Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Crise na CBV: Gustavo Endres diz que jogadores se sentem traídos

18 de março de 2014 1

14832917O voleibol brasileiro atravessa uma das maiores crises de sua história. Porém, ela não está dentro das quadras, mas sim nos gabinetes. Depois de se tornar modelo para todo o mundo, com a vitoriosa forma de gestão implementada por Carlos Arthur Nuzman a partir da década de 80, o vôlei nacional enfrenta uma série de acusações de corrupção, que acarretaram na renúncia do atual presidente da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), Ary Graça Filho, que segue como principal mandatário da Federação Internacional de Vôlei (FIVB).

As denúncias de corrupção em contratos de patrocínio com o Banco do Brasil surgiram através de reportagem da ESPNBrasil e culminaram com a renúncia de Ary Graça e do superintendente da entidade, Marcos Pina.De acordo com a reportagem, a empresa SMP Logística e Serviços Ltda, pertencente a Pina, receberia R$ 10 milhões como forma de “remuneração relativa aos contratos de patrocínio firmados entre a CBV e o Banco do Brasil”, no período compreendido entre abril de 2012 a abril de 2017. Ainda segundo a denúncia, Fábio André Dias, diretor-geral da FIVB, receberia outros R$ 10 milhões através da S4 Gestão de Negócios, empresa a qual é proprietário.

Impactados pelo escândalo, os principais jogadores brasileiros esperam mudanças na CBV. O campeão olímpico em Atenas-2004, Gustavo Endres, em entrevista ao Blog Gaúcha 2016, afirma que “jogadores se sentem traídos”, “que auditoria contratada ainda irá revelar mais problemas” e “qu ea situação do vôlei brasileiro é complicada”.

Confira a íntegra da entrevista:

Comentários (1)

  • Íntegra do Programa Gaúcha 2016 – 22/03/2014 | Gaúcha 2016 diz: 22 de março de 2014

    [...] A edição 160 do Gaúcha 2016 foi ao ar neste sábado, dia 22 de março de 2014. O programa entrevistou o campeão olímpico Gustavo Endres, que disse que a situação do vôlei brasileiro é complicada e criticou a Confedera…. [...]

Envie seu Comentário