Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Os cinco acertos de Enderson Moreira no Grêmio

12 de fevereiro de 2014 19

13ederson

É difícil querer algo mais de um time com apenas 30 dias de treinamento e poucos jogos. Enderson Moreira (foto acima, Agência RBS,BD) tenta construir seu time. Não é um treinador carismático, como Vanderlei Luxemburgo e Renato Portaluppi, mas trabalha mais do que os dois.

Moreira foi bem no Gre-Nal (1 a 1), a sua real estreia no Tricolor. O Grêmio fez seu melhor primeiro tempo da temporada.

Terá outro teste forte em Montevidéu, quinta-feira, contra o Nacional. Seu problema é comum aos treinadores. Não terá todo o tempo do mundo para acertar o time. Precisará encontrar sua melhor formação no calor da Libertadores. Não poderá errar.

 Os movimentos do treinador gremista:

1) Acertou a zaga. Uniu os melhores zagueiros. Colocou Werley e Rhodolfo juntos. Sacou Bressan.

2) Solidificou a zaga ao adotar três volantes, com Edinho mais centralizado. Deixou Ramiro e Riveros com mais liberdade. Edinho na primeira função é um especialista. O treinador perdeu Souza, seu melhor volante, mas recuperou-se em seguida.

3) Fixou Luan ao lado de Barcos. O meia-atacante deu mais velocidade ao ataque, apareceu bem como opção ofensiva, deu mais movimentação ao setor. A dupla Kleber e Barcos nunca funcionou. Acreditou no garoto, que fazia sucesso nas categorias de base.

4) Chamou o jovem Wendell. Deixou-o jogar. Ganhou um lateral. Não teve medo de apostar, não improvisou na lateral esquerda. O reserva é outra promessa, Breno.

5) Não insistiu com Maxi Rodríguez. Quando o uruguaio decepcionou foi em busca de soluções. Encontrou Jean Deretti como boa opção.

 

 

Bookmark and Share

Comentários (19)

  • Gilberto Rocha diz: 12 de fevereiro de 2014

    Que bom que a imprensa.. já diz que o Portoalegrense..está quase um Barcelona,
    ano passado foi a mesma coisa… Grolli, Marco Antonio, Pico… entre outros, pelo
    jeito este ano vai…. ontem a noite foi a mesma coisa no Clicrbs.. só tinha
    notícia do Portoalegrense… acho que este clube menor.. tem é que ter
    fornecedor de CUECAS.. nos últimos 13 anos é a mesma coisa não ganham nada,
    fazem um tremendo esforço, sujando as cuecas… vibram até por lateral marcado…
    aliás o Pará gando desarma alguém vibra que nem o Dunga quando bateu o penalti
    contra a Itália na Copa… e aí… mais uma cueca suja…que imprensa xarope…
    até terninho tipo do Tevah é notícia… vão criar vergonha e parar de DAR TAMANHO QUE ESTE CLUBE NÃO TEM….

  • Roger Bressan diz: 12 de fevereiro de 2014

    Meu amigo, se fosse para seguir com 3 volantes não teriam demitido o Renato. 3 volantes é demais. 2 plantados só marcando e tocando para os meias é mais que suficiente. Esse esquema 4-2-3-1 Fala por si: 4 defensores, 2 (DOIS) volantes, 3 meias com chegada e 1 atacante plantado na área. Qual a dificuldade nisso???? Poderiam ser Edinho e Riveros os volantes, se o problema é “limpar os trilhos” e Ramiro entrando no lugar de algum deles ou deixando o 4-2-3-1 e entrando no lugar de algum meia formando o losango (4-4-2 mas em ULTIMO CASO E QUANDO ESTIVERMOS GANHANDO DE UNS 2X0). Grohe, Pará (o que resta), Rodolfo, Werley e Wendell: Edinho e Riveros; Maxi, Deretti e Zé (o Luan é o novo Leandro); Barcos. PELO AMOR DE DEUS ZINI, QUANDO DIZEM QUE TU É GREMISTA EU DUVIDO MUITO DEVIDO À ESSES TEUS COMENTÁRIOS. POR FAVOR NÃO ME FALA MAIS ISSO SENÃO EMBARCAREI PARA POA E ME ACORRENTAREI EM FRENTE O TEU PREDIO. Abraço!!!

  • Eu diz: 12 de fevereiro de 2014

    Mas tem um erro repetido, Luiz: manter o Zé Roberto. Desde o Renato ele não vinha dando resultado. Para que insistir, se tem Jean Deretti, Alán Ruiz e Maxi para o seu lugar? E outra: você reparou que o Maxi sem o Zé jogou muito, e desde que o Zé entrou não joga nada? É que o Zé tira a função do Maxi, eles não se acertam. Quem vai ter coragem de botar o Zé no banco? É a posição mais concorrida do time e ainda deixam um ex-jogador de 40 anos. Ele pode entrar no segundo tempo, para bola parada. Joga quem está melhor, e quem está melhor é Jean Deretti ou Alán Ruiz, até o Maxi se se recuperar.

  • Rodrigo Kossmann diz: 12 de fevereiro de 2014

    E desde quando a ultima é um acerto? O cara é jovem, decidiu jogos encardidos ano passado, jogou bem na estreia esse ano. Jogou mal apenas quando colocaram a praga do Zé Roberto no campo, capando a movimentação do meio campo. Poderíamos fazer os 5 erros de Enderson?
    1) Insistir em Zé Roberto.
    2) Insistir em Zé Roberto.
    3) Insistir em Zé Roberto.
    4) Insistir em Zé Roberto.
    5) Insistir em Zé Roberto.

  • Rafael Kuch diz: 12 de fevereiro de 2014

    Nossa, quando o Renato botava 3 volantes tu enchias o saco, agora o Enderson acertou??????
    Não insistir no Maxi é um acerto?????????????????

  • V de Vingança diz: 12 de fevereiro de 2014

    Como assim o Maxi não deu resposta??? quantos jogos fez pra merecer sair do time??? Daí tu diz que o Deretti acertou mas o que ele fez??? O Enderson coloca 3 volantes igual o RENATO, não joga bem e melhorou??? Tu não nega mesmo que é colorado…Se o Enderson tivesse coragem ele sacaria o Zé Roberto do time e entraria com dois volantes altos e de imposição, o Edinho e Riveros, e na frente colocaria o tal Dudu aberto num doa lados, o Maxi no outro, Barcos de referência e Ruiz centralizado…daí sim cada jogador com a sua característica…me responde sinceramente se tu achas que 2 jogos de gauchão no início da temporada são suficientes pra um jogador dar ou não resposta???

  • claudio diz: 12 de fevereiro de 2014

    Concordo em quase toda a análise. Discordo com a “crucificação” que estão fazendo com o Maxi. Ele saiu do jogo contra o Aymoré sendo ovacionado por toda a imprensa; passado pouco mais que semana e 3 ou 4 jogos, já não serve mais… Dêem tempo, pois todos precisam de continuidade. Ah, e também faltou dizer que o novo treinador insiste – embora não seja culpa dele, porque falta opção – no PARÁ.

  • Emerson diz: 12 de fevereiro de 2014

    2 – Qual é amostragem desta zaga sólida? No grenal tomou um gol com falha da zaga.
    3 – A Fixação do Luan foi por que o Kleber se machucou e ele não tem opções. Se o Luan tivesse jogado a 30% do que a imprensa diz que ele jogou no grenal o grêmio teria goleado.
    4 – Não tinha outra opção a não ser o Wendel. Se ele não desse chance para ele não guachão daria quando?
    5 – O Maxi Rodrigues não tem “grife” como Barcos e Kleber. Jogador sem grife e escalado pelo seu desempenho, então não vejo merito em ele mandar o Maxi para o Banco. Queria ver se o Kleber não tivesse se machucado se ele não iria insistir no kleber. Ele esta insistindo no Zé Roberto, mas tirar este é outros 500.

  • GremistaSM diz: 12 de fevereiro de 2014

    nao insistiu em Maxi mas insiste em ZEROberto e Kleber so saiu pq se machucou senao iria jogar o GREnal e nos enterrar ,por isso ainda digo que nao e tecnico pro GREMIO nao vai durar muito e outra nem gritar na beira do campo faz.

  • LAERT diz: 12 de fevereiro de 2014

    Acertou a zaga? Uma zaga que sofre gols em todos os jogos?
    E que Marcelo tem que fazer milagres?
    Você deve estar cego Zini.

  • Clairton diz: 12 de fevereiro de 2014

    ZINI MEU CARO, SÓ POSSO CONCORDAR COM DOIS DESTES 5 ITENS. WERLEY NA ZAGA SERÁ NOVAMENTE UM TERROR PARA NÓS GREMISTAS, O CARA SÓ SABE SE ENCOLHER NOS CRUZAMENTOS PARA A NOSSA ÁREA(preste atenção nisso nos próximos jogos por favor). QUANTO A MAXI RODRÍGUEZ, ACHO QUE DEVERIA TER UMA SEQUENCIA MAIOR, TEM TALENTO E BOTARAM MUITA PRESSÃO E RESPONSABILIDADE SOBRE O CARA. INSISTIRAM UM ANO INTEIRO COM O KLÉBER E NUNCA DEU RESPOSTA POSITIVA, AGORA COM 3 JOGOS QUEREM QUE O MAXI PROVE TUDO QUE FOR POSSÍVEL.TAMBÉM NÃO JOGARIA COM 3 VOLANTES, PORQUE ASSIM ABRIMOS MÃO DE UM MEIA E ACHO UMA ESCALAÇÃO MUITO COVARDE.
    QUANTO AO LUAN E WENDELL, DOIS ÓTIMOS JOGADORES E NÃO PODEM FICAR DE FORA MESMO. ABRAÇO!

  • jefferson diz: 12 de fevereiro de 2014

    Zini, concordo com os acertos colocados por ti. Gostaria de ver o Maxi Rodrigues jogando sem o Zé Roberto ao lado. No primeiro jogo contra o Aimoré, achei boa a atuação dele. Depois da entrada do Zé Roberto o Maxi caiu demais, não parece o mesmo jogzdor do ano passado nem entrando no segundo tempo como no Grenal. Já que falaste nos acertos, gostaria de saber a tua opinião sobre Zé Roberto, hoje, no time do Grêmio. Dou a minha, de leigo. Acho que ele atrasa o time, sendo um jogador absolutamente diferente do que já foi. Abs

  • edson diz: 12 de fevereiro de 2014

    E’ isso q nao da’ pra entender Zini. Perdeu a paciencia com o Maxi, q e’ novo e ainda pode dar retorno, depois de uma ou duas partidas. E qto a Ze’ Roberto, Kleber, Barcos, Para’, Ramiro q nao jogam nada e ninguem perde a paciencia?

  • elias diz: 12 de fevereiro de 2014

    Q mau -mau-caratismo!

    Werley nunca foi zagueiro.

    Maxi foi prejudicado pelo Zé Roberto.

    É muito fácil falar dos novos, agora falar dos figurões é q são ela….

    Lembrando o Brasileiro de 2013 em q vcs inventaram passe para o gol do Zé Roberto.

    Vcs são a vergonha da imprensa Gaúcha e do Brasil.

  • Jonas Rafael diz: 13 de fevereiro de 2014

    Tu listastes 5 itens, mas onde estão os acertos que eu não vi?
    1) Erro, Werley é deficiente, descomprometido, sempre entrega em jogos decisivos. Ainda, pra acomodá-lo teve que trocar Rodolpho de lado
    2) Precisou voltar aos três volantes porque precisa sustentar o Zé Roberto, que não tem mais mobilidade nem pra marcação nem pra criação, e torna o time todo mais lento
    3) Fixou Luan ao lado de Barcos porque o Kleber se lesionou, Enquanto teve os dois a disposição, insistiu com o trombador que não faz gols e não abre o jogo.
    4) Aí ele não tinha opção, nem sequer uma improvisação tosca tinha como fazer
    5) Não insistiu com Maxi Rodríguez mas insiste com Zé Roberto, que não joga bem há muito mais tempo, mas não decide jogos como o uruguaio decidiu ano passado. O Zé decepciona jogo após jogo mas ele não vaia trás de solução

  • Leandro diz: 13 de fevereiro de 2014

    Zini, ou tu é cego ou não entendes nada de futebol. Na dúvida acho que deverias escrever sobre culinária.

  • Farias diz: 13 de fevereiro de 2014

    Sempre achei (ainda acho) que tinha gente de fora dando muito pitaco no time, pelo jeito és tu Zini. Volta pra tua função e deixe o treinador cuidar do time.
    Mil vezes o Maxi “ruim” em campo do que um Zé (enceradeira gagá) Roberto em campo.

  • Maurício Todeschini diz: 13 de fevereiro de 2014

    O MAXI RODRIGUEZ tem que ser 2o atacante, ou 3o, jogando perto da área, para driblar e chutar. Senão não renderá tudo o que sabe. Com o tempo, nem a titularidade do BARCOS se justificará mais. Trata-se de um jogador demasiadamente lento, para o rápido futebol atual.

  • Luiz diz: 14 de fevereiro de 2014

    1 erro: manter Pará e erro maior que este não tem
    2 erro: Zé Roberto

Envie seu Comentário