Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Gaúcho do STJD quer acabar com "acordos de cavalheiros" no futebol

26 de agosto de 2015 4
25decio

O advogado Décio Neuhaus (Agência RBS/BD)

Como auditor processante, o advogado gaúcho Décio Neuhaus, membro do Superior Tribunal da Justiça Desportiva (STJD), investiga “os acordos de cavalheiros”, que impedem que jogadores enfrentem seus clubes de origem quando emprestados.

 

Neuhaus ouviu sete jogadores, entre eles o ex-colorado Alexandre Pato, que é do Corinthians, mas está emprestado ao São Paulo. O próximo passo é convocar dirigentes dos principais clubes do Brasil.

Os clubes que aceitam o “acordo de cavalheiros”, hoje ilegal, podem ser multados em até R$ 100 mil.

O SJTD deseja anular os acordos e acabar com essa antiga cultura do futebol brasileiro. Quem não seguir a nova ordem, será punido.

Bookmark and Share

Comentários (4)

  • Benedito diz: 26 de agosto de 2015

    Coisa lamentável. Esse sujeito bem que poderia procurar algo melhor para fazer.
    O pior de tudo é que ainda recebe espaço na imprensa.
    Querer punir um clube por emprestar um jogador para outro é burrice demais.
    Ninguém mais vai emprestar jogador. É melhor deixar o atleta treinando em separado, se não for aproveitado.

  • Eduardo diz: 26 de agosto de 2015

    Que coisa idiota. Tem tanta coisa errada no futebol. CBF e esse STJD e o cara quer se preocupar com isso?

    Tem auditor racista que faz piadas e é amigão do cara aí.

    Alias, sabemos a cor do time e como ele ja trabalhou a favor do seu clube e como trabalha incansavelmente contra o rival.

    STJD serve mais para legitimar injustiças do que qq coisa.

    Qdo o corinthians for punido pelo STJD ele acaba.

  • henrique diz: 26 de agosto de 2015

    Mas então vai ter que para também o empestimo pagando a metade do salario, fica bizarro o clube pagar o salario do jogador e ele vier depois a jogar contra quem lhe paga.

  • Arthur diz: 27 de agosto de 2015

    Tenho apenas uma pergunta: Como ele vai obrigar o treinador de um clube a escalar determinado jogador? Basta no momento do julgamento o treinador informar que foi opção técnica e por isso não escalou determinado jogador. Esse STJD é uma farsa, não serve pra nada. Órgão politico e nada mais, justiça nenhuma ocorre por lá!

Envie seu Comentário