Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Seleção Brasileira Masculina de Handebol embarca para a disputa do Mundial da França

02 de janeiro de 2017 0

A Seleção Brasileira Masculina de Handebol embarca nesta segunda-feira (02) para a disputa do Campeonato Mundial, que será disputado de 11 a 29 de janeiro, em oito cidades da França. Na primeira fase, a equipe dirigida pelo técnico Washington Nunes está no grupo A e abre a competição no dia 11, em Paris, contra os donos da casa. Depois, o Brasil joga no dia 14, com a Polônia, no dia 15 com o Japão, no dia 17 com a Noruega e no dia 19 com a Rússia, sempre em Nantes.

Adversária de estreia no Mundial, França eliminou Brasil na Rio 2016 - divulgação/CBHb/ Inovafoto/Photo&Grafia

Adversária de estreia no Mundial, França eliminou Brasil na Rio 2016 – Divulgação/CBHb/ Inovafoto/Photo&Grafia

Com uma boa campanha nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, quando pela primeira vez na história passou da fase de grupos, o time brasileiro espera repetir ao menos esse desempenho. Na oportunidade, a equipe ainda dirigida pelo espanhol Jordi Ribera perdeu nas quartas de final exatamente para a França, por 34 a 27. Os franceses terminariam com a medalha de prata.

Washington Nunes é o novo técnico da Seleção - Divulgação/CBHb

Washington Nunes é o novo técnico da Seleção – Divulgação/CBHb

O período de treinamentos da seleção ocorreu de 12 a 22 de janeiro, no Centro Nacional de Desenvolvimento do Handebol, em São Bernardo do Campo (SP). Inicialmente o grupo foi formado por 21 jogadores, sendo que cinco deles foram cortados na convocação final, que manteve a base da equipe olímpica.

Zé Guilherme é uma da apostas da Seleção - Divulgação/CBHb

Zé Guilherme é uma da apostas da Seleção – Divulgação/CBHb

Antes de de chegar a França, no dia 9 de janeiro, o Brasil ainda disputa um torneio amistoso na Suíça ao lado dos donos da casa, Eslováquia e Romênia. Para o armador direito Zé Guilherme, que atua no clube polonês Orlen Wisla Plock, a seleção pode crescer ainda mais no cenário mundial.

“Acho que temos um bom time que pode cada vez mais fazer coisas melhores internacionalmente. Antes, na seleção, a maioria jogava fora, mas agora quase todos jogam, então, as expectativas são muito boas, claro, isso somado a muito treino com a seleção”.

César Bombom é um dos goleiros do Brasil - Divulgação/CBHb

César Bombom é um dos goleiros do Brasil – Divulgação/CBHb

Na história do Campeonato Mundial, o Brasil participou de 12 das 24 edições, sendo que esteve presente nas últimas 11. O melhor resultado de uma equipe brasileira no torneio aconteceu em 2013, na Espanha, quando terminou a fase de classificação em terceiro em seu grupo e acabou sendo eliminada pela Rússia, por apenas um gol (27 a 26), nas oitavas de final.

Confira os 16 convocados para o Mundial da França:

Goleiros – César ‘Bombom’ (OIF Arendal-Noruega) e Maik (AL-Rayyan-Qatar)

Armadores – Gabriel Ceretta (FC Barcelona-Espanha), Haniel (BM Naturhouse La Rioja-Espanha), Zé Guilherme (Orlen Wisla Plock-Hungria), Oswaldo Guimarães (Anaitasuna-Espanha), Thiago Ponciano (BM Ciudad Encantada-Espanha) e Thiagus Petrus (Mol-Pick Szeged-Hungria)

Centrais – Henrique Teixeira (CB Huesca-Espanha) e João Pedro (Chambery Savoie Handball-França)

Pontas – Claryston (Taubaté/FAB/Unitau-SP), Fábio Chiuffa (KIF Kolding Kobenhav-Dinamarca), Guilherme Torriani (Taubaté/FAB/Unitau-SP) e Lucas Cândido (BM Guadalajara-Espanha)

Pivôs – Alexandro Pozzer “Tchê” (Fertiberia Puerto Sagunto-Espanha) e Rogério Moraes (WC Vardar-Macedônia)

 

Envie seu Comentário