Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de junho 2012

Grêmio pode estrear uniforme exclusivo na Arena

30 de junho de 2012 26

O Grêmio pensa estrear na Arena, em dezembro, com um novo uniforme, uma camisa exclusiva.

O marketing do clube ainda estuda o projeto.

Seria uma camiseta Topper histórica.

Bookmark and Share

O superprêmio corintiano na Libertadores

30 de junho de 2012 2

Cada jogador do Corinthians vai receber R$ 250 mil pelo título inédito da Copa Libertadores da América.

Os que eliminaram o Santos nas semifinais ganharam cerca de R$ 80 mil cada um.

Bookmark and Share

Um dos melhores do mundo apita a final da Euro

30 de junho de 2012 0

Árbitro de Espanha e Itália, amanhã, o português Pedro Proença apitou a decisão da Liga dos Campeões 2012, entre Chelsea e Bayern de Munique.

É o primeiro a dirigir no mesmo ano as finais dos títulos europeus de clubes e de seleções.

Nascido em Lisboa, 41 anos, ele é do pelotão de elite da Uefa e da Fifa.

É um dos melhores árbitros do mundo, talvez o melhor.

Bookmark and Share

Os três volantes Gre-Nal

30 de junho de 2012 1

O ex-gremista Ferdinando, que estava ao Incheon United, da Coreia do Sul, voltou para a Portuguesa.

Wilson Matias, que era do Inter, foi negociado com o Toluca (México).

Ygor, ex-Figueirense, reforço no Beira-Rio, foi sugerido ao Grêmio por Renato Portaluppi, em 2011.

Bookmark and Share

Grêmio lança camisa preta dia 3 de agosto

29 de junho de 2012 17

O Grêmio apresentará a terceira camisa de jogo da temporada no dia 3 de agosto, uma sexta-feira.

A cor já está definida.

Será preta.

Ao contrário do Inter, que vetou os uniformes cinza e preto sugeridos pela Nike, o Grêmio se mostra mais ousado, tanto que já lançou em outras temporadas, com sucesso, duas camisas pretas (sugeridas pela torcida) e uma azul-marinho.

Foi também um dos primeiros clubes a anunciar modelos retrô no Brasil.

A camisa Topper será apresentada numa superfesta no Olímpico, que se iniciará às 23h e se estenderá até ao amanhecer. Parte do estádio ganhará decoração de clube noturno, com DJs e atrações especiais, segundo o executivo de marketing do clube, Paulo César Verardi.

Uma quarta camisa será apresentada em setembro.

Bookmark and Share

Victor troca Grêmio pelo Galo

29 de junho de 2012 38

Goleiro do Atlético-MG, adversário do Grêmio, amanhã, o paulista Giovanni, 25 anos, não agradava a torcida. Foi vaiado no último jogo. Os mineiros sondaram Julio Cesar, da Inter, de Milão, e Gomes, do Tottenham.

Levaram o gremista Victor. O goleiro pediu parar troca de time, estádio e Estado. O Galo acenou com um contrato de cinco anos. Victor teve seu tempo no Grêmio, encostou na Seleção, mas não se firmou. O goleiro não evoluiu nos últimos anos. Sua saída de gol é precária. Sua reposição de bola com os pés nunca foi corrigida. Embaixo do gol, é fera.

Victor abre espaço para a entrada de Marcelo Grohe. É prata da casa. É a chance da sua vida. Mas ainda precisa mostrar que é a solução número 1.

Victor participou de todos os 36 jogos do Grêmio em 2012.

Desde 2008, atuou 236 vezes e era o que mais partidas havia feito pelo clube no atual grupo.

Victor, Giovanni e Fábio, do Cruzeiro-MG, são goleiros os menos vazados do Brasileirão.

Bookmark and Share

Inter, de Milão, libera zagueiro Lúcio

29 de junho de 2012 12

Com 34 anos, três temporadas em ação, o zagueiro Lúcio, ex-Seleção, rescindiu o contrato com a Inter.

Em Milão, os dirigentes do clube disseram que a saída foi amigável, uma decisão que as duas partes tomaram em conjunto.

Lúcio não informou onde jogará na próxima temporada. Mas está livre. Não tem mais vínculo com o clube italiano.

Ele fez 136 partidas com a camisa da Inter, marcou cinco gols e ganhou uma Liga, duas Copas, uma Supercopa da Itália, uma Liga dos Campeões e um Mundial de Clubes.

Bookmark and Share

Fluminense insiste, quer ficar com Sobis

29 de junho de 2012 2

O Fluminense não desiste. Negocia. Deseja continuar com Rafael Sobis como opção de ataque.

Os dirigentes cariocas e o executivo de futebol, Rodrigo Caetano, conversaram com os enviados especiais do Al-Jazira e reafirmaram o interesse.

Acharam alto os valores propostos pelos árabes, receberam um desconto, mas, assim mesmo, consideram o negócio “muito caro”. Pediram novo encontro. Talvez o Fluminense apareça com uma nova proposta na semana que vem.

O empresário do jogador, Jorge Machado, entende que nada será resolvido antes de segunda-feira. No Rio, Machado negociou o volante Rômulo com o futebol russo por cerca de R$ 20 milhões.

O Grêmio continua interessado, é ficha 2, mas aguarda o momento certo para agir.

A prioridade é do Fluminense. Sobis não quer voltar para o Oriente Médio, nem jogar no leste europeu ou na China. Deseja ficar no Brasil. Aos repórteres que fazem o dia a dia do Flu, o jogador disse que gostaria de ficar no Rio.

Bookmark and Share

Ceará acerta com o Cruzeiro-MG

29 de junho de 2012 6

Minas Gerais é o destino do lateral Ceará, que acertou com o Cruzeiro.

Ceará, 32 anos, usou a camisa do PSG em cinco temporadas e disputou 196 partidas.

Ele mora na França desde 2007, quando saiu do Inter.

Venceu a Taça da Liga, em 2008, e a Copa da França, em 2010.

Bookmark and Share

Inter jogou 43 vezes no Olímpico, fora Gre-Nais

29 de junho de 2012 13

O Inter conhece bem o Olímpico. 

Longe dos Gre-Nais, que foram 122 (e serão 23 na história do estádio gremista), os colorados já disputaram 43 partidas com outros clubes gaúchos, brasileiros e estrangeiros, segundo o levantamento do jornalista Cláudio Dienstmann

O primeiro foi no dia 20 de setembro de 1954 (Inter 4 x 0 Liverpool do Uruguai) no festival de inauguração do Olímpico. O mais recente, dia 30 de março de 1991 (Inter 1 x 1 Santos, pelo campeonato brasileiro).

Entre as 43 partidas, 23 valeram pelo Torneio Roberto Gomes Pedrosa em 1967 e 1968.

Na época, o Beira-Rio não existia. O Estádio dos Eucaliptos era pequeno demais.

Bookmark and Share

Patrocínio Gre-Nal, segundo um especialista

29 de junho de 2012 57

Amir Somoggi, da consultoria BDO, fala sobre patrocínio e publicidade na dupla Gre-Nal

– Como você observa a Dupla?

Amir Somoggi – Vejo os clubes gaúchos em uma posição de destaque, mas com grande potencial de crescimento.

– Os dois podem se valorizar mais?

Somoggi – Sei que os valores pagos pelo Banrisul cresceram muito nos últimos anos, mas também sei que a dupla Gre-Nal pode crescer muito em receitas de patrocínio caso cada um busque empresas patrocinadoras diferentes, especialmente multinacionais. Assim, além de receberem mais recursos, podem também instituir parceria com as empresas em projetos de expansão internacional de suas marcas.

– E os outros clubes?

Somoggi – As receitas com patrocínio e publicidade dos clubes brasileiros passaram de R$ 71 milhões em 2003 para R$ 472 milhões em 2011, um crescimento de 565% nos últimos nove anos.

Bookmark and Share

Grêmio ainda espera ok do Bayern

28 de junho de 2012 17

O Grêmio aguarda a decisão do Bayern, de Munique, o candidato número 1 à inauguração da Arena.

Para dizer sim, os dirigentes do Bayern precisam se reunir com a sua federação, talvez na próxima semana (o futebol alemão está em férias), e requisitar uma data especial, já que 8 de dezembro é dia de Bundesliga.

O Plano B pode ser um time sul-americano.

O Grêmio quer definir logo o primeiro adversário na Arena.

Precisa de tempo para organizar uma programação especial.

Bookmark and Share

Camarote mais caro da Arena custa R$ 373 mil

28 de junho de 2012 6

Os camarotes da Arena acomodam entre 16 e 40 pessoas.

Custam entre R$ 134,4 mil e R$ 373 mil.

São valores anuais de referência. Há opções de contrato para três, cinco e dez anos.

Os camarotes poderão ser usados em dias de jogos ou espetáculos.

Num evento fechado, o Grêmio tentava negociar 119 camarotes nesta quinta-feira.

Bookmark and Share

Itália prova. Nem sempre o melhor time ganha

28 de junho de 2012 10

Espanha e Itália decidirão a Euro 2012.

O espanhois venceram duas vezes o torneio continental (1964 e 2008), a mais recente em 2008. Os italianos ganharam uma (1968) e perderam outra fina. A Espanha é favorita. É um time pronto desde 2008.

A Itália eliminou a Alemanha, um surpreendente 2 a 0 nesta quinta-feira.

Foi a terceira vez que a Itália detonou a Alemanha na semifinal de um torneio top, Copa do Mundo ou Eurocopa – venceu o adversário nos Mundiais de 2006 e 1970.

Os alemães começaram melhor, adiantaram a marcação, usufruiram da posse de bola. Atacaram. As chances de gol apareceram logo, mas encontraram a muralha Buffon.

A Itália foi muito mais letal. Quando o gol pintou, nasceu duas vezes, uma dupla de gols de Balotelli, o polêmico Super Mario, que nem todo o italiano aprecia.

Desta vez, a Itália marcou como sempre, mas atacou como nunca e fez seus gols ainda no primeiro tempo. Depois, foi pressionada pelo adversário, que criou, buscou os gols, mas perdeu.

A Alemanha tem melhor time e melhores jogadores. Não estava no seu dia. Perdeu para uma seleção inferior.

O futebol é apaixonante porque nem sempre o melhor time vence. Futebol não se mede por bons ou ruins. Mas pelo poder competitivo de cada um.

Bookmark and Share

Dupla Gre-Nal e as receitas de patrocínio

28 de junho de 2012 9

A Dupla teve um crescimento significativo em receitas com patrocínio e publicidade nos últimos anos.

O Inter passou de R$ 10,8 milhões em 2007 para R$ 30,2 milhões no ano passado.

O Grêmio pulou de R$ 9,3 para R$ 20,8 milhões.

Segundo os cálculos da consultoria BDO “as receitas com patrocínio e publicidade dos clubes passaram de R$ 71 milhões em 2003 para R$ 472 milhões em 2011, um crescimento de 565% nos últimos nove anos”.

Bookmark and Share

River vai dispensar Cavenaghi

28 de junho de 2012 6

Matias Almeyda renovou seu contrato com o Rivar Plate, da Argentina. O treinador campeão da Série B ficará mais 12 meses no c lube.

Mas, numa entrevista, em Buenos Aires,  avisou que não conta mais com o atacante Fernando Cavenaghi, ex-Inter.

Goleador do time com 15 gols, o jogador será dispensado nos próximos dias.

Almeyda explicou a decisão. Disse que deseja um ataque mais veloz.

Bookmark and Share

Um craque chamado Pirlo

28 de junho de 2012 3

Os italianos chamam Andrea Pirlo de maestro. Os torcedores o destacam pela habilidade. Os companheiros sabem que ele distribuiu bolas com o passe dos craques.

Pirlo é um dos jogadores mais aclamados pelos técnicos europeus. Ele joga de cabeça em pé, não olha a grama, muito menos a bola. Ele está colocada no seu pé direito.

Pirlo, 1m75cm, é um meia perfeito. Seja na mobilidade, na posse, no passe, no chute, na cobrança de falta – até na hora do pênalti ele é especial. Enganou John Hart, da Inglaterra, com uma cavadinha (ou “colher” como dizem os italianos), nas decisão das quartas de final da Euro-2012. É um dos melhores jogadores do torneio. É um meia que entraria fácil na Seleção Brasileira. Mano Menezes reza todos os dias para ter um assim. Pirlo é  Xavi/Iniesta da seleção italiana. É o que PH Ganso gostaria muito de ser.

Aos 33 anos, 17 de carreira, revelado pelo pequeno Brescia, ele fez o mundo com a camisa do Milan. Quando o Milan vacilou, entrou a Juventus, que logo no primeiro ano com o jogador foi campeã da Itália. Pirlo não perde um jogo pelo campeonato italiano desde dezembro de 2010. Depois de 87 jogos e 10 gols, a seleção é sua casa também, campeão do mundo em 2006.

Com a seleção, ele não perde jogo desde 2010. São 10 vitórias e quatro empates.

Contra a Alemanha, uma das duas melhores seleções da Europa (e do mundo) ao lado da Espanha, Pirlo será o cérebro italiano, o condutor, o maestro.

Os alemães sabem, conhecem e gritam em coro aos seus jogadores: “Sufoquem Pirlo, não o deixem jogar”. Pirlo seria bem-vindo em qualque time ou seleção do Planeta, como no meio-campo da própria Alemanha, adversário desta quinta-feira, e da Espanha. Ele é o maestro.


Bookmark and Share

Como será o terceiro uniforme do Inter

28 de junho de 2012 40

A Nike sugeriu algumas cores alternativas, como o cinza e o preto, para a terceira camisa do Inter.

O conservadorismo de alguns conselheiros, da direção e de grande parte da torcida, adeptos do clássico vermelho e branco, brecou o criativo movimento da marca parceira do clube nos uniformes.

O Inter não quis seguir uma tendência no futebol brasileiro, representada pela camisa azul do Santos, a preta do Coritiba, a roxa do Corinthians ou a rosa do Atlético-MG.

Todas foram lançadas como uniformes alternativos e se tornaram sucessos de venda. No Exterior, a prática é comum, seja em clube ou seleção.

O diretor de marketing do Inter, Jorge Avancini, entende que um uniforme cinza ou preto poderia significar um aumento de 20% nas vendas, o que representaria dinheiro novo nos cofres do clube.

 O terceiro uniforme do Inter, outra vez, ficará entre o branco e o vermelho.

Avancini não adianta detalhes. Só diz que o lançamento está previsto para o final do ano.

Bookmark and Share

Espanha acha final nos pênaltis

27 de junho de 2012 2

Pênaltis, malditos pênaltis. Espanha e Portugal precisaram visitar a marca dos 12 passos para saber quem seria um dos finalistas da Euro 2012.

Deu Espanha, que se classificou para sua segunda final consecutiva do torneio continental e ainda venceu uma Copa do Mundo no meio. Av Espanha pratica o melhor futebol do novo século, empilha títulos.

O empate em 0 a 0 se armou nos 90 minutos, continuou na prorrogação. As chances de gol apareceram de ambos os lados. Faltou qualidade no arremate final. O jogo esteve aberto em diferentes momentos. O gol quase saiu.

A Espanha teve 56% de posse de bola, bem abaixo do seu padrão.

Portugal marcou muito, se empenhou, correu e confiou nos gols de Cristiano Ronaldo, que não marcou.

Os espanhóis parecem cansados. Não têm a mesma movimentação de outras jornadas. Tanto que sentiram muito a forte marcação dos portugueses.

Alemanha ou Itália enfrentarão a Espanha na final. Eu imagino a Alemanha. Você?

Bookmark and Share

Conselheiros gremistas procuram um pacificador

27 de junho de 2012 14

Conselheiros independentes, grupos de oposição e de situação ainda esperam sinais de Fábio Koff e Paulo Odone.

A eleição presidencial é em setembro, ainda na primeira quinzena, os candidatos não entraram em campo, mas as reuniões com foco nas urnas são quase diárias.

Nos bastidores, gremistas da situação e da oposição falam em eleição de consenso.

Um candidato, com apoio de todos, assumiria a presidência para fazer a transição entre o Olímpico e a Arena.

Eles sugerem uma trégua política. Entendem que é o momento de pacificar o clube. Falta definir quem será o pacificador, embora o nome de Raul Régis de Freitas Lima seja citado em conversas.

As desavenças políticas e pessoais atrasaram a vida do clube nos últimos anos, analisam eles.

Bookmark and Share

Como desorientar o goleiro na hora do pênalti

27 de junho de 2012 2

O Departamento de Esportes da Universidade de Exter estudou o pênalti e seus efeitos nos cobradores.

Descobriu algo interessante.

Obrigou os estudantes britânicos do seu time universitário a olhar sistematicamente os ângulos direito e esquerdo da goleira, um e outro alternadamente. Tudo antes de cada chute de pênalti. Tudo para enganar, desorientar o goleiro

Repetiu a experiência durante semanas e semanas.

Descobriu que seus aplicados alunos cometeram menos 50% de erros dos que os que não fizeram o exercício proposto pela pesquisa.

Não entrou no estudo, claro, o efeito psicológico da marca da cal. O valor de cada pênalti. No treino não se vive a extrema tensão de uma partida decisiva.

O jogador sente a pressão, sente demais. Chuta mal e erra.

Bookmark and Share

Argentina dá banho no Brasil em final de Libertadores

27 de junho de 2012 2

Os brasileiros adoram Buenos Aires, a Patagônia é outro mundo, os argentinos se esparramam nas areias brasileiras, o Nordeste é quase um paraíso. Em campo, gramados nunca iguais, os times dos dois desiguais países vivem combates histórias. Não fazem “guerra” porque “guerra” não é palavra que define um jogo de futebol. Bola e militarismo não combinam. Competitividade é a palavra.

Boca e Corinthians fazem a partida de ida numa capital argentina atravessada por uma greve geral. O jogo será o 13º encontro entre Argentina e Brasil na história das finais da Copa Libertadores da América. Os vizinhos goleiam: nove vitória, só três derrotas. Nem duas décadas poderão reverter o número.

Há 20 anos o São Paulo venceu o Newell’s Old Boys nos pênaltis. Desde então, em cinco decisões, a Argentina venceu todas. “Pentacampeão invicto?”

Não vejo favoritos hoje em La Bombonera. Os dois times são parecidos. Não há craques, com exceção do grande Riquelme – e em dia de Riquelme o Boca é mais, assim como o Santos com Neymar. Tudo se transforma.

O Boca tem a mística, La Bombonera concentra a fé, mas os jogadores corintianos são experientes. Conseguem se concentrar no jogo sem se importar com o endeusado estádio e com o barulho.

O Corinthians de Tite não é um time de estrelas, mas é o melhor e o mais organizado e compacto do país. O mesmo vale para o Boca.

Brasil e Argentina não vivem fases exuberantes, nem suas seleções. A Argentina tem um gênio chamado Messi, o Brasil, quando muito, o coadjuvante Neymar. Mas, hoje à noite, eles serão só espectadores. O melhor não estará em campo. Será o jogo da superação. Os craques sumiram. Onde estão os craques?

Bookmark and Share

O complô espanhol na Euro, segundo Portugal

27 de junho de 2012 0

Adversário da Espanha, hoje, os portugueses estão desconfiados. Enxergam um complô contra a sua seleção na Euro 2012.

O presidente da Uefa, Michel Platini, disse que gostaria de ver uma final entre Alemanha e Espanha, os melhores do torneio. Portugal não gostou do que ouviu.

O presidente do comitê de arbitragem da entidade, Ángel Maria Villar, é espanhol e seu vice nasceu na Turquia, assim como o árbitro do jogo de hoje. A paranoia aumentou.

Juiz do jogo, Cuneyt Cakir, 35 anos, um agente de seguros em Istambul, é acusado de ter favorecido times espanhóis em outras competições e de não ter experiência nem competência para dirigir uma semifinal de Eurocopa.

 A confirmação do nome de Cakir foi avaliada como “provocação” pela mídia de Portugal.


Bookmark and Share

Ronaldinho Mineiro

27 de junho de 2012 4

Ronaldinho vive dias tranquilos em Belo Horizonte. Mora num hotel cinco estrelas, mas o presidente do Atlético-MG, Alexandre Kalil, quer que ele se mude para um condomínio numa zona nobre da região da Pampulha.

O jogador ainda não apareceu na noite mineira – ao menos ninguem viu.

Dispensou o séquito de seguranças que o seguiam no Rio. Agora anda com um, às vezes dois, mas sempre discretos.

Ao contrário dos atrasos nos treinos no Ninho do Urubu, ele chega sempre na hora do trabalho no CT Cidade do Galo.

Ele ainda não completou 30 dias em Minas Gerais.

Bookmark and Share

Corinthians e o outdoor da Libertadores

27 de junho de 2012 3

1  A Bombril comprou os ombros da camisa do Corinthians durante os dois jogos finais da Libertadores. As mangas já são da Marabraz. Peito e as costas estão em nome da Iveco. A barra, frente e verso, é da Fisk. Só da Iveco o clube receberá R$ 2 milhões.

2  A camisa fica horrível, lotada de patrocinadores, o visual pior ainda. O movimento mostra a preguiça do marketing que negocia o sagrado espaço da camisa por qualquer milhão e ainda a falta de organização para buscar dinheiros sem minar a camisa com nomes e cores estranhas.

3  O Corinthians é o segundo time mais popular do Brasil, com 13% de toda a torcida, e o que mais investiu em futebol, cerca R$ 200 milhões, em 2011. Sua receita no ano passado foi de R$ 290 milhões. Se vencer a Libertadores, vai garantir algo como R$ 30 milhões ou 10% do seu faturamento anual.

4 Melhor técnico em atividade no país, currículo de Seleção, com títulos regionais e nacionais (Copa do Brasil e Brasileirão), Tite busca a sua segunda taça fora do Brasil. Depois da Copa Sul-Americana com o Inter, a meta agora é a Libertadores.

Bookmark and Share