Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts de março 2011

Catarinense 2011: quem vai? E quem cai?

31 de março de 2011 24

Chegamos à reta final do Catarinense 2011. Domingo, a antepenúltima rodada do returno, que já começa a definir quem segue adiante na briga pelo título e quem vai amargar o rebaixamento para a Divisão Especial em 2012.

Vocês aí tem palpites? Quem serão os quatro semifinalistas do returno? Arriscam uma ordem de classificação?

E na parte de baixo da tabela, quem vai cair?

As versões impressas do Jornal de Santa Catarina e do Diário Catarinense dessa quinta-feira trazem as contas do matemático Valmir Medeiros nas duas pontas da tabela. Para ajudar os leitores do blog nos seus palpites, reproduzo aqui os percentuais calculados por ele.

No rebaixamento, ele não leva em consideração por enquanto a possibilidade do Imbituba perder quatro pontos por escalação irregular do zagueiro Vitor Hugo contra o Criciúma, o que deve ser julgado na próxima terça-feira, dia 5. Dos times aqui do Vale, Metropolitano (42%) e Marcílio Dias (9%) ainda correm risco. O Brusque já escapou, e de quebra ainda tem chance de ir às semifinais do returno.

Por falar nas semifinais, A Chapecoense já está praticamente lá, confirmará a vaga se vencer o Marcílio, domingo, na Arena. As outras três vagas estão em disputa por seis times, contando inclusive o Concórdia, que faz um belo returno.

Há ainda a questão da vaga na Série D do Brasileiro em jogo. E ela já pode ser praticamente definida nesta domingo. Se o Metropolitano vencer o Imbituba, fora de casa, e, principalmente, se o Brusque bater o Concórdia no Augusto Bauer, a vaga no Brasileiro da Série D ficará muito perto do Metrô. Isso porque dessa forma o Brusque dificilmente seria ultrapassado pelos adversários nas últimas rodadas e ficaria com a vaga do Estadual, cedendo a que tem direito como campeão da Copa Santa Catarina de 2010 ao Metropolitano, melhor classificado naquele torneio entre os que disputam a vaga.

E o Avaí bateu no bêbado...

31 de março de 2011 9

Teve quem achou que soaria falta de respeito ao Ipatinga dizer que o Avaí tinha obrigação de vencer, e bem, nesta quarta na Ressacada (leia o post anterior aqui). Mimimi à parte, em campo confirmou-se tudo. O time mineiro era fraco demais, feio até o Leão não ter o despachado já no jogo de ida.

Até levou susto e saiu perdendo, mas aí botou a bola no chão e construiu a goleada de 4 a 1. Grande atuação de Rafael Coelho, três gols e outras tantas chances. Ou seja, o Leão fez a obrigação, bateu no bêbado.

Agora é que a Copa do Brasil começa pra valer, nas oitavas de final. Provavelmente o time catarinense terá pela frente o Botafogo, que no jogo de ida fez 2 a 1 no Paraná em Curitiba. Pedreira.

E a goleada também dá ânimo ao Leão para o clássico de domingo, na mesma Ressacada, decisivo demais para as pretensões no Catarinense. Feita a obrigação na Copa do Brasil, agora é clássico.

Avaí precisa bater no bêbado hoje

30 de março de 2011 27

No futebol há uma expressão bem conhecida usada quando um time é bem superior ao adversário:

“Se bater, bateu em bêbado. Se apanhar, apanhou do bêbado”.

Resume bem a tarefa do Avaí esta noite, pela Copa do Brasil. O bêbado, no caso, é o Ipatinga, lanterna do Campeonato Mineiro, que com muita boa vontade tem 3 times bons. Se ganhar na Ressacada, fez a obrigação. Se tropeçar, o estrago será enorme.

Por isso a importância de o Avaí vencer e convencer. Jogando bem, ganhando com autoridade para avançar às oitavas de final, que é quando de fato começa a Copa do Brasil. Se conseguir “espancar” o bebum, apaga um pouco o vexame de domingo na Arena e ganha forças para o clássico de domingo, na mesma Ressacada.

O Leão avança até com um 0 a 0 (primeiro jogo em Minas foi 1 a 1). Mas isso seria terrível, certamente vaias estrondosas seriam ouvidas no estádio. Por isso a importância de vencer bem. Não só por hoje, pelo que vem adiante.

Não custa nada aproveitar a oportunidade que o bêbado… digo, o Ipatinga, está dando.

Saiu a tabela da Copa SC 2011

28 de março de 2011 21

A Federação Catarinense de Futebol (FCF) divulgou nesta segunda-feira a tabela de jogos e o regulamento da Copa Santa Catarina deste ano.

O torneio, bem esvaziado por não dar ao campeão vaga na Copa do Brasil, como em 2010, terá a participação de apenas seis times: Brusque, Chapecoense, Concórdia, Joinville, Marcílio Dias e Metropolitano. A Copinha começará dia 22 de maio e tem previsão de término para 10 de julho.

Conforme o regulamento, o torneio será dividido em três fases. Na primeira, os times se enfrentam em tuno único e o que somar mais pontos será considerado o campeão. Na segunda, as equipes voltam a se enfrentar com mandos invertidos e a que somar mais pontos fatura o returno. Os campeões de casa fase se enfrentam na decisão, com jogos de ida e volta.

Se um mesmo time faturar os dois turnos, classifica-se para a decisão o melhor colocado no índice técnico. Mais uma vez, o torneio servirá para definir o time que ficará com a segunda vaga catarinense na disputa da Série D do Brasileiro do próximo ano. Caso o campeão seja uma equipe que já está disputando quaisquer uma das divisões nacionais, a vaga fica com o melhor colocado subsequente.

Confira a tabela completa dos jogos da Copa SC 2011

JEC brilha na rodada do Catarinense

27 de março de 2011 21

Não dá pra não eleger o Joinville o “vencedor” da sexta rodada do returno do Catarinense 2011. Campeão dos altos e baixos no Estadual, neste domingo o tricolor abafou a crise de relacionamento no elenco em grande estilo, patrolando o Avaí por 4 a 0 na Arena. Lima e Ramón, que trocaram farpas durante a semana, fizeram as pazes dentro de campo (o que é o importante para o clube) e foram decisivos.

O JEC ressurge na briga pelo returno, mas precisa acabar de vez com a instabilidade. Se conseguir, vai dar trabalho. Já o Avaí… Não viu a cor da bola ontem. Podia ter saído na frente até, mas Marquinhos mais uma vez desperdiçou o pênalti. A partir daí, o time foi apático em campo. Tem agora que arrumar a casa porque tem pela frente decisão na Copa do Brasil e clássico com o Figueirense, os dois na Ressacada. jogos que decidem o semestre azurra, só isso.

A liderança segue com a Chapecoense, que foi ao Scarpelli, jogou outra vez como time que briga pelo título, sem se intimidar, e talvez até por isso permitiu a virada alvinegra nos acréscimos. Gol do predestinado Fernandes, que havia entrado na etapa final. O resultado dará um pouco de paz ao ambiente alvinegro na semana do clássico. Jorginho sabe que, apesar da vitória suada, segue sob desconfiança quase que total. Se não for bem no clássico, sei não… A Chapecoense pega o Marcílio Dias em casa para praticamente garantir o primeiro lugar. Se vencer, claro.

O Criciúma foi ao Sesi e jogou para o gasto. Como é superior, e muito, ao Metropolitano, vencia por 3 a 1 até os 36 do 2º tempo. Aí, cochilou e, quando se deu conta, tomava sufoco nos acréscimos e dava chutão para evitar uma virada heróica do time da casa. O 3 a 3 premiou a raça do Metrô, que sem qualidade foi pro abafa e evitou o que seria um desastre. Se pra tabela o pontinho não foi grandes coisas, deu uma moral incrível pro elenco para os jogos que realmente interessam. Domingo que vem tem final contra o Imbituba, no Sul, e depois Brusque e JEC no Sesi. Três jogos que decidem tudo para o time blumenauense. O Tigre, mesmo visivelmente preguiçoso por já estar na final, está no páreo. Se conseguir bons resultados contra JEC (sem o atacante Schwenck, em grande fase) e Figueira, nas próximas rodadas, estará nas semifinais do returno também.

O Brusque praticamente confirmou as palavras de seu presidente há uma semana, quando disse que o pior para o clube já havia passado e que ainda brigaria pelas semifinais. Depois da “profecia”, o Brusque venceu duas, fastou quase que totalmente o risco de rebaixamento e está sim no páreo pelo G-4. A vitória em Imbituba, 2 a 1 com gol aos 44 de Leandrinho, foi ótimo também para o Metropolitano. o Zimba joga tudo contra os blumenauenses no próximo domingo. Ainda mais se realmente perder pontos por escalação de jogador irregular (entenda o caso aqui).

Por fim, o empate em Itajaí. O Marcílio só confirmou que o Concórdia realmente não está mais afim de cair. Arrancou empate em 1 a 1, ainda é lanterna, mas do que brigam lá na rabeira é o único em viés de alta, como se diz. Tem uma tabela muito complicada pela frente, é verdade (Brusque, Chapecoense e Avaí), sendo só o “clássico da linguiça em casa”. O Marcílio também vive situação complicada, muito mais do que tem pela frente do que pela pontuação. Visita a Chapecoense domingo que vem, e nos seguintes recebe o Avaí e fecha contra o Criciúma no Sul. Dureza.

Confira as classificações do Catarinense após a 6ª rodada do returno:

CLASSIFICAÇÃO RETURNO

1º Chapecoense    13    6    4    1    1    12    7    5
2º Figueirense    11    6    3    2    1    12    6    6
3º Avaí    10    6    3    1    2    13    11    2
4º Joinville    9    6    2    3    1    10    6    4
5º Criciúma    9    6    2    3    1    13    10    3
6º Concórdia    8    6    2    2    2    8    8    0
7º Brusque    8    6    2    2    2    6    9    -3
8º Imbituba    5    6    1    2    3    8    11    -3
9º Marcílio Dias    4    6    1    1    4    5    10    -5
10º Metropolitano    4    6    1    1    4    9    18    -9

As equipes jogam entre si, e os quatro melhores avançam para as semifinais, em jogo único. O campeão classifica para a final com o Criciúma (campeão do turno) e garante vaga na Copa do Brasil de 2012.

CLASSIFICAÇÃO GERAL

1º Chapecoense    28    15    8    4    3    30    23    7
2º Figueirense    27    15    7    6    2    35    18    17
3º Criciúma    24    15    6    6    3    31    19    12
4º Joinville    22    15    6    4    5    26    26    0
5º Avaí    21    15    6    3    6    24    26    -2
6º Brusque    20    15    5    5    5    24    26    -2
7º Marcílio Dias    17    15    4    5    6    20    22    -2
8º Metropolitano    15    15    4    3    8    21    30    -9
9º Imbituba    14    15    3    5    7    20    29    -9
10º Concórdia    14    15    3    5    7    23    35    -12

O clube que somar mais pontos, excetuando-se as semifinais e finais do turno e returno terá o direito de fazer o segundo jogo da final no seu estádio. Os dois últimos colocados na soma geral do turno e returno caem para a Divisão Especial em 2012.

Próximos jogos:

Domingo, 16h

Imbituba x Metropolitano

Brusque x Concórdia

Chapecoense x Marcílio Dias

Criciúma x Joinville

18h30min

Avaí x Figueirense

Comente Metropolitano x Criciúma

27 de março de 2011 2

Jogo fecha a sexta rodada do returno do Catarinense 2011 e começa às 20h30min, no Sesi, em Blumenau. Acompanhe aqui os principais lances, comente esse e outros jogos da rodada e faça perguntas. Se preferir, faça o mesmo pelo Twitter @blogbraga

Tapetão à vista no Catarinense?

26 de março de 2011 10

Informação que agita o futebol catarinense neste sábado. O Imbituba, atualmente brigando ferozmente com Concórdia, Metropolitano, Brusqe e Marcílio Dias contra o rebaixamento no Estadual, pode ser punido pelo Tapetão pela escalação irregular de um jogador no empate contra o Criciúma, quarta-feira passada.

Isso mudaria muita coisa na briga na parte de baixo da tabela. A informação foi dada pelo jornalista Adriano Assis, no site Futebol SC (confira aqui).

O jogador em questão é o zagueiro Victor Hugo, que foi expulso na derrota do Zimba para o Marcílio dias, na primeira rodada do returno. Cumpriu a automática contra o Concórdia, mas no TJD acabou pegando dois jogos de suspensão, que deveria ter cumprido na partida contra o Tigre. Mas ele esteve em campo o tempo todo no empate em 2 a 2 no Heriberto Hülse.

Configurada a infração está, resta saber agora que medidas serão tomadas. É uma informação decisiva para os times do Vale. Se perder pontos, o Zimba (que faz dois jogos decisivos em casa na sequência, contra Brusque e Metropolitano) fatalmente estará condenado ao rebaixamento.

O blogueiro já deixou claro aqui várias vezes que não gosta de interferências extra-campo no futebol, leia-se Tapetão. Mas também acho que regras estão aí para ser cumpridas, e se houve de fato um erro por parte do Imbituba, que se cumpra o que está no regulamento.

Vamos aguardar os próximos capítulos.


O blog quer saber de vocês

25 de março de 2011 6

Uma pergunta aos leitores fiéis desse espaço:

O blogueiro pensa em uma novidade para logo. Uma Twitcam semanal, para interagir ao vivo e cara a cara com os frequentadores para debater as rodadas do Catarinense, nesse primeiro momento. Twitcam, para quem não sabe, é aquele espaço que o Twitter disponibiliza para que as pessoas conversem e debatam através da imagem de uma Webcam.

Bom, quero saber dos meus leitores que horário seria o ideal para esse debate. A princípio, elegi a segunda-feira como o dia da Twitcam, uma vez que logo após os jogos seria complicado para esse que vos escreve, já que geralmente ainda tenho um jornal inteiro para editar após o apito final da rodada. Por isso a segunda-feira. Qual horário seria o ideal? Opinem.

E mais do que isso: mandem sugestões. Assim que tiver uma noção da melhor forma de “agradar gregos e troianos” (risos), anuncio a estreia da novidade.

Abraço

Rodrigo Braga


Palpites da 15ª rodada do Catarinense

25 de março de 2011 23

Palpites do Catarinense no fim de semana, quando teremos os cinco jogos da 6ª rodada do returno todos no domingo. Vamos a eles. E não esqueçam de mandar os palpites de vocês também:

Joinville 1 x 2 Avaí

Figueirense 2 x 1 Chapecoense

Marcílio Dias 1 x 1 Concórdia

Imbituba 0 x 1 Brusque

Metropolitano 0 x 0 Criciúma

Participem!

PS: Depois da tradicional palpitada, não deixe de opinar também sobre esta novidade do blog

Avaí está de volta ao Catarinense

24 de março de 2011 15

A quinta rodada do returno do Catarinense marcou de vez o surgimento do Avaí na disputa. Mesmo com uma atuação apagada no segundo tempo, venceu com méritos o Metropolitano, cada vez mais com cara de rebaixado. O 3 a 1 espelhou a superioridade avaiana no primeiro tempo, quando o time verde mal viu a bola.

O grande teste do time de Silas vem agora, com jogos contra Joinville e Figueirense. Mas já acho pouco provável que o Leão não esteja nas semifinais do returno. Já o Metrô, lanterna do returno, três derrotas seguidas, quatro em cinco jogos, precisa vencer três jogos nos quatro que restam (ao menos serão três no Sesi) e secar os adversários. E, claro, jogar muito mais do que está jogando. Já disse da outra vez que na base do oba-oba o Verdão não chegará a lugar algum. Se serve de consolo aos torcedores, ao menos sorte o time vem tendo. Com os resultados da rodada, evitou a entrada na zona de rebaixamento graças aos gols de Schwenck para o Tigre contra o Imbituba. E mais: com a vitória do Brusque sobre o Marcílio, hoje a vaga na Série D do Brasileiro seria do time blumenauense. Ou seja, os outros até ajudam, falta o próprio Metropolitano fazer a parte dele.

Quem tem feito a sua parte, aliás, é o Concórdia. Jogando em casa, venceu o Figueirense jogando bem. Ainda é lanterna e estaria rebaixado, mas fez sete pontos nos últimos três jogos, sob comando de Amauri Knewitz. Dá esperanças ao torcedor do Galo. E o Figueira… Os defalques eram muitos e importantes, é verdade, mas outra vez ficou a impressão de que o técnico Jorginho não conhece o elenco e tampouco tem alguma influência sobre ele. O time precisa voltar aos trilhos o quanto antes, a hora decisiva do Estadual está chegando.

A Chapecoense segue dando as cartas. Num jogo duríssimo com o JEC no Índio Condá, mais uma vez Aloísio  resolveu. Sofreu o pênalti e colocou nas redes, sem paradinha ou coisa do tipo. O Verdão do Oeste lidera o returno e a classificação geral; o Joinville, outra vez sem corresponder às expectativas, corre risco de ficar de fora das semifinais.

Jogão também no Sul. O Imbituba ia confirmando a tradição de atuar bem na casa rival e aprontando pra cima do Tigre no Heriberto Hülse. Vencia por 2 a 0 até os 40 da etapa final, e com isso ia saindo da zona de rebaixamento. Mas aí brilhou a estrela do atacante Schwenck, que buscou o empate em 3 minutos, e com dois lindos gols, um deles de bicicleta. Valeu o bicho da turma do Tigre e também lá do Metropolitano, diga-se de passagem.

Em Brusque, um gol de Leandrinho garantiu a vitória do Brusque sobre o Marcílio Dias, a primeira no returno e sob o comando de Nestor Simionato. Assim, confirmou a esperança dos dirigentes, de que, passados os adversários mais difíceis, poderia voltar a somar pontos, afastar-se da zona de risco e ainda sonhar com as semifinais do returno. O Marinheiro também faz um returno ruim, como o Metrô, e vê sim o risco de voltar à Segundona de perto.

A vitória em Brusque também estabeleceu uma condição que causa estranheza a muitos torcedores. Ao vencer o Marcílio Dias, e ultrapassar o rival na classificação geral, o Bruscão passou a colocar outro adversário regional, o Metropolitano, na Série D do Brasileiro. É mais uma das preciosidades das fórmulas feitas por nossos cartolas, mas vamos lá:

O melhor classificado entre os cinco que não estão nas Séries A, B e C fica com a vaga na Série D. Hoje, esse melhor classificado é o Brusque, que já está garantido no torneio nacional como campeão da Copa SC de 2010. Aí, abriria então essa vaga da Copinha para quem vier logo abaixo, e esse clube é o Metropolitano, apesar da sétima posição no torneio. O Imbituba foi ainda pior e Marcílio Dias e Concórdia nem sequer disputaram, pois estavam na Segundona.

Confira aqui as classificações geral e do returno e os jogos da próxima rodada