Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Daronco: “Antes, ouvi os mais experientes”

22 de agosto de 2015 3
22daronco

Anderson Daronco (Aizar Raldes/AFP)

O gaúcho Anderson Daronco, 31 anos, fez seu primeiro jogo no Exterior na terça-feira passada. Apitou Bolívar e Defensor Sporting (2 a 0), do Uruguai, em La Paz, nas montanhas da Bolívia.

Falei com o árbitro da Fifa nesta sexta-feira, antes que ele deixasse seus filhos na escola, em Santa Maria, onde mora. Daronco estava feliz. A sua fase é muito boa. 

Como foi a experiência de estrear em jogos fora do Brasil acima dos 3,6 mil metros, altitude tabu no futebol?
Foi estranho. Antes da partida pela Copa Sul-Americana, que foi tranquila, não senti nada. Mas nos 90 minutos, o efeito da altitude bate forte no organismo. Procurei oxigênio e não tinha, não encontrava. Não posso dizer que não sofri os efeitos, porém a arbitragem foi tranquila, sem problemas.

Você buscou conselhos antes da viagem internacional?
Sim, com vários colegas e ex-colegas, gente ligada à Conmebol. Tentei evitar surpresas. Antes, ouvi os mais experientes.

Você usou o espanhol ou o português na hora da comunicação com os jogadores?
O espanhol, sempre, como a Fifa e a Conmebol recomendam. Quando faltava a palavra exata nesse idioma, eu recorria logo ao português. A linguagem do futebol é universal (risos).

Você enfrentou uma maratona nos últimos dias?
Domingo passado, trabalhei em Florianópolis. Saí sábado de Santa Maria. De Floripa, voltei a Porto Alegre e, segunda-feira, peguei outro avião para La Paz. Apitei na terça. Quarta-feira, no final da noite, estava em casa em Santa Maria. Descasei quinta e sexta-feira. Neste sábado, sigo para o Rio de Janeiro, pois trabalho no Maracanã neste domingo. Volto segunda, mas terça já estarei em Minas, já que tenho Cruzeiro e Palmeiras, quarta-feira, pela Copa do Brasil.

Neste ritmo, sobra tempo para treinar?
A minha preparação física é muito boa. Fiz o difícil teste da Fifa no começo do mês. Foi tudo bem. Na atual fase, no oitavo mês do ano, preciso apenas manter meu condicionamento físico. É o que sempre tento fazer nos intervalos das viagens.

Você carrega o escudo da Fifa desde janeiro passado. Como avaliar a sua temporada?
Acredito que superei as expectativas. Das 19 rodadas do Brasileirão, trabalhei em 15. Domingo, faço Flamengo e São Paulo. Depois, Cruzeiro e Palmeiras, mas pela Copa do Brasil. Acho que as escalas falam por mim. Mas o trabalho continua. Árbitro não pode errar.

Bookmark and Share

Comentários (3)

  • Pampeano diz: 22 de agosto de 2015

    Mais um expoente da arbitragem gaúcha!!
    Super novo e com esse os jogadores não levantam a voz, e nem precisava da recomendação de amarelar por reclamação.
    Olha o tamanho do homem!! Quem tem coragem de discordar dele?

  • antonio carlos diz: 22 de agosto de 2015

    excelente arbitro , otima fase sem duvida o melhor do Brasil ,…parabens DARONCO….

  • luizmateus diz: 22 de agosto de 2015

    É um bom árbitro.Um dos melhores do País e o melhor aqui do RS.Muito embora gremista, como dizem, apita sempre com isenção quando apita jogos do Grêmio.É altamente confiável.

Envie seu Comentário