Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts do dia 21 novembro 2012

Fórmula 1 em Santa Catarina? Duvido

21 de novembro de 2012 64

Bernie Ecclestone, o todo-poderoso da Fórmula 1, esteve na terça-feira em Santa Catarina. Foi conhecer, a convite, o projeto de um autódromo (projeto antigo, por sinal) no Parque Beto Carrero World, em Penha. O governador Raimundo Colombo também esteve lá, o que deu um ar de formalidade à visita.

Logo, todo mundo se alvoroçou. Será?

Bom, seria ótimo, o Beto Carrero já levou as principais provas de kart do país para lá e tem o perfil da F-1 atual. Mas, sinceramente, duvido muito.

A Fórmula 1 está em Interlagos desde os anos 90. Trata-se do maior evento turístico da maior e mais rica cidade brasileira. Estive em Interlagos recentemente (em setembro), o autódromo está bem precisando de uma boa garibada, tá bem velhinho. Mas daí a perder a F-1, que leva quase 100 mil pessoas a SP na semana do GP Brasil, repito: duvido. E outra: a estrutura para receber a prova exige muito mais do que a região pode oferecer atualmente. Se São Paulo não dá conta (trata-se do único evento que extrapola a rede hoteleira da cidade), calculem aqui. E o aeroporto? Navegantes? Então tá…

A explicação mais razoável para a visita de Ecclestone pode estar numa palavra: Business. O contrato da F-1 com Interlagos vence em 2013 (e pode ser renovado até 2020). Mas para isso a categoria cobra alterações no autódromo que giram em torno de R$ 120 milhões, e que ninguém quer assumir agora, com troca de governo municipal em janeiro (Interlagos pertence à prefeitura de São Paulo). Aí, Ecclestone pode ter visto na visita ao Beto Carrero uma boa forma de pressionar o governo paulistano a resolver a pendência de uma vez, sob risco de perder a galinha dos ovos de ouro.

E, cá entre nós, não vai perder.

A única possibilidade que enxergo é o de duas provas da F-1 no Brasil. Não é impossível, já que hoje em dia o dinheiro manda mais do que em qualquer outra época na categoria. Mas é bem difícil.

Vamos aguardar. Mas, pra mim, a carinha meio entediada do Bernie olhando o projeto é mais do que suficiente para acreditar que F-1 em SC não passa de um sonho bem distante.