Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Saiu a tabela da Copa SC 2011

28 de março de 2011 21

A Federação Catarinense de Futebol (FCF) divulgou nesta segunda-feira a tabela de jogos e o regulamento da Copa Santa Catarina deste ano.

O torneio, bem esvaziado por não dar ao campeão vaga na Copa do Brasil, como em 2010, terá a participação de apenas seis times: Brusque, Chapecoense, Concórdia, Joinville, Marcílio Dias e Metropolitano. A Copinha começará dia 22 de maio e tem previsão de término para 10 de julho.

Conforme o regulamento, o torneio será dividido em três fases. Na primeira, os times se enfrentam em tuno único e o que somar mais pontos será considerado o campeão. Na segunda, as equipes voltam a se enfrentar com mandos invertidos e a que somar mais pontos fatura o returno. Os campeões de casa fase se enfrentam na decisão, com jogos de ida e volta.

Se um mesmo time faturar os dois turnos, classifica-se para a decisão o melhor colocado no índice técnico. Mais uma vez, o torneio servirá para definir o time que ficará com a segunda vaga catarinense na disputa da Série D do Brasileiro do próximo ano. Caso o campeão seja uma equipe que já está disputando quaisquer uma das divisões nacionais, a vaga fica com o melhor colocado subsequente.

Confira a tabela completa dos jogos da Copa SC 2011

Comentários (21)

  • Flávio diz: 28 de março de 2011

    Escutei que o Brusque não disputaria a Copinha! Pois soh gera dispesas. E até por isso a Copinha não daria direito a Serie D, pois o numero minimo na copinha pra dar a vaga a serie D seria de 6 clubes!! Vale a penar se informa com o Rodrigo Santos, pois se não me falhe a memoria até na transmissao do jogo domingo foi falado isso! Que os clubes tem que bancar arbitros, bolas e gastar com viagem. Soh dispesas e premiação nenhuma!

  • Geraldo Florentino diz: 28 de março de 2011

    O que leva um clube a se sujeitar a disputar a Copa SC? A Federação não tem mesmo o mínimo respeito por seus afiliados.

  • Fabio – Candoi-PR diz: 29 de março de 2011

    Braga, os regionais estão falidos. Os grandes clubes não querem jogar os estaduais. A dupla de Fpolis já entedeu que concentrar forças no Brasileirão é preciso. E digo mais é o que mantem o clube firme e forte financeiramente. Atrai bons patrocinadores, socios e a economia da cidade aumenta com turismo. Já o Catarinense não atrai mais o grande publico. Pois apenas os socios se disponibilizam ir aos jogos. O Classico é o unico produto atraente do estadual. Mas ai vc vai dizer: mais o Criciuma ou a Chapecoense podem ser campeões. E daí, o Santo Andre foi Vice campeão paulista ano passado e rebaixado no Brasileirão serie B. Perdeu financeiramente o ano. O São Paulo se planeja pra estar na libertadores. Já o Avai FC se planeja pra estar sempre entre os 16 da sewrie A todos os anos.

  • Alexsandro diz: 29 de março de 2011

    Me desculpe, mas torneio que não dá vaga para nada é o fim. O clube não acessa nada mais elevado sendo campeão. O estatudo do torcedor não diz que um campeonato deve ter pelos menos dois anos o mesmo regulamento, como então o da divisão principal em 2010 dava 1 vaga a Copa do Brasil e esse ano duas. E a Copa SC em 2010 dava uma e esse ano nada. Resposta: Avai, Figueirense, Criciuma e Joinville contrataram alguém, levaram uma mala preta até Balneário Cambúriu e deixaram na mesa de alguém que acha que pode mudar tudo e que é dono do futebol de SC.

  • Eduardo M diz: 29 de março de 2011

    Braga ,

    Acompanhando de longe , vejo o Avai muito irregular nesse começo de temporada. Teremos um pouco mais de 50 dias , o começo de um brasileirão que será o mais dificil da era dos pontos corridos , não tenha dúvidas disso. Basta ver os times que estão sendo formados.

    Como a imprensa de SC está interpretando esse começo de ano ( na verdade , já não é mais um começo de ano , o primeiro trimestre já foi…) do Avai ?

    Do blogueiro: Com desconfiança e preocupação, sem dúvida

  • Eduardo M diz: 29 de março de 2011

    Por falar em brasileirão , vejo o Vasco se armando bem para a disputa. O Roberto confirmou a volta do Juninho Pernambucano para a disputa do brasileiro. O time passa a ter uma enorme variedade de opções do meio para frente , com Bernardo , Diego Souza , Eder Luis , Alecssandro , Felipe , Juninho Pernambucano , Jefferson , Leandro e Elton.

    Sem duvidas , será um brasileirão muito dificil…

  • Eldio Venancio diz: 29 de março de 2011

    Braga,

    Na preguiça de criar um bom regulamento pegaram o do estadual e fizeram alguns ajustes. O time é o melhor dos dois turnos(Ganhando em casa e fora) mesmo assim precisa provar para o segundo melhor(Fazer a final). Até a copa interligas daki da região de Florianópolis tá mais prestigiada que esta copinha. Tá na hora de criar um fato novo. COPA COM 6 TIMES É UM ABSURDO. Tá mais pra torneio. Convidar os time amadores, conseguir o patrocinio de alguma empresa “grande” de SC ou se não pode fechar a conta e passar a régua.

    Abç.

  • Braz dos Santos diz: 29 de março de 2011

    Está na hoa de a Federação Catarinense de Futebol ser mais criativa e tornar mais atraentes os torneios que patrocina. Se for verdade o que o Flávio diz, que o Brusque não vai participar, e que para se classificar para a série D há a necessidade da participação de seis clubes, acabou-se a Copinha. RIDÍCULO!!!

  • Rafael diz: 29 de março de 2011

    O JEC participa apenas para tentar ganhar algum título.. mas ultimamente até da Copinha ele tem sido o cavalo paraguaio.

  • emerson diz: 29 de março de 2011

    Vi uma ideia bacana no blog do Caxias de Joinville, caro Braga. Já que essa é uma competição esvaziada, não seria interessante que equipes da segundona também pudessem participar da competição, para pegar ritmo para a segundona? Já que o nível técnico é baixo mesmo, por que não liberar espaço para outras equipes que tenham interesse em participar e transformar essa competição realmente numa copa? Do jeito como é disputada atualmente, não se pode chamar de copa. Acho que só não fazem isso por causa da vaga na série D, a FCF não quer correr o risco de ver a vaga na série D ir para um time da Segunda Divisão.

  • Carlos Pelotense diz: 29 de março de 2011

    Boa tarde.
    Braga, se Avaí/Figueirense disputassem o campeonato gaúcho, seriam considerados grandes ou pequenos?

    Pelotas, RS 29/03/11.

  • Kruger diz: 29 de março de 2011

    Tem um cara alí que não sabe se torce pro Avaí ou pro Vasco, mas ao menos neste espaço deveria limitar-se a comentar sobre o seu time em SC, afinal é isso que o blogueiro propõe no post “Saiu a tabela da Copa SC 2011″ não é mesmo?

    Falando sobre o que interessa, a copinha é atraente em certo aspecto: para clubes que jogarão as Séries C (como Joinville e Chapecoense) e D (como Brusque) o torneio é interessante, pois prepara os mesmos em nível de competição para o brasileiro.

    No ano de 2010 a copinha foi benéfica à Criciuma e Chapecoense que acabaram se classificando em 1º e 2º na primeira fase.

    Porém em 2011, times como Avaí, Figueirense e Criciuma perdem o interesse, pois possuem um calendário de futebol o ano inteiro (Série A e Série B começam bem antes da Séries C e D).

    E se o Campeonato Estadual deveria servir para Criciuma, Figueirense e Avai se prepararem para o brasileiro, nota-se que alguns não vem aproveitando a oportunidade.

    abs

  • emerson diz: 29 de março de 2011

    Carlos Pelotense, mas tu também é cruel, tu pega como exemplo dois clubes pequenos de Santa Catarina. Tu devias pegar os dois maiores, JEC e Criciuma. Eles ficariam em terceiro e quarto no gauchão, atrás da dupla Gre-Nal, e anos-luz à frente desses timecos de Pelotas.

  • Carlos Pelotense diz: 29 de março de 2011

    Caro barriga-verde, Emerson.
    Os “timecos” de Pelotas já tiveram sua fase de ouro, assim como Jec e Criciúma. Te lembras do ano de 1985? BRASIL 2 X 0 FLAMENGO, em pleno estádio Bento Freitas. Era um baita time e encarava os bicho-papões do país, de igual pra igual.
    Jec e Criciúma já vagam por muito tempo no “submundo” futebolístico e atualmente ando perplexo de ver a dupla da capital habitando a elite nacional. Aliás, por quanto tempo?

    Pelotas, RS 29/03/11.

  • Flávio diz: 29 de março de 2011

    Kruger! A copinha pode ser boa em partes para alguns clubes! pois os mesmo correm risco de terem jogadores contundidos gravemente, e ficarem de fora da primeira fase do Brasileiros da serie C e D, e asim o clube ja entraria desfalcado de algum jogador importante, depois teria os gastos com a arbitragem, bolas e viagens, coisa que a federação não banca, tudo isso a troco de que? Para um time como o Brusque e o Jec que estão disputanto as series C e D, mais vale faz uma amistoso e treinar bem sem tantos risco e com poucos gastos do que jogar um campeonato que não leva a lugar nenhum e nao da nada!

  • Flávio diz: 29 de março de 2011

    Brusque confirmo presença na copinha!! creio eu que peso o fato de ter vendido o socio torcedor dizendo que disputaria 4 campeonatos no ano e futebol o ano inteiro em 2011. Carater da diretoria peso creio eu!

  • Kruger diz: 30 de março de 2011

    Flavio

    Concordo em parte com você. Os gastos realmente devem ser considerados, mas penso que a Copa SC tem sim alguma importância em termos de competitividade.

    Você pode fazer amistosos, não ser tão afoito nas divididas, poupar jogadores para evitar lesões, mas será que estes amistosos irão revelar as reais características do time, bem como suas falhas defensivas em uma competição de verdade?

    Aqui no estado temos exemplo. Antes do Catarinense, o Avaí foi a Porto Alegre e venceu o Grêmio. Foi o suficiente para esconder as reais falhas do time, refletindo-se em discursos incríveis da comissão técnica: “Se ganhou do Grêmio, não vai ganhar do Criciuma?” – Quem lembra dessa?

    Outro exemplo é o próprio campeonato da Série C de 2010. Os gaúchos Brasil, Caxias e Juventude fizeram amistosos e não passaram da 1ª fase, o Juventude até caiu pra Série D. Já os catarinenses Criciuma e Chapecoense, que disputaram a Copa SC, classificaram-se.

    Na Série D, Metropolitano e Joinville até que foram bem, ao menos nas fases de grupos, classificando-se. Já os gaúchos ficaram de fora.

    Resumindo, a Copa SC pode não valer nada, mas ainda sim serve como um torneio preparatório para as Séries C e D.

  • Fabricio Cco diz: 30 de março de 2011

    Brasil de Pelotas é muito forte mesmo, a maior façanha deles foi essa ai que o pelotense falou quando o Sarney nem presidente do Brasil tinha sido, e só, ha muito tempo eles habitam a segunda divisao do futebol gaucho, sem perspectivas de um futuro melhor. Quanto ao Pelotas esse ai sim é forte tem Sandro Sotilli, Eduardo Ere, Joao Rodrigo e Gaviao no elenco, mata a pau em brasileiros esse ano nem vaga pra D tem, se bem que ate é bom, porque ano passado levaram pau ate do Metropolitano. Nao sei como seria a dupla da capital noRS, acho que seria mais ou menos como é aqui, ganham alguma coisa mas levam bastante ferro, ja a dupla de Pelotas em SC seria mais um Marcilio Dias;

  • Kruger diz: 30 de março de 2011

    Não sei o que esse torcedor de Pelotas vem fazer aqui. Até parece que encontrou um catarinense no armário da esposa e ficou com raivinha.

    Cara, o Pelotas é um time bem pequeno até no RS. Não fede, não cheira, nunca ganha nada. O Brasil de Pelotas pior ainda, nem da segunda divisão do estadual consegue sair, o estádio é um verdadeiro lixo (tive lá em 2010).
    São times falidos, sem nenhuma estrutura. Se disputassem o catarinense seriam os bônus do campeonato.

    O cara é de Pelotas e se paga pra dupla da capital de lá, gozando com o pau dos outros (desculpe a expressão Braga). Ninguém nega que Gremio e Inter são grandes forças do futebol, mas lá no RS só tem isso.

    O único que prestava além dos 2 era o Juventude, mas hoje é mais um timeco de Série D que até pra ganhar em casa dos pequenos tem dificuldade. O Caxias faz um barulhinho no estadual mas em brasileiros é mais um timeco de Série C.

    SC tem 2 times na Série A – Avaí e Figueirense
    RS tem 2 times na Série A – Inter e Gremio

    SC tem 1 time na Série B – Criciuma
    RS não tem nenhum

    SC tem 2 times na Série C – Joinville e Chapecoense
    RS tem 2 times na Série C – Brasil e Caxias

    Série D nem se comenta, pois os times precisam conseguir vaga no estadual.

    O futebol do RS está falido e totalmente dependente dos times da capital. Os estádios do interior do RS estão às moscas.

    Já em SC o futebol está em ascensão. Em 2010 tivemos 3 acessos (Figueirense, Criciuma, Joinville) enquanto que no RS apenas rebaixamentos (Juventude caiu pra Série D e ninguém mais caiu porque não tinha de onde cair.)

    Pelotense, te liga cara, o teu estado só tem 2 times e vcs do interior vivem pagando pau pra eles porque se depender de times como Pelotas ou Brasil nunca vão comemorar nada.

    Agora volta pra baitolândia e não encha mais o nosso saco.

  • Carlos Pelotense diz: 30 de março de 2011

    Braga, boa noite.
    Meu Deus! Quanta revolta desses barrigas-verde Fabrício/Kruger. Será que estão na T.P.M? Sei que quando se toca nessa ferida da insignificância desses clubes locais, no cenário nacional, essa gente de catarina perde a racionalidade. Os times do interior gaúcho também estão assim e nem por isso nos rebelamos, pois sabemos que temos estrutura e potencial pra reverter este quadro à curto/médio prazo. E os clubes daí, tem? Abraços calorosos.

    Pelotas, RS 30/03/11.

  • Kruger diz: 31 de março de 2011

    Carlos Pelotense,

    Quando não se tem argumentos, é mais fácil ficar de “mimimi” né?
    Toquei na ferida?? Ahhh desculpa.

    Cara, você vem aqui desdenhar do futebol catarinense num blog destinado à torcedores catarinenses e vai querer o quê?

    Te enxerga cara, vai lá comentar o futebol gayucho nos blogs da tua terra.

    Se tu paga pau pra capital, se tu torce pro “super time” brasil de pelotas, ninguém que posta aqui tá interessado em saber. Cada macaco no seu galho, não sei o que tu quer com os catarinas já que tens no teu estado um futebol invejável (segundo a sua opinião).

    Vai pra lá, aqui é ruim, não presta. Lá no RS que é bom? Então vai bixo, esquece os catarinas.

    Quem sabe seja mais interessante você voltar no dia dos pais.

Envie seu Comentário