Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Criciúma empolga no ritmo de Zé do Gol

09 de junho de 2012 12

Ao final da primeira fase do Catarinense, coisa de 50 dias atrás, o Criciúma era um time sem rumo. Preocupava a falta de perspectiva para uma série B que se anunciava muito complicada.

Pois bem, quando começou a Segundona, dos catarinenses era o que mais me preocupava.

Cinco rodadas depois, o Tigre empolga. Joga bem e escala a tabela no ritmo de Zé Carlos, que vive fase iluminada.

Neste sábado, o Criciúma passou como quis pelo Goiás no HH: 3 a 0 com três gols do atacante. Fora o baile, como se diz. O Tigre foi muito superior.

O time catarinense tem sido sólido, com futebol atraente (esse Lucca é um jogador diferenciado, já tinha dito isso no Catarinense) e com Zé do Gol resolvendo lá na frente. Não acho possível que ele siga nesse ritmo por toda a Série B, mas se resolver os jogos-chave, a torcida já estará satisfeita.

Não sei de verdade qual a parcela desse bom futebol do Criciúma cabe ao técnico Paulo Comelli, que chegou pouco antes de a competição começar. Os amigos lá do Sul podem me ajudar nessa trazendo o ponto de vista de quem está lá no dia a dia. Mas começa a vislumbrar um Criciúma, que na Série B tem camisa e impõe respeito pelo que já construiu, indo longe.

Siga o blogueiro no Twitter:

Comentários (12)

  • Luiz Gustavo diz: 9 de junho de 2012

    A mudança veio fora, com a chegada do Rampineli para diretor de futebol, dando tranquilidade e suporte fora de campo.

    Com a chagada de Kleber e Fransérgio arrumou o meio (ponto mais fraco no catarinense). Laterais melhores e coerência no comando do time por parte do Comeli.

    Tem Valber, Possebon e Lins para estrear. Se arrumar a zaga (já melhorou hoje) vai longe.

  • rodolfo diz: 9 de junho de 2012

    O Paulo Comeli deu uma boa organizada no que já tinhamos por aqui e está mostrando muita coerência na escalação e nas modificações.
    Do time titular que entrou em campo, 6 jogadores estavam aqui no estadual (ezequiel, nirlei, diego oliveira, giovani augusto, lucca e zé carlos). Os 3 que entraram no segundo tempo também já estavam aqui desde aquela época (diego felipe, douglas e gilmar).

    Portanto, o problema não eram nem os jogadores que estavam aqui, mas sim a bagunça promovida pelo Márcio Goiano (um dos piores treinadores que eu já vi por aqui) e ampliada pelo Silvio Criciúma (outro que também mostrou saber muito pouco).

    Mas é inegável também que o zagueiro Matheus, o lateral Marlon, o volante Fransérgio e o meia Kléber são belíssimos jogadores e estão contribuindo muito para a boa fase.

  • Murilo diz: 10 de junho de 2012

    O diferencial é que, além de tecnicamente melhor, o time está com espírito de equipe. Os jogadores se abraçam em cada gol, vibram a cada escanteio conquistado, bola afastada, falta sofrida. O clima tá bom, time focado. Continuando assim é time pra ser campeão.

    Do blogueiro: Muito bem observado, Murilo. Também notei isso. Abraço

  • Filipe Barchinski da Silva diz: 10 de junho de 2012

    O técnico Paulo Comelli tem todos os méritos pela fase vivida, trouxe alguns jogadores chaves de sua confiança, como nosso camisa 10 Cleber, muito bom jogador. O técnico tem tido ótima leitura do jogo e armado o time sem invenções mirabolantes, convicto em suas decisões, não está sendo influenciado pelas inúmeras opiniões imediatistas de alguns setores da imprensa.

  • Teylor Alvinegro diz: 10 de junho de 2012

    Parabens ao Tigre, esta empolgando mesmo.
    Alo diretoria do Figueira, vai deixar um clube do eixo (do mau) Rio -Sao Paulo se interessar e comer mosca em ñ contratar o homi?
    Aí aí depois ñ reclama ke ñ tem atacante no mercado..

  • FRED CRICIUMA diz: 10 de junho de 2012

    O CAMPEAO D BRASIL JOGA NO MAJESTOSO, PARA BUSCAR A SERIE A, E TODO O ESTADO VEM JUNTO, NO RITMO DO TRIDENTE OFENSIVO, LUCA, GILMAR E ZE DO GOL.
    DALE TIGRE, O NOSSO CAMPEAO DO BRASIL.

  • Daniel De Luca Gonçalves diz: 10 de junho de 2012

    Além do treinador, precisamos dar créditos ao pessoal do futebol Rodrigo Pastana e Valdecir Rampinelle. Os dois estão falando a mesma “língua”. Encaixou! “Pra cima deles Tigrão”!

  • arnoldois@hotmail.com diz: 10 de junho de 2012

    Caro Braga,

    Tudo isso é fruto do planejamento, a partir do retorno ao comando do Tigre de seu torcedor nº 1, Antenor Angeloni, o qual , acima de qualquer valor investido, ama verdadeiramente o maior time de futebol de Santa Catarina, após a saída de cenário do saudoso Metropol. Como fruto de muita organização e trabalho, as peças vão se arrumando dentro do campo e fora dele, atingindo um grande equilíbrio com a maior contratação feita pelo competente Presidente, com custo zero, que foi o retorno de Valdeci Rampinelli(Campeão Brasileiro da Série B de 2002) para a Direção de Futebol. Por isto, estamos com um bom grupo de jogadores é o dedo do técnico sim,
    que é peça importante neste processo. Ele é muito competente, pois basta olhar para a escalação e ver , por exemplo, no jogo de ontem contra o Goiás quantos jogadores já estavam aqui: Zé do Gol que, em média de gols por partida, considerando a temporada passada e esta que se inicia, se não é o maior artilheiro do Brasil, está entre os primeiros, Nirley, Ezequiel, Diego Oliveira, Diego Felipe, Luca(os quatro últimos da base do Tigre). Mais da metade do time que jogou ontem já estava aqui. O Paulo Comeli tem muito a ver com o sucesso do Criciúma de hoje, pois após sua passagem pelo Clube em 2002, quando praticamente montou o time que foi Vice-campeão estadual e na sequência Campeão Brasileiro da B, segunda conquista mais importante do futebol catarinense, lembrando que a primeira também é do Tigre-Copa do Brasil- como Técnico de Futebol ele evolui muito. É um bom comandante de fubebol,com boa leitura do desenvolvimento de um jogo de futebol. Aí tem o dedo doTécnico sim. No conjunto de suas forças, a persistir este quadro, o Criciúma subirá para a Série A e lá permanecerá muito tempo.

    Do blogueiro: Bela análise. Taí um ponto de vista interessante sobre a reação do tigre em relação ao Estadual. Abraço

  • flavio peinhopf diz: 10 de junho de 2012

    ola tb.. sou de concórdia e torcedor do tigre e esse time tem faro de primeira divisão, pois nosso presidente ja é de primeira..abração e dalhe tigre o maior de sc

  • A peteca não pode cair diz: 10 de junho de 2012

    O importante é manter essa sequência. Não dá pra perder essa confiança. Não podemos fazer como anos atrás. Pontuamos tudo no primeiro turno e depois nada no segundo. O importante é pontuar durante toda a competição. Obviamente, ganhar 1 e perder 2 é melhor que empatar 3!
    O tigre precisa mais ou menos de uma média de 1,6 ponto por jogo pra subir.
    Mais no início do ano pensavam em investir apenas o suficiente para não cair. Mas agora com esse bom início de série B aproveitem e invistam o máximo possível!
    Outra coisa time covarde como aquele do ano passado não podia subir mesmo, esse ano tem mais chances! Mesmo com a atual série B muito mais disputada.

  • Robson diz: 11 de junho de 2012

    Olha, uma hora a coisa tinha que melhorar.A partir do retorno do seu Antenor e da administração da GA, o clube passou a viver uma verdadeira revolução, hoje um canteiro de obras, visto a melhoria do estádio, na aquisição de modernos equipamentos para o departamento de fisiologia e departamento médico, e o início da construção dos módulos do CT.Faltava uma estruturação no dep. de futebol, o que está acontecendo com a vinda do Rampinélli, o que é imprescindível visto que aqui a imprensa e alguns comentaristas muitas vezes exageram em suas críticas e acabam tumultuando o ambiente.É o preço de um clube que tem história e de uma região que tem o futebol no seu DNA.Preocupo-me por não termos um reserva a altura do Zé do Gol, pois tem os cartões, as lesões, etc…Mas, estamos no caminho certo!

  • Tigre de Floripa… diz: 11 de junho de 2012

    Pelos comentários tem muita gente empolgada. E é pra estar mesmo. Mas, lembrem-se: 2007 ainda é um fantasma. Sou tigre desde os tempos que o nome era Comerciário. Na época torcia para dois times, Comerciário e Vasco. Hoje tenho apenas um, Criciúma Esporte Clube. Manter os pés no chão é fundamental, tanto pro Clube, jogadores e os torcedores. Não vamos ficar ai no já ganhou… Os rivais estão avidos por uma gozação, zoação e afins… Cuidado com os zicadores e secadores!

Envie seu Comentário