Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Sesi-SP perde para o Racing de Cannes na decisão do Torneio Top Vôlei

29 de dezembro de 2012 0

O Sesi-SP não repetiu as atuações dos três jogos anteriores e acabou ficando com o vice-campeonato do Torneio Top Vôlei Internacional Feminino, que foi disputado na Basileia, na Suíça. Na decisão, a equipe paulista perdeu para o Racing Club de Cannes, da França, por três sets a um, parciais de 25/19, 23/25, 25/20 e 25/16, em 1h44 de partida.

Com a vitória, o Racing Club de Cannes confirmou a condição de maior campeão da história do torneio. Em 24 edições, a equipe francesa esteve presente em 12 finais e conquistou o troféu pela sexta vez. As anteriores foram em 1990/93/95/99/2002/05. O Sesi foi o quinto time brasileiro a decidir a competição e o terceiro vice. Antes, Minas Tênis Clube (2002) e Vôlei Futuro (2010) também foram derrotados na final. Unilever Vôlei, duas vezes e Osasco são os brasileiros que venceram na Suíça.

Racing Cannes venceu Top Vôlei pela sexta vez - Divulgação

As duas equipes chegaram invictas à decisão. As brasileiras venceram os três jogos anteriores, perdendo apenas um set. Já as francesas vinham de três vitórias, mas com três sets perdidos e uma dura semifinal contra o Voléro Zürich, da Suíça, que durou cinco sets.

Na primeira parcial, o Sesi começou um pouco melhor e chegou ao primeiro tempo técnico liderando em 8 a 6, após um ponto de saque de Fabiana. Mas, logo depois, o Cannes virou com três bloqueios seguidos e marcou 11 a 9. O time brasileiro passou a errar muito e viu as francesas dispararem em 20 a 12. O técnico Talmo de Oliveira trocou a levantadora e colocou Carol Albuquerque no lugar de Dani Lins. A equipe teve leve melhora e encostou em 23 a 19. Porém, em um bloqueio de Rasic, o time francês fez 25 a 19, em 25 minutos. Neste set, o Cannes marcou oito pontos de bloqueio, com destaque para a central sérvia Milena Rasic, que conseguiu quatro. Ela e a outra meio-de-rede, Victoria Ravva terminaram o set com oito pontos cada.

O segundo set começou com o Sesi marcando 4 a 1, após dois bloqueios de Bia e Elisângela, respectivamente e um contra-ataque de Tandara. Na sequência, a equipe francesa reagiu e conseguiu a virada num ataque de fundo da ponteira sérvia Brankica Mihajlovic (7 a 6). O time paulista reconquistou a liderança em 9 a 8m num bloqueio de Tandara sobre Ravva. Mas o Cannes voltou a virar o placar, apos um ataque da opsta italiana Nadia Centoni e de um bloqueio de Ravva (11 a 9). As brasileiras buscaram nova reação, empatando em 14 e chegando e, 16 a 15, no segundo tempo técnico, após um erro de Centoni. Um bloqueio de Elisângela sobre a ponteira ucraniana Tetyana Kozlova deixou o marcador em 18 a 15. O time francês cresceu novamente e empatou em 21, após um erro de Dani Lins. Neste momento, Tandara assumiu o jogo. A ponteira da seleção brasileira marcou três pontos e conduziu o Sesi à vitória, por 25 a 23, em 28 minutos. Ela terminou o set com sete pontos.

Tandara e Fabiana Claudino são destaques do Sesi - Divulgação

Mais tranquilo, após igualar o jogo, o Sesi começou forte o terceiro set. Rapidamente, o time brasileiro marcou 6 a 1, após um ataque de Tandara. Porém, parou e permitiu que o Cannes encostasse e chegasse à parada técnica, apenas dois pontos atrás ( 8 a 6). As brasileiras retomaram o ritmo e marcaram 16 a 11, após um bloqueio de Elisângela. A partir daí, aos poucos, o time francês foi pontuando e diminuindo a distância. Quando o placar apontava 17 a 15 para o Sesi, o técnico francês Anthony Gaste colocou em quadra, para sacar, a levantadora reserva Ilka van de Vyver e o Cannes obteve uma grande sequência. Sempre com a belga no serviço, o campeão francês virou para 21 a 17. No final, após um erro entre Dani Lins e Fabiana, a equipe da França fez 25 a 20, em 27 minutos, e ficou a um set do sexto título. A sérvia Rasic fez cinco pontos e foi a principal marcadora do set.

Precisando vencer para levar o jogo para o tiebreak, o Sesi começou o quarto set forçando o saque. A equipe francesa marcou a central Fabiana, que não conseguiu pontuar e o jogo das brasileiras ficou extremamente previsível. Sassá saiu para o ingresso de Ingrid e Carol Albuquerque voltou a substituir Dani Lins mas, mesmo assim, o time brasileiro sempre esteve atrás. Num contra-ataque de Centoni, o Cannes marcou 16 a 11 e encaminhou a vitória. Num ponto de saque da bileorrussa Tatsiana Markevich, o time francês fez 20 a 12 e, depois de algumas trocas de ponto, chegou à vitória por 25 a 16, em 24 minutos. Neste set, quem brilhou foi Mihajlovic que marcou sete dos 17 pontos que fez durante o jogo.

Ravva é a capitã do Cannes - Divulgação

A capitã Victoria Ravva foi a maior pontuadora da partida, com 19 acertos. Depois, Mihajlovic e Rasic, com 17 e Centoni, com 14 pontos. No Sesi, que mais marcou foi Tandara, que terminou com 18. Fabiana fez 13 e Elisângela encerrou o confronto com 12 pontos.

Sesi: Dani Lins, Tandara, Bia, Elisângela, Sassá, Fabiana e a líbero Juliana Filippelli. Ainda jogaram: Ingrid, Carol Albuquerque e Jéssica. Técnico: Talmo de Oliveira

Racing Club de Cannes: Antonjevic, Mihajlovic, Rasic, Centoni, Kozlova, Ravva e a líbero Arcangeli. Também atuaram: Markevich, Van de Vyver e Aelbrecht. Técnico: Anthony Gaste

Local: St.Jakobshalle (Basileia) Suíça

Árbitros: Milan Labasta  (Repúblic Tcheca) & Philippe Schürmann (Suíça)

Parciais: 25/19, 23/25, 25/20 e 25/16

Envie seu Comentário