Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Entrevista com Dunga

20 de outubro de 2011 2

Nesta quarta-feira, conversei com o capitão do tetra e ex-técnico da Seleção, Dunga, que esteve em Blumenau para participar, com outros ex-jogadores, de um amistoso beneficente em prol das vítimas das enchentes de setembro no Alto Vale. Foi uma conversa bem interessante, onde me surpreendeu o ótimo humor dele e a disposição de falar de qualquer assunto, mesmo os que ele vinha evitando tocar.

A entrevista está nas páginas do Jornal de Santa Catarina dessa quinta-feira (se preferir, leia aqui) . Para os leitores do blog, reservei o vídeo da íntegra da entrevista, dividido em duas partes. Confiram:

Entrevista Dunga (parte 1)

Entrevista Dunga (parte 2)

Siga o blogueiro no Twitter:

Comentários (2)

  • Gustavo diz: 20 de outubro de 2011

    Braga, não devemos confundir mal-humor com seriedade! A fama de mal-humor do atleta e jogador Dunga deve-se em grande parte a oposição da imprensa para com a sua postura, sua ideologia como jogador ou treinador.
    Temos que ter cuidado com isso: mão confundir aspecto pessoal com profissional!
    Verdade seja dita: devemos muito ao poder de liderança deste profissional. Na copa de 94, a grande maioria dos jogadores era de altíssima experiência, e dentre todos o capitão e líder sempre soi o Dunga… e com louvor. Quando mais se precisou dele, ele esteve lá, e garantiu!
    Hoje temos dezenas de “craques”, com topetes mirabolantes, muito queridos por toda a imprensa e público, profissionais tido com promissores, verdadeiros “gênios” da bola… porém pouco instriídos e mal acessorados que fracassam na primeira adversidade e fora de campo também não servem como referência em nada!
    Parabéns Pelo seu trabalho!
    Ótima entrevista!

    Do blogueiro: Estás correto, Gustavo. As duas coisas não podem ser confundidas mesmo.

  • emerson diz: 21 de outubro de 2011

    Pode não ser uma unanimidade como treinador, mas todo mundo valoriza o seu caráter. Tem os seus valores e não abre mão deles. Parabéns, Dunga!

Envie seu Comentário