Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Boca e seu futebol pré-histórico

05 de julho de 2012 41

Campeão justo, o Corinthians enfrentou um time obscuro no Pacaembu, mais de 30 mil paulistas em volta.

O Boca se apresentou como um time da Idade Média do futebol da América do Sul. Bateu, usou a violência, exaltou o antigo apego dos argentinos pela violência acima do futebol. Não foi o histórico Boca da década passada.

Os argentinos voltaram aos anos 1960 e 1970, quando a pancada decidia quase tudo. Tanto que os ingleses se negaram a jogar em Buenos Aires. Temiam pelas suas vidas.

O uruguaio Santiago Silva foi tomado por uma força estranha, em São Paulo. Deu até soco em campo. Ele é um personagem caricato do futebol. Depois, ainda pilhado, roubou a câmera de um repórter ao cruzar o corredor que une campo e vestiário. A direção do Boca devolveu depois.

O calejado Rolando Schiavi pisou no Pacaembu disposto ao conflito, ao combate, ao tranco violento. Xerife de antigamente, acobertado pelo árbitro (Wilmar Roldán), o zagueiro ensinou como não se deve jogar na zaga. Ficou entre violência e as falhas amadoras.

No Corinthians, só Emerson Sheik entrou no jogo baixo do adversário. Tanto que mordeu a mão de um zagueiro. O futebol é bom e faz bem. Só não pode alucinar, não dentro de campo, não os jogadores que se dizem de profissionais em cada entrevista.

O Corinthians jogou uma grande decisão, ergueu a Libertadores (o título tem a assinatura de Tite) e limpou parte do seu complexo de inferioridade.

O Boca escancarou o atraso da Argentina, com o seu futebol empobrecido, exportador e violento.O último título do país foi em 2009 e com um Verón, e um Estudiantes, que jogava muito futebol.

Bookmark and Share

Comentários (41)

  • Renan diz: 5 de julho de 2012

    Olha só Zini, só consegui assistir o segundo tempo, pois estava em aula até tal horário. Mas, não vi em momento nenhum o Boca partir para pancadaria como tu escreveu. O zagueiro Caruso e o Emerson sim se provocaram o jogo inteiro, o que é normal, principalmente em uma final de Libertadores. Todo mundo sabe que o Corinthians é um time que se aproveita, e muito do expediente da violência em campo. Só que vocês tentam marcarar isso, sob alegação de que é raça, vontade e entrega. Se serve para um, tem de servir para o outro!

  • remir diz: 5 de julho de 2012

    ola
    sim o boca só bateu. mas o que se deve exaltar e forma como o time de tite se coloca em campo isso sim. bem compacto com os dois atacantes marcando hora um hora outro voltando ate a defesa se for necessário, bem como a portuguesa jogou a serie b do ano passado. esse éo estilo de jogo do miro bagnaraum time compacto e sai rapido para o ataque. miro bagnara 51 92888078

  • Beto diz: 5 de julho de 2012

    soh um adendo: as arbitragens da Libertadores sao mais proximas do “normal” mundial que as Brasileiras.

    De repente nos eh que estamos errados com os cartoes amarelos pra faltas normais, expulsoes desnecessarias, jogos decididos por penaltis discutiveis (se eh discutivel nao foi!). Comentaristas, mesmo de arbitragem dizem que jogador foi “tocado” na area… :) Futebol eh esporte de contato, sempre se eh “tocado”.

  • Gustavo diz: 5 de julho de 2012

    Oportunismo, a gente se ve por aqui,
    Boca jogou assim as 4 libertadores que ganhou nos anos 2000,
    mas daí era apenas raça, se tivessem ganho estaria exaltando eles,
    corinthians foi muito superior, mas menos oportunismo por favor, obrigado.

  • wagner diz: 5 de julho de 2012

    por favor… ate aqui não param de falar em conrithians…

    a globo me faz odiar esse time!

  • Marcio DUtra diz: 5 de julho de 2012

    Zini percebe a uniformidade em todos os comentários dos jogadores do Corinthians, todos exaltando o grupo e o trabalho, com humildade e qualidade… mão do Tite nesta conscientização além do baita trabalho técnico e emocional que ele faz.
    Parabéns Tite, baita treinador e baita caráter.

  • maurino diz: 5 de julho de 2012

    Sou colorado.O Corrinthians foi campeão com todos os méritos, e invicto.Times brasileiros comandarão por muito tempo na América. A diferença de grana investida no futebol é gritante. O boca com jogadores ultrapassados, salvo uns.Como não tinha time para jogar de igual,portou-se como inferior que era.

  • Rodrigo Krug diz: 5 de julho de 2012

    Depois deste comentário do Zini, nem sei como o Boca chegou a uma FINAL de Libertadores.

  • Adriano Pacheco diz: 5 de julho de 2012

    Boa tarde !
    Concordo com você Zini . Ainda Custo a entender como este Boca tão ruim chegou a final. Foi realmente lamentável não ver um inter ou Fluminense nesta final.
    Um time de futebol que chega a uma final e não acerta um chute sequer ao gol do adversário. É deplorável a decadência do futebol argentino.

  • Mário diz: 5 de julho de 2012

    Futebol “pré-histórico” que já ganhou umas cinco vezes mais taças que o teu greminho ridículo, que nem regional ganha mais.

  • Diego/SM diz: 5 de julho de 2012

    Sou colorado, tava secando o Curintia, mas eles mereceram… jogaram com gana, organizados e focados… tem jogadores rodados (saudade do Alex, o verdadeiro D´alessandro), mas tem o dedo do técnico aí, sem dúvida…

    Agora, realmente, Zini, um time que não dá um único chute a gol numa decisão de Libertadores? Esse time do Boca aí não é fraco, mas é bem meia boca… parece ter uma gurizada promissora… mas um zagueiro bisonho, o tal Schiavi (o que foi aquela entregada no segundo gol? Coisa de futebol society de fim de semana), e um craque ou ex-craque que hoje tá mais pra ex-jogador, fica dando toquinho de lado, não chuta… parece não ter mais a mesma gana… Riquelme ainda é bom jogador, mas é uma caricatura do craque de uns anos atrás (e mais ainda daquele assombroso do início dos anos 2000)…

    E aquele Santiago Silva? Horrendo! Parece jogador da segunda divisão do gauchão. Realmente, é a tradução da atual fase do futebol do Boca e futebol argentino em geral… é, é a crise…

    Mas parabéns pro Curintia, mano! Mereceram!! E desta vez sem ajuda de ninguém : )

  • APOSTA diz: 5 de julho de 2012

    APOSTO 1.000 PILA, que até o final do brasileirão NEI vai conseguir cruzar UMA BOLA, dar UM DRIBLE, e fazer UMA COBERTURA CORRETA.
    Quem dá mais?

  • julio diz: 5 de julho de 2012

    Pré-histórico porém na final da Liberdadores, enquantos os modernos Inter, Fluminense, Santos, Flamengo e Vasco ficaram pelo caminho … muito oportunista o comentário, feito depois que o Boca perdeu a final … se tivesse ganho seria o retorno às origens do clássico futebol argentino …

  • Djogo diz: 5 de julho de 2012

    Boca chegou na final com peso da camisa, mas peso de camisa até pode chegar a final, mas não ganha. Se comparar esse time do Boca de ontem a noite com o que enfrentou o Grêmio em 2007, é humilhante.
    Riquelme envelhecido, sem parceria, sem força. Santiago Silva é tão inferior a Palermo que teria lugar no interior do RS. Schiavi provou que já era velho quando o Grêmio o trouxe. Os demais jogadores nem consigo lembrar o nome, são esquecíveis e descartáveis. São todos jogadores combativos, esforçados, mas tecnicamente não tem recurso nenhum. Só sobra correria e pancadaria.
    Esse Boca chegou a final mais por incompetência dos adversários do que por méritos. Pegou o lado mais frágil da Libertadores e por isso passou.
    Eu sempre tinha certeza que com o Tite de técnico, um ferrolho se montaria na defesa e um contra-ataque mortal. Não deu outra, iriam pras cabeças.
    E digo mais: só se uma zebra acontecer ou o time se desmontar… o Curintia é favorito ao Mundial. O futebol tá perdendo a graça hehehe

  • marcelocampeaodetudo diz: 5 de julho de 2012

    O Boca não jogou bem porque achou que ia encontrar a mesma barbadinha de 2007!

  • Miguel diz: 5 de julho de 2012

    Não, Zini. Não.
    Não vi o mesmo Boca que você.

    Vi um Boca que joga um futebol especulativo e cheio de manha. Mas não violento.
    O único momento de “violência” foi a mordida do Sheik na mão do zagueiro xeneize. Mas que poderia ser interpretado como catimba de ambos os lados.

    Corinthians foi campeão na bola. Merecido.

    O Boca precisa sim fazer uma reformulação [não só o Boca, há varios clubes nas nossas bandas com veteranos]. Mas merece respeito.

  • Luiz Nunes diz: 5 de julho de 2012

    MENOS…. bem menos..!
    Acho que não vimos o mesmo jogo, apesar da superioridade do Corinthians.

  • Marco diz: 5 de julho de 2012

    Libertadores sem porrada não é Libertadores. Problema do Brasil é que os “bandidos” não vão para o futebol, que é repleto de almofadinhas e Atletas de Cristo. E a imprensa ainda fica com esse papo furado de jogo civilizado. Daí tomamos porrada e não tem ninguém para defender a pátria.

  • GREMISTA ATÉ MORRER !!! diz: 5 de julho de 2012

    DEPOIS DAS CONQUISTAS “MUITO ESTRANHAS” DOS INTERCALDAS E DO CURÍNTIA EU ME PERGUNTO: QUANTO SERÁ QUE A CONMEBOL ESTARIA COBRANDO PARA DAR O TÍTULO AO TIME QUE ESTIVER DISPOSTO A PAGAR.
    QUEM ASSISTIU O JOGO ONTEM VIU QUE O BOCA JUNIORS EM NADA SE PARECIA COM AQUELE BOCA DA FINAL DE 2007 CONTRA O GRÊMIO. ERA UM TIME SEM RAÇA NENHUMA, E NO 2º GOL O SCHIAVI SIMPLESMENTE DEU O PASSE PARA O EMERSON SHEIK.
    PALHAÇADA TOTAL.
    TAMBÉM, O CURÍNTIA TEM PATROCÍNIO DA NIKE E ESTAVA NA CARA QUE TUDO FOI MANIPULADO PARA A CONQUISTA DO TIME PAULISTA.
    EM 2006 O INTERCALDAS TEVE UM AJUDA ABSURDA DO APITO AMIGO CONTRA O NACIONAL DO URUGUAI E NA FINAL O ROGÉRIO CENI ENTREGOU.
    EU LARGUEI O FUTEBOL, VIROU TUDO UM JOGO DE CARTAS MARCADAS.
    A F.G.F. ESTÁ DOMINADA POR CHOROLADOS, E O VELHO APITO AMIGO REINA.
    QUE BOM ERA AQUELA ÉPOCA EM QUE A LIBERTADORES ERA GANHA COM SUOR, SANGUE E LÁGRIMAS.

  • Gilberto Rossa diz: 5 de julho de 2012

    A diferença é que o Boca, mesmo com time “pré-historico”, longe do bom futebol de outrora, mesmo com todos os contras que tu cita, chega numa final de libertadores.
    E o que tu chamas de vitória justa, teria outro fim se o juiz no primeiro jogo tivesse expulsado o defensor do corinthians quando este Interceptou uma bola em cima da linha do gol com a mão, e só tomou amarelo (juiz nem tem a desculpa de dizer que não viu)

    Mas enfim, futebol é futebol.

  • Elias Heleno diz: 5 de julho de 2012

    Tu ta magoado porque teu time já levou 5 do Boca, se o futebol do Boca é pré-histórico o do Grêmio é o que, hein? Aguardo uma coluna tua falando do futebol do Grêmio. Que dor de cotovelo. O Grêmio contra o Palmeiras não fez fiasco e só deu pau? Cade tua imparcialidade, sei que tu não vai publicar esse comentário, mas, espero que tu leia, pelo menos.

  • Gigante diz: 5 de julho de 2012

    Engraçado esse seu comentário. Tem um time aqui do RS que joga exatamente igual e vocês batem palmas, daí falam em alma castelhana, time de pegada. E só ver o jogo contra o Palmeiras em São Paulo, as divididas, querer confrontar o árbitro em cada lance que ele apitava, soco na cara, etc….A nossa imprensa é isso aí mesmo, são critérios diferentes na avaliação da mesma coisa. Olhe o jogo contra o Palmeiras e reflita. Ah, tem um problema esse time é daqui.

  • Gustavo Susin diz: 5 de julho de 2012

    Ok. Porém faço uma simples perguntinha: e se o Boca tivesse levantado a taça? Manteria a posição de futebol pré-histórico ou ai seria o chamado “futebol competitivo”? No futebol, o que conta é bola na rede e taça no armário!!!

  • paulo diz: 5 de julho de 2012

    O futebol argentino é tão pré-histórico que nos últimos 3 anos levou o melhor do mundo. O BOCA jogou o que pôde, simples.

  • Roger A. diz: 5 de julho de 2012

    Este time do Boca, é pior que o time do Veranópolis ou do Lageadense.
    Futebol falido da Argentina da Cristina Kirchner.
    Só tem velhos ou pataduras. O que é aquele vovô Schiavi, o Riquelme é uma caricatura daquele grande Riquelme de anos atrás. É um cavalo velho e cansado, disputando um grande prêmio.
    Os jovens são todos uns pataduras como aquele centroavante careca, pior que o André Lima, não sabem matar uma bola e erram tudo que é passe (parece o Grêmio).
    É triste para os amantes do futebol, ver o histórico e fabuloso Boca terminado num fantasma de um morto, o antigo fabuloso Boca Juniors.
    Tristes Trópicos Argentinos.

  • marcio diz: 5 de julho de 2012

    futebol empobrecido da Argentina? Foi isso o que eu li? A economia deles vai muito mal, talvez por isso que tenhamos alguma chance na libertadores, pois eles não conseguem trazer os grandes jogadores da Europa.
    Mas, se eles estão com um futebol emprobecido, o que se dirá da gente?

  • abreu diz: 5 de julho de 2012

    M to lúcido este teu comentário. Colocaste bem as palavras, que são quase as mesmas que coloquei ontem e hoje, junto a amigos. O tal Riquelme, então nem se fala.Mascarado,não está jogando NADA, e se acha.Relmente,paupérrimo o futebol do Boca bem como o atual “futebol” praticado pelos argentinos.Os que jogam,não dão pontapés,se encontram em outros clubes e em outro paises.Senão estariam,tbm,jutando até a sombra.Péssimo futebol argentino,Realmente,foi jogado o que eles “jogavam” nessas décadas que enumeraste.Parabéns pela matéria.AH! realmente o Corintians mereceu, jogou mto bem,e parabéns ao Tite.

  • carmem,da MAIOR TORCIDA do SUL, 1′ E LEGÍTIMO MUUULTI-CAMPEÃO ! diz: 5 de julho de 2012

    CONCORDO, O BOCA SÓ BATEU E ..ESQUECEU DE JOGAR,MAIS PARECIA UM SONNEN DO QUE JOGADOR DE FUTEBOL,………BOCA IRRECONHECÍVEL, HORROROSO,SEM VONTADE DE GANHAR,SÓ PARTINDO PRA PANCADARIA…
    BOCA RIDÍCULO!!!!, TIME SEM VONTADE, SEM GARRA,NUNCA VI NADA IGUAL…..O LENDÁRIO BOCA COPEIRO E GUERREIRO, SE ESQUECENDO ,SIMPLESMENTE,DE JOGAR!!!
    LAMENTÁVEL,…….O Corintians MERECEU a vitória!!!, time compacto e FOCADO, UM POR TODOS E TODOS POR UM !!!ESTÁ DE PARABÉNS A DIREÇÃO ,O TITE ,OS JOGADORES!!!, time sem estrelas,mas combativo,seguro, FOCADO!!!
    ah, time de massa,ganhando,asim como GRêMIO, fra e corintians,é outra coisa, ++++ GENTE feliz!!

  • Leoncio diz: 5 de julho de 2012

    Quanta asneira…

  • adriano cardoso diz: 5 de julho de 2012

    O q o Boca pratica nao e futebol e vale tudo.

  • Jaime diz: 5 de julho de 2012

    Por que todo colorado quer minimizar a conquista do Corinthians, reduzindo a qualidade do Boca?
    Se esse Boca é ruim, o que era aquele Chivas em 2010? Time medonho, patético, tinha gramado sintético em casa e sequer sabiam jogar nele… mas disso a imprensa já ignorou na época, e certamente também não lembrará agora antes de falar do Boca.

  • francisco correa diz: 5 de julho de 2012

    APOSTO QUE SE O BOCA TIVESSE SAÍDO DO PACAEMBÚ CAMPEÃO, A CONVERSA HOJE SERIA OUTRA. TIME GUERREIRO, QUE SABE JOGAR LIBERTADORES E OUTRAS COISAS MAIS. OU SERÁ QUE ESTOU ERRADO?

  • Guilherme diz: 6 de julho de 2012

    Me diz que tipo de futebol o guinazu e o bolivar praticam, ou você é cego e acha que os dois são santos, não é só os dois claro, tem outros jogadores no Brasil que só sabem bater nos outros jogadores, intimidam fazendo falta, o incrivel é que os arbitros não enxergam e os caras nunca vao expulsos ou ja se acostumaram, os dois são tão ruim quanto ou piores que o dinho.

  • ESTEVAO LEMOS diz: 6 de julho de 2012

    Esse time do Boca não chega nem perto daquela base que ganhou 3 libertadores com Abbondanzieri, Ibarra, Morel Rodriguez, Battaglia, Riquelme, Schelotto, Palácio, Palermo. Esse time que jogue contra o Cortinthians tem seus méritos mas é muito medíocre.

  • José Paulo diz: 6 de julho de 2012

    Para, Zini, menos! O Corinthians bateu, foi firme também! Só que jogou mais bola, só isso! O time do Boca foi tecnicamente inferior, mas não jogou mal também. A vitória foi mérito do Corinthians, que jogou mais, mas ambos jogaram um futebol aguerrido. É claro que se fosse arbitragem de Brasileirão, o jogo teria sido encerrado antes por falta de jogadores de ambos os lados. Mas final de Libertadores é isso ai, é jogo pegado. Tivesse violência mesmo, teria saído gente lesionada, olho roxo, sangrando, o que não houve…

  • Camargo diz: 6 de julho de 2012

    Sinceramente, não se pode fazer de um jogo, de um time de 2012, de um decisão de libertadores, simplesmente, terra arassada. O Boca é grande, a Argentina tem lá os seus talentos. A propósito, quando convém, os argentinos moranguinhos são os melhores do mundo. Quanta contradição. Quanto disparate. Quanta incoerência. Por favor, me poupe!!!

  • colorado 1 mundial oficial de verdade, 2 recopas, 2 libertadores, 1 sulamericana = 6. maior do RS diz: 6 de julho de 2012

    ONCE CALDAS, GREMIXO, NACIONAL DE MEDELLIN: NENHUM DESSES SEGUNDÕES CHINELOS FOI OU É CAMPEÃO MUNDIAL OFICIAL E RECONHECDIO FIFA! IMORESSIONANTE O RECLAQUE E A MORDEÇÃO DAS TRICOLETES TOYOTENSES BI-REBAIXADAS. KKKKKKK! DESSA VEZ O BOCA NÃO PEGOU A BARBADA AVALANCEIRA GENÉRICA DA AZENHA. FOI AÍ QUE ELE SE RALOU.KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!

  • Jota diz: 6 de julho de 2012

    Quanta bobagem escrita em poucas linhas, a densidade de bobagem é muito grande.

  • Gustavo diz: 6 de julho de 2012

    Complexo de inferioridade? Na verdade são os anticorinthianos que tentam rebaixar tudo o que o Timão faz. Até essa Libertadores, ganha sempre no tempo normal, de maneira invicta e contra o temido Boca, há quem ouse contestar e aventar “esquema”. Era o último grande título que faltava, mas não custa ganhar o Mundial de novo, pra acabar com qualquer conversa furada.

  • cocolorado MAZEMBADO, E OCTA-REBAIXADO cbd/ freguês do corintians diz: 6 de julho de 2012

    é os cocolorados NÃO JOGARAM A FINAL DA
    COPA TOYOTA ,SÓ A interNAZIONALE ORIGINAL E O MAZEMBE!!!!
    OS OCTA-REBAIXADOS TIMECO AMARELÃO SÓ assistiram a ORIGINAL E O GRANDE mazembe,kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    pena que o Boca Envelhecido não pegou o timeco Mazembado ,Freguês do Corintians, teriam CONQUISTADO A 7′ LIBERTADORES!!
    ……….a torcidinha mixa dos gaylorados tenta imitar ,,mas só sabe fazer TRENZINHO,kkkkkkkk

  • Anônimo diz: 7 de julho de 2012

    ACHO QUE NINGUEM VIU O JOGO POR AQUI… O BOCA JUNIORS DOMINOU TODO O PRIMEIRO TEMPO DO JOGO, ENCURRALOU O CORINTHIANS TROCANDO PASSES E VIRANDO BOLA. NÃO CHEGOU, É VERDADE, JÁ QUE OS PAULISTAS, COMO NA BOMBONERA E NA COMPETIÇÃO TODA, SE FECHARAM NUM RETRANCÃO E APOSTARAM NO CONTRA-ATAQUE. DEU CERTO E, NO SEGUNDO TEMPO, SÓ ESPECULARAM. ATRÁS NO PLACAR, O BOCA COMEÇOU MELHOR AIINDA, SÓ QUE SE ABRIU E ENTREGOU MAIS UM GOL. AÍ, E SÓ AÍ, COMEÇOU A APELAR PRA PORRADA, MAS NADA DE MAIS. O D’ALESSANDRO APANHA O TEMPO TODO EM TUDO QUE É JOGO E A AZULADA DO MICROFONE CHEGA A DIZER QUE ELE MERECE, POR RECLAMAR DEMAIS… POR FIM, ACHO QUE O BOCA CHEGOU À FINAL POR MUDAR O ESTILO DE JOGO (OPTOU PELA POSSE DE BOLA, TOQUE PRO LADO, MAIS NO ESTILO BRASILEIRO) E PERDEU TAMBÉM POR ISSO,. PRA UM TIME MAIS AO ESTILO PAMPEANO, FECHADINHO, SEM MUITO BRILHO, MAS EQUILIBRADO, CHEGANDO JUNTO, ESPECULANDO. É ASSIM,. E SÓ ASSIM, QUE SE GANHA UMA LIBERTADORES. QUE O DIGA O INTER BI-CAMPEÃO…

Envie seu Comentário