Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Quanto custa identificar vândalos na Arena e no Beira-Rio

26 de abril de 2014 13

Um ponto completo de identificação biométrica, seja por escaneamento da impressão digital ou por biometria facial, em um estádio de futebol no Brasil custa cerca de R$ 18 mil.

Na Arena, que recebe Grêmio e Atlético-MG, neste domingo, pela segunda rodada do Brasileirão, a conta de implantação, com 30 acessos nas entradas do estádio gremista, não sairia por menos do que R$ 540 mil. A avaliação é de Jaime Panerai Gavioli, diretor do Grupo gaúcho JPG, especializado em sistema de automação.

No Beira-Rio, os custos não seriam muito diferentes.

Identificar a bandidagem e deixar o bom torcedor mais tranquilo custa caro.

 

Bookmark and Share

Comentários (13)

  • silvio jaime fernandes diz: 26 de abril de 2014

    Olá Zini:…..
    Juro que não entendi teus cálculos que a Dupla teria que gastar para evitar e banir os arruaceiros.
    Não precisa de identificação biométrica do torcedor. Tem dezenas de câmeras de segurança espalhadas nos Estádios, que facilmente identifica a “bandidagem”……Mesmo que não se consiga “pegar” todos de uma vez, basta que aqueles que forem identificados não possam mais frequentar os Estádios. E isto é fácil:……prende – condena – coloca as fotos deles expostas nas entradas dos Estádios. Claro que neste caso , o “direito dos manos” vão armar o maior barraco. Mas já passou da hora de “escrachar” o vândalo…..Mas fica uma questão em aberto:…..Será que os Clubes querem mesmo evitar a violência ????…….

  • Paulo Ricardo diz: 26 de abril de 2014

    Bom dia

    Realmente o custo é alto para identificar estes meliantes, porém quanto gastamos mantendo políticos corruptos em nosso pais. Na realidade somos o pais com maior custo de implantação de ferramentas para inibir vândalos e CPIs para expurgar gangs da politica nacional.

  • Iuri Fiedoruk diz: 26 de abril de 2014

    Oras, basta começar a cobrar multa dos vândalos e brigões (perfeitamente legal) e colocar num fundo para ir adquirindo estes aparelhos aos poucos; não precisa ser numa tacada só.

  • Marcelo diz: 26 de abril de 2014

    Que absurdo isso.

    A um tempo atrás fiz um sistema que usava o identificador biométrico de note.

    Saiu perto dos 20k e foi bem facil de fazer.

    E dá pra comprar leitor biométrico em loja de informática por menos de 200 pila cada e funciona muito bem.

    Só fazer uma integração com o sistema de catracas e era isso.

    Não dá pra dar essas noticias com esses valores sem noção. Quem não conhece da tecnologia acaba acreditando.

  • Paulo diz: 26 de abril de 2014

    Quanto custa uma multa, perda de mando de campo? esse valor e irrisório em relação ao custo beneficio, tirando a bandalha, em quanto aumentará o publico que não vai a estádio com medo desses indivíduos, cujo único objetivo e tumultuar.

  • Morpheus de Poa diz: 26 de abril de 2014

    O investimento se justifica, perder o mando de campo por punição, resultaria em prejuízos maiores.

  • Silvio Silva diz: 26 de abril de 2014

    RIDICULO !!!!
    R$ 540.000,00 nao e nada para garantir a seguranca do torcedor …
    Vao esperar morrer ou ficar gravemente ferido um torcedor para depois tomar a decisao de instalar a identificacao biometrica no estadio ?
    Alias digo mais…Acho que nao e necessario nada disto, pois os vandalos / marginais sao amplamente conhecidos da policia e tem ate condenacoes anteriores mas nao sei qual o motivo que nao estao presos e quando o sao nao ficam atras das grades.
    Escutei uma reportagem de um comandante da Brigada Militar de que 70% dos presos sao reincidentes e ja tem condenacoes mas estao fora das cadeias. Ai meu amigo eu pergunto…Quanto custa uma prisao (custo financeiro / social / etc.) como fica o moral da BM que prende varias vezes (ate 12 x) o mesmo marginal ?
    Isto tem custo financeiro e nao e pequeno e isto sai dos nossos bolsos.
    O que falta tanto nas ruas como nos estadios e vergonha na cara e cobranca da populacao aos nossos governantes CORRUPTOS que ganham MUITO e nao fazem nada (INCOMPETENTES…). Nao quero que a nossa seguranca publica chegue ao ponto de um Rio de Janeiro / Sao Paulo / Espirito Santo / Maceio / Sao Luis / etc onde os marginais MANDAM na cidade.

  • tamir valdez diz: 26 de abril de 2014

    Zini ! Peço a gentileza de que sugiras ao Rui Costa a contratação do meio de campo Cardenas, aquele baixinho do
    Atl.Nacional (se não me engano). Ele joga muito, chuta forte e abre defesas. O Gremio não tem meia igual e precisa.

  • Leandro diz: 26 de abril de 2014

    Não acho caro.
    Acho até barato para termos um estádio cheio de pessoas civilizadas e ordeiras. O sistema se pagaria com os ingressos a mais que seriam vendidos para as pessoas que deixaram de frequentar estádios com gente violenta.

  • Werner Honscha diz: 26 de abril de 2014

    Caro Zini!
    Desculpe, mas sou obrigado a discordar desta sua opinião. Caro mesmo, é o custo em não identificar vândalos e marginais que se infiltram entre os torcedores e não apenas dilapidam o patrimônio dos clubes, também afugentam aqueles que realmente estariam nos estádios para torcer e colaborar com seus times. R$ 540.000,00 até pode, ser significativos no orçamento, mas neste caso, trata-se de uma verdadeira bagatela, visto nossos clubes virem auferindo prejuízos muito maiores pela ação inescrupulosa desta bandidagem que vem refugiando-se nos estádios de futebol!

  • Guilherme diz: 26 de abril de 2014

    Caro é deixar esses marginais entrarem nos estádios. E ao que indica a matéria publicada sobre os ingressos conseguidos pelo líder de uma organizada do Inter para os argentinos, o buraco é muito mais embaixo, uma vez que se sugere que políticos são coniventes e o pior, solicitantes de favores para com essas pessoas que não sabem torcer nem assistir a um espetáculo de futebol.

    FORA ORGANIZADAS!

  • Fabio diz: 26 de abril de 2014

    Caro, você só pode estar maluco. Um mês de salário de alguns jogadores que não valem isso, é caro para resolver um problema ou pelo menos diminuí-lo??? Barato, muito barato pelo menos para o Inter, ainda mais que dificilmente seria a vista, fora ganhos com a propaganda.

  • Luiz O.M. Staudt diz: 27 de abril de 2014

    Não é tão caro se levarmos em consideração que a renda média de um jogo de brasileirão, com os valores atualmente praticados na Arena e Beira-Rio, fica próximo disso. Uma boa semana!

Envie seu Comentário