Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts do dia 26 abril 2012

Rafael Costa fica no Metropolitano

26 de abril de 2012 7

Informação exclusiva do repórter Everton Siemann, do Santa:

O atacante Rafael Costa, artilheiro do Catarinense com 14 gols, vai permanecer no Metropolitano para a Série D do Brasileiro.

Ele já deixou acertada com a diretoria a renovação, segundo afirmou ao Santa por telefone, nesta quinta-feira, e falta apenas assinar o contrato que ainda não ficou pronto.

Após a eliminação do Metrô no Estadual, especulou-se a ida de Rafael para times do Paraná, para o Criciúma (numa troca envolvendo vários jogadores dos dois clubes, que ainda deve ocorrer com outros nomes) e até mesmo um retorno ao Avaí.

Mas o artilheiro fica no Verdão, o que pode ser considerado o primeiro grande reforço do time blumenauense para a competição nacional.

Confira abaixo trechos da entrevista de Rafael Costa ao Santa, que estará também na edição de sexta-feira do jornal:

Como está a negociação para a renovação de contrato com o Metropolitano?

Rafael Costa – Está bem encaminhada. Estamos conversando e chegamos a um acordo. Falta só assinar.

Você fica no Metropolitano, então?

Rafael – Sim. Estou esperando só o contrato ficar pronto para assinar.

A renovação é por quanto tempo?

Rafael – Três anos (o novo contrato vai até o fim do Estadual de 2015).

Homenagem do blog ao Dia do Goleiro

26 de abril de 2012 11

Pois é, vejam vocês que hoje (quinta-feira, 26 de abril) é dia do goleiro. Esse cara que fica feliz evitando o que todo mundo quer no futebol. Que joga diferente, que treina diferente. Que provavelmente foi “pegar no gol” porque a habilidade com os pés lhe faltava.

Mas sem eles, não tem futebol. Nem nas peladas com os amigos, sempre a primeira coisa que um time precisa garantir é um goleiro confiável. O resto, empilha em campo…

Para homenagear esses caras, gostei desse vídeo com defesas realmente espetaculares que achei na internet. Notem que ele é meio recente, a maioria das imagens não é de muito longe. Mesmo assim, os lances selecionados já dão uma bela noção de como é difícil esse negócio de ser goleiro.

Senti falta, por exemplo, daquela milagrosa sequência do goleirão uruguaio Rodolfo Rodrigues com a camisa do Santos nos anos 80. Ou ainda a clássica defesa de Gordon Banks no Brasil x Inglaterra na Copa de 1970 e a performance do pentacampeão Marcos na Copa de 2002. Por isso, acrescento estas à homenagem:



Parabéns a todos, então!