Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Bruno Prada e Lars Grael vencem na Semana Internacional de Vela do Rio de Janeiro

06 de janeiro de 2013 0

Depois que a Federação Internacional de Vela anunciou que a classe Star não irá fazer parte do programa de competições dos Jogos Olímpicos de 2016, os velejadores que planejam disputar a Olimpíada resolveram mudar de classe. Um dos casos é Bruno Prada, dono de duas medalhas olímpicas em Pequim 2008 e Londres 2012, ao lado de Robert Scheidt. Com o objetivo de disputar os Jogos do Rio, ele  retornou à classe Finn.

Prada venceu na Finn - Divulgação/Facebook/Reprodução

Nesse final de semana, Bruno Prada participou da 26ª Semana Internacional de Vela do Rio de Janeiro e, com duas vitórias e quatro segundos lugares, nas seis regatas disputadas, ele faturou o título da competição pela terceira vez neste tipo de barco – as anteriores foram em 1997/99. O vice-campeão dos Jogos de Pequim, ainda tem outras três conquistas na Star, com Scheidt, nos anos de 2004/05/07.

Jorge Zarif venceu três provas, inclusive as duas últimas, mas não teve a mesma regularidade de Prada nas demais e ficou com o vice-campeonato, com 14 pontos perdidos contra oito do adversário. Ricardo Valerio foi o terceiro, com 18 pontos perdidos.

Na classe Laser Standard, o título ficou com João Pedro Souto, que venceu quatro regatas e terminou com seis pontos perdidos. Mateus Carvalho (9) e Mario Tinoco (19) completaram o pódio.

Pedro Castro foi o vencedor da Laser Radial, com seis pontos perdidos e quatro primeiros lugares. A segunda colocação ficou com Lucas Farina (8) e Gustavo Nascimento (14) finalizaou em terceiro lugar.

Lars Grael e o proeiro Renato Moura venceram quatro regatas da Classe Star e com seis pontos perdidos foram os campeões. Alessandro Pascolato e Henry Boening (10), com uma vitória e três segundos lugares terminaram em segundo e Gastão Brun e Gustavo Kunze, com 15 pontos completaram a competição em terceiro.

Os campeões da Classe Snipe foram Bernardo Assis e o proeiro Pedro Leão (15 pp), seguidos de Ivan Pimentel e Alexandre Muto (16 pp) e Paulo Santos e Thiago Sanginetto (17 pp).


Envie seu Comentário