Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de abril 2012

City bate United e canta Beatles na comemoração

30 de abril de 2012 2

Dizer que foi um jogo é pouco, quase nada. Falar que foram 90 minutos que valeram 44 anos parece mais legal.

Quarenta e quatro anos é o tempo que o Manchester City está sem um título do Campeonato Inglês. O City ganhou em 1937 e 1968. Só. United é o maior campeão da Inglaterra, soma 19 taças.

A vitória sobre o United, 1 a 0, dá ao City a chance de olhar a taça da Premier League de perto, muito perto. Há os que entendem que o clube já pode tocá-la. Os torcedores festejaram a vitória cantando “Hey Jude”, dos Beatles.

O sofrido rival alcançou seu dia de glória, ganhou duas vezes do United numa mesma temporada e os seis pontos o deixam ao lado do título.

Os dois times de Manchester somam 86 pontos, duas rodadas antes do final. Mas os azuis levam vantagem no saldo de gols (primeiro critério de desempate): 61 a 53. É o líder.

O City enfrenta Newcastle (fora) e Queens Park (casa). O United, Swansea (em casa) e Sunderland (fora).

O jogo não foi grande, nem mesmo espetacular em lances, jogadas, brilhos individuais. Foi muito disputado, com uma marcação forte, até severa,  onde os espaços sumiam a cada ataque ou contra-ataque. O zagueiro Company fez o único gol da partida. Entrou como um avião na grande área adversária e usou a cabeça, lá no segundo andar.

O City é mais time, tem melhores jogadores, mais qualidaded, mais opções.

Ganhar do United é sempre uma façanha. Ganhar um título do United na Inglaterra é um milagre.

Bookmark and Share

Inter e Flu: três decisões em uma semana

30 de abril de 2012 10

Fluminense venceu Volta Redonda (2 a 0), sábado, e faturou o Troféu Luiz Penido, torneio de consolação para os eliminados da Taça Rio. Um dos gols foi de Fábio Braga, filho de Abel.

O técnico usou garotos da base e jogadores mais experientes, como Wagner, Lanzini, Araújo e Valencia, para que pudessem ganhar ritmo de jogo. Os titulares, que disputam o título carioca, dias 6 e 13, descansaram.

O Flu terá três decisões em uma semana, assim como o Inter.

Bookmark and Share

Como anular cinco atacantes em 90 minutos

30 de abril de 2012 28

Arma secreta tricolor, o argentino Miralles ficou em campo só 45 minutos e não conseguiu nem chutar a gol, assim como André Lima, Bertoglio, Marcelo Moreno e Leandro. O ataque inteiro foi uma decepção só.

 A defesa colorada, de grande imposição física, anulou cinco atacantes gremistas em 90 minutos. Zaga bem protegida, que jamais foi atacada em contra-ataque.

A vitória no clássico passa por aí também.

Bookmark and Share

Um lateral na grande área adversária

29 de abril de 2012 17

O paulista Fabrício, 25 anos, buscou, procurou o gol. Lateral canhoto, 1m85cm, ele apareceu atrás da zaga gremista pelo lado esquerdo.

Ele deu a volta, deixou seu lado, se aventurou pela grande área adversária, superou os zagueiros e, de cabeça, enganou Victor e decidiu o Gre-Nal.

O Inter é seu sétimo time em sete anos de carreira.

Fabrício não é mais apenas reserva de Kleber. É opção real e confiável. Foi bem contra o Fluminense, quinta, depois da saída de Kléber,  foi o melhor do clássico, ontem.

Bookmark and Share

Os dois Gre-Nais do Brasileirão

29 de abril de 2012 2

A temporada reserva mais dois Gre-Nais: 26 de agosto (domingo), no Beira-Rio, e 2 de dezembro (domingo), no Olímpico, data do último jogo oficial do estádio.

Bookmark and Share

Nova data de Grêmio e Fortaleza

29 de abril de 2012 3

A CBF mudou a data de Grêmio e Fortaleza.

O jogo será disputado no dia 9 (uma quarta-feira), às 22h, no Olímpico. (e não no Nordeste como eu havia informado de maneira equivocada)

A partida em Fortaleza será jogada na próxima quarta-feira, no Ceará, às 19h30min.



Bookmark and Share

Grêmio perdeu a grande chance de 2012

29 de abril de 2012 50

Vanderlei Luxemburgo chamou o clássico para si. Fechou os treinos, escondeu a escalação, surpreendeu ao usar três atacantes (a primeira conclusão foi do lateral improvisado Pará aos 3 minutos do segundo tempo, o gol isolado foi de um zagueiro) e ainda foi expulso.

Sem jogadores diferenciados, o gremista imaginou que o técnico pudesse fazer a diferença. Não fez. Pelo contrário. Decepcionou.

Luxa armou uma grande confusão com um gandula perto de uma das bendeiras de escanteio do Beira-Rio, saiu correndo do seu reservado, o que não pode, quando o time esboçava uma reação. Parou o jogo, esfriou uma possível reação e deixou seus jogadores sem o comandante à beira do campo.

Fez aquilo que um técnico vencedor, com um currículo recheado de títulos vistosos, não faz. Se transformou no personagem do Gre-Nal, mas pelo lado negativo. Terá mais dois clássicos pela frente em 2012 para se recuperar e mostrar quem é.

O Grêmio perdeu a chance do ano. Vencer um Inter recheado com cinco reservas, sem os dois melhores jogadores, D’Alessandro e Oscar, e desgastado.

O clássico provou que o Inter é mais qualificado. Grêmio exibiu um time pobre em recursos técnicos, incapaz de criar e pressionar. O Inter venceu a Taça Farroupilha, o primeiro título do ano, decidirá o Gauchão com o Caxias.

O Grêmio disputou duas taças, a Piratini e a Farroupilha, e não venceu uma só. A seca continua.

Bookmark and Share

Inter: o retrospecto do Flu

29 de abril de 2012 4

Antes de enfrentar o Inter, dia 10, no Engenhão, o Fluminense começa a decidir o título carioca com Vasco ou Botafogo, dia 6.

Apesar de não ter marcado no Beira-Rio, o ataque do Flu fez 45 gols em 25 jogos em 2012, média de 1,8 por partida.

Só não acertou as redes em três partidas, uma delas em Porto Alegre.


Bookmark and Share

Caso Oscar: a insistência do São Paulo

29 de abril de 2012 5

Os dirigentes do São Paulo evitam falar de Oscar.

Deixam tudo com os advogados do clube.

Nos bastidores, porém, eles insistem.

Dizem que o jogador está mal assessorado, criticam seus advogados, o Inter, e acham que Casemiro e Lucas, amigos de Oscar na base e na seleção, podem servir de referências para a sua volta ao Morumbi.

Oscar já disse, repetiu, que deseja ficar no Beira-Rio.

Bookmark and Share

Mário Fernades e os prêmios milionários do CSKA

29 de abril de 2012 0

O brasileiro Mário Fernandes fez um contrato de futebol inglês com os russos do CSKA. Deve receber cerca de R$ 25 milhões por um acerto de cinco temporadas, a partir de agosto.

Além dos salários de primeiro mundo, o lateral, que joga de zagueiro e volante, receberá prêmios especiais por vitória.

Um ponto conquistado no campeonato russo vale cerca de R$ 18 mil. Como o CSKA faz uma média de 60 pontos no Campeonato Russo, ele pode receber mais de R$ 1 milhão só em bichos em menos de um ano – fora as outras competições.

Como não sabe dirigir, não quer aprender e nem tem carteira, Mário ganhará um motorista para poder circular tranquilamente por Moscou.

Segunda-feira, ele segue para Munique, onde faz exames médicos, sob supervisão dos dirigentes russos. Volta, joga a Copa do Brasil pelo Grêmio, apesar da contrariedade dos seus novos empregadores, e se apresenta na Rússia, em agosto.

Bookmark and Share

Árbitro do Gre-Nal ficará concentrado em hotel

27 de abril de 2012 19

A FGF sorteia hoje, às 15h, entre Leandro Vuaden e Márcio Chagas, o árbitro do Gre-Nal. O presidente da Comissão de Arbitragem, Luiz Fernando Moreira, trata o clássico como um jogo de alto risco:

Você vai concentrar os árbitros?

Sim, num hotel, a partir das 18h de amanhã, mas não vou dizer qual. O arbitro e os quatro auxiliares precisam de privacidade. O Gre-Nal é o nosso grande jogo, sempre uma partida de alto risco e decisiva.

O que eles farão no hotel?

Marcamos uma palestra técnica para às 19h15min. Vamos conversar bastante, trocar ideias, experiências e examinar DVDs de Gre-Nais antigos. Calculo um mergulho de três horas nas coisas da arbitragem.

Você tem alguma preocupação?

Não, os dois árbitros são qualificados. Só vou dar ênfase à disciplina. Não vamos admitir um clássico violento.

Bookmark and Share

Oscar dá alento ao Inter abatido por lesões

27 de abril de 2012 15

O TST liberou Oscar. Ao oferecer as chuteiras ao jogador, o direito de trabalhar, outra vez, o tribunal ajudou a motivar o Inter, abatido por uma interminável sequência de lesões, no Gre-Nal, domingo.

Oscar qualifica o time, se jogar o Gre-Nal, se receber o o.k. da CBF, se o seu nome aparecer amanhã no BID, se …

Ao lado de Leandro Damião, ele deixa o ataque mais poderoso. Os colorados ganham um ataque de Seleção.

Oscar dará novo vida ao time no segundo jogo com o Fluminense, dia 10, no Rio, pela Libertadores.

Oscar apaga um pouco as ausências de D’Alessandro, Dagoberto, Kléber e Nei.

Oscar ainda precisa pagar um valor ao São Paulo. A dívida será acertada na Justiça.  O valor ainda não foi definido.

Bookmark and Share

Árbitro de Inter e Flu é atacado em hotel

26 de abril de 2012 71


Árbitro paulista que trabalhou na partida entre Inter e Fluminense (0 a 0), quarta-feira, no Beira-Rio, Paulo César de Oliveira se envolveu numa confusão com torcedores do time carioca na madrugada de hoje.

Hospedado num hotel da região central de Porto Alegre desde terça-feira, ele fechava a conta, às 5h45min, quando foi abordado por dois torcedores muito nervosos.

Os dois homens, que chegavam da rua naquele instante, passaram a ofender e a provocar o árbitro Fifa, cotado para trabalhar na Copa do Mundo de 2014. Logo, estourou uma briga no interior do hotel. Mas os seguranças conseguiram acabar com a confusão em poucos minutos. Encolerizados, os torcedores ameaçavam chamar os companheiros que já estavam acomodados em seus quartos alguns andares acima da entrada do hotel para ajudá-los na briga

O juiz de futebol não sofreu lesões, deixou o hotel, tomou o rumo do aeroporto Salgado Filho e seguiu para São Paulo.

Bookmark and Share

FGF sorteia amanhã árbitro do Gre-Nal

26 de abril de 2012 16

O árbitro do Gre-Nal será conhecido na sexta-feira, às 15h, na sala da presidência da FGF, na Capital. A coluna informou ontem que seria na quinta, mas o sorteio foi transferido.

 Será Leandro Vuaden (Fifa) ou Márcio Chagas.

O sorteio estava marcado para às 15h de hoje. Mas, por problemas de agenda do presidente da FGF e dos dois árbitros, escolha ganhou nova data.

Bookmark and Share

Inter perde pênalti, empata e decide no Rio

26 de abril de 2012 24


Time de melhor campanha na primeira fase da Libertadores, o Fluminense, de Abel Braga, Edinho e Rafael Sobis, encontrou o Inter, em Porto Alegre, sem os seus melhores jogadores, D’Alessandro e Oscar.

Os gaúchos ainda perderam Dagoberto no intervalo.

Não foi tudo.

Logo aos 12 minutos, Dátolo, o melhor da equipe nos primeiro quatro meses da temporada, desperdiçou um pênalti. Fez o óbvio. Canhoto, chutou no canto esquerdo de Diego Cavalieri. Um bom livro, chamado Soccernomics, que eu recomendo, afirma, com base numa pesquisa financiada pelo Chelsea, que os jogadores de pé esquerdo são os que mais erram pênaltis no futebol profissional.

O Colorado, que sentiu muita, mas muita falta dos seus melhores jogadores, começou mal, sem criatividade, sem ações ofensivas.

Melhorou depois, no começo do segundo tempo, pressionou, insistiu, especialmente, nos últimos 10 minutos, mas o gol não saiu – até por falta de uma sequência de boas oportunidades, fora uma bola na trave de Jô.

O 0 a 0 não aqueceu a noite fria no Beira-Rio. Ninguém de vermelho saiu satisfeito ou mais confiante. Todos sentiram que o Inter não fez um grande jogo. Outro 0 a 0 dá pênalti, empate com gols garante o Inter.

A decisão foi transferida para o Rio. A passagem para as quartas de final não será fácil.

O Fluminense não bateu palmas pelo empate sem gols, mas não esconder uma fileira de risos.

Bookmark and Share

Duas surpresas no final da Liga dos Campeões

25 de abril de 2012 3

Os gigantes espanhóis caíram em casa e enganaram as bolsas de apostas. A final, dia 19, em Munique, não vai apresentar as duas melhores equipes da Liga dos Campeões 2011/2012. Vai exibir os mais competentes no sempre ilógico mata-mata.

O Barcelona bateu na retranca do Chelsea, terça, o Real Madrid foi brecado, ontem, pela aplicação do Bayern.

Cerca de 82 mil torcedores, 4 mil alemães, imaginaram que o Madrid venceria com folga no trepidante Santiago Bernabéu. Com 15 minutos, Cristiano Ronaldo já havia comemorado dois gols. Robben descontou de pênalti e equilibrou tudo. A partida mudou de rumo e de ritmo três vezes em meia hora.

O Bayern terminou a primeira etapa com 58% de posse de bola, além de 10 chutes a gol contra sete do adversário.

O ritmo caiu no segundo tempo, com o jogo concentrado no meio de campo e com raras situações de gol.

O 0 a 0 na prorrogação chamou os pênaltis.

 Cristiano Ronaldo, agora vilão, e Kaká pararam nas mãos de Manuel Neuer. Casillas recuperou o prejuízo com duas defesas. Sérgio Ramos acertou as nuvens na sua vez.

Bastian Schweinsteiger, não.

Marcou, festejou e levou o Bayern para a sua nona final na Liga dos Campeões. Os alemães vão jogar na sua cidade contra os ingleses e em busca do quinto título.

O Bayern, de Munique, é favorito.

Bookmark and Share

Os brasileiros na Libertadores 2012

25 de abril de 2012 0

Nas últimas 10 finais da Libertadores, só em 2004 não houve brasileiros na decisão.

Nas oitavas de final, que começam hoje, cinco equipes representam o país, duas delas, Corinthians e Fluminense, nunca tocaram na taça.

Em 2011, a segunda fase derrubou quatro brasileiros.

Ficou só o Santos, de Neymar e PH Ganso, que seria campeão.

Bookmark and Share

Juiz de Inter e Flu processa técnico gaúcho

25 de abril de 2012 4

Na Fifa desde 1999, Paulo César Oliveira, 38 anos, não tem a simpatia de Inter nem de Fluminense. Os gaúchos gostariam de enfrentar os cariocas com árbitro estrangeiro.

 Em São Paulo, Oliveira move um processo contra Felipão por danos morais.

Pediu exatos R$ 30 mil para encerrar a questão.

O Palmeiras não aceitou. Ele está na lista dos árbitros que podem atuar na Copa de 2014.

Bookmark and Share

Moreno só depende do ok de Luxa

25 de abril de 2012 0

Marcelo Moreno quer jogar o Gre-Nal. Está louco para jogar.

Está recuperado. Não sente mais nada, consegue se movimentar, correr, chutar.

Só falta o ok do treinador Vanderlei Luxemburgo.

Bookmark and Share

Mourinho e Guardiola, o desempate

25 de abril de 2012 0

José Mourinho (fotos), 49 anos, e Pep Guardiola, 41, alimentam uma rixa na Espanha e na Europa.

Enfrentaram-se 11 vezes, com cinco vitórias de Pep, quatro derrotas, dois empates, 22 gols contra 13.

Todos esperavam um clássico espanhol em Munique, em maio.

Como o Barcelona caiu, Mourinho pode guiar o Real Madrid à final da Liga dos Campeões, contra o Chelsea, desde que vença o Bayern.

Seria o seu terceiro título, depois de Porto e Inter, de Milão, e o 10º do gigante espanhol.

Guardiola fica com dois, 2009 e 2011.

Bookmark and Share

Real Madrid mira trono do Barcelona

25 de abril de 2012 12

O rei Barça já era. Perdeu a coroa, o cetro, o trono. Não é mais a besta-fera da Europa, do Planeta. Foi batido na Liga Espanhola, caiu na Liga dos Campeões, a invencibilidade se encerrou no mês de abril.

Resta a Copa do Rei, onde medirá forças com o Athletic de Bilbao, de El Loco Bielsa. Será importante vencer. Encerraria 2011/2012 com um título, menor, mas, enfim, um título, começaria 2012/2013 disputando outra taça com o campeão da Liga, o Real Madrid.

Foram injustos os dois resultados recentes contra o Chelsea, derrota e empate. Mas é o preço que o fatídico mata-mata cobra por um torneio curto e intenso.

Sem Barça, o Madrid procura novo espaço, a liderança continental, o 10º título da Liga dos Campeões, um número fantástico. É o novo candidato, sem o brilho do vizinho e rival espanhol, mas com poder, determinação e sede de vitória. O vestiário do Madrid clama por títulos.  

O Real Madrid é da melhor qualidade, exibe a grife dos campeões, tem um dos dois melhores técnico do mundo, José Mourinho – o outro é Pep Guardiola –, um craque chamado Cristiano Ronaldo, sempre decisivo, e um grupo de jogadores cinco estrelas.

Não é um Barça, não dá espetáculo, não humilha o adversário, não o faz correr em volta, atrás da bola, mas é um time incisivo, constante, letal, capaz de marcar mais de 100 gols numa só temporada, como  atual.

O Barça deixou, o Madrid vai avançar, bater o bom Bayern, de Munique, e ganhar do irregular e corajoso Chelsea na final do maior torneio do mundo.

Bookmark and Share

Mangas longas gremistas

25 de abril de 2012 1

As lojas GrêmioMania receberam as novas camisas tricolores de mangas longas.

As de cor branca serão lançadas na semana que vem.

Bookmark and Share

Barcelona não é mais imbatível. Pergunte ao Chelsea

24 de abril de 2012 99

O Barcelona perdeu duas partidas em sequência, empatou a terceira. O 2 a 2 com o Chelsea teve o ocre sabor de derrota.

O resultado afasta o Barça do caminho de Munique, libera voo ao Chelsea, que enfrentará Real Madrid ou Bayern de Munique.

O Barça não é mais imbatível. Perdeu na Espanha, perdeu na Europa.

A Era Barcelona se foi, ou pelo menos deu uma pausa até a temporada que vem. Resta ao time disputar a Copa da Espanha.

O jogo no Campo Nou teve momentos extraordinários. O Barça fez 2 a 0, parecia que a classificação estava no bolso. O Chelsea perdeu Terry, expulso. Ramirez achou um gol num contra-ataque. Os espanhóis pressionaram o tempo inteiro, alugaram campo e intermediária dos ingleses, mas não achava espaço para as conclusões. Cedeu o empate quando o Fernando Torres achou outro contra-ataque mortal no segundo tempo.

O jogo foi tão atípico que Messi errou até pênalti. A trave, o travessão, ajudaram os ingleses, que criaram uma cortina humana na frente da grande área. A bola só passava por cima, longe do gol. Vai faltar cerveja em Londres.

Bookmark and Share

Arbitro do Gre-Nal será sorteado sexta-feira

24 de abril de 2012 8

Leandro Vuaden, da Fifa, ou Márcio Chagas.

Um deles será o árbitro do Gre-Nal da decisão da Taça Farroupilha, domingo, às 16h, no Beira-Rio.

Eles são os dois melhores do Estado, Vuaden é um dos melhores do Brasil.

O sorteio será às 15h, sexta-feira, na sala do presidente da FGF, no centro da Capital.

Bookmark and Share

Chelsea quer mostrar que Barça não é mais imbatível

24 de abril de 2012 0

O Barcelona é o melhor time do mundo. Raros duvidam. Mas não é mais imbatível. Poucos concordam.

O dilema está posto. Vencendo A, B, C, entre outros, sem medir fama ou poder das camisas, em distintas temporadas, o Barça perdeu dois jogos em sequência, Chelsea e Real Madrid, depois de quase três anos. Havia sido derrotado em maio de 2009, duas vezes.

Os europeus se perguntam se o Chelsea pode decretar o fim de uma era. Tirar o Barça da final da Liga dos Campeões 2011/2012.

Poder pode, o futebol é ilógico, os espanhóis tiveram 25 momentos ofensivos contra os ingleses, em Londres, na semana passada, e perderam de 1 a 0.

A tendência é que o Barcelona, que é melhor em tudo, vença o jogo no Camp Nou. O sistema defensivo inglês não suportará o blitz catalão. O barça sofreu dois baques. Deve ter sentido. Mas não creio que a ótima fase do grande Barcelona acabou. O que aconteceu foi apenas dois acidentes de trabalho. Em 90 minutos, bola no pé, Messi, o primeiro gênio do futebol do novo século, pode fazer tudo de novo.

Bookmark and Share