Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts do dia 1 novembro 2010

Agora sim, Cristiano Ronaldo

01 de novembro de 2010 10

Achei que nunca, jamais, emtempo algum, escreveria algo do tipo.

Mas estou surpreso, e quando reconheço uma injustiça, sou o primeiro a repará-la.

Neste domingo pela manhã assisti a uma entrevista do luso Cristiano Ronaldo ao repórter Pedro Bassan no Programa Esporte Espetacular, da Rede Globo. E mudei muito a imagem que eu tinha do gajo.

Primeiro, o futebol, pra mim o mais importante. Já cansei de dizer aqui que achava Cristiano Ronaldo simplesmente um firulento. Isso já foi justo, atualmente não é. Ele está jogando demais no Real Madrid, agora sim, por exemplo, seria merecedor se indicado ao título de melhor do mundo, e não quando ganhou, em 2008. Futebol objetivo, rumo ao gol sempre. Aliás, tem feito eles aos montes, de todo jeito. É claro que faz as firulas dele, mas pergunte ao torcedor do Real, com o caminhão de gols que o gajo marca, se está preocupado com isso? No futebol, Cristiano Ronaldo vive seu melhor momento na carreira. E com perspectiva de subir mais e mais. Falta ainda algo pra botar no currículo com a camisa de Portugal, é verdade, mas também ele não tem culpa se o resto do time não ajuda.

Agora, o pessoal. O cara é um pavão. Na Copa, a única imagem que deixou foi a das milhares de vezes em que se olhou nos telões dos estádios sul-africanos, para ajeitar o cabelo ou simplesmente se admirar. Além disso, o cara usa roupas estravagantes, pinta as unhas, dá margem pra que o mundo machista do futebol fale um monte de bobagens. E sabe o que ele pensa disso? “Tô nem aí” disse, em bom português brasileiro. Parabéns! Independente do que eu ou as pessoas em geral ache ou deixe de achar, ele gosta, é feliz assim e, principalmente, se garante, não dá bola pro mundo. Admiro isso e nessa virei fã do cara. Muita gente deveria seguir o exemplo. Gosta? Então faz e pronto. Dane-se o que pensam os outros.

E no quesito futilidade, o cara tem um currículo de mulherada de fazer inveja à porção masculina do planeta. Portanto, nada mais a declarar.

O veredito desse humilde blogueiro sobre Cristiano Ronaldo agora é: não é o supercraque que muitos acreditam, mas é sem dúvida um jogador excepcional, acima da média, e que ainda tem muito para crescer. E, como pessoa, é polêmico nas atitudes, mas é feliz do jeito que escolheu e não dá a mínima para o que os outros pensam sobre isso.

Ou seja, um grande cara.

Ainda não viu a entrevista exclusiva do luso ao EE? Então confere aqui no site do Globoesporte.com:

http://globoesporte.globo.com/programas/esporte-espetacular/noticia/2010/10/cristiano-ronaldo-fala-sobre-vaidade-criticas-kaka-real-madrid-e-brasil.html