Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Metrô tem ingresso mais barato de SC

25 de janeiro de 2012 31

E agora, torcedor?

Semana passada, publiquei aqui no blog, como de praxe, os valores anunciados pela direção do Metropolitano para os ingressos dos jogos no Sesi durante o Catarinense 2012. Não havia novidades em relação ao ano anterior, ainda assim choveram reclamações de torcedores (e alguns saíram em defesa do clube). O debate foi longo, quem não viu, pode acompanhar aqui.

Pois bem, o que eu já desconfiava se confirmou numa pesquisa do meu colega blogueiro e xará Rodrigo Santos, de Brusque. Entre os 10 times do Estadual, o Metropolitano tem os ingressos mais baratos (os de Geral, R$ 15), ao lado do Atlético de Ibirama, que cobra o mesmo valor para quem senta nas arquibancadas antigas da Baixada e na Geral.

Confira a pesquisa completa do Rodrigo aqui

E aí, torcedor verde? Durma com um barulho desses agora. Se o problema em ir ao estádio apoiar o Metrô (é bom lembrar que a torcida compareceu na estreia, o time é que não ajudou) era o ingresso caro, estamos falando da torcida com menos direito a protestar disso em Santa Catarina.

Ah, e não custa nada lembrar que o blog é adepto da tese de que é muito mais vantajoso para o bolso do torcedor associar-se ao clube, seja qual for. Questão de matemática pura e simples.

Siga o blogueiro no Twitter:

Comentários (31)

  • Blumenauense diz: 25 de janeiro de 2012

    Essa resposta é muito simples, o metro não tem identidade com a cidade e principalmente com o povão, todos sabem disso. Problema nao tem nada haver com valor do ingresso. Se fosse o BEC sem duvida que teria mais de 5000 no sesi no minimo, e 5x mais sócios que o metro tem hoje. E claro que ainda por cima o metro é um time desacreditado, nunca montou um time que preste, como quer ver torcida em campo? o BEC parou, mas o metro nunca veio. A chance de vermos realmente torcida de verdade em blu é o BEC voltar, ou infelizmente acompanhar a festa das organizadas dos times de fora.

  • Luís Américo Lima diz: 25 de janeiro de 2012

    Da-lhe Braga,

    Estive na Capital domingo passado para acompanhar o jogo do meu Marcílio contra o Figueirense, não quero fazer aqui nenhuma consideração sobre o jogo, já discutido e comentado por todos, mas sim, parabenizar a diretoria do Figueirense pela estrutura da bela praça de esportes que é hoje o Estádio Orlando Scarpeli. Confortável e seguro, cadeiras para todos, inclusive para os visitantes, bares a contento e banheiros razoáveis. O gramado é um verdadeiro tapete, a bola rola redonda e só não joga bem quem realmente não sabe jogar. Localização excelente, com fluxo de entrada e saída de torcedores invejável, não deu 15 minutos após o final do jogo e já estávamos na 101 voltando para Itajaí. Só o preço do ingresso assusta um pouco, porém, o conforto oferecido e a qualidade do espetáculo justificam em parte o valor praticado. Parabéns ao Figueirense e sua Diretoria. Espero ver um dia o nosso Marinheiro alcançar esse grau de excelência para com seus torcedores.

    É isso aí, abraço.

    Do blogueiro: Belas observações, Luís. Quando o ingresso é caro, mas há retorno, vale a pena. Abraço

  • Adrieni diz: 25 de janeiro de 2012

    Como ainda existem pessoas que insistem em bater na tecla “BEC”, sim foi um grande clube, mas não existe mais. O C.A. Metropolitano é o time da cidade agora, vocês como blumenauenses deveriam ter um pouco de consideração. Já morei em Blumenau, mas atualmente moro em Gaspar, e me desloco todos os jogos para ver o Verdão. A derrota acontece, em todo time. E o verdão vai mostrar que veio pra ficar e como diz o mestre Zagallo, “vocês vão te que me engolir” e vão ter que aprender a pelo menos respeitar o time que representa vocês. E espero que algum dia aprendam a torcer por este time, dai então vão compreender o quão grande o Metropolitano é, não importando o momento!

  • sandro diz: 25 de janeiro de 2012

    Na verdade, pela qualidade dos times e principalmente dos jogadores limitados que temos em “todas as equipes do Estado” o ingresso em SC é muito caro !
    No RJ que é um campeonato recheado de craques (R10,Jr. Pernambucano, Fred, Deco, T.neves, etc,etc…..) o ingresso custa R$ 30,00, e em SP é a mesma coisa.
    Tem que cobrar o preço do produto, e infelizmente o produto Campeonato Catarinense é muito caro pelo que oferece ao torcedor.
    E nã me venham com esta historia de time da cidade, ajudar o time, etc… Futebol e Négocio, ja faz muito tempo de que deixou de ser paixão!!!!!

  • Ivan diz: 25 de janeiro de 2012

    Concordo com o Sandro… o Campeonato Catarinense em si, é tecnicamente fraco se comparado com SP ou RJ. Mas, se não acompanharmos, mesmo assim, nunca chegaremos num nível razoável. É igual a economia, via de mão dupla. O que não pode é o cara se identificar como “blumenauense”, escondendo o nome e escrever um monte de bobagens como no primeiro comentário. Ficar chorando e lamentando a morte do BEC é ridículo. Quem vive de passado é museu. Já foi, teve seu tempo e acabou. Dizer que o Metropolitano não tem identidade com a cidade é desdenhar da própria cidade, é cuspir no prato que come. Vá torcer para o Marcilio Dias ou talvez o XV de Indaial e que também vá morar em Itajaí ou Indaial. Nada contra os times nem contra as cidades, mas Blumenau não precisa de pessoas com pensamentos e comentários de asno de um anônimo que se diz “blumenauense”.

  • Alex diz: 25 de janeiro de 2012

    É barato R$35,00 para ver todos os jogos em casa.
    Considerando que o sujeito gosta de futebol e vai em todos os jogos, vale muito mais a pena se associar.
    Obs: BEC já morreu faz tempo, Blumenauense me diz quem vai pagar 6 milhões pra ressuscitar ele?

  • Rafael diz: 25 de janeiro de 2012

    Boa tarde,

    PELO AMOR DE DEUS: AHHH SE FOSSE O BEC , AHH PORQUE O BEC SERIA DIFERENTE, PORQUE NÃO TRAGAM O BEC DE VOLTA ENTÃO????
    PESSOAL NÃO TENHO NADA CONTRA O BEC, MAS NÃO DA MAIS PRA ATURAR ESSE TIPO DE COMENTARIO, DESSA MEIA DUZIA DE TORCEDORES ESCORNEADOS, SEMPRE CHORANDO E INVENTANDO ALGUMA COISA PRA FICAR COLOCANDO O METROPOLITANO PRA BAIXO, O METROPOLITANO TA CRESCENDO SIM E VAI CHEGAR LÁ… FAZER FUTEBOL NÃO É FACIL TANTO QUE O BEC NEM EXISTE MAIS. (FALTA PATROCINIO ALTO E APOIO POLITICO FALTA MUITO)

  • Linos Tatuquara diz: 25 de janeiro de 2012

    Minha opinião é de que esse assunto dos preços dos ingressos, carrega uma hipocrisia dos meios de comunicação, interessados em agradar o leitor/ouvinte. Em especial o Grupo RBS, que promove eventos (como o Planeta Atlântida, por exemplo) a preços exorbitantes e que na hora de criticar os ‘outros’ (no caso os Clubes) é a primeira a se manifestar. Exceção feita ao comentarista Paulo Britto, que já morou na Europa e sabe que preço é fundamental para o sucesso financeiro da agremiação.
    Futebol, assim como qualquer outro ‘espetáculo’ tem um CUSTO, e o custo do futebol NÃO É BARATO. Portanto, o ingresso não pode ser barato, como querem os comentaristas e repórteres que NÃO PAGAM ingresso mas se alinham aos ‘torcedores’ e reclamam (indevidamente). Quem pode paga e vai beber champagne e comer escargot em locais de alta classe. Quem não pode come churrasquinho de gato na esquina e bebe 51 com coca-cola; só no futebol QUEREM que os clubes tenham os MELHORES JOGADORES e que o ingresso seja quase de graça. HIPÓCRITAS!

    Do blogueiro: quem está criticando os clubes, cidadão? Tenta pelo menos ler antes de comentar (as pessoas costumam fazer isso), pra não vir aqui dizer bobagem.

  • ADEMAR diz: 25 de janeiro de 2012

    Caro Braga, quando você vai a um espetáculo bom ou ótimo, os atores são excelentes você com certeza não reclama do preço, exceto exploração. Convenhamos aqui em santa no catarinense não temos nenhuma estrela, nenhum time que dá espetáculo ou jogue razoavelmente bonito, por tanto querem cobrar preço de Victor e Léo para vermos Dani e Rafa com todo o respeito a eles, Querem comparar a shows de Maria Rita, Yamandú Costa, Roupa Nova, e outros de tantas qualidades com meros cantores ou grupos regionais limitados. cobrando os mesmos valores, É logico que reclamaremos sempre. para mim preço justo no sesi seria, geral R$ 10,00, cadeiras r$ 20,00 e cadeiras centrais R$ 30,00. com certeza não haveria reclamação e o sesi estaria sempre cheio.

    Do blogueiro: bom ponto de vista, Ademar. Mas tendo a acreditar que, bom ou ruim o espetáculo, ele tem um custo. E acho difícil ele se manter cobrando menos de R$ 15. Mas é uma alternativa, essa sugerida por ti. Abraço

  • Deco diz: 25 de janeiro de 2012

    Quero parabenizar o comentario do torcedor Luis Americo pela sua belissima visao do que acontece no Scaperlli em relação aos torcedores visitantes, ao estadio e sua localização, sou torcedor do Figueira e tbem concordo na questao preço alto do ingresso, 30,00 reais seria muito justo tanto pra visitante qto pra torcida local, sem falar que chamaria muito mais torcedores nos dias de jogos, mesmo que nao fossem jogos tao importantes, aumentando assim renda e quantidade de torcedores…vejam o Zunino la do mangue azulino, quis fazer gracinha aumentando o valor do ingresso na ultima rodada do Brasileirao de 2011 pra torcida do Figueira e agora tem que pagar multa que nao vai dar em nada, provavelmente será revertida em cestas basicas…isso so mostra a falta de profissionalismo e querer fazer do futebol uma oportunidade de encher os bolsos.
    Abrç

  • Cleocir diz: 25 de janeiro de 2012

    Concordo com o comentário do Sr. Ivan,

    O time que representa a cidade de Blumenau é o Metropolitano!!! O BEC já foi não existe mais!!!
    Portanto devemos unir esforços da torcida para que o Metropolitano, venha a representar cada vez mais e melhor nossa Cidade e região.
    Nada contra os times das cidades vizinhas e muito menos contra as cidades.
    Mas futebol é uma paixão… devemos apoiar Sim o Metropolitano!!!

  • Tiago Ghisi diz: 25 de janeiro de 2012

    O campeonato pode ser tecnicamente mais fraco que o do rio como disseram ai em cima, mas voces querem que melhore como então? Pagando cada vez menos não vai ajudar!
    Quem da a desculpa de ingresso caro, pra mim não é torcedor e sim aproveitador, e segundo que se acha um absurdo então seja socio, muito mais facil!

    O Braga tah mais que certo, o menor ingresso do campeonato e ainda reclamam!

  • Paulo Melim diz: 25 de janeiro de 2012

    Eu falo de goiânia, sou natural de blumenau, volto a repetir o que já falei várias vezes, o

    o problema não é preço de ingresso, o problema é que estamos pagando para assistir um

    time de segunda divisão participando de um campeonato de profissionais, sem estrutura financeira,

    sem interesse dos grande empresários em assumir o futebol de blumenau, gente não dá,

    esse clube que leva um nome estranho metropolitano vai mais uma vez ficar lá perto dos

    útlimos colocados, isso se não for o último, o Atlético de Ibirama, tá mais estruturado que o

    Metro, é brincadeira, simplesmenta não, olhem que maravilha a Chapecoense, clube

    estruturado, com gestão de ponta, com investimentos, com pratas da casa, com titulos

    na bagagem e que entra no campeonato para ganhar e não pra fazer palhaçada,

    penso que os caras de blumenau, não caiu a ficha deles ai, por que colocar o METRO

    segundona, seria mais interessante.

  • Rodrigo diz: 25 de janeiro de 2012

    Fala Xará,

    Muda o ano e as reclamações continuam as mesmas. Mas eu acho que isso vem de meia dúzia de viúvas que insistem em falar do falecido.
    Se tem algum torcedor do Metrô realmente reclamando, deveria primeiro se informar. Por exemplo em Itajaí, eles têm que pagar R$50 para assistir o jogo na ARQUIBANCADA coberta. Veja bem, aqui nós temos CADEIRAS cobertas à R$25, lá eles pagam o dobro para sentar na pedra. Se eles quiserem uma cadeira coberta em Itajai, tem que desembolsar R$100.
    O Metrô sempre praticou um dos ingressos mais baratos de SC, por isso eu só posso acreditar que a reclamação venha de viúvas do BEC. E se vier realmente de “torcedores” do Metrô… bom.. esses podem ficar em casa, porque com certeza são aqueles que vão no estádio só para reclamar.

    Abraços!

  • Yuri Avaiano diz: 25 de janeiro de 2012

    Gostaria de parabenizar o comentário do Luis Américo.

    Muito coerente, justo e imparcial.

    O problema é que os torcedores do Brocolense sempre com seu “complexo de superioridade” criticam os outros sem antes olhar pro seu prórpio nariz. Como foi o caso do comentário do Sr. Deco.

    Antes de falar em “falta de profissionalismo” por parte do Leão da Ilha, observe que na penúltima rodada do campeonato brasileiro a torcida Gaviões da Fiel dominou as arquibancadas do Scarpelli destianadas ao torcedor “alvi-rosa”, e a diretoria da Coloninha F.C. nada fez. Você considera esse fato isolado digno do único representante catarinese na série A?

    Antes de criticar os outros, olhe para o seu próprio nariz.

    Pelo menos no Avaí F.C. se tem respeito com a sua própria torcida.

  • Décio Isleb diz: 25 de janeiro de 2012

    Algumas considerações:

    1 – Realmente é mais vantajoso ser sócio para ver os jogos em casa. Quem reclama do preço da entrada não sabe o valor que é cobrado em outros estádios (Camboriu é R$ 20,00 a arquibancada descoberta).

    2 – Não podemos comparar os grandes times de SP e RJ e dizer que lá é barato (R$ 30,00), pois lá comparecem no mínimo mais de 10 mil torcedores, seja qual for o jogo envolvendo os grandes times, então eles podem fazer um preço mais acessível para as gerais, pois lucram com a quantidade.

    3 – Não podemos ficar só reclamando, eu particularmente acho as instalações do SESI superiores a maioria dos estádios em SC, comparando até com os grandes do nosso Estado, pois toda a arquibancada coberta possui cadeiras (semelhante ao Scarpeli), em matéria de estrutura estamos muito bem (mesmo que seja alugado).

    4 – A única reclamação cabível no momento é quanto aos preços aplicados dentro do SESI no quesito bebida/pipoca, pagar R$ 4,00 por 300ml de refrigerante é meter a mão do bolso do consumidor (torcedor), sem contar a água R$ 3,00 com o mesmo conteúdo servido naquele copinho, e a pipoca R$ 3,00, até que está dentro, mas poderia ser mais barato. Isso sim, a Diretoria deveria rever.

    Não sei quanto custa essas coisas nos outros estádios.

    No mais, só falta o time engrenar e ganhar!!!

  • Décio Isleb diz: 25 de janeiro de 2012

    Complementando, esqueci de mencionar que o representante do futebol aqui em Blumenau, é o METROPOLITANO e não o BEC, para os desinformados e continuam falando em um time que não existe mais.

  • Renan TIGRE diz: 25 de janeiro de 2012

    Décio,

    Quanto aos preços dos alimentos/bebidas dentro dos estádios, no HH também é tudo bem caro, pipoca R$ 3,00, chips pequeno de 50 gramas R$ 3,50, picolé de “kisuco” R$ 2,00, hotdog R$ 3,50 ou R$ 4,00 não lembro direito, um copo de refri R$ 3,00, dentre outras guloseimas que realmente são um assalto ao torcedor, principalmente depois que o Criciúma terceirizou este segmento de vendas de alimentos, para a mesma empresa que atua no Beira-Rio, entre outros estádios…tudo encareceu em pelo menos 100%… fazer o que né, quem quiser come, quem não quiser paciência…infelizmente.

  • Enzo Henrique Scherer diz: 25 de janeiro de 2012

    Ache bastante engraçado quando reclamamos ou achamos preço dos ingressos caros, queremos time de primeiro nível porém sem pagar nada. Temos que ser sócios independente de qual clube seja, quem gosta de futebol e da sua cidade paga muitas vezes sem ir aos jogos, vejam os exemplos de Inter e Grêmio tem mais sócios em dia com seus pagamentos do que a capacidade dos estádios Olímpico e Beira Rio. Blumenau deveria ter vergonha, não do Metropolitano, dos times de basquete,volei e handebol que não ganham nada, mas sim de não ter capacidade de mobilização da sociedade, de suas grandes empresas e do poder público, que não apoiam nenhum tipo de modalidade esportiva nesta cidade,somos conhecidos no Brasil pela nossa festa e pelas enchentes que aqui caem, ou será que alguém acha que isto é muito para uma cidade de mais de 300mil habitantes ? Temos que apoiar os poucos que lutam para fazer esporte profissional, só vamos chegar a ser grandes quando a nossa cidade parar de pensar pequeno.

  • Blumenauense diz: 25 de janeiro de 2012

    Problema que a realidade dói, querem enfiar um time guela abaixo, que a cidade não como um todo não aprovou, principalmente o povão, isso é fato, só ver os números, mas porque não respondam porque o metro não da certo em blumenau, a minha opinião é essa. ou digam então porque o metro não consegue sócios, mesmo sendo tão barato a mensalidade, não consegue empolgar, vivem reclamando que não da ningúem nos estadios, e porque nunca chega a lugar nenhum, pra mim é o que eu falei, time antipatico, e não empolga. simples assim. time montado pra vender jogadores, e montaram novamente um time horrivel, que tem tudo pra novamente brigar pra não cair, é só o que conseguem. nada mais. mas esse ano vai ser dificil escapar, que não tem nenhum imbituva pra ajudar.

  • Rodrigo Alvinegro diz: 25 de janeiro de 2012

    Meu caro Yuri, sobre a “invasão”corintiana, acredito ser normal e deva ser copiado, nos inicio dos anos 80 não havia divisão de torcidas no clássico, era ótimos íamos com os amigos do time adversário assistir o jogo dos times do nosso coração, era festa na coloninha e tb na costeiro há, depois e que surgiram esses tais “torcedores” que nos intitularam como “inimigos” em dias de jogo e hoje há uma quantidade enorme de policiais para dividir torcida, um absurdo! Acho que esta na CF/88 o direito das pessoas de ir e vir, então por que não nossos companheiros do dia de semana não sentarem juntos para assistir o jogo das nossas equipes? Vamos ajudar a mudar o pensamento um pouco e curtir verdadeiramente o futebol. Abraço a todos!!!

  • Yuri Avaiano diz: 25 de janeiro de 2012

    Caro Rodrigo,

    Essa sugestao seria otima. Ir todos os amigos juntos e dividir o mesmo setor no estadio, sem dinstincao de torcidas.

    Todavia, a realidade e outra. Sabemos que nos estadios brasileiros existem aquelas pessoas ma intencionadas. Dessa forma, de nada adianta exercer o nosso direito de ir e vir se o local nao e seguro e apresenta risco aos seus frequentadores.

    Tenho amigos de todos os times, mas dificilmente os acompanharia ao estadio portando a
    camiseta do Avai ao lado da torcida organizada do time adversario. Isso seria suicidio. Todavia, concordo com voce que e uma pena, que o legal seria a integracao entre as torcidas, mas isso infelizmente nao funciona assim.

    Portanto, e dever dos clubes proteger as torcidas. O direito de ir e vir nao prevalece sobre o direito, tambem constitucional, de seguranca e direito a vida.

    Por fim, compartilho da sua intencao em mudadarmos o pensamento e curitir o verdaeiro futebol na paz e na descontracao.

    Abracos (desculpe a minha escrita, estou digitando em um teclado sem acentos)

  • Ademar diz: 25 de janeiro de 2012

    Braga sei dos custos operacionais para um jogo, mas analise comigo. Em média o metro leva a campo 1.500 pessoas, com certeza com o ingresso mais barato dobraria para 3.000 pessoas sendo assim no total arrecadaria mais pois ganharia na quantidade de torcedores sem contar que sempre é melhor mais público para empurrar o time.
    Gosto muito dos seus comentários até já sugeri você para o quadro passe livre no lugar do Cláudio. abraços.

  • tula diz: 26 de janeiro de 2012

    associar se ao metro sai mais caro ainda,ou vao devolver o dinheiro se o time nao for pra serie d,sem titulos sem torcida ,bec morreu mas o metro nunca viveu no coracao do povo,pessoal prefere cinema praia,domingo ja da umas 1500 pessoas estreia 3008 , e assim acaba mais um catarinense sem motivos pra festejar

  • tula diz: 26 de janeiro de 2012

    associar se ao metro sai mais caro ainda,ou vao devolver o dinheiro se o metro nao for pra serie d,sem titulos sem torcida ,bec morreu mas o metro nunca viveu no coracao do povo,pessoal prefere cinema praia,domingo ja da umas 1500 pessoas estreia 3008, e assim acaba mais um catarinense sem motivos pra festejar ,meu comentario nao apareceu ou foi censurado? comentario n. 24.

  • Jonas diz: 27 de janeiro de 2012

    Braga, só faltou você sentar no colo da diretoria do metrô. “Questão de matemática pura e simples” ??? esse sacarmo foi uma piada né!

    Do blogueiro: Não, não foi, Jonas. Basta pegar a calculadora e fazer as contas. Simples assim. E tem outra: se não fosse vantajoso, pode ter certeza que eu estaria aqui dizendo que não era, sem fazer média com ninguém.

  • Jonas diz: 27 de janeiro de 2012

    Um erro não justifica o outro. Os preços cobrados são de times que estão na Serie A e não de um time que nem divisão tem! nem estádio, nem título, nem calendário, nem sede, nem tradição. O quadro de sócios é de 5mil? 10mil associados? Aposto que não tem nem 300. Ahhhh… então talvez não seja tão vantajoso ser sócio, não é mesmo? simples assim! pega a calculadora aí Braga! Como jornalista você deveria ser imparcial, apesar de torcer pro metro, para ter credibilidade dos teus leitores, coisa que acabas de perder, falo por mim.

    Do blogueiro: Não sou torcedor, quem frequenta o blog sabe bem disso. Sou apenas racional. Se insistes em ser radical, então não me importarei em perder o leitor. Vá com Deus.

  • João Paulo diz: 27 de janeiro de 2012

    Obrigado blogueiro por esse alerta!

    Agora sim eu vou voltar ao Sesi para assistir os jogos do Metro!

    Vou pagar 15,00 apenas meu, mais 15,00 da minha esposa e vamos ficar em pé 2 horas no sol ou na chuva, não importa, assistindo um belo espetáculo. É um conforto inigualável com qualquer outro clube que o nosso querido Metro me proporciona.

    Realmente eu não tinha me dado por conta.

  • Jackson diz: 29 de janeiro de 2012

    eu sempre pago a metade do preço. é simples, falsifique uma carteirinha de estudante que aqueles pamonhas da entrada deixam passar facil facil. faço isso direto! ajudar o “clube” o que? eles me ajudam cobrando o olho da cara? abs

    Do blogueiro: Que belo exemplo, isso é o nosso Brasil. E aposto que tens coragem de reclamar da corrupção em Brasília…

  • Décio Isleb diz: 30 de janeiro de 2012

    Olha, tem cada um aí…. que tá loco, o Metropolitano não precisa de torcedores como estes, se é que podem ser chamados de torcedores (pessoas irônicas e criminonas, como o cidadão que falsifica a carteira de estudante).

    Façam um favor, nem vão ao SESI.

  • Adrieni diz: 30 de janeiro de 2012

    Jackson, pessoas como você nem precisam botar os pé no SESI, são pessoas iguais a você que vão lá só para criticar, e fazer igual fizeram com o prefeito, vaiar. De que adianta criticar os outros se você está fazendo igual a eles, ou pior né. Beeeelo exemplo! O pessoal do Metropolitano deveria mesmo é rever esta situação das carteirinhas de estudante. Eu também sou estudante, mas não tenho carteirinha, então pago inteira. Por isso decidi ser sócia além de apoiar o time fica mais barato. Acho muito ridículo este tipo de situação, e o cara ainda acha bonito postar isto no blog!! Por isso que o nosso Brasil não vai pra frente.. To indignada.

Envie seu Comentário