Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Figueira vence 1ª decisão do Catarinense

13 de fevereiro de 2011 12

Vou ser breve no resumo da rodada:

Com a definição, o Figueirense foi o grande vencedor da rodada decisiva, neste domingo. Em casa, goleou o Imbituba por 4 a 1 e contou com as bobeadas de Criciúma e Joinville pra terminar a fase de classificação com a melhor campanha. Agora, dois empates, em casa, o primeiro contra o próprio JEC, darão o título do turno e a vaga na final ao alvinegro.

O Criciúma vacilou em Itajaí, acabou mantendo a sina de não ir bem longe do Heriberto Hülse. O Marcílio fez valer o fator casa, voltou a atuar bem e mereceu o 3 a 2 que deixa o time longe da zona de risco e na briga pela Série D. Num Estadual tão complicado, não tivesse começado titubeando poderia ter ficado com uma das vagas na semifinal. Já o Tigre ao menos conseguiu manter na semifinal a vantagem de jogar em casa (onde é 100%), contra a Chapecoense.

Chapecoense que num confronto direto não deu chances ao Brusque, na Arena Condá. Um gol aos 30 segundos resolveu o jogo, depois disso o Verdão mandou no jogo e venceu de forma justa por 3 a 1. Vai brigar com o Tigre pela vaga na final. Já o Brusque, no fim das contas, deixou a desejar neste turno. Vacilou demais em jogos ganhos e com isso acabou ficando de fora. Pelo investimento, ficou abaixo do esperado e não me surpreenderia se houver mudanças no clube nessa parada até o returno.

E o Joinville? Na Arena, tomou um chocolate histórico do Metropolitano. Por incrível que pareça, o 4 a 1 ficou barato para o tricolor, dominado do começo ao fim. O time blumenauense deu uma resposta clara a quem queria derrubar o técnico Joceli dos Santos: quer ele no comando, e ponto final. O time foi muito bem, mostrou força e com os reforços que já estão chegando e com tempo e tranquilidade para trabalhar, pode sonhar com coisa melhor no returno, que será bem mais forte tecnicamente. E o Joinville precisa melhorar, sem dúvida. Vai encarar o Figueira no Scarpelli valendo vaga na final, e em jogo único pode acontecer de tudo. Mas a atuação apagada do tricolor neste domingo sem dúvida deixa a torcida preocupada.

Sábado, o Avaí venceu no apagar das luzes (e ela apagou bastante) o Concórdia, num jogo maluco no Meio-Oeste. Enfim, saiu da zona de rebaixamento, e agora apaga tudo pro Leão. É começar do zero no returno, quando só lhe resta ser campeão para se manter vivo pelo sonho do tricampeonato.


Comentários (12)

  • Gleizer diz: 13 de fevereiro de 2011

    Ja falei em comentarios anteriores…com essa ZAGA e GOLEIROS fica complicado… Manda essa zaga F.d.P…e goleiros pra PQP !!!!!!!! Abraços

  • glaiton santos diz: 13 de fevereiro de 2011

    Conclusão, contra Figueira e bva todo mundo quer jogar…

  • Edemilson diz: 13 de fevereiro de 2011

    Infelizmente parece que o FFC vai levar o turno com “pés nas costas”, só um desastre parece tirar o titulo do turno do Scarpelli. Acredito que o Tigre e o JEC perderam a única chance que tinham de tirar o titulo do FFC ao perderem seus jogos hoje, pois perderam tbém a chance de levar uma possível decisão com FFC para os seus dominios e com a vantagem do empate. Bobearam feio! Já o Avaí depois da atrapalhada(de sempre) de sua diretoria e a arrogância de alguns jogadores(falam mais que jogam) terá q melhorar muito para tentar ganhar o returno e mesmo assim dificilmente decidirá o titulo em casa(caso chegue a final do campeonato) o que é uma grande desvantagem. E tudo indica que o Benazzi pagará o pato.
    Porém como no futebol tudo é possível, quem sabe ainda tenhamos alguma surpresa até o final do campeonato(Vamos torcer para isso!).

  • Fabricio Joaquim diz: 14 de fevereiro de 2011

    Nobre Braga,

    Essa goleada na ARENA nem teve esforço do Metropolitano. O próprio Joinville foi quem entregou todos os gols RIDÍCULOS: duas falhas inacreditáveis do goleiro e dois gols contra. Tudo bem que 4 x 1 é um chocolate como você disse, mas acontecer isso tudo numa única partida? Realmente INCRÍVEL! Contra o Figueirense no primeiro turno, o JEC também cometeu falhas grotescas e perdeu por 4 x 0. E agora? O raio caiu duas vezes no mesmo lugar. O que fazer com essa zaga e esses goleiros? Nos últimos anos, o time do JEC não encontrou mais bons goleiros como antigamente. E a zaga então? Sem comentários!

    Forte abraço e torcemos para o JEC não tomar outra goleada no Scarpelli.

  • Criciuma SC diz: 14 de fevereiro de 2011

    não se esqueçam q o figueira é bi-vice em nacionais!!!

  • Sandrão – JOINVILLE diz: 14 de fevereiro de 2011

    E bota torcida preocupada nisso !!!!!!!!

    Foi horrível o comportamento do time aqui na Arena… sofrível.

    E agora a pergunta:

    Jogar recuado ou jogar aberto contra o Figueira em Floripa????? Complicado de um jeito ou de outro, pra quem precisa ir lá e ganhar o jogo.

  • Paulo Santos diz: 14 de fevereiro de 2011

    É dificil concordar com opinião de avaianos, pois normalmente eles superdimensionam os aspectos positivos do clube. Essa empáfia começa a despertar uma antipatia generalizada no estado contra o clube, que se acha o maior, sem qualquer justificativa para isso. Mas concordo com o cometário do Edemilson: alguns jogadores do Avai falam mais do que jogam. Acrescento ainda: a diretoria também fala demais e faz de menos, dando um passo para a frente e dois para trás, jogando muito para a mídia. Uma hora era a ampliação da ressacada pçara 40 mil pessoas (para que? se a média do Avai não dá 5 mil pessoas!). Outra hora era a construção de hotel e outras utopias, para um clube que é o mais individado do estado, com um passivo de mais de 15 milhões. Enquanto isso no outro lado da ponte, tudo é alegrias…..

  • Edson diz: 14 de fevereiro de 2011

    Olha Braga, O JEC nao jogou nada, mas nao da para admitir os 4 gols que o JEC tomou…o Goleiro MAX, tem que pendurar as chuteiras, um goleiro com a historia que ele tem no Botafogo e em outros times, nao pode tomar os gols que ele levou, um deles ate foi admissivel (aquele contra) as os outros tres foram verdadeiros frangos. Alias o JEC ta pagando o preço por nao ter um bom goleiro.

  • Alecsandro diz: 14 de fevereiro de 2011

    Os Criciusmenses estão esquecendo que eles tem um jogo ainda a jogar para chegaram a final, cuidado!!, não tá morto quem peleia indiarada, a historia mostra isso.

  • Fabricio Cco diz: 14 de fevereiro de 2011

    Sei que é um assunto ja muito batido inclusive neste blog, mas gostaria de lembrar a arbitragem ridicula do juiz que apitou aqui em Chapeco, Rodrigo D’Alonso, Simplesmente prejudicou as duas equipes, se a renovação da arbitragem catarinense depender de arbitros como ele, Jefersom Schimidt, Jose Acacio, Celio Amorim vao ser sempre primeira linha em SC.

    Do blogueiro: Interessante seu relato, Fabrício, pois foi o primeiro dessa rodada. Achava que tínhamos passado por uma rodada com atuações impecáveis da arbitragem, mas pelo jeito não foi bem assim. No jogo que vi, JEC x Metropolitano, Jefferson Schmidt foi muito bem. Mas sabemos que rodadas como essas, com poucos erros, infelizmente são exceções, a renovação do quedro é necessária. Abraço

  • Jean diz: 14 de fevereiro de 2011

    Certas horas do jogo Jec X Metropolitano parecia que estava assistindo a um jogo do extinto Tabajara FC. E o pior é que isso não é uma piada. O Joinville está com uma zaga de time amador. Eu sentiria vergonha demais para me chamar de “profissional” e fazer certas lambanças, aliás, tive conciência de que o futebol não era pra mim, e decidi fazer outra coisa da minha vida, diferente de muitos que estão ai no Jec. Só espero que não acabe sobrando para o técnico. Existem coisas que são inexplicáveis.

  • Blog Nação Rubro-Anil diz: 14 de fevereiro de 2011

    O time ruim do Marcílio terminou em 5º, 3 pontos atrás do líder e com a mesma pontuação do 4º colocado e na frente dos considerados do mesmo nível. Vocês queiram ou não o Marcílio Dias representa tradição.

Envie seu Comentário