Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

As sete consequências dos atos racistas na Arena

01 de setembro de 2014 36

1) O Grêmio será excluído da atual edição da Copa do Brasil pelo STJD, no Rio. Servirá como exemplo. O STJD oferecerá a cabeça do Grêmio como exemplo à sociedade.

2) A torcida tricolor ganhou a injusta imagem de torcida racista em todo o Brasil.

3) A Geral, antiga torcida que encantava no Olímpico, cometeu suicídio coletivo. A maioria, como sempre, pagará pela minoria bandida. A Geral é a nova inimiga nº 1 da torcida azul. Perdeu qualquer tipo de apoio.

4) As câmeras dos novos estádios serão cada vez mais decisivas para detectar e depois punir os racistas – ou outros delinquentes da mesmas espécie.

5) Depois de punido, o Grêmio continuará na mira fina do STJD, mais do que todos os clubes do país.

6) A volta dos gritos racistas no setor da Geral, domingo, não influirá diretamente no julgamento de quarta-feira. Aconteceu em outra competição, no Brasileirão. Mas ofereceu uma certeza ao STJD: há mesmo focos racistas enraizados na Arena.

7) O público de um estádio de futebol é um corte natural da sociedade brasileira. Você encontra de tudo. É difícil saber quem sentará ao seu lado em um jogo de futebol.  É bom começar a olhar cada vez mais para os lados, para o alto, esquerda, direita.

Bookmark and Share

Comentários (36)

  • luiz carlos diz: 1 de setembro de 2014

    Sr.Zini, se continuar a jeito que vai, o futebol vai acabar,torcida não vi mais a estadio, e a coisa virou só em denuncia, STJD, RACISMO, BRIGAS EM ESTADIO,SUSPENSÃO ETC, pena.

  • Eduardo diz: 1 de setembro de 2014

    Só me esclareça uma dúvida: se “o público de um estádio de futebol é um corte natural da sociedade brasileira”, como se explica o fato de só na Arena do Grêmio haver atos “racistas”, enquanto historicamente inexistem incidentes no Beira-Rio, ou nas torcida do Flamengo ou Corinthians, por exemplo?

  • giovani duarte diz: 1 de setembro de 2014

    palhaçada, um cara que aceita ser chamado de ´´ARANHA“não tem o direito de exigir nada, quer mais racismo que o governo faz com essas cotas de universidade, vc tem que entrar por merecimento e não por ser branco, preto, amarelo….., e aquilo ali é um jogo, onde vc vai para extravasar, a guria passou quase o jogo inteira abraçada á um rapaz negro, esse STJD só tava esperando o momento pra fazer isso com o time do grêmio. DESISTO DO FUTEBOL.

  • Alexandre diz: 1 de setembro de 2014

    Viu isso aonde? na tua bola de cristal?
    Injusta imagem de torcida racista? só se for pra imprensa daqui, que sempre acobertou e tratou como normais os atos racistas vindos desta torcida, agora vão querer culpar a geral, mas quem já foi em um grenal com certeza já viu a torcida inteira do gremio gritar macacada.

  • Fernanda diz: 1 de setembro de 2014

    Sinceramente – acho que tem muita má vontade da imprensa e pressão mesmo para que o Grêmio seja punido. Todo mundo sabe que macaco quando a torcida gremista canta não tem nada a ver com preconceito e sim ao símbolo colorado ser um macaco, os próprios se intitulam macacos.

    Ridiculo também querer que as pessoas fiquem cuidando ao lado de quem sentam, olhar para os lados, para o alto, esquerda, direita. Isto significa o que ? Que as pessoas ao invés de olharem para o espetáculo fiquem cuidando quem está ao lado ? Então é melhor ficar em casa, isto é a pregação que não se deve mais comparecer aos estádios no Brasil e portanto não precisaremos nem mais comentaristas porque é decretar a falência do futebol brasileiro.

    Mas continuando … Se tudo em relação a palavra MACACO em estádio é preconceito – e não pode – o Internacional vai deixar de ter como mascote um macaco, ainda mais que se chama Escurinho, em homenagem ao ex-jogador negro Escurinho, Luiz Carlos Machado, famoso centroavante na década de 70 ? Ai não é preconceito ligar um macaco a um jogador de cor negra?

    Colorado chamar gremista de Gazela ( com significado viado – preconceito homofóbico ) – de favelado – preconceito social – daí pode ?

    Nem tudo que parece é – e tudo que se deseja parecer ser – é só ficar martelando e aplicando as tintas para destacar o que quer. Esta é a cultura que temos atualmente. Tudo é julgado instantaneamente.

    Neste país tem desvio de foco demais e seriedade de menos. Estamos chegando ao pontop que falar qualquer coisa num estádio de futebol é mais grave que cometer um assassinato, fazer desvio de dinheiro público.

  • Ari diz: 1 de setembro de 2014

    Perfeito!!

  • GJ diz: 1 de setembro de 2014

    A número 6 é um absurdo, não houve qualquer ato de racismo no jogo contra o Bahia.

    Não sei em que mundo tu vive, provavelmente é um mundo de intelectualóides e Jeans Willys para todos os lados, onde eu chamar um amigo meu de negão é um dos crimes mais absurdos da face da terra. Aliás, odeio gente como você, pseudo-intelectual, pseudo-liberal e esquerdopata.

  • marcelo diz: 1 de setembro de 2014

    pode-se chamar de tudo so evite se referir a raça.

  • Severo Gottert diz: 1 de setembro de 2014

    1) VOCÊS DA IMPRENSA TAMBÉM SÃO HIPÓCRITAS E TENTA TRIAR DA RETA A PESADA PUNIÇÃO QUE VEM POR AÍ AO CLUBE DO CORAÇÃO…
    2) EM 2011, NA FINAL DO ESTADUAL, VENCIDO PELO INTER, NO ANTIGO ESTÁDIO DA OAS, NA AZENHA, O JOGADOR ZÉ ROBERTO FOI OFENDIDO DE MACACO TAMBÉM. SABE DE ONDE VIERAM AS OFENSAS: DA SOCIAL!
    3) PAULÃO, NO gre-NAL DESSE ANO, NO ESTÁDIO DA OAS, TAMBÉM FOI OFENDIDO COM GESTOS E PALAVRAS DE MACACO. SABEM ONDE ACONTECEU ISSO NO ESTÁDIO? NAS CADEIRAS QUE FICAM EM FRENTE AOS VESTIÁRIOS. E NÃO NA GERAL.
    4) ENTÃO, ESSE PAPINHO DE “É SÓ NA GERAL, É SÓ UMA PARTE DA TORCIDA, NÃO CONDIZ COM OS FATOS. ESSA TORCIDA SEMPRE FOI RACISTA, ARROGANTE E PREPOTENTE. É CULTURAL. PASSA DE PAI PARA FILHO. OU ACHAM QUE A MOÇA QUE GRITOU MACACO PARA O GOLEIRO DO SANTOS FOI A ÚNICA NO ESTÁDIO? ONDE VOCÊS ACHAM QUE ELA APRENDEU ISSO?

  • Heloísa Pires diz: 1 de setembro de 2014

    QUÊ MANIA DE RESSALTAR QUE BANDIDA É A MINORIA!!!…E a maioria que se cala, que se omite, diante da minoria?!…Quer dizer que se cinco ou seis pessoas estiverem surrando alguém e a maioria fica inerte diante do quadro, bandida é só a minoria, éh?!…Aquela guria, com cara de “bela adormecida” ao lado da guria bandida, é tão bandida quanto ela!…Surda parece que ela não é. Se sou eu quem está alí do lado daquela, já tinha passado um pito nela. E assim deveria proceder todas as pessoas que se encontravam na Geral. Tinham que ter admoestado a minoria bandida. Se não o fizeram, são coniventes. No jogo seguinte, DEPOIS da repercussão, ACORDARAM?

  • Gustavo diz: 1 de setembro de 2014

    Pois é. Clamor popular pode levar o Grêmio a ser exemplo de condenação pelo caso de injúria racista praticada por cerca de 20 indivíduos criminosos. Estes DEVEM ser punidos severamente. Mas esse Clamor popular de punição a um clube de futebol, como exemplo de punição, não se viu quando “torcedores” do corinthians assumiram o risco de matar um torcedor boliviano na LA. Aliás, o Clamor popular foi pela libertação dos acusados de matar aquele torcedor; não se viu Clamor popular pela condenação do clube pelos atoa igualmente criminosos de seus torcedores. E o Clamor popular quando torcedores do Santa Cruz(PE) jogaram um vaso sanitário de cima do Estádio Arruda e mataram um torcedor adversário, por onde anda? Esse também é um Crime, contra a vida. E o Clamor popular quando torcedores do Atletico(MG) mataram um Cruzeirense? Vai ter? Quando? Todos os casos SÃO CRIMES, seja contra a vida, seja contra a honra (Injúria). Se os clubes vão ser punidos pelos atos de seus torcedores, que SEJAM TODOS OS CLUBES, SEM EXCESSAO E PARA TODOS OS CRIMES. Senão, vai parecer ser mais fácil punir um clube “menos” influente apenas para dar a satisfação a sociedade. Os outros casos já caíram no esquecimento e será assim sempre. Punir o clube é punir todos os torcedores. PUNIÇÃO A QUEM PRÁTICA O CRIME e não a todos os torcedores que nada contribuíram para o fato.

  • rodrigo diz: 1 de setembro de 2014

    aconteceu com um jogador do flamengo dentro da vila belmiro, pq ninguem fala nada????
    é pq nao é o GREMIO é muita sacanagem tem ser p todos

  • Ricardo diz: 1 de setembro de 2014

    “5) Depois de punido, o Grêmio continuará na mira fina do STJD, mais do que todos os clubes do país.”
    Prezado Zini, isto alguma vez foi diferente? Nos últimos 10 anos quantos jogadores ou clubes foram mais punidos por imagens do que o Grêmio e seus jogadores pelo órgão supremo da justiça desportiva? Faça essa pesquisa e depois apresente os resultados. Aproveite também para pesquisar qual é o problema do Zveiter com o Grêmio.. Por que tanta raiva.. tanto ódio? Deve haver alguma explicação..

  • Roger diz: 1 de setembro de 2014

    Finalmente algo foi feito, não havia outra coisa a fazer contra esta turba de marginais. Espero que GERAL, nunca mais.

  • Rafael diz: 1 de setembro de 2014

    Não vai resolver nada punir o clube pois se o Grêmio perder o mando de campo, qualquer torcedor pode berrar gritos racistas em Caxias do Sul, no Rio, em Brasília, na Colômbia e etc. Logo, não resolverá nada punir o clube. Só tem um jeito de terminar com isso no Grêmio: a extinção da Geral, colocando cadeiras naquele local da Arena.

  • Fred diz: 1 de setembro de 2014

    A sétima não é uma consequência.

  • GUGA IMORTAL diz: 2 de setembro de 2014

    O inter faz um mascote macaco e quer que a gente xingue eles de que????

  • Luiz diz: 2 de setembro de 2014

    Não podemos , no séc. XXI avaliar alguém ou atitude pela cor da pele. contudo a conotação da mídia está sendo pesada em cima do grêmio. A mídia do RS , costumeiramente nestes casos é branda com assuntos do colorado e pega pesado quando é o tricolor. SE UM GREMISTA FOR NO BEIRA-RIO E O CHAMAREM DE GAZELA E ELE FOR NA JUSTIÇA E QUERO VER SE VAI TER GENTE NA RBS QUE DEFENDA OS VERMELHOS. CONVENHAMOS, sem querer balizar ninguém: PESOS E MEDIDAS IGUAIS PARA CASOS DE RACISMO, HOMOFOBIA E COISAS DO GÊNERO E SE AINDA ASSIM FICAREM DEFENDENDO TÃO SOMENTE OS VERMELHOS, ENTÃO QUE ABANDONEMOS A RBS, POIS NO CASO SERIAM VOCÊS OS PRECONCEITUOSOS.

  • Sasha diz: 2 de setembro de 2014

    Aqueles que no domingo voltaram a gritar palavras racistas são apenas SINCEROS. Hoje, muitos gremista correm para dizer que nao sao racistas, nao por nao serem racistas, mas apenas por MEDO. Resumindo, tem racistas sinceros e racistas covardes.
    Passado o furacao, todos voltarao ao que sao de verdade.

  • Henrique diz: 2 de setembro de 2014

    estão confundindo o caso de agora é diferente, a palavra MACACO, foi dirigida ao goleiro Aranha e não ao Inter, e mais Sr. ZINI injustiça se fosse a primeira vez, mas é a 4º ou 5º vez então não é injustiça, , Aranha agora, Ze Robwerto e Paulão, Maxi Lopes
    contra um jogador do juventude a tempos atrás, só ai são 4, emais a musica da morte de fernandão, a queima dos banheiros, outras brigas entre eles mesmo, então não é este anjo todo e esta injustiça que o Sr. Fala

  • Bruno diz: 2 de setembro de 2014

    Zini Pires, eu fiquei em dúvida se tu é um baita oportunista ou simplesmente uma anta de burro (cometi algum crime aqui?). Eu não sei nem por onde começar, mas vou tentar resumir: CHAMAR O COLORADO DE MACACO NÃO É CRIME NEM RACISMO, POIS É O APELIDO DO CLUBE!!! INJURIAR UM SER HUMANO PELA SUA COR, É RACISMO!!! FUI CLARO?? Imbecil!!!

  • Henrique diz: 2 de setembro de 2014

    Sr. Ricardo não se faça de vitima o Atletico PR mteve 10 mandos de jogos de suspensão, ninguém teve esta pena, e outra a denuncia foi apresentada pelo Paulo Schmidt o Sweiter filho era presidente do STJ, parece que nem é mais, mas mesmo assim ele so presidiria o julgamento, ta vendo fantasmas.

  • Rodrigo A. diz: 2 de setembro de 2014

    Engraçado… como uma torcida “injustamente” acusada de racismo canta e xinga durante tantos anos a torcida rival de macaco?
    Me explica agora o motivo dessa torcida chamar os rivais assim? Acho uma tremenda falta de vergonha na cara não assumir o verdadeiro motivo dos gremistas há tantos anos chamarem os colorados assim.
    Aí ficam inventando historinhas, inventando mentiras quanto a origem disso. E o pior que inventam e ainda acreditam nessas mentiras, igual acreditam que titulo de campeonato de montadora de carro é título mundial.
    Cansei dessa hipocrisia toda… a justiça tarda mas não falha. Está na hora do Grêmio pagar por tanto tempo de omissão às barbaridades dessa torcida.

  • Murilo diz: 2 de setembro de 2014

    Parem de discutir se as ofensas ou cantos caracterizam racismo. Só o Aranha pode fazer isso. Se a vítima acha que é racismo, então é racismo.

  • Rodrigo A. diz: 2 de setembro de 2014

    Para os intelectuais de plantão, a torcida colorada se intitulou “macaco” muito depois dos gremistas chamarem assim. O mascote a que se referem é um leve “tapinha de luva” (infeliz, é verdade) direcionado ao lado azul de Porto Alegre.

  • Heloísa Pires diz: 2 de setembro de 2014

    Zini. Pelo modelo da maioria dos comentários que se manifesta aqui, parecendo virem de gremistas, ainda continuas achando que só a minoria é racista?

  • Douglas Wink diz: 2 de setembro de 2014

    A impressa esta somente repercutindo o ato racista e não o que ocorreu antes (simulação do goleiro Aranha) e esta escrito na regra que deve ser punido, mas para isto pelo jeito não tem imagens e não terá punição, assim como não haverá punição as pessoas que apedrejaram a casa da menina que foi exposta ao ridículo na mídia. Imagino que nem será investigado esta situação que a família esta passando. A imprensa de todo Brasil somente mostra o que quer. O que me deixa mais indignado é que estes atos racista e atos homofóbicos ocorrem em praticamente todos os jogos, tanto que o próprio Aranha disse que não foi a primeira vez, porém porque outros atos anteriores não foram punidos. Não foram punidos porque ninguém fez um teatro como ele, e novamente o que ele queria era parar o jogo, não chegou as duas vezes que ele caiu no chão, conforme relatado por ele em nenhum momento ele provocou a torcida, mas nitidamente se vê nas imagens ele olhando para traz batendo no braço e cuspindo no chão, ou seja, cuspir daquela maneiro é um claro ato de provocação, pedindo para que a torcida o chamem novamente de tudo que foi chamado, mas isto o STJD não vai ver e não vai julgar.

  • Angelo Dallacort diz: 2 de setembro de 2014

    Mas tu é muito burro mesmo né ! A torcida do Grêmio canta esta música a us três ou quatro anos, é a palavra “macaco” ou “macacada” é utilizada em alusão ao mascote do Inter, só que a mídia desprezível do RGS e do Brasil gosta de ter manchete polêmica ! Então vamos julgar o Inter por intitular seu mascote macaco de Escurinho em alusão a um jogador de pele negra. Esse país e qualquer ramo de justiça ou mídia é desprezível e ridiculo.

  • Tiago diz: 2 de setembro de 2014

    Apenas esclarecendo aos gremistas que aqui falam do mascote escurinho…

    A torcida do Internacional, posteriormente o clube, adotou o macaco como símbolo exatamente para fazer pouco caso dos cânticos vindos da torcida gremista sobre “macaco imundo” e por ai vai as ofensas…

    O Escurinho é um mascote para a criançada colorada, e a ideia funcionou tanto que colorado (ao menos os que conheço) nem ligam para esse tipo de cântico mais.

    Quanto ao nome Escurinho… Foi feito uma eleição com diversos nomes e este venceu e foi considerado pela por familiares do jogador como uma homenagem o clube adotar o nome para um mascote voltado a juventude colorada.

    Por fim, os cânticos de uma torcida para outra, na boa, nunca dei a miníma. Afinal, estão falando palavras para uma nação. Agora apontar, e focar diretamente numa pessoa e proferir palavras e gestos referenciando esta pessoa a macaco, é outra coisa bem diferente…

    Por exemplo, se chamassem de sardinhas ou lambaris, estariam ofendendo o clube ao qual o Aranha defende, mas quando chamaram de macaco, ofenderam a pessoa e não a entidade.

    É bem diferente e só resta pena de quem acha ao contrário…

  • Rodrigo diz: 2 de setembro de 2014

    O futebol tem que ser decidido dentro de campo e não nos tribunais/TAPETÃO. Ano passado todo mundo ficou indignado com a permanência do Fluminense na série A. Também fiquei, mas agora ficarei indignado se o Grêmio for eliminado da Copa do Brasil no tapetão!! A punição tem que ser feita aos torcedores e não ao clube. E se tivesse que punir o clube o correto seria uma multa e no máximo perda de mando de jogo e não eliminação da competição ou perda de pontos!!

  • Rodrigo diz: 2 de setembro de 2014

    Os cânticos da torcida do Grêmio serão racistas quando o Internacional e os seus torcedores renunciarem a figura do macaco. Qual é o mascote do Inter? É o macaco! Logo não vejo problema nisso ainda. Veja que o macaco é um animal maravilhoso e é nosso primo! Estamos na mesma ordem evolutiva: primatas! Filosofando um pouco, para te falar a verdade – não sou negro – mas preferiria ser chamado de macaco do que de homem, considerando como o ser humano tem se comportado neste mundo: guerras, genocídios, racismo, homofobia, poluição ambiental, etc…

  • Pampeano diz: 2 de setembro de 2014

    O clube é conivente e testemunha do que esses marginais, entitulados de torcida Geral faz no estádio da OAS e nos estádios alheios… faz bem o tribunal de punir o clube, pois o clube sempre passa a mão na torcida, diz que identifica torcedores, mas isso não adianta!! Encham de cadeiras, tapem de segurança do estádio e se fizerem beicinho que a brigada desça a lenha neles… mania de coitadismo que só atrasa.

  • Campeão FIFA diz: 2 de setembro de 2014

    Zini, o gremio tá ferrado, porque a única torcida que seguidamente os jogadores se queixam de atos racistas é a do gremio. Você não vê isso na torcida do São Paulo do Goias, do Flamengo, do Fluminense etc..etc… agora não adianta espernear, tipo acabar com a geral e não sei mais o quê… Mais uma o julgamento não é em Porto Alegre e sim no Rio, falou!!

  • Jack Summer diz: 2 de setembro de 2014

    Para os gremistas que “pensam” que não é RACISMO chamar a torcida colorada de MACACOS, uma dica:

    NO PRÓXIMO GRENAL, CANTEM NOVAMENTE “CHORA MACACO IMUNDO” LÁ NA ARENA E VAMOS VER O QUE ACONTECERÁ !

    SE ACREDITAM MESMO QUE NÃO HÁ PROBLEMA ALGUM NISSO, SIGAM EM FRENTE, A PUNIÇÃO SE DARÁ NO CAMPEONATO BRASILEIRO. QUEM NÃO DEVE, NÃO TEME !

    CHAMAR PESSOAS DE MACACO É RACISMO, ACREDITEM NISSO, É UNIVERSAL.

  • Vinicios diz: 3 de setembro de 2014

    1- O Inter têm um mascote de “macaco” em homenagem ao jogador negro Escurinho;
    2- Existe uma faixa no B.Rio escrita com a pavavra “M.A.C.A.C.O.”
    3- Têm um torcedor(conheço ele) que se veste de macaco e frequentava os jogos nas arquibancada do B.Rio.
    O Inter é racista? claro que não.
    Portanto, deixem de ser hipócritas, aproveitadores e se fazerem de vítimas, pois o próprio inter se denomina “Macaco”.
    Os cântigos nada têm a ver com raça e cor, pois no próprio Grêmio há milhares de negros e jogadores negros no plantel.

  • Lucas Scariot diz: 3 de setembro de 2014

    GUSTAVO DISSE TUDO(PUNIÇÃO SÓ NÃO EXISTE PRO EIXO RJ-SP) MIDIA ENCIMA PORQUE É UM CLUBE GAUCHO, OS OUTRO DE SP, RJ, MG MATAM E NÃO TEM NENUMA EXCLUSÃO DE COMPETIÇÃO NENHUMA, EXEMPLO DISSO O CORINTHIAS “Pois é. Clamor popular pode levar o Grêmio a ser exemplo de condenação pelo caso de injúria racista praticada por cerca de 20 indivíduos criminosos. Estes DEVEM ser punidos severamente. Mas esse Clamor popular de punição a um clube de futebol, como exemplo de punição, não se viu quando “torcedores” do corinthians assumiram o risco de matar um torcedor boliviano na LA. Aliás, o Clamor popular foi pela libertação dos acusados de matar aquele torcedor; não se viu Clamor popular pela condenação do clube pelos atoa igualmente criminosos de seus torcedores. E o Clamor popular quando torcedores do Santa Cruz(PE) jogaram um vaso sanitário de cima do Estádio Arruda e mataram um torcedor adversário, por onde anda? Esse também é um Crime, contra a vida. E o Clamor popular quando torcedores do Atletico(MG) mataram um Cruzeirense? Vai ter? Quando? Todos os casos SÃO CRIMES, seja contra a vida, seja contra a honra (Injúria). Se os clubes vão ser punidos pelos atos de seus torcedores, que SEJAM TODOS OS CLUBES, SEM EXCESSAO E PARA TODOS OS CRIMES. Senão, vai parecer ser mais fácil punir um clube “menos” influente apenas para dar a satisfação a sociedade. Os outros casos já caíram no esquecimento e será assim sempre. Punir o clube é punir todos os torcedores. PUNIÇÃO A QUEM PRÁTICA O CRIME e não a todos os torcedores que nada contribuíram para o fato.”

Envie seu Comentário