Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Thiago Monteiro bate Tsonga e conquista maior vitória da carreira

17 de fevereiro de 2016 0

O cearense Thiago Monteiro, de 21 anos, que ocupa a 338ª posição no ranking mundial conquistou nesta quarta-feira (17), a maior vitória de sua carreira em sua estreia no Rio Open. Diante do francês Jo-Wilfried Tsonga, nono do mundo, ele marcou 6/3, 3/6 e 6/4, em 2h06 de jogo e se garantiu nas oitavas de final do ATP 500.

Thiago vibra com vitória - Divulgação/Rio Open

Thiago vibra com vitória – Divulgação/Rio Open

Como juvenil, Monteiro teve como principal resultado o título do Campeonato Internacional de Porto Alegre, em 2011, e no ano seguinte chegou a segunda colocação mundial da Federação Internacional de Tênis (ITF). Como profissional, ele tem cinco títulos em torneios Future: Salvador (BA), em 2011; Bauru (SP), em 2012; duas vezes em Antalya, na Turquia, em 2013 e Middelburg, na Holanda, em 2014.

Nesta quarta, Thiago fez um jogo sólido e surpreendeu Tsonga. Já no primeiro set, com apenas cinco erros não forçados contra 11 do francês, o canhoto brasileiro conseguiu quebrar o saque do dono de 12 títulos no circuito da ATP no sétimo e nono games e abriu a vitória. Já no segundo, o vice-campeão do Aberto da Austrália de 2008 conseguiu se impor e devolveu as duas quebras nos mesmos momentos em que havia perdido na parcial anterior.

Tsonga é o número 9 do mundo - Divulgação/Rio Open

Tsonga é o número 9 do mundo – Divulgação/Rio Open

Mas Thiago Monteiro não se intimidou com Tsonga e voltou ao ataque no terceiro set e com uma quebra de saque conquistou a maior vitória da carreira e proporcionou a maior zebra do torneio. Agora, ele irá encarar o uruguaio Pablo Cuevas, em busca de vaga nas quartas de final.

Após o jogo, Thiago disse ainda não acreditar no que havia conseguido.

“Ainda não caiu a ficha do que fiz. É fruto de um trabalho que venho fazendo há muito tempo. Acreditei a todo momento na vitória. Por mais que seja uma vitória contra um top 10, eu não vou mudar como pessoa. Ainda tenho muito trabalho pela frente”.

Thiago participa de seu primeiro ATP 500 - Divulgação/Rio Open

Thiago participa de seu primeiro ATP 500 – Divulgação/Rio Open

O triunfo do brasileiro é histórico. Desde 2012, em torneios da ATP, quando o francês Albano Olivetti, então 388 do ranking mundial, derrotou o norte-americano Mardy Fish, oitavo, nenhum outro jogador acima da 300ª posição conseguiu derrotar um Top 10.

Demais resultados:

Daniel Gimeno Traver (ESP-q) 4/6, 3/1 e desistência Fabio Fognini (ITA-7)

Dominic Thiem (AUT-5) 7/5 e 7/5 Diego Schwartzman (ARG)

Envie seu Comentário