Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Uma cidade com medo de tsunamis e terremotos

17 de abril de 2013 0

No centro sul do Chile, banhada pelo Oceano Pacífico, com temperatura média de 13ºC, Talcahuano (se diz talcauano), faz parte da província de Concepción, com 52% de mulheres na população de 1,3 milhão de pessoas e um florescente centro comercial, industrial e universitário.

Capital provincial, a cidade de Concepción, a maior da área, já foi quase destruída por terremotos quatro vezes desde 1730. Num deles, foi reconstruída vários quilômetros de distância da origem.

Os 180 mil habitantes da cidade-sede do Huachipato, dono de uma torcida pequena, fiel e ruidosa, adversário do Grêmio nesta quinta-feira, não esquecem 2010. Num sábado, 16 de fevereiro, às 3h34min, um terremoto seguido por um tsunami sacudiu a região. Dias depois, sem água, comida, eletricidade e telecomunicações, com ruas, estradas e trilhos de trem obstaculizados, casas em escombros e parte da população nas ruas, começaram as discussões, as brigas, os saques em lojas, shoppings e supermercados.

Houve mortos e feridos. O exército foi chamado, decretou toque de recolher e Talcahuano foi denominada zona especial de catástrofe.

Dois anos depois, a cidade ainda se recupera do desastre climático. O medo dos tsunamis é real.

A professora Carla Rodríguez, 30 anos, diz que todos os dias se confronta com os danos causados pelos tremores de 2010. Mas não vive assustada.

- Claro, sentimos o impacto do último, foi muito duro e triste, mas não podemos pensar em tsunamis todos os dias. Não viveríamos.

Bookmark and Share

Envie seu Comentário