Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Hora de mostrar que não foi seis por meia dúzia

31 de agosto de 2009 8

Márcio Araújo estreia no Figueira para apagar a desconfiança de que nada mudou com a troca de técnico/Flávio Neves

A Série B não tem final, mas o Figueirense joga uma sim senhor nesta terça-feira, em Barueri. Sob pressão, visita a ainda mais pressionada Portuguesa, que nem jogar em casa poderá _ o Canindé foi interditado após o absurdo da semana passada, quando pessoas armadas entraram no vestiário luso após derrota para o Vila Nova.

Ou seja, pressão pouca é bobagem nesse confronto.

De qualquer forma, vencer é uma obrigação para ambos. Aliás, muitas semelhanças além das crises internas. Tanto Figueira quanto a Lusa já estiveram no G-4 e atualmente rondam o grupo do acesso. Na trajetória até aqui, primaram pela inconstância. E ainda estreiam técnicos: os paulistas mais uma vez Vagner Benazzi _ que também já passou pelo alvinegro _ e os catarinenses Márcio Araújo, uma incógnita.

De qualquer forma, naquela velha máxima de que troca de treinador costuma dar um chacoalhão no elenco, o Figueirense precisa mostrar hoje que algo de fato mudou. Muita gente, este blogueiro entre eles, desconfia de um mais do mesmo, o já comentado seis por meia dúzia. Pelo bem das pretensões alvinegras de ainda brigar para retornar à elite, espero queimar a língua nesta terça.

Postado por Rodrigo Braga, da redação

Comentários (8)

  • marco diz: 1 de setembro de 2009

    Braga, achance do figueira subir é esse ano!!! Tá uma baba pra subir, foi esse o erro da diretoria, confiança demais. Achavam que só o vasco traria dificuldades na competição.
    Ano que vem vei ser pior, é fluminense, é botafogo, é nautico, é um monte de canditado de grande porte.

  • marco diz: 1 de setembro de 2009

    Se não ganhar hoje, já pode arrumar as malas e voltar de onde veio!!!!!
    Daí a solulção vai ser chamar o “bena´´
    pra salvar o nossa figueira.
    Albeneir já huahuahuhauahu

  • Everton diz: 31 de agosto de 2009

    De que jeito, se foi mesmo seis por meia dúzia. Pro Figueira a melhor coisa que podia acontecer era 2009 acabar logo. que ano!

  • Bruno diz: 31 de agosto de 2009

    como vão analizar um técnico que teve 1 ou 2 treinos para escalar um time?
    se perder ou ganhar da lusa não vai ser por causa do tecnico.
    esperem pelo menos o próximo jogo para falar mal ou elogiar.

  • Cadu diz: 31 de agosto de 2009

    Vamos lá, Figueira, chegou a hora da reação. Técnico novo, vida nova. Vais mesmo queimar a língua, meu querido.

  • Gustavo S. diz: 31 de agosto de 2009

    Se ele formar um time titular ja é lucro!E vai queimar sm!

  • Ademir diz: 1 de setembro de 2009

    Tá na horas destes Homens mostrarem que a queda para a série B foi um acidente em 2008. Para isso acontecer, a diretoria, comissão técnica e jogadores precisam estar sintonizados na mesma faixa.
    A torcida esta fazendo a sua parte, tomara que os comentarista queimem suas linguas.

  • Rennan diz: 31 de agosto de 2009

    Vou deixar minha paixão clubística de lado (sou Avaiano)e reconhecer que o Figueirense tem, sim, um elenco capaz de ficar no G4. E isso não é mérito da qualificação técnica dos atletas ou da atuação da diretoria. O fato é que há tempos não se via uma série B de tão baixo nível! Agora, vamos combinar uma coisa: Esse Roberto Fernandes é muito ruim! Um alento ao pessoal do Estreito é que o Márcio Araújo fez um bom trabalho no Barueri, o que o credencia a fazer uma boa campanha pelo Figueirense…

Envie seu Comentário