas reservas de camisas da Reebok, que entregou a última remessa no Beira-Rio no final de 2011.

As camisas Nike serão apresentadas no Rio somente no dia 3, ao lado dos uniformes de outros associados, como Corinthians, Santos, Coritiba e Bahia, talvez a Seleção Brasileira.

O Inter deve estrear o novo e esperado fardamento da Nike só na segunda semana de fevereiro, talvez mais tarde ainda.

Bookmark and Share

Inter: casa nova em março

27 de janeiro de 2012 3

O Inter assume seu novo CT em março.

O espaço de 60 mil metros quadrados do complexo do Pedra Branca FC, em Alvorada, passa por aceleradas reformas nos campos de treino, que são seis, vestiário e alojamento.

 O Estádio Morada dos Quero-Queros, que acomoda 2 mil pessoas, será destinado aos jogos das categorias de base.

O aluguel vale por um ano com opção para mais um.

O Inter procura um terreno, na Capital, onde possa construir seu CT, que será financiado pela Andrade Gutierrez

Bookmark and Share

Goleiros do Inter entre os 30 melhores do mundo

26 de janeiro de 2012 45

A Federação Internacional de Estatísticas do Futebol fez a relação dos maiores goleiros do mundo entre 1987 e 2011.

Três ex-colorados estão na seleta lista:

Taffarel (10º).

Os argentinos Abbondanzieri (23º) e Goycochea (26º).

O número 1 é o italiano Buffon, seguido pelo espanhol Casillas.

Bookmark and Share

Grêmio: a busca de R$ 10 milhões

26 de janeiro de 2012 33

O Grêmio procura um meia e um atacante qualificados.

Não tem nomes definidos ainda. Alertou os empresários, especialmente Jorge Machado, que fechou os últimos grandes contratos de jogadores com o clube na gestão Paulo Odone.

O dinheiro disponível paras duas urgentes contratações passa dos R$ 10 milhões. A procura abrange o Brasil, a América do Sul e a Europa.

Um dos novos contratados será reserva de Kleber e Moreno, já que o argentino Miralles poderá ser negociado.

Bookmark and Share

O furacão Neymar na Serra

25 de janeiro de 2012 3

Gramado tietou Neymar, quarta-feira, no Harley Motor Show.

O astro do Santos autografou até camisa social de um fã.

Antes, desembarcou num jatinho no aeroporto Salgado Filho, na Capital. Tomou um helicóptero e aterrissou na Serra, às 22h. Passou a noite no Kurotel.

Fez o caminho de volta, nesta quarta-feira de Libertadores, a partir das 7h, e, à tarde, já treinou com o Santos, em São Paulo.

Se passar pelo Once Caldas, o Inter entra no mesmo grupo dos paulistas, do Juan Aurich (Peru) e do The Strongest (Bolívia).

Bookmark and Share

D'Alessandro supera Jesus

25 de janeiro de 2012 55

Dátolo, 27 anos, chegou da Europa, mas é americano do sul do continente, comm raízes profundamente cristãs..

O Inter chamou Jesus Dátolo para ocupar o lugar de D’Alessandro, que deve jogar na China em poucas semanas. É engraçado. Se D’Ale partir, Dátolo assume seu posto. Caso o negócio com a Ásia esfrie, ele será reserva do quarteto que eu vi na pré-temporada da Serra e gostei muito.

Um Jesus é pouco, é preciso mais, D’Alessandro é melhor do que Jesus Dátalo.

Não que o novo argentino seja melhor do que o camisa 10 argentino. São diferentes.

D’Alessandro é mais jogador, é mais completo. Tecnicamente superior, faz a diferença, faz o time jogar, ganha jogos com o seu talento – e o apoio coletivo do time, claro.

Dátolo é mais forte, menos dotado tecnicamente, faz bem a função de quarto homem, se aproxima do ataque, tem bom chute, atua preferencialmente pelo corredor esquerdo de meio-campo e ataque. Ajuda mais o meio-campo/defesa do que D’Alessandro.

D’Alessandro é tão especial que não existe jogador igual no Estado, no país, na América. Entre a intermediária e o ataque, ele movimenta-se pela direita, esquerda, meio. Cria. Entra na área, se aproxima dos atacanrtes, passa e tabela.

O Inter sentirá falta. D’Alessandro é um dos grandes 10 da sua história. Ficará na memória. Será referência. Tanto que o Inter procura outro jogador igual, pelo menos parecido. Será a nova meta do clube. Acha o D’Alessandro II.

Bookmark and Share

O poder de cada país na Libertadores

24 de janeiro de 2012 8

Os países que mais venceram nas 52 edições da Copa Libertadores da América:

Argentina: 22 títulos

(7 clubes)

Brasil: 15 (8)

Uruguai: 8 (2)

Paraguai: 3 (1)

Colômbia: 2 (2)

Chile: 1 (1)

Equador: 1 (1)

Bookmark and Share

Inter quer chegar aos 120 mil sócios em dezembro

24 de janeiro de 2012 42

O Inter tem 103 mil sócios, cerca de 10% estão inadimplentes. A meta é conquistar mais 17 mil nos próximos 11 meses, encostar nos 120 mil em dezembro.

Cerca de 60% vive no interior gaúcho e em outros estados e 40% na Capital.

Um das ideias de Norberto Guimarães, diretor de relacionamento com o sócio, é captar novos adeptos em feiras e eventos. Nos próximos meses o clube pretende colocar equipes no Parcão e na Redenção, em Porto Alegre, e em eventos no Interior.

O Inter já trata o sócio como cliente. Busca a fidelização. Oferece prêmios, descontos em lojas e sites, promove sorteios.

Um sócio em dia ganhou o direito de acompanhar o time à Colômbia no segundo jogo com o Once Caldas, dia 1º, com todas as despesas pagas. Ganhará tratamento VIP.

Bookmark and Share

Nike mostrará nova camisa do Inter no Rio

24 de janeiro de 2012 30

Nova pele

A Nike promete apresentar a nova camisa do Inter na manhã do dia 3 de fevereiro, às 11h, no Jockey Clube, no Rio, num evento nacional. Junto, mostrará os uniformes 2012 da Seleção Brasileira, do Corinthians, Santos, Coritiba e Bahia.

O Inter ainda jogará as duas primeiras partidas da Libertadores, amanhã e dia 1º, com o uniforme da Reebok, sua antiga parceira. A Nike não anunciou quando os colorados poderão encontrar as camisas nas lojas, nem quando começará a vestir o clube em jogos oficiais. A previsão é março.

Bookmark and Share

Quatro técnicos gremistas, quatro perfis distintos

23 de janeiro de 2012 26

O Grêmio contratou quatro técnicos nos últimos 18 meses: Renato, Julinho Celso Roth e Caio Júnior.

Todos com perfis muito diferentes.

O Grêmio ainda busca uma solução, um nome, uma fóruma, um conceito.

Caio Júnior, que tem um perfil semelhante ao de Paulo Autuori, é a nova aposta de 2012.

Bookmark and Share

Grêmio usará números fixos em 2012

23 de janeiro de 2012 7

O Grêmio mudou de ideia em duas semanas.

Decidiu jogar a temporada 2012 com números fixos.

Cada jogador terá o seu.

Kleber, apresentando com o número 7, em dezembro passado, estreou, sábado, com a camisa 30.

Bookmark and Share

Será que Giuliano vale 8 milhões de euros?

23 de janeiro de 2012 86

O paranaense Giuliano, que completará 22 anos em maio, é bom jogador. Não é nada especial, não é craque. Mas é jovem, pode evoluir.

Ele foi vendido aos ucranianos por um preço acima do seu real valor. Preço que só os mercados do Leste da Europa e do Oriente Médio costumam pagar. A negócio envolveu 10 milhões de euros. Ele nem era titular no Beira-Rio.

O Grêmio acenou com quase 8 milhões de euros.

O Dnipro pede 10 milhões de euros.

É dinheiro demais.

Mas os investidores investem onde acham que devem investir. Se eles acharem que o jogador vale, melhor para o clube.

Bookmark and Share

O que faria D'Alessandro ficar no Beira-Rio

22 de janeiro de 2012 26

D’Alessandro pode ficar.

Basta o Inter estender seu contrato. Pagar algo mais, talvez não o mesmo que os chineses, mas prorrogar seu compromisso com o clube

Quem sabe oferecer um suculento contrato de cinco anos. Pagar o mesmo que Dagoberto recebe no contrato recém assinado.

D’Alessandro gosta do clube, é ídolo, sua família está adaptada ao Brasil, os filhos estão legais, Buenos Aires está perto, a família vive na ponte aérea.

Ele sairia só pelo dinheiro, pelos os dólares, pelos euros.

O Inter poderia abrir a carteira e oferecer doses maciças de carinho. Combater os chineses com um pouco de ouro, mas também de simpatia, que a torcida tem de sobra.

Bookmark and Share

Em nove pontos, Interior ganha seis da Dupla

22 de janeiro de 2012 11

O Interior disputou nove pontos em 72 horas com a Dupla. Ganhou seis.

Não vi nada de anormal nos resultados. É começo de pré-temporada. O fôlego faz a diferença.

Quarta-feira, com a base de 2011, mais Dagoberto, que não foi bem, o Inter suou para vencer o Novo Hamburgo, 1 a 0. Quase caiu no segundo tempo.

Sábado, o Grêmio foi amplamente dominado pelo Lajeadense. Perdeu, levou 2 a 0. Encontrou um time que começou a treinar em novembro, que está junto dede 2010, que exibiu um preparo físico superior, que jogou mais e que mereceu a vitória.

O Grêmio, com cinco estreias, decepcionou em todos os setores. Gostei de Douglas Groli, merece outras oportunidades.

Neste domingo, os reservas do Inter sofreram um virada em Santa Cruz. A vitória de 2 a 0 se transformou numa derrota, 3 a 2. O segundo tempo dos colorados foi trágico, mas o Avenida correu muito, aproveitou o desgaste colorado, se mostrou um time organizado e venceu.

O Gauchão diz, outra vez, que o preparo físico é tudo, ao menos neste início de pré-temporada.

Bookmark and Share

Ferve a política gremista

21 de janeiro de 2012 43

A eleição presidencial será no segundo semestre, mas a política gremista ferve.

A guerra começou, recomeçou.

 Os dirigentes históricos que falavam em pacificar o clube foram colocados para escanteio.

O Grêmio começará a era Arena muito dividido. Muito, o que mostra que o futuro do clube continua correndo risco. Os títulos, também.

Bookmark and Share

Quando Caio Júnior era o goleador

21 de janeiro de 2012 3

O ex-atacante Caio Júnior fez 60 gols com a camisa do Grêmio em 143 jogos.

Foi o goleador do Gauchão, com 15 gols, e campeão regional, em 1985.

Vinte e sete anos depois, ele estreia como técnico tricolor justamente no campeonato regional.

Bookmark and Share

O árbitro de Grêmio e Lajeadense

21 de janeiro de 2012 3

Márcio Chagas apita hoje, às 21h, Grêmio e Lajeadense. Será o primeiro jogo oficial do árbitro desde a segunda semana de setembro passado.

Chagas sofreu uma lesão muscular num teste físico da CBF. Agravou o problema numa segunda prova, um mês depois.

Jean Pierre de Lima, que a CBF elegeu como um dos destaques do Brasileirão 2011, dirige, amanhã, às 17h, Avenida e Inter.

Bookmark and Share

Promessa de D'Alessandro aos torcedores no Beira-Rio

20 de janeiro de 2012 44

Depois do treino desta sexta-feira, no Beira-Rio, quase noite, D’Alessandro conversou com alguns torcedores de uma torcida organizada do clube. Um deles ofereceu uma faixa, a que dizia “D’Ale show”.

O jogador sorriu.

Dobrou e guardou. Saiu com o presente enrolado no pescoço.

Em troca, ofereceu uma camisa ao torcedor Diego Santos, que estava com a faixa.

Junto, outro torcedor, Francisco Bozzo, ouviu uma promessa do jogador, que ele estaria em campo quarta-feira no jogo com o Once Caldas pela Copa Libertadores da América. Que seria seu jogo de despedida do Inter.


Bookmark and Share