Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Tandara é eleita Craque da Galera e Drussyla leva prêmio de MVP da final da Superliga Feminina

23 de abril de 2017 0

A ponteira Tandara, 28 anos, do vice-campeão Vôlei Nestlé/Osasco (SP), foi eleita a melhor jogadora da temporada 2016/17 da Superliga Feminina de Vôlei. Ela venceu a votação “Craque da Galera”. Além deste prêmio, a campeã olímpica em Londres 2012 ainda ficou com os troféus de maior pontuadora, com 408 acertos, e de melhor saque da competição.

Tandara levou três prêmios individuais - Divulgação/Inovafoto/CBV

Tandara levou três prêmios individuais – Divulgação/Inovafoto/CBV

Já a ponta Drussyla, do campeão Rexona-Sesc (RJ), ganhou o título de melhor jogadora (MVP) da final disputada neste domingo (23). A jogadora de 20 anos, que assumiu a titularidade no lugar da holandesa Anne Buijs, durante o playoff semifinal contra o Camponesa/Minas Tênis Clube (MG) terminou a temporada como a melhor jogadora da partida disputada na Arena Olímpica do Rio de Janeiro.

Drussyla foi a MVP da final - Divulgação/Inovafoto/CBV

Drussyla foi a MVP da final – Divulgação/Inovafoto/CBV

Na eleição das melhores da Superliga, o pentacampeão Rexona-Sesc não ganhou nenhum troféu. Além de Tandara, as demais premiadas foram a líbero Tássia ((Dentil/Praia Clube-MG), que liderou as estatísticas na recepção com 438 acertos, a oposta norte-americana Destinee Hooker (Camponesa/Minas), que marcou 404 pontos e foi escolhida o melhor ataque.

Hooker foi a melhor atacante - Divulgação/Orlando Bento/Minas TC

Hooker foi a melhor atacante – Divulgação/Orlando Bento/Minas TC

O troféu de melhor bloqueio ficou com a central Mara (Camponesa/Minas), que fez 91 pontos neste fundamento. Já a líbero dominicana Brenda Castillo (Genter Vôlei Bauru-SP) foi a melhor defensora, com 58% de aproveitamento. E o prêmio de melhor levantadora foi para Macris (Terracap/BRB/Brasília Vôlei-DF), que teve 31% de aproveitamento em suas tentativas.

Envie seu Comentário