Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Melhores e piores de 2011

25 de dezembro de 2011 9

O ano está chegando ao fim. Esportivamente, 2011 foi cheio de atrativos:

No futebol, foi o ano de Messi, do imbatível Barcelona, do Santos, sim, por que não? Foi o ano do início da afirmação de Neymar, da ressureição do Vasco. Foi, em vários sentidos, um ano do Corinthians. Parecia que seria o ano da volta de Ronaldinho Gaúcho, de Kaká, de Ganso. Não foi. Parecia que a nova Seleção Brasileira mostraria suas credenciais. Pelo contrário, deixou nas nossas cabeças uma enorme interrogação. Em 2011, um nome tornou-se realidade: Leandro Damião.

E por falar em Santa Catarina (onde ele começou), por estas terras o ano parecia que seria do Avaí, mas não foi. Parecia que não seria o ano do Figueirense, mas de certa forma acabou sendo. Parecia que o Criciúma brilharia, mas ficou no quase. Parecia que o Joinville seguiria a rotina de insucessos, mas o tricolor virou o jogo. E parecia que a Chapecoense e Mauro Ovelha ficariam no quase, mas eles brilharam (no Estadual, na Série C de fato ficaram no quase…). De qualquer forma, o treinador é um personagem do futebol catarinense no ano que termina. Afirmou-se, ganhou enfim a chance que tanto queria. No ano de Roni, de Lima, de Aloísio, de Willian, de Fernandes, de Jorginho, de Wellington Nem, Ovelha é o meu destaque.

No futebol do Vale, não há destaques. A região tem quantidade, mas falta qualidade. Acabar com o abismo que a separa dos grandes é o maior desafio de 2012.

Nos demais esportes, foi, sobretudo, o ano de uma sigla: UFC. O Brasil apaixonou-se por algo que já era febre há muitos anos nos EUA e no Japão. E por uma simples razão. No octágono, o Brasil hoje é vencedor. Anderson Silva é o grande nome de 2011, mas o catarinense Júnior Cigano e tantos outros brilham e arrastam legiões de fãs. Situação inversa vive a Fórmula 1, que parece estar em divórcio com o torcedor brasileiro, cansado após 18 anos (desde a morte de Senna) de coadjuvantes e fracassos. Nas corridas, aliás, segue a supremacia alemã, que agora atende pelo nome de Sebastian Vettel. 2011 também será inesquecível para o tenista sérvio Novak Djokovic, para o nadador César Cielo e também para o super surfista norte-americano Kelly Slater.

E aí, será que esqueci de alguém? E pra vocês, quem brilhou e quem deixou a desejar em 2011?

Férias do blogueiro

Este é o último post do blog em 2011. Saio para um merecido descanso e retorno dia 16 de janeiro, de gás renovado e com muitas novidades. Desejo a todos que ajudaram a fazer o blog neste ano um 2012 muito especial, com muitas conquistas e realizações. E que continuem por aqui no próximo ano. Dia 16 estou de volta, para falar muito da semana que antecede o início do Catarinense.

Um grande abraço e Feliz 2012!

Siga o blogueiro no Twitter:

Comentários (9)

  • emerson diz: 26 de dezembro de 2011

    DESTAQUE MUNDIAL: Messi. Será eleito o melhor do mundo pela terceira vez seguida.
    DESTAQUE NACIONAL: Anderson Silva, por popularizar um esporte antes desconhecido no Brasil. Citaria também o Dedé, zagueiraço do Vasco, e as duas Fabianas, a Murer e a Beltrame. Deram a volta por cima e chegaram ao topo em esportes em que o Brasil não tem tanta tradição de conquistas (Salto com Varas e Remo).
    DESTAQUE ESTADUAL: JEC, pela campanha irrepreensível na série C. Quase foi campeão INVICTO, mesmo numa competição tão disputada e difícil, ao contrário do que dizem os Sem-Títulos do Bairro Estreito em Florianópolis.

  • Rogério Machado diz: 27 de dezembro de 2011

    Oh…Emerson…!!!
    Neste blog podes falar bem do JEC… cuidado nos outros… te injuriam…!!!
    Os únicos times bons são da capital, quando não da capital, são da terra do carvão e por aí vai…
    Só que eles esquecem que o ÚNICO CLUBE NO MUNDO OCTO CAMPEÃO de alguma coisa no futebol foi o JEC.
    Para os que desconhecem e distorcem, OCTO quer dizer oito vezes SEGUIDAS (sem intercalar) CAMPEÃO ESTADUAL DE STA. CATARINA, em cima de quem? Figueirense, Avaí, Criciúma, Chapecoense, etc, etc…!!!
    Ah… foi o único time de SC que desmontou o time… o Figueirense, por exemplo, que perdeu os seus SEIS melhores jogadores. repôs com melhor qualidade… ainda…!!! k,k,k,k,k,k,k,k,k,k,k,k…!!!
    Dá-lhe JEC…!!! Não é favorito de nada… mas cuidado…!!!
    Eu sou série B…!!! E você? É certo que vai chegar…!!! Fora os que vão embora…

  • Eduardo diz: 27 de dezembro de 2011

    Rogério, nosso time que fez o ultimo jogo da série C.

    Ivan-Eduardo-Pedro Paulo-Linno-Fabiano Silva-Gilton-Glaydson-Jailton-Ricardinho-Lima-Capixaba

    Desse time apenas o Capixaba saiu.

    Não precisamos contratar nesse momento, como não somos time de empresário não desmontamos o elenco por completo.

    Sds Tricolores.

  • Mazinho Alvinegro diz: 29 de dezembro de 2011

    Heheheheh!!!!
    Esse tal de Emerson deve viver na terra do NUNCA, só pode.
    Olha só o nível dos adversários da série C, só bagulho e o cara já está se achando, pode?
    Depois pega um FURACÃO pela frente, leva um guascaço implacável, sem dó nem piedade, e aí fica fazendo beicinhos, roendo unhas e mordendo fronha, hehehe!!
    Acorda, tanso!
    Volta para o planeta terra e encare a realidade, deixe de sonhar.
    Série C é tão amadora que o JECA entrou pela janela, caso contrário teria sido eliminado dentro de sua própria casa.
    Sua casa não, desculpem!
    O Jeca não tem estádio, não tem CT e vive num amadorismo tal e qual os anos 80, pode?

    Simbora meu FURACÃO ATENTADO, uma paixão sem fim.

  • Nodu Mang diz: 30 de dezembro de 2011

    Puta-que-los páriu, meu!

    Um tanso vem me falar de octa-campeonato do JECA.

    Aquilo foi a maior fraude e vergonha, jamais vista em todo o estado da Santa e Bela..

    Observem só a corruptela existente naquela época:

    Pedro Lopes, José Elias Giuliari e Dalmo Bozzano, respectivamente: Presidente da FCF, Presidente do JECA e o árbitro de confiança do JECA.
    A côsa era tão fuleira que, rapidinho o JECA foi para a terceirona, quartona e finalmente ao paraíso…

    fora de série. … heheheh!!!

  • Nodu Estreito… arrombado ! diz: 3 de janeiro de 2012

    Oh… Nodu Mang…!!!
    Vai ver que os oito campeonatos ganhos corruptamente pelo JEC, como tú afirmas, não chegaram nem na metade daquele que vocês ganharam, não faz tanto tempo assim, em cima do Caxias daqui de Jlle… esse sim foi um escândalo…!!! E vocês sairam fazendo festa… pimenta “nodu” outros é refresco, né ?
    Por isso e porque acho você irritante, vou passar a teclar por aqui com o nome de “Nodu Estreito… arrombado !”
    Sou JEC…!!! Sou série B…!!! E você ? Em 2013 ? Ok… combinado…!!!

  • MAURINO BASTOS diz: 4 de janeiro de 2012

    Os caras tansos estão falando de OCTO? Desses títulos quantos títulos teve a mão do JEG (J.E.Giuliari), Dalmo Bozano, Pedro Lopes, e por aí vai? É por essas e outras que todos pegam nos seus pés.
    O JEC, realmente até tinha um bom time na época, acho até que não precisava de tanto conluio para çonseguir esses títulos.
    Ah, outra coisa, a Série B esse ano vai ser uma baba. Por isso vocês e o CriCri, grandes como dizem ser, devempelo menos se classificar com um dos pés nas costas. Só cuidado! Não vão jogar com um agrupamento de jogadores. A Série B, já tem uma melhor estrutura.

  • almanaque do roberto diz: 8 de janeiro de 2012

    Nos dias 16, 17 e 18 de janeiro, no Ginásio Hélio Maurício, na Gávea, será realizada a II Peneira Nacional de basquete para jovens nascidos entre 1994 e 1998.

    As inscrições estarão abertas a partir da próxima segunda-feira (09.01) e poderão ser feitas através do telefone: (21) 8169-2957. Jovens de todo o Brasil estão convocados para a peneira.

    PROGRAMAÇÃO:

    SEGUNDA-FEIRA – 16.01

    10h às 11h30 – Nascidos em 1998 (sub-14)
    11h45 às 13h – Nascidos em 1997 (infantil)
    13h15 às 15h – Nascidos em 1995 e 1996 (infanto-juvenil)
    15h15 às 17h30 – Nascidos em 1994 (1º de juvenil)

    TERÇA-FEIRA – 17.01

    12h às 13h15 – Nascidos em 1998 (sub-14)
    13h30 às 14h45 – Nascidos em 1997 (infantil)
    15h às 16h30 – Nascidos em 1995 e 1996 (infanto-juvenil)
    16h45 às 18h – Nascidos em 1994 (1º de juvenil)

    QUARTA-FEIRA – 18.01

    10h às 11h30 – Nascidos em 1998 (sub-14)
    11h45 às 13h – Nascidos em 1997 (infantil)
    13h15 às 15h – Nascidos em 1995 E 1996 (infanto-juvenil)
    15h15 às 17h30 – Nascidos em 1994 (1º de juvenil)

  • Fabiano Toledo diz: 14 de janeiro de 2012

    esse JOINVILLE foi um projeto de time, mantamos damos os titulos (anos 80) e ta feito a bagaça.

    FIASCO

Envie seu Comentário