Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

O dia em que Pelé jogou no gol contra o Grêmio

30 de setembro de 2012 5

Numa partida entre Santos e Grêmio (4 a 3), em janeiro de 1964, pela Taça Brasil de 1963, Pelé (E) atuou os cinco minutos finais como goleiro, depois da expulsão do campeão mundial Gilmar. Quem lembra do jogo é o segundo maior goleador da história do clube paulista, o ex-ponteiro-esquerdo Pepe (D), 77 anos, que estava em campo naquela tarde de verão no Estádio do Pacaembu.

Você lembra do jogo?

Pepe – Claro, foi marcante. Fiz o primeiro gol. Pelé marcou os outros três. O Grêmio tinha um grande time, deu um trabalho danado. O Pelé vestiu uma camiseta preta de mangas compridas, lembro até agora. Era do Gilmar. Fez grandes defesas, duas ótimas, pelo menos, garantiu o placar. Era proibido fazer substituições na época. Você sabia?

O Rei era bom goleiro?

Pepe – Muito bom, elástico, voava muito. Tinha uma agilidade impressionante. Nos dois toques, nas brincadeiras, em alguns treinos, ele sempre atuava como goleiro. Gostava. Na época, na cidade de Bauru, o Noroeste jogava com uma goleiro negro, alto, forte, chamado Julião. Então, eu, o Coutinho e o Dorval, de bricandeira, apelidamos o Pelé de Julião nos treinamentos do Santos.

E ele?

Pepe – Não dizia nada, ria. Entrava na gozação. O apelido pegou no vestiário, especialmente entre os mais próximos. Eu, por exemplo, não o chamo de Pelé, Edson, Dico, seu apelido de infância, ou de Negão. Eu o chama sempre de Julio (risos). E aí, Júlio, tudo bem Julio (risos). o Apelido pegou. o Pelé ri da história até hoje.

A história é muito boa

Pepe – (risos). Hoje (sexta-feira) mesmo, eu encontrei o Coutinho (companheiro do histórico Santos dos anos 1960) na hora do cafezinho e ele perguntou. ‘Tem visto o Júlio?” Não, eu disse, só na tevê (risos)

Será que vai nascer outro Pelé?

Pepe – Você tá maluco (risos). O Pelé não é deste mundo. É de outro planeta. É um ET (risos).

Bookmark and Share

Comentários (5)

  • Carlos diz: 30 de setembro de 2012

    Talvez voce não lembre mas naquele tempo juiz roubava desavergonhadamente. Era proibido ganhar do Santos. Fomos garfados vergonhosamente.

  • Marco diz: 30 de setembro de 2012

    Lembro disso … Grêmio perdera 1º jogo em SP p/3×1, após sair ganhando … no 2º jogo em POA, Santos saiu ganhando, Grêmio virou, Santos “re-virou” e Pelé foi ao gol. Santos tinha aquele time q todos sabem …

  • Carlos diz: 30 de setembro de 2012

    Eu vi este jogp.
    Eu estava lá com o meu pai

  • marco lima diz: 30 de setembro de 2012

    Interessante, eu era pequeno, mas lembro disso, sem detalhes, talvez essa crônica sirva para pelo menos fortalecer os brios dos santistas, já que precisam muito para bater o Grêmio hoje no olímpico, só que tu poderias ter contado esta história na tua casa, para os teus, que provavelmente torcem contra o Grêmio e não em público como fazes sempre, não sei se tu é colorado ou o que, mas se não fores, com certeza és um otário, os paulistas e santistas agradecem.

  • jose francisco martins diz: 23 de outubro de 2013

    Este jogo foi no Pacaembu,e gracas a Deus estive la,pois eu vi o unico jogo em que Pele jogou no gol apos Gilmar ter sido expulso.Primeiro tempo foi 3×1 pro Gremio,segundo tempo Pele e Coutinho acabaram com o jogo com + 3 de Pele e no gol ainda defendeu 2 bolas dificeis.Na epoca jogavam no Gremio o Picasso no gol ,alem de Paulo Lumumba,Joazinho,etc…

Envie seu Comentário