Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Sobre os melhores do Catarinense 2011

16 de maio de 2011 7

A festa de encerramento do Catarinense, nesta segunda, em Florianópolis, consagrou a campeã Chapecoense e revelou uma seleção dos melhores que pode ser discutida. Como sempre, listas são polêmicas.

Achei estranho o Tigre ter apenas dois na seleção, enquanto o Figueirense emplacou quatro. É como eu sempre digo, por exemplo, nas eleições de melhores do Brasileirão: aqui está em questão QUEM FOI melhor no Catarinense 2011, de 16 de janeiro a 15 de maio, e não quem é melhor. Até acho que o Figueirense tem melhor elenco, e por isso desde o princípio era o meu favorito (e de muitos) ao título. Em campo, não foi o que se viu.

Por outro lado, achei esquisito também o meia Roni, do Criciúma, ser a revelação e o craque do campeonato. Não que não mereça, só achei estranho. O Avaí, apesar do ótimo momento na Copa do Brasil,  foi outro de presença protocolar no Estadual, e acho que nem o bom lateral Julinho merecia emplacar. Quem viu o Rafinha, do Metropolitano, carregar o time nas costas o Estadual inteiro, certamente viu injustiça aí (sem falar no Pirão, do Tigre). Mesmo se aplica ao excelente volante Gilberto, do Marcílio Dias, regular como poucos e que até por isso já está no Atlético-MG para o Brasileirão. Nos prêmios de menor importância, Célio Amorim como melhor árbitro soou piada de mau gosto. E como dirigente, apesar do título do Verdão, o criciumense Antenor Angeloni foi mais decisivo.

Claro que trata-se de opinião, alguns podem concordar, outros não, faz parte da brincadeira.

De resto, uma festa para coroar um Estadual que teve belos momentos dentro das quatro linhas, espelhando um momento que é especial do futebol de Santa Catarina (e que vai se refletir nas séries do Brasileiro, acredito).

Pena que, mais uma vez, boatos de virada de mesa tenham invadido a festa. Dessa vez, a possibilidade de o Catarinense 2012 ter 12 clubes. Concórdia e Imbituba, rebaixados, parecem contar com essa possibilidade para seguirem na elite. O presidente da FCF diz ser contra, mas admite acatar decisão que vier do Conselho Técnico. Seria jogo de cena? Sinceramente, acho um retrocesso. O nível técnico cairia demais e teríamos ainda mais constrangimentos de clubes desistindo, com problemas de estrutura, aquelas coisas que pareciam ter ficado para trás.

Tomara que seja só boato. Tomara.

Os vencedores do Top da Bola 2011

Goleiro
Rodolpho (Chapecoense)

Lateral direito
Bruno (Figueirense)

Lateral esquerdo
Julinho (Avaí)

Zagueiros
Dema (Chapecoense) e João Paulo (Figueirense)

Volantes
Carlinhos Santos (Criciúma) e Ygor (Figueirense)

Meias
Maicon (Figueirense) e Roni (Criciúma)

Atacantes
Aloísio (Chapecoense) e Lima (Joinville)

Técnico
Mauro Ovelha (Chapecoense)

Dirigente
Sandro Pallaoro (Chapecoense)

Preparador Físico
Alexandre Andreis (Chapecoense)

Árbitro
Célio Amorim

Árbitro Assistente
Carlos Berckembrock e Kleber Lucio Gil

Revelação
Roni (Criciúma)

Craque do campeonato
Roni (Criciúma)

Artilheiro
Lima (Joinville)

Comentários (7)

  • Luiz Gonzaga diz: 16 de maio de 2011

    Quatro jogadores do Figueirense na seleção é uma piada. Como a capital não ganhou nada fizeram isso para compensar.

    Para fechar a festa só faltou o Delfim apresentar-se de charuto em mãos.

    Andrey jogou mais que Rodolfo.

    Thoni jogou mais que Bruno.

    Pirão e Rafinha jogaram mais que Julinho.

    Gilberto jogou mais que Carlinhos Santos que jogou mais que Ygor.

    E o Cleverson jogou mais que o Maicon.

    Mas a maior piada da noite foi o Angeloni não ganhar como melhor dirigente. Olhem a revolução que ele fez no Criciúma, não se compara com a Chapecoense.

    Que mudem o nome para dirigente campeão, por que melhor dirigente foi o Angeloni disparado.

  • Daniel Hoppe diz: 17 de maio de 2011

    Visto que a lista é elaborada pela Imprensa “Capitalista” do nosso estado, que só conhece dois times, confesso que não fico surpreso com a escolha. Como boa parte dos jornalistas só acompanha esses dois times, é claro que vai votar nestes jogadores.

    No mais, uma lista que aponta o Célio Amorim como o melhor árbitro, para mim não tem credibilidade nenhuma.

  • Jean Sestrem diz: 17 de maio de 2011

    Bom dia Braga..

    Não consigo entender como pode ter 5 jogadores dos times da capital em uma seleção de 11 jogadores, sendo que nenhum dos times estavam na final do catarinense, e o pior, Célio amorim o melhor arbitro.. sem credibilidade nenhuma essa eleição.. uma piada..

    abraços

    Jean Sestrem

  • emerson diz: 17 de maio de 2011

    Não é boato, não, Braga. Vai acontecer. A vergonheira vai acontecer. Concordaria com 12 clubes se subissem 4 da segundona, mas não, vão manter os varzeanos Concórdia e Imbituba.

  • Verdão de Chapecó diz: 17 de maio de 2011

    Ao Braga e ao Luiz Gonzaga

    Realmente a lista tem suas polêmicas, mas não acho que o Angeloni seja esta unanimidade.
    O que ele fez foi injetar muito dinheiro no clube.
    E não tem a categoria de “Poderio Economico”, tipo assim um bulling economico

    Veja o que o Palaoro (junto com os seus parceiros) fez:
    Pegou um clube onde o time estaria rebaixado, portanto com desconfiança de todos, até a tua, né Braga (lá no começo do campeonato).
    Pegou um clube onde não havia quem assumisse ser presidente
    Pegou um clube com a 7a. folha do estado
    Contratou um treinador que nem os torcedores e nem a imprensa queria e montou, junto com a comissão técnica um time unido e por isto vencedor, e os resultados estão aí
    Mudou a estratégia de marketing para que aumentasse os sócios e tivessemos mais torcedores no estádio

    E o Angeloni que conseguiu perder um treinador para as finais.
    Conseguiu fazer o fiasco de fazer o time viajar no dia do jogo (correndo o risco de nem vir).
    Fizeram a velha estratégia de divulgar que jogadores do time adversário estariam acertados com eles (coisa de bulling economico e de quem tem falta de convicção).

    Quer ainda comparar??
    Reveja os teus conceito Braga, faça-me o favor.

    Do blogueiro: Acho que tenho que concordar contigo nessa. Abraço

  • josé ernani freitas diz: 17 de maio de 2011

    Braga,
    As escolhas dos melhores de uma competição sempre geram polêmicas, porque são
    ditadas muitas vezes por razões políticas e principalmente bairristas.
    Na minha modesta opinião, os fatos que vão revelar os melhores do Campeonato,
    serão os interesses e/ou transferências de jogadores para clubes de maiores
    potenciais, tanto a nível doméstico, como a nível nacional e até internacional.
    Os verdadeiros destaques serão instados a jogar em clubes maiores, promovendo
    o efeito dominó, mudando radicalmente os plantéis, principalmente do clubes de
    menor poder econômico. História que se repete “ano-após-ano”, o que lógico no
    futebol moderno onde desapareceu o amor ao clube, prevalecendo os interesses
    profissionais, com muito dinheiro em jogo.

  • djoni alvinegro diz: 17 de maio de 2011

    Segunda melhor campanha no campeonato explica muito ter 4 jogadores na seleça, embora acho q 4 seja um exagero.
    Bruno é unanimidade, Maicon tb, Ygor é constante e não surpreende em estar na lisa… a surpresa realmente é J.Paulo, não descartando sua qualidade.

Envie seu Comentário