Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Returno começa com novidades

28 de fevereiro de 2010 1

Sim, o returno do Catarinense cmeçou com alguns fatos novos. Em relação aos clubes, nada de muito surpeendente. O Avaí venceu o Brusque, o Metrô afundou o Juventus, empates em Chapecó, Ibirama e Criciúma.

De novo mesmo, o primeiro 0 a 0 do campeonato. Os autores da proeza foram Chapecoense e Atlético de Ibirama. Jogo equilibrado e ruim (se bem que o Verdão do Oeste esteve mais perto de marcar), ficou a impressão que ambos precisarão melhorar bastante. Mas a situação do time de Suca é bem mais preocupante.

Outra: nenhum mandante venceu na rodada. Fato raro até aqui. Quem chegou mais perto disso foi o Criciúma, mas o Tigre deu um tremendo vacilo e, mesmo com um a mais em campo, permitiu o empate do mistão do JEC aos 44 da etapa final. O tricolor está tranquilo, já o time do Sul já viu que vai sofrer até o fim para buscar alguma coisa no Estadual, nem que seja apenas fugir da degola.

Rebaixamento que começa a ficar mais próximo de Juventus e Brusque. O time do Vale nem está na zona dos que cairiam hoje (tem uma vitória a mais que a Chapecoense), mas apresenta todos os sinais de candidato a uma vaga na Divisão Especial do ano que vem. Neste domingo, bateu uma barbaridade e foi presa fácil para o Avaí no Augusto Bauer. 2 a 0 mole, com outra boa atuação do meia Sávio (marcou o primeiro dele no Estadual). Será que o veterano vai enfim começar a mostrar a que veio? Parece que sim. Batista também voltou, após uma passagem discreta pelo Botafogo no ano passado, e deixou o dele. O Leão vai brigar na parte de cima. O Brusque, na de baixo. E Viola, que nem jogou após voltar das férias nos EUA, já viu a lua-de-mel com a torcida terminar. Agora, é o casamento com o clube que parece estar por um fio. Previsível, até.

Em Jaraguá do Sul, vitória importantíssima do Metropolitano. Fazer 3 pontos no virtual rebaixado Juventus é obrigação de quem quer alguma coisa neste returno. Só que o 4 a 2 ilude um pouco quem observa apenas o placar. O time blumenauense não jogou bem, abusou do direito de errar e de perder gols, e só não foi castigado porque o Juventus é muito, mas muito ruim. O Metrô abriu 2 a 0 de cara, dando pinta de que golearia, mas bobeou e deixou o adversário empatar em dois lances seguidos, ainda na primeira etapa. No 2º tempo, um daqueles lances que sempre deixarão dúvida: Ramon, a promessa grená que já tem pré-contrato com o time de Blumenau para depois do Estadual, despediçou pênalti e a chance da virada. No fim, um gol contra e outro do Nequinha (isso mesmo!) definiram o placar. Olhando só o resultado, foi ótimo para o Verdão, pois como joga 5 em casa (onde tem 100% de aproveitamento) no returno, tem tudo para ir às semifinais outra vez. Isso na teoria, porque na prática o time precisará melhorar muito, pois nem todo mundo, ou provavelmente ninguém, dará a mleza que o Juventus deu.

E o Figueirense? Bom, jogar em Imbituba é complicado, mas o alvinegro decepcionou quem achava que no returno tudo seria diferente. Continua devendo ao torcedor.

Comentários (1)

  • fiedler diz: 1 de março de 2010

    Mesmo com o empate em Chapecó o Atletico ainda não conseguiu fazer uma partida boa…Não sei mas acho que estão escalando o time praticamente só com defensores , por isto leva sufoco o jogo inteiro…Saudações Atléticanas…

Envie seu Comentário