Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de junho 2011

Figueira retorna aos trilhos

29 de junho de 2011 5

A goleada no Beira-Rio, eu havia comentado, não podia abalar. E não abalou. O Figueirense voltou a mostrar bom futebol, aproveitou que o Santos se transforma em time normal sem Neymar, Ganso e Elano, e venceu com absoluta justiça.

Muricy Ramalho, após o jogo, resumiu o que foi o jogo: “Há derrotas que não tem o que contestar, o Figueirense foi muito superior, mereceu”. Foi isso mesmo. Sem contestação.

Os 100% no Scarpelli está mantido, o lugarzinho no G-4, mesmo provisório, foi retomado (perdeu na quinta para o Palmeiras, caindo para quinto). Aloísio fez os gols e foi destaque, lembrando as boas atuações que o levaram a brilhar no título do Catarinense pela Chapecoense. De resto, o Figueira foi seguro, Jorginho mais uma vez merece os elogios por ter montado muito bem o time em campo.

Até onde pode ir o Figueira? É muito cedo para projetar isso. A realidade, hoje, é um time que mostra bom futebol e que merece, por hora, o G-4. É isso por si só é bom demais.

Pra quem ainda não viu, o post sobre o empate do avaí, mais cedo, está aqui

Siga o Blog do Braga no Twitter:

Avaí estreia no Brasileirão

29 de junho de 2011 14

Tá, a primeira vitória escapou nos acréscimos, mas foi um pecado. Falaram tanto antes de a bola rolar que até pensei que o Avaí nem precisava ir a campo. Eu mesmo, admito, não acreditava em reação na noite fria do Olímpico. O Avaí foi bem, isso tem que ficar do empate.

O Avaí, enfim, estreou no Brasileirão. Fez uma partida muito boa, vencia por 2 a 1 até os 49 jogando boa parte do segundo tempo com um a menos. O Grêmio, também em crise, buscou o resultado na raça. Descontou com um pênalti mandrake (mas também é verdade que no primeiro tempo um gol de André Lima foi mal anulado).

Gallo, que já andava até balançando, segundo consta, armou o time direitinho. Bem postado atrás, rápido nos contra-ataques. E pelo jeito o elenco se uniu após as confusões recentes, enfim o Avaí jogou com vontade de quem está disputando a elite do futebol brasileiro. Não dá nem pra dizer que houve falha no gol de empate gremista, foi um tremendo abafa.

Agora é esperar pra ver o que fica desse belíssima jornada no Olímpico. O Avaí ainda precisa de uma sequência de atuações como essa para sair do buraco onde se meteu. Pelo que jogou nesta quarta, apesar do empate ter ficado amargo pelas circunstâncias, dá para acreditar.

quem ainda não viu o post sobre a vitória do Figueira, que fechou a rodada, detalhes aqui

Siga o Blog do Braga no Twitter:

Criciúma volta a vencer na Série B

29 de junho de 2011 6

Foi outra vez um sufoco danado. Novamente, um time nervoso em campo, errando demais, intimidado pela pressão da torcida, impaciente.

A diferença é que, dessa vez, ao menos o Criciúma venceu.

Contra o Bragantino, lá da zona da degola, 1 a 0 outra vez, magrinho, gol de Zé Carlos aos 32 da etapa final. Mas foi um belo gol.

Convenhamos, não era hora de espetáculo, era preciso voltar a vencer, e só isso. E isso o Tigre conseguiu. Dá uma respirada nessa Série B que promete ser das mais equilibradas.

Mas o time tem muita, muita coisa para consertar ainda.

Por hoje, a vitória bastava.

Palpites do Brasileirão #7

28 de junho de 2011 6

Enfim, a primeira rodada de meio de semana do Brasileirão. Por isso, mais tempo para os palpiteiros de plantão pensarem nos seus pitacos. Os do blogueiro já estão aqui, confiram:

Brasileirão

Vasco 1 x 1 Cruzeiro

Grêmio 3 x 0 Avaí

América-MG 1 x 2 Flamengo

São Paulo 2 x 2 Botafogo

Figueirense 2 x 1 Santos

Bahia 2 x 0 Corinthians

Palmeiras 2 x 1 Atlético-GO

Fluminense 1 x 0 Atlético-PR

Atlético-MG 1 x 1 Internacional

Série B

Criciúma 2 x 0 Bragantino

Aproveitando a chegada das rodadas de meio de semana, o blog também alerta: não esqueçam de montar seus times no Cartola FC. A Liga do Blog do Braga, com mais de 120 participantes desde a última contagem, está equilibrada. A rodada vai definir o campeão simbólico do mês de junho, não é pouca coisa! Não deixem de participar da Liga e também do Bolão VIP. Orientações aqui .

Siga o Blog do Braga no Twitter:

Avaí e Figueirense: derrotas iguais?

26 de junho de 2011 15

Uma rodada sofrível para os clubes catarinenses no Brasileirão. Para esquecer, passar a borracha, como queiram… Duas derrotas, dois resultados bem diferentes. Mas, curiosamente, a goleada preocupa menos, bem menos, do que o revés pelo placar mínimo. Vejam aí se concordam comigo.

Comecemos pelo fim. O Figueirense tomou a primeira piaba na competição. Sim, podemos até dizer que foi o primeiro jogo ruim do time no campeonato. Bem ruim, por sinal… Perder no Beira-Rio para o Inter, normal. Mas o Figueira foi mal, envolvido o tempo todo. Jorginho errou ao apostar em Coutinho no meio-campo (minha opinião, sempre ressaltando que não estou nos treinos diários). No segundo tempo, quando já perdia por 2 a 0, pouco conseguiu fazer para evitar a goleada. Mas a derrota, mesmo por 4 a 1, está longe de ser um desastre. O Figueira já tem um padrão de jogo, e não pode achar que tudo está perdido. Tem que voltar a ele e os resultados positivos voltarão naturalmente (quarta já tem o Santos no Scarpelli, outra pedreira, mas hora de mostrar reação). Tropeços são absolutamente normais em um Brasileirão tão longo, outros virão. Talvez até outras goleadas. O quarto lugar na tabela era ilusório, não é ali que o alvinegro ficará. O objetivo sempre foi e continua sendo permanecer na elite. E pela bola que tem demonstrado (não nesse domingo, mas no campeonato), o Figueira tem tudo para alcançar isso sem sustos.

Mais cedo, aí sim, a coisa preocupa muito mais. A foto acima, do companheiro Alvarélio Kurossu, do DC, diz tudo. O Avaí está de joelhos. Perdeu a quinta em seis rodadas. Pior do que isso, continua sem rumo. Diante de um Fluminense superior o tempo todo, mesmo sem ser brilhante (mas já bem melhor em relação à estreia de Abel Braga), o Avaí não teve forças para buscar nem na grande parte do jogo em que esteve com um jogador a mais. Viu o Fluminense administrar o 1 a 0, passivamente, sem força de reação.

Esse Avaí de retrospecto raquítico preocupa muito mais pelo que mostra em campo do que pela tabela. Galo já acumula 3 semanas de trabalho e o time nada evoluiu. Reforços, até agora, nada que possa resolver. E é assim, em frangalhos, que o Avaí vai para a sequência de jogos quarta e fim de semana que começa agora. Preocupante.

Siga o Blog do Braga no Twitter:

Palpites do Brasileirão #6

24 de junho de 2011 10

Antes tarde do que nunca, os palpites da rodada do fim de semana do Brasileirão. Vocês já sabem, comentem e mandem os seus:

Brasileirão

Flamengo 1 x 2 Atlético-MG

Atlético-PR 2 x 1 Bahia

Cruzeiro 2 x 0 Coritiba

Corinthians 1 x 1 São Paulo

Botafogo 2 x 1 Grêmio

Avaí 1 x 1 Fluminense

Ceará 3 x 2 Palmeiras

Internacional 2 x 1 Figueirense

Atlético-GO 2 x 2 Vasco

* Série B dessa vez o jogo do Criciúma já rolou antes dos palpites. Aliás, dizer o quê? Mais um 0 a 0 do Tigre, que em 5 jogos só fez um gol, e ainda assim de pênalti aos 50 do 2º tempo. Empatar com o Sport no Recife em tese nem seria um resultado ruim, mas a realidade é que o time pernambucano está numa draga e o jogo foi muito ruim. O Criciúma claramente tem problemas. Precisa voltar para os trilhos o mais rápido possível.

Siga o Blog do Braga no Twitter:


Pô, Avaí, Lúcio Flávio!!!

22 de junho de 2011 5

Em tudo que tenho lido e ouvido do Avaí nos últimos dias, ao menos enxergo uma vontade sincera de arrumar a casa o quanto antes.

É bom, encontrar o rumo o quanto antes é essencial, do contrário a coisa vai tornar-se uma bola de neve, e aí lá na frente só milagre salva.

Tá, vontade é ótimo. Mas, cá entre nós, Lúcio Flávio?! Há quanto tempo ele não justifica a fama? Há quanto tempo joga com o nome, que nem é um graaaaande nome…? Por enquanto é só interesse, admite o Luiz Alberto. Ainda dá pra pensar melhor no assunto.

Trazer refoços porque eles têm “nome” não me parece a solução mais inteligente. Acalma a torcida por um curto período, mas se ele não justificar em campo, a coisa só piora. Tem muito time que caiu nos últimos anos que usou desse expediente, basta pesquisar.

Reforços pontuais, que cheguem para resolver e não tumultuem o ambiente no vestiário, isso me parece o certo. Que fique claro, é a minha opinião, não sou dirigente, não vivo o dia a dia do clube, portanto posso muito bem estar equivocado.

Agora, é impossível não comparar. O Figueirense no momento me parece muito mais “no rumo certo” quando o tema é contratações. Vejam esse meia Elias, ex-Atlético-GO. É um ótimo reforço, jogador que, na teoria, se encaixa no perfil que citei acima. Ajuda a explicar a diferença atual entre os rivais na tabela.

Siga o Blog do Braga no Twitter:

Ronaldinho já fracassou no Flamengo

21 de junho de 2011 11

Em janeiro, eu estava em férias na praia. O Flamengo passava uma rasteira histórica no Grêmio (que já tinha festa armada e tudo) e anunciava a ida de Ronaldinho Gaúcho para a Gávea. Comoção nacional.

Eu me lembro muito bem de ter dito 3 coisas sobre o tema: 1) Ronaldinho só é uma boa contratação do ponto de vista do marketing. 2) Ele vai fazer bons jogos contra ninguém e sumir na maioria das partidas. 3) Em no máximo 6 meses os gremistas estarão dando graças a Deus de ter escapado do engodo e os flamenguistas, antes eufóricos, já terão perdido a paciência com o R10.

Tudo isso foi em janeiro. 5 meses, e não seis, depois, tudo já está concretizado.

Desde 2006 Ronaldinho é um ex-jogador (vá lá, um ex-craque) em atividade, já cansei de dizer isso aqui. no Flamengo estava na cara que tudo isso aconteceria, só o torcedor, cego de paixão, não conseguia enxergar. R10 queria o Rio para poder ser o organizador (de baladas, claro). Jogar bem até acontece vez por outra (contra Boavista, reservas do Avaí, por aí vai…). Nada que surpreenda, no fim da passagem pelo Barcelona já era assim. Agora, festas, baladas, eventos noturnos em geral, esses não faltam, todo dia tem.

Era isso que ele queria. E em Porto Alegre não teria (a patrulha da média e da torcida seria maior e, convenhamos, a capital gaúcha não engraxa os sapatos da capital fluminense em termos de noite). Também isso já era bem óbvio desde aquela época. Na verdade, Ronaldinho é a cara do Flamengo, tanto nas virtudes (e ele teve muitas), quanto nos defeitos. Ele tinha mesmo que ter tido essa passagem pelo rubro-negro, nem que fosse antes de parar de vez.

Bom, e agora o que faz o Flamengo com o engodo Ronaldinho? Nem em termos de marketing ele tem correspondido mais, o que agrava a situação. A lua de mel com a torcida já acabou e a tendência é de que as vaias aumentem a cada jogo, já que o time do Flamengo ainda não engrenou na temporada de verdade em 2011 (Campeonato Carioca não conta, é ilusório como tantos outros estaduais).

Será que o clube assume o fracasso da tentativa e põe Ronaldinho no banco, ou até mais do que isso? Vamos acompanhar os próximos capítulos…

Siga o Blog do Braga no Twitter:

Figueira empolga; Avaí preocupa

19 de junho de 2011 11

Quanta diferença na campanha dos catarinenses até aqui no Brasileirão. O Figueirense até quando perdeu jogou direitinho. Domingo, teve a melhor atuação no campeonato, em nenhum momento deu chance ao Atlético-PR. Foi 2 a 0, poderia ter sido mais, e o alvinegro chega com toda a justiça ao G-4 após cinco rodadas e 100% de aproveitamento no Scarpelli, sem nem sequer tomar gols. Significa alguma coisa? É cedo, eu diria que não quer dizer muito. Mas sem dúvidas dá mostras de que o Figueira vai incomodar muita gente nesse Brasileiro. O time está acertadinho. O campeonato é muito longo e cheio de armadilhas. O começo animador é ótimo, mas não pode tirar o foco do alvinegro.

E o Avaí?

Bom, eu sinceramente não acreditava em milagre de troca de técnico logo de cara. Pra dizer a verdade, temia mesmo pelo pior, que acabou acontecendo. Foi 5 a 0 para o Palmeiras no Canindé, e poderia ter sido mais. Uma goleada desastrosa e um início de campeonato de pesadelo para o Leão. O time já empilha atuações confusas, ainda não tem padrão de jogo e o elenco, bom, esse faz a torcida acender velas.

Pode Gallo reeguer o Avaí? Claro que pode. Precisará então de paciência por parte de diretoria e torcedores (e imprensa). Eu, por exemplo, acho cedo demais para avaliar se ele vai arrumar a casa ou não, prefiro esperar mais um pouco. Mas uma coisa é certa, o Avaí precisa de reação urgentemente, do contrário poderá acumular um prejuízo difícil de reverter lá na frente.

Siga o Blog do Braga no Twitter:

O que acontece com o Criciúma?

17 de junho de 2011 17

O Criciúma é um dos meus favoritos ao acesso na Série B do Brasileiro. Sim, ainda é. Mas está se complicando sozinho logo no início da competição.

Em seis rodadas, quatro jogos em casa e, diante do torcedor, só uma vitória, ainda assim com gol de pênalti aos 51 minutos do segundo tempo. De resto, 3 empates no Heriberto Hülse, dois em 0 a 0. Como na sexta, contra o fraco Boa Esporte (MG), ex-Ituiutaba.

Aproveitamento horroroso em casa e que costuma ser cruel em competições por pontos corridos, sobretudo numa Série B tão nivelada. Vi o jogo de sexta, o time parece travado. Sentiu a pressão pelos tropeços em casa e, ainda carente de entrosamento, erra demais. É presa fácil para times que vão ao HH jogar todos atrás, esperando por um contra-ataque. Nesse cenário, pelo menos o Tigre não perdeu esses jogos em casa.

Mas tem bom time, deveria se impor. O técnico errou ao tirar Breitner e Carmona, opinião minha. Não acompanho os treinos diariamente então talvez possa haver uma razão que eu desconheça. No jogo, achei um erro. O time, que já atuava nervoso, apagou de vez dali em diante.

A meu ver, o Tigre precisa, antes de mais nada, colocar os nervos no lugar. A semana de troca de técnicos e dispensas no elenco tornou o ambiente ainda mais tenso. Aliás, históricamente essa é uma marca registrada dos vestiários do time do Sul do Estado.

Se controlar o princípio de crise e focar apenas em jogar futebol, o Criciúma volta a figurar entre os favoritos da Série B. Mas, agora, terá um tremendo prejuízo para reverter.

Siga o Blog do Braga também no Twitter: