Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Copa do Brasil: SC merecia mais

01 de junho de 2012 7

A CBF finalmente se pronunciou sobre a nova Copa do Brasil, informação que já corria nos bastidores desde o início do ano. A competição finalmente será valorizada, terá todos os times, até os que disputam a Libertadores, será maior, contemplará mais gente e provavelmente ainda dará vagas na Copa Sul-Americana (além da Libertadores ao campeão, como tem sido de praxe). Enfim, várias coisas boas. A entidade máxima do nosso futebol finalmente corrige um erro histórico com a segunda principal competição do país.

Em 2013, serão 86 clubes na competição. As vagas serão distribuídas entre estados (70), via ranking da CBF (10), além das seis de times que estarão na Libertadores e entrarão na disputa em fase avançada. Isso dará a Santa Catarina prováveis cinco representantes. Uma vaga a mais em relação as duas dos últimos estaduais, mais Joinville e Criciúma entrando pelo ranking. Como duas vagas do Estadual já são da dupla da Capital, finalista do Catarinense, e JEC e Tigre estão confirmados pelo ranking, os quatro grandes daqui estarão na nova Copa do Brasil. Resta uma vaga, que a FEderação ainda não definiu o que fazer, mas é bem provável que seja dada ao campeão da Copa Santa Catarina, torneio que será jogado no segundo semestre e que com isso ganharia fôlego, pois até então ninguém estava muito disposto a entrar em campo.

Sobre a divisão das vagas, faço apenas um adendo. Acho que pelo crescimento nos últimos anos, Santa Catarina merecia maior reconhecimento. O Estado é a sexta força do futebol nacional (rivalizando com o vizinho Paraná pelo quinto posto, à frente de centros mais tradicionais como Bahia e Pernambuco, por exemplo). E temos, de longe, o Estadual mais equilibrado e nivelado do país. Os estados que estão acima, e que têm direito a mais vagas, colocam seus principais clubes na competição via Libertadores, abrindo brecha para times fracos. Santa Catarina merecia uma condição intermediária, em vez de três, quatro ou até cinco vagas. É a minha opinião, acho que o Estado é merecedor desse reconhecimento.

Mas isso não vai acontecer, pelo menos não em 2013. E de qualquer forma os avanços da Copa do Brasil já merecem elogios.

Comentários (7)

  • Eduardo diz: 1 de junho de 2012

    Braga ,

    Não acho que seja injusto Santa Catarina ter 3 vagas fixas na Copa do Brasil. E também acho muito abstrato discutirmos se o estado está acima ou abaixo de outros. É uma discussão sem conclusão , basta ver a opinião dos pernambucanos e baianos , só para ficarmos nesses dois. O erro foi trazer para esse grupo praças sem a menor representatividade , seja atual ou passada , na história do futebol brasileiro , como o Pará , Alagoas , Rio Grande do Norte e Distrito Federal. Até mesmo o simpático estado do Ceará não tem passado e nem presente para ganhar 3 vagas. Talvez a força política explique melhor essa nova divisão.

    O mais interessante para mim , até agora , é pegar o ranking da CBF e fazer simulações. Para Santa Catarina , é quase impossível , pela atual classificação , ver o Criciúma de fora de uma edição da Copa do Brasil.

    Do blogueiro: Edu, concordo, é discussão sobre hipóteses, por isso fiz questão de ressaltar que é apenas a minha opinião. Sobre o ranking, Criciúma e Joinville têm grandes chances de entrar, pelas simulações feitas aqui.

  • Ricardo – TIGRAO diz: 1 de junho de 2012

    O Criciuma IMPOSSIVEL ficar de fora da Copa do Brasil ano q vem!!!

  • MATEUS diz: 2 de junho de 2012

    Pah acho que o certo não é por tantos times de tal estado e mais tantos de outro. Acho que o certo é colocar TODOS os time de série A e B na copa do Brasil e daí coloca mais 12 que podem entrar por atuações nos estaduais ou ranking.
    Tomara que o tigre garanta uma vaga pra ano que vem.

  • Carlos Pelotense diz: 2 de junho de 2012

    Bom dia.
    Creio que a única chance de uma equipe barriga-verde conquistar algo em nível nacional, como ocorreu com o clube Criciúma em 1991, seja realmente a Copa do Brasil. Fora isso, chance zero!
    Definitivamente o futebol catarinense não é a sexta força nacional. Até gostaria que fosse, mas não é! Além do mais, o futebol paranaense, simbolizado pela dupla Atle/Tiba, está alguns degraus acima de qualquer clube barriga-verde. Tem muito mais tradição, estrutura, projeção na grande mídia e sem falar nos títulos.
    O futebol catarina relamente evoluiu e isso é fato, mas ainda é quase invisível em termos nacionais.

    Pelotas, RS em 02/06/12.

  • Eduardo Avaiano diz: 2 de junho de 2012

    Concordo Santa Catarina rivaliza com Minas Gerais em times classe B.

  • jose diz: 3 de junho de 2012

    O Carlos PELOTENSE antes de cornetear os outros vai fazer um time ai em pelotas , porque o teu viralata e o terra de santa cruz naõ chega perto de nós , a prova esta ai disputamos as series C e D nos ultimos anos com voces e os paranaenses não so´ nos clasificamos como rebaixamos voces portanto lava a boca antes de falar dos outros , tirando os dois de porto o futebol do teu interior e´ muito ruim cara .

  • Alvaro diz: 5 de junho de 2012

    Com tantos clubes duvido que saia boa coisa daí.

Envie seu Comentário