Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Só a ousadia classifica o Grêmio

30 de abril de 2014 6

A sorte e as crenças exóticas ou próximas não salvarão o Grêmio nesta quarta-feira na sua Arena. Só o suor também não. O que levará o Tricolor ao outro lado da Libertadores é o talento dos seus jogadores. Some ainda a ousadia do treinador.

Não adianta reza ou pedir, é preciso jogar, exibir um bom futebol. Time copeiro sem futebol de qualidade não existe. Murcha. Cai.

Enderson Moreira precisa ser ofensivo. Usar dois volantes, talvez um. Chamar os meias, um quarteto deles.

Manter Barcos como nove, tirar sua camisa 8, encostar Luan e Dudu no centroavante. O Grêmio tem uma dificuldade incrível de fazer gols.

Que tal sacar Pará? Adotar Ramiro na lateral. Ganharia qualidade na frente e atrás.

Luan volta, recuperado da lesão. Wendell (foto abaixo/Agência RBS/BD), o melhor jogador gremista da temporada, também. Ele não é só lateral, é ponta e é meia. Fará enorme sucesso na Alemanha.

Jogo decisivo, como Grêmio e San Lorenzo, pelas oitavas de final da Libertadores, exige riscos sérios. Enderson precisa corrê-los. Sua vida no Grêmio depende de uma vitória.

 

01wendell

Bookmark and Share

Comentários (6)

  • Edilson diz: 30 de abril de 2014

    “Que tal sacar Pará? Adotar Ramiro na lateral. Ganharia qualidade na frente e atrás.”

    Isso a tempos venho dizendo, desde que o Ramiro veio para o Grêmio.
    Nosso volante é o melhor lateral direito que temos a uma temporada e meia.
    É impossível que nenhum treinador (Vanderlei, Renato e Enderson) tenha visto a qualidade de cruzamento do Ramiro, recomposição e principalmente fôlego!

    Hoje para muitos torcedores não é mais uma hipótese…. é uma realidade.
    O Pará não dá mais… sabemos que o que pode acontecer com o Pará é piorar, não tem como ver um horizonte onde o Pará vire uma alternativa de qualidade.

  • flavio diz: 30 de abril de 2014

    Falou tudo. Tem que ter a raça tricolor, garra, muita vontade de ganhar. Afinal, estamos em casa e não temos um time qualquer. Tem que agredir o SL, sufocar, mostrar quem manda aqui no Rio Grande. Vamos prá cima sem medo que dá prá classificar.

  • Gerson SSA diz: 1 de maio de 2014

    #barcosfingequetemumafraturaexpostaecaiforalevajuntozédoscomentaristas

  • Mauricio Uhde diz: 1 de maio de 2014

    Venho aqui parabenizar aos experts em matéria de futebol que disseram que o Grêmio estava com grande campanha na libertadores, experts estes responsáveis por causarem aos leigos falsa expectativa. Parabéns aqueles que disseram que o Grêmio tinha contratado um grande treinador! Agora gostaria que aqueles que aqui neste veículo de comunicação fizeram as considerações acima assumissem publicamente seus erros grotescos de avaliação porque a verdade é que o Grêmio do dormente e amador Enderson Moreira é inferior ao de Renato. O Grêmio de Enderson não tem jogada ensaiada, não tem bola parada, não tem nada! O Grêmio nem treinador tem! Quem mantém Pará no time titular mostra que nada conhece de futebol, treinador sonolento, medroso e covarde, mudanças tardias e equivocadas, escalações protecionistas e medrosas. Este não é o nosso Grêmio! Não vou isentar a direção esta tem participação direta na campanha ridícula de 2014, após levar 4 de um time leviano e dizer que esta tudo bem o mínimo que eu quero amanhã pela manhã é abrir o jornal e ler que o dormente não é mais o técnico do Grêmio.

  • Neimar Dellamea diz: 1 de maio de 2014

    Zini, 1) Técnico sem noção, 2) jogador Pará e Barcos deviam ter ido embora a tempo, além de perder vários gols perde penalt, então a diretoria deverá tomar decisão urgente. Não vencemos hoje por falta de competência. Luan quando mais se precisa não aparece, Zé sumiu na patida, porque o técnico não colocou Ramiro no lugar de Pará, tá na hora de mudan ças urgentes mas assim não pode continuar. Abraço.

  • Helder H Hartmann diz: 1 de maio de 2014

    Infelizmente, o nosso “suposto” treinador não teve coragem de tirar as perebas do time, Pará, Barcos, Zé Roberto. Chega, não dá mais; o Pará é muuuuuuiiiito ruim, qualquer um dos volantes, especialmente o Ramiro, é 1.0000 de vezes melhor que ele; o Barcos, depois do jogo da Argentina, teria que ter sido mandado embora, não mandaram e mais uma vez não consegue fazer o que é pago, e muito bem pago para isso, gols, nem de pênalti. Como é que escalam ele para cobrar uma das penalidades, depois daquela cobrança de falta ridícula na Argentina ?; Zé Roberto, não fede nem cheira, fica só na zona de conforto, com toques para trás e para os lados, sem produzir nada, sem jogadas para abastecer o ataque. Qualquer um enxerga todas essas deficiências, menos as pessoas que tem que enxergar e mudar o que tem que ser mudado.

Envie seu Comentário