Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Caso Maurinho - novo capítulo

13 de abril de 2012 11

Capítulo novo no Caso Maurinho no Metropolitano (em péssima hora, registre-se).

Nesta sexta, surgiu a informação de que o jogador já estaria de volta a Blumenau. O que, com um pouco mais de investigação, confirmei não ser verdade. Maurinho segue em Minsk, na Bielo-Rússia. É jogador do Dínamo Minsk. Pelo menos no entendimento do contrato que o clube blumenauense considera válido.

O presidente Vadinho, este sim, está retornando ao Brasil após conversar com os gringos. Levou uma proposta por escrito, recebeu outra que foi vetada pelos advogados que analisam o caso para o clube. Sendo assim, o presidente prometeu pensar no assunto, mas fontes próximas me confirmam: a solução que se avizinha é executar o contrato anterior, o primeiro, de US$ 500 mil, na Fifa. O clube tem ganho certo, porém demorado. E esse dinheiro fará falta no planejamento do ano.

Maurinho ficou lá, e mesmo que a coisa não se acerte, por lá ficará pelo menos até completar 3 meses de contrato (em tese, pelo menos). Pois aí, com os bielo-russos não pagando o que está no papel, ele pode ir também à Fifa, ficar livre do contrato e voltar “dono” de si. Foi orientado a fazer isso e já mandou dizer que aguenta, mesmo que deixem ele de lado por lá.

É isso. Maurinho não está de volta, não. Pelo menos ainda não. Um provável acerto com o Metrô na próxima janela de transferência me parece óbvio, mas só lá. Até porque ele não poderia mais jogar o Catarinense.

Siga o blogueiro no Twitter:

Comentários (11)

  • Paulo Eduardo diz: 13 de abril de 2012

    É o que dá ter quase ou nenhuma experiência na administração do Futebol, os gestores do Metropolitano podem ser excelentes administradores de empresa bons Médicos e advogados mas o mercado da bola, a conversa é outra é muito cartola calejado no mercado que dá o famoso nó em gota d´ água. Um conselho a diretoria do Metropolitano faça um inter câmbio uma especialização nos grande clubes Brasileiros ou até mesmo no mercado Europeu, que mesmo em crise interminável é o que melhor administra suas equipes e capta recursos para manter suas estruturas milionárias ou bilionárias, mas digo que não é da noite para o dia que isto se aprende, mas tem que aprender de alguma forma.
    Maurinho teria ficado no time manteria a grande arma do metro nos melhores jogos o contra ataque, o metro já estaria no mínimo confirmado na D, e ao final do campeonato ele teria muito mais prestigio e a torcida feliz com a vida e a diretoria da certeza do calendário 2º semestre 2012.

  • Rubens Grall diz: 13 de abril de 2012

    Prezado Paulo

    Imagino que você deva ser um expert em administração esportiva. Neste caso pergunto o motivo de não se candidatar a presidente do Metro.

    Tem gente que seria melhor não sair de casa ou ficar quieto. Desde a época do Presidente anterior até agora, tenho visto um trabalho sério e abnegado dentro das condições que o empresariado de Blumenau ajuda. O poder público nem ajuda tanto, mas sabe-se que não atrapalha e tem dado toda estrutura possivel para o Clube. Mas quem deve manter este sonho é o empresariado, que faz pouco.

    Palmas para os empresários que estão apoiando, acreditando e patrocinando isto para nossa cidade. Aos outros, pensem se adianta ir assistir um outro jogo e criticar, ou seria melhor ajudart a ter time mais forte.

    Concordo com o Rodrigo que escreveu esta semana que os corneteiros devem ficar em casa. Além de ficar em casa, fiquem quietos. Se não querem ajudar, não atrapalhem.

    Enfim, Sr Paulo, poderia ter ficado quieto ao invés de falar besteira. Que venham médicos, administradores de empresas, psicologos, arquitetos, operadores de máquina, vigias e seja mais o que for, mas que tenham vontade de trabalhar pelo futebol e pela nossa torcida do Metro.

  • Paulo Eduardo diz: 13 de abril de 2012

    Sr. Rubens Grall, me desculpe se o meu texto o ofendeu creio eu que vivo em um estado democrático e laico, então ainda posso fazer alguma observações em nenhum trecho das minhas palavras proferidas acima procurei fazer criticas e sim sugestão.
    Falei que que os gestores do Clube Atlético Metropolitano como excelentes administradores em suas respectivas áreas com grande aval da sociedade possa aprimorar seu leque de conhecimento no mundo do Futebol,
    Que é um mercado prostituído cheio de trambiqueiros que não deviam estar nos postos que ocupam.
    Pois estes usam de subterfúgios para prejudicar os demais creio que foi o que aconteceu no caso mencionado pelo Rodrigo Minsk x Metro.
    Sobre iniciativa pública auxiliar em clube privado tenho minhas resistências, o que pode haver são incentivos fiscais em deduções de impostos que são destinados inclusive ao esporte e o Metropolitano já descobriu o caminho através do Ministério do esporte ( Brasilia), que as empresas privadas que apoiarem o clube que seja na base tenho seus benefícios de redução fiscais em impostos. Este conhecimento politico administrativo a diretoria provou ter.
    Mas o Mercado da bola é cruel e tem que ta preparado pra jogar o jogo do mercado negro do Futebol.
    O que eu sugeri é busca do conhecimento para efetivação do clube no cenário com noticias positivas e não imbróglios como este do Maurinho.
    E senhor Rubens leia com o cérebro e não com o estomago.

  • juliano diz: 13 de abril de 2012

    estragaram todo um planejamento pelo olho gordo.me admiro empresários bem sucedidos em suas carreiras tomar uma dessa quem disse que dinheiro se ganha facil….é diretoria vamos profissionalizar o departamento de futebol mas com gente que conhece o cenário brasileiro e mundial e não com gente que só conhece o vale do itajai

  • MURILO diz: 13 de abril de 2012

    Concordo com o Paulo, faltou experiencia na negociaçao e vejo que o Metro precisa de gente que esteja ligado na area ou que o clube busque experiencia junto a outros clubes. Não eh nenhum desrespeito ou critica e sim uma constatação. Somos torcedores do Metro, e somos livres p colocarmos os nossos pensamentos.

  • Maracajá Tricolor diz: 13 de abril de 2012

    Braga, sou torcedor do Criciuma e sempre leio seu blog, e foi lendo os comentários dos seus leitores, que começo a entender o porque que Blumenau, nunca teve um time competitivo, de longe parece que é muita vaidade em jogo, a torcida não prestigia, e os planejamentos são ignorados por simples reais que aparecem, como no caso deste jogador. Lembro que Blumenau é uma cidade totalmente voltada para o esporte, vide a quantidade de jogos abertos que ganhou, e que uma cidade polo, como é Criciuma, Joinville e Chapecó, onde as torcidas são atuantes e mesmo com a imprensa estadual sendo contraria ao futebol destas regiões, sempre se destacam no futebol estadual e inclusive nacional.
    Acredito que em uma situação como esta, onde a chance de disputar o titulo catarinense, a serie D, e possivelmente conseguir uma vaga na Copa do Brasil de 2013, visto que Criciuma, Joinville, e Avai terão vaga garantida se conseguirem se manter na serie B, junto com o Figueira, era para toda região estar unida e falando somente do jogo do Metro contra o Avai. O Metro tem muito mais qualidade que o Avai, se jogarem como jogaram aqui em Criciuma, com certeza a vaga nas semi é de Blumenau.

    Abraços de um Admirador do metro e torcedor do Criciuma

  • Erno diz: 13 de abril de 2012

    Venha quem vier ao Metro, pouco mudara se no DEPARTAMENTO DE FUTEBOL
    não ser alguem da area, PARA SER COBRADO COMO TAL e não vir com as mesmas desculpas de sempre, achando alguem para PAGAR O PATO e se manter mais uma
    temporada no clube.

    Afinal, são 4 ANOS de muita incompetencia, ai já é demais.

  • MURILO diz: 14 de abril de 2012

    ora, todo comentário aqui colocado, foi porque o colunista indagou sobre o assunto, é obvio que todos nós estamos concentrados no jogo contra o avai e acreditamos que o Metro jogando com garra e com vontade de vencer, o NOSSO METRO SERÁ O VENCEDOR

  • Renan TIGRE diz: 14 de abril de 2012

    Braga, nada haver com o assunto, mas também não deixa de ser parecido com o postado, pois refere-se à polêmicas de vai-vem de jogadores, mas a informação é que Zé Carlos fica no Tigre. Segue o link:

    http://atribunanet.com/noticia/reviravolta-ze-carlos-de-volta-no-tigre-78774

  • Victor Duarte diz: 15 de abril de 2012

    Isso que dá ter uma diretoria cabaça.. mas é normal , acredito q vcs seram um dos grandes ainda..kkk

  • Graciela Maske diz: 15 de abril de 2012

    Não acredito que tenha faltado experiência por parte dos dirigentes do Metropolitano na negociação do Maurinho.
    Como vamos explicar os calotes que os considerados “grandes times” no Brasil sofrem por falta de pagamento no prazo estipulado?
    Serão todos eles incompetentes ou existe má fé do grupo de investidores?
    Até a lentidão da FIFA em resolver esses casos favorece os caloteiros, prejudicando ainda mais os jogadores e os clubes detentores dos seus direitos.

Envie seu Comentário