Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
  • Thumbnail

    Grigor Dimitrov espanta zebra e elimina Denis Istomin no Aberto da Austrália

    A brilhante campanha do uzbeque Denis Istomin no Aberto de Tênis da Austrália teve fim nesta segunda-feira (30). Depois de eliminar o sérvio Novak Djokovic, número dois do ranking mundial, e o espanhol Pablo Carreño Busta, 30º cabeça de chave, ele não resistiu ao búlgaro Grigor Dimitrov, 15º favorito, e perdeu por 3 sets...

    0
  • Thumbnail

    Johanna Konta vence Ekaterina Makarova e vai desafiar Serena Williams nas quartas de final na Austrália

    A britânica Johanna Konta segue com seu ótimo desempenho no Aberto de Tênis da Austrália. Nesta segunda-feira (23), ela derrotou a russa Ekaterina Makarova em sets diretos (6/1 e 6/4), em 68 minutos de partida e garantiu um lugar nas quartas de final. Agora, ela vai enfrentar a norte-americana Serena Williams, que mais cedo...

    0
  • Thumbnail

    Marcelo Melo perde para ex-parceiro e é eliminado nas duplas na Austrália

    Campeões do Aberto da França de 2015 e vice-campeões em Wimbledon em 2013, além de outros cinco títulos em mais 11 finais disputadas, o brasileiro Marcelo Melo e o croata Ivan Dodig se reencontraram nesta segunda-feira (23), mas não para reviver a vitoriosa parceria. Em confronto válido pelas oitavas de final do Aberto de...

    0
  • Thumbnail

    Serena Williams bate Strýcová e está nas quartas de final na Austrália

    Em um jogo repleto de quebras de saque, a norte-americana Serena Williams derrotou a tcheca Barbora Strýcová por 2 sets a 0, parciaisde 7/5 e 6/4, em 1h46 de partida disputada nesta segunda-feira (23) e garantiu vaga nas quartas de final do Aberto de Tênis da Austrália. Com 22 títulos de Grand Slam, seis...

    0
  • Thumbnail

    Los Angeles Lakers sofre pior derrota da história na NBA

    O Los Angeles Lakers sofreu neste domingo (22), sua pior derrota na história da NBA. Jogando fora de casa, o dono de 16 título da liga perdeu para o Dallas Mevericks por 122 a 73, uma diferença de 49 pontos, que foi construída especialmente no segundo período, quando o time do Texas marcou impressionantes...

    0

Grigor Dimitrov espanta zebra e elimina Denis Istomin no Aberto da Austrália

23 de janeiro de 2017 0

A brilhante campanha do uzbeque Denis Istomin no Aberto de Tênis da Austrália teve fim nesta segunda-feira (30). Depois de eliminar o sérvio Novak Djokovic, número dois do ranking mundial, e o espanhol Pablo Carreño Busta, 30º cabeça de chave, ele não resistiu ao búlgaro Grigor Dimitrov, 15º favorito, e perdeu por 3 sets a 1, com parciais de 2/6, 7/6 (2), 6/2 e 6/1, em 2h24 de partida.

Pela segunda vez, Dimitrov disputará quartas de final na Austrália - Divulgação/@AustralianOpen

Pela segunda vez, Dimitrov disputará quartas de final na Austrália – Divulgação/@AustralianOpen

Com um aproveitamento de 40% dos pontos na devolução de saque, Dimitrov conseguiu aproveitar quatro dos sete break points que teve à sua disposição e, depois de dois sets iniciais com dificuldades, acabou dominando e garantiu vaga nas quartas de final em Melbourne, pela segunda vez na carreira. Na anterior, em 2014, foi derrotado pelo espanhol Rafael Nadal.

Número 117 do mundo, Istomin ganhará 180 pontos no ranking - Divulgação/@AustralianOpen

Número 117 do mundo, Istomin ganhará 180 pontos no ranking – Divulgação/@AustralianOpen

Na próxima rodada, Dimitrov vai enfrentar o belga David Goffin, 11º pré-classificado, que eliminou o austríaco Dominic Thiem, oitavo, por 3 a 1, parciais de 5/7, 7/6 (4), 6/2 e 6/2, em 2h43 de jogo.

Esta será a primeira vez que Goffin disputará as quartas na Austrália e a segunda em um Grand Slam. No ano passado, ele perdeu para o próprio Thiem em Roland Garros e ficou fora da semifinal. O resultado de hoje ainda garantiu ao belga um lugar no Top 10 da ATP, algo inédito em sua carreira.

Campanha na Austrália colocará Goffin no Top 10 - Divulgação/@AustralianOpen

Campanha na Austrália colocará Goffin no Top 10 – Divulgação/@AustralianOpen

O histórico de confrontos entre Grigor Dimitrov e David Goffin aponta quatro jogos, todos com vitórias do búlgaro. Foram duas partidas em torneios Future, uma em um Challenger e a mais importante de todas na terceira rodada do Aberto dos Estados Unidos de 2014.

Johanna Konta vence Ekaterina Makarova e vai desafiar Serena Williams nas quartas de final na Austrália

23 de janeiro de 2017 0

A britânica Johanna Konta segue com seu ótimo desempenho no Aberto de Tênis da Austrália. Nesta segunda-feira (23), ela derrotou a russa Ekaterina Makarova em sets diretos (6/1 e 6/4), em 68 minutos de partida e garantiu um lugar nas quartas de final. Agora, ela vai enfrentar a norte-americana Serena Williams, que mais cedo derrotou a tcheca Barbora Strýcová.

Konta faz ótima campanha na Austrália - Divulgação/@AustralianOpen

Konta faz ótima campanha na Austrália – Divulgação/@AustralianOpen

O começo de jogo de Konta foi arrasador e com uma quebra de saque no segundo game, ela abriu 3/0 de vantagem. Um novo break no sexto jogo encaminhou a vitória por 6/1. Logo depois, no começo da segunda parcial, a britânica teve o saque quebrado no terceiro game e ficou 4/1 abaixo, após Makarova confirmar o serviço.

Quando a partida parecia se encaminhar para um terceiro e decisivo set, Johanna Konta voltou a dominar e ganhou cinco games seguidos, fechando o jogo em 6/4. Em quatro confrontos até agora, ela ainda não perdeu sets na competição, onde foi semifinalista na temporada passada.

Marcelo Melo perde para ex-parceiro e é eliminado nas duplas na Austrália

23 de janeiro de 2017 0

Campeões do Aberto da França de 2015 e vice-campeões em Wimbledon em 2013, além de outros cinco títulos em mais 11 finais disputadas, o brasileiro Marcelo Melo e o croata Ivan Dodig se reencontraram nesta segunda-feira (23), mas não para reviver a vitoriosa parceria.

Kubot e Melo perderam na 3ª rodada - Divulgação/ATP

Kubot e Melo perderam na 3ª rodada – Divulgação/ATP

Em confronto válido pelas oitavas de final do Aberto de Tênis da Austrália, os dois se enfrentaram e o croata levou a melhor. Ele e o espanhol Marcel Granollers venceram o mineiro e o polonês Łukasz Kubot por 2 a 0, com um duplo 7/6, com placares de 7/5 e / nos dois tie-breaks, após h de partida.

A vitória garantiu Dodig e Granollers nas quartas de final contra os irmãos norte-americanos Bob e Mike Bryan, seis vezes campeões em Melbourne, que eliminaram a parceria formada pelo compatriota Brian Baker e o croata Nikola Mektić por 6/3 e 7/6 (11).

Serena Williams bate Strýcová e está nas quartas de final na Austrália

23 de janeiro de 2017 0

Em um jogo repleto de quebras de saque, a norte-americana Serena Williams derrotou a tcheca Barbora Strýcová por 2 sets a 0, parciaisde 7/5 e 6/4, em 1h46 de partida disputada nesta segunda-feira (23) e garantiu vaga nas quartas de final do Aberto de Tênis da Austrália.

Esta será a 23ª vez de Serena nas quartas de final de um Grand Slam - Divulgação/@AustralianOpen

Esta será a 23ª vez de Serena nas quartas de final de um Grand Slam – Divulgação/@AustralianOpen

Com 22 títulos de Grand Slam, seis deles conquistados em Melbourne, Serena busca recuperar a liderança do ranking mundial da WTA perdida para a alemã Angelique Kerber, que já está eliminada do torneio. Caso consiga seu sétimo troféu, a tenista de 35 anos retomará o posto de número de um do mundo.

Esta foi a vitória de número 780 da carreira de Williams, a 313ª em torneios do Grand Slam. Na próxima rodada, ela vai enfrentar a vencedora do confronto entre a russa Ekaterina Makarova, 30ª na lista de favoritas, e a britânica Johanna Konta, nona.

Los Angeles Lakers sofre pior derrota da história na NBA

22 de janeiro de 2017 0

O Los Angeles Lakers sofreu neste domingo (22), sua pior derrota na história da NBA. Jogando fora de casa, o dono de 16 título da liga perdeu para o Dallas Mevericks por 122 a 73, uma diferença de 49 pontos, que foi construída especialmente no segundo período, quando o time do Texas marcou impressionantes 38 a 11, e foi para o intervalo vencendo por 34 (67 a 33).

Dallas atropelou os Lakers - Divulgação/Glenn James/NBAE via Getty Images

Dallas atropelou os Lakers – Divulgação/Glenn James/NBAE via Getty Images

Antes desta partida, as duas piores derrotas na história dos Lakers aconteceram em 6 de março de 2014, por 142 a 94, para o Los Angeles Clippers e em 28 de março de 2016, por 123 a 75, para o Utah Jazz. Nestes dois jogos, os adversários impuseram 48 pontos ao time da Califórnia.

E o que mais impressiona no resultado é que os Mavericks não tem grande campanha na atual temporada. Esta foi apenas a 15ª vitória em 44 jogos do Dallas, que está em 13º lugar na Conferência Oeste, uma acima do próprio Los Angeles Lakers, que sofreu sua 32 derrota em 48 partidas disputadas.

Barnes encara marcação - Divulgação/Danny Bollinger/NBAE via Getty Images

Barnes encara marcação – Divulgação/Danny Bollinger/NBAE via Getty Images

Para construir a grande vitória, os Mavs contaram com sete jogadores que marcaram 10 ou mais pontos, incluindo três reservas. Nenhum deles conseguiu chegar a um duplo-duplo. O cestinha foi o ala/armador Justin Anderson, que saiu do banco para marcar 19 pontos, cinco a mais que o armador Seth Curry.

Seth Curry organiza ataque dos Mavs - Divulgação/Glenn James/NBAE via Getty Images

Seth Curry organiza ataque dos Mavs – Divulgação/Glenn James/NBAE via Getty Images

Outros três marcaram 13 pontos, cada um, o armador Deron Williams, o ala Wesley Matthews e o alemão Dirk Nowitzki, que atuou como pivô. Já os armadores suplentes Devin Harris e Pierre Jackson marcaram 10 pontos, cada.

Jordan Clarkson foi o melhor dos Lakers - Divulgação/Ty Nowell/Lakers.com

Jordan Clarkson foi o melhor dos Lakers – Divulgação/Ty Nowell/Lakers.com

No Lakers, apenas dois conseguiram ultrapassar a casa dos 10 pontos, mesmo tendo começado entre os titulares. Os armadores Louis Williams, cestinha da equipe com 15, e Jordan Clarkson, autor de 10 tentos. O brasileiro Marcelinho Huertas atuou durante sete minutos, fez um ponto e apanhou dois rebotes.

Com show de Curry e Thompson, Golden State bate Orlando e segue com melhor campanha da NBA

22 de janeiro de 2017 0

Com impressionantes 19 bolas de três pontos, 14 delas da dupla Stephen Curry e Klay Thompson, o Golden State Warriors derrotou neste domingo (22) o Orlando Magic. por 118 a 98, na cada do adversário. Com a vitória, o time Oakland manteve a melhor campanha da temporada da NBA, com apenas seis derrotas em 44 partidas disputadas.

"Splash Brothers" marcaram 17 bolas de três - Divulgação/Andrew D. Bernstein/NBAE via Getty Images

“Splash Brothers” marcaram 17 bolas de três – Divulgação/Andrew D. Bernstein/NBAE via Getty Images

O cestinha da partida foi Curry com 27 pontos. O armador dos Warriors ainda fez seis assistências, pegou quatro rebotes e foi responsável por sete bolas da linha dos três e chegou a 1.760 conversões de fora do perímetro na carreira, alcançando o 13º lugar no ranking histórico da NBA.

Já Thompson, o segundo dos Splash Brothers, fez 21 pontos e ficou com cinco rebotes e a exemplo de Curry converteu sete arremessos de três. Outro destaque foi o ala Kevin Durant, com um duplo-duplo de 15 pontos e 10 rebotes, além de seis assistências realizadas. Mais uma vez, o pivô brasileiro Anderson Varejão não foi relacionado.

Durant marcou duplo-duplo - Divulgação/Fernando Medina/NBAE via Getty Images

Durant marcou duplo-duplo – Divulgação/Fernando Medina/NBAE via Getty Images

Para o Orlando esta foi a 28ª derrota em 46 jogos. Na classificação, o Magic está em 12º lugar no Leste. O armador Elfrid Payton, com um double-double de 23 pontos e 10 assistências foi o melhor do time de Flórida.

Brusque e ADC Bradesco começam com vitória na Superliga B Feminina

22 de janeiro de 2017 0

A quarta edição da Superliga B Feminina de Vôlei teve início no sábado (21) com duas partidas. Em Curitiba (PR), diante de 1.500 torcedores, o Abel/Havan Brusque (SC) venceu uma batalha de cinco sets contra o Clube Curitibano/BRH-Sulflex, com parciais de 29/27, 25/23, 21/25, 22/25 e 15/11), em 2h28 de disputa.

Brusque (de amarelo) venceu Curitibano - Divulgação/Josi Schmidt/Federação Paranaense

Brusque (de amarelo) venceu Curitibano – Divulgação/Josi Schmidt/Federação Paranaense

No outro jogo do dia, em Osasco (SP), o ADC Bradesco (SP) derrotou o ACV/UnoChapecó/Orbenk (SC) por 3 sets a 1 (25/13, 20/25, 25/15 e 25/17), em 1h43 de confronto e assumiu a liderança da competição.

Mais uma partida ainda será disputada pela primeira rodada da Superliga B feminina na próxima terça-feira (24) entre o Grêmio Recreativo Barueri (SP), do técnico José Roberto Guimarães, e o São José dos Pinhais (PR), no Ginásio José Corrêa, em Barueri, às 19h30 (de Brasília). Já o São Bernardo Vôlei (SP) inicia a participação na disputa apenas na segunda rodada.

Hugo Calderano e Gustavo Tsuboi ficam com o vice de duplas do Aberto da Hungria de Tênis de Mesa

22 de janeiro de 2017 0

Os brasileiros Hugo Calderano e Gustavo Tsuboi ficaram com o vice-campeonato da chave de duplas do Aberto da Hungria, etapa de abertura do Circuito Mundial de Tênis de Mesa.

Tsuboi e Calderano ficaram com o vice na Hungria - Divulgação/ITTF

Tsuboi e Calderano ficaram com o vice na Hungria – Divulgação/ITTF

Neste domingo (22), eles foram superados pelos chineses Fang Bo e Zhou Yu por 3 a 1, parciais de 11/6, 6/11, 11/8 e 11/8 e não conseguiram repetir a conquista do título do Aberto da Suécia, em novembro do ano passado.

Angelique Kerber perde para Coco Vandeweghe e dá adeus ao bi na Austrália

22 de janeiro de 2017 0

E depois da eliminação do número um do mundo do ranking mundial masculino, o britânico Andy Murray, foi a vez da líder do ranking feminino, a alemã Angelique Kerber dar adeus ao Aberto de Tênis da Austrália nas oitavas de final. Neste domingo (22), no encerramento da rodada, a atual campeã perdeu para a norte-americana Coco Vandeweghe, 35ª da classificação da WTA, por 2 a 0, com um duplo 6/3, em apenas 68 minutos de partida.

Coco Vandeweghe disputará quartas de final de Grand Slam pela segunda vez - Divulgação/Ben Solomon/Tennis Australia

Coco Vandeweghe disputará quartas de final de Grand Slam pela segunda vez – Divulgação/Ben Solomon/Tennis Australia

Agressiva desde o começo, Vandeweghe quebrou o saque de Kerber em duas oportunidades no primeiro set, no quarto e sexto games e fez 6/2, com 16 pontos marcados através de winners. Na segunda parcial, a alemã deu sinais de que poderia se recuperar e quebrou o serviço da norte-americana na abertura e chegou a liderar em 3/1, mas novamente foi quebrada, cedeu o empate e sofreu mais um break no oitavo game. Logo depois, Coco teve apenas que confirmar seu serviço para garantir vaga nas quartas de final, pela segunda vez na carreira. Com a derrota, Kerber poderá perder a liderança do ranking mundial para a norte-americana Serena Williams, caso ela seja campeã.

Kerber defendia título em Melbourne - Divulgação/Ben Solomon/Tennis Australia

Kerber defendia título em Melbourne – Divulgação/Ben Solomon/Tennis Australia

Na próxima rodada, Vandeweghe vai encarar a espanhola Garbiñe Muguruza, sétima na lista de favoritas, que mais cedo derrotou a romena Sorana Cîrstea.

Até hoje, elas jogaram três vezes e a vantagem é da norte-americana, com duas vitórias, ambas na grama em 2014, nas quartas de final do WTA de ‘s-Hertogenbosch, na Holanda, e na primeira rodada de Wimbledon. Já no último encontro, na segunda rodada de Cincinnati, nos Estados Unidos, no ano passado, Muguruza foi a vencedora.

* Atualizado às 14h07

Roger Federer vence Kei Nishikori e vai encarar zebra alemã nas quartas de final na Austrália

22 de janeiro de 2017 0

Ele definitivamente está de volta. Independente do resultado final do Aberto de Tênis da Austrália já é possível dizer que o suíço Roger Federer está recuperado da cirurgia que o deixou afastado das quadras por meio ano. Depois de boas atuações na Copa Hopman, no começo do mês, o tenista de 35 anos garantiu neste domingo (22), pela 13ª vez em 18 participações, uma vaga nas quartas de final do torneio.

Federer faz excelente torneio - Divulgação/@AustralianOpen

Federer faz excelente torneio – Divulgação/@AustralianOpen

Quatro vezes campeão em Melbourne, a última delas em 2010, Federer derrotou o japonês Kei Nishikori, quinto do mundo, por 3 a 1, parciais de 6/7 (4), 6/4, 6/1, 4/6 e 6/3, em 3h23 de partida. Depois de um jogo quase perfeito diante do tcheco Tomáš Berdych, 10º do mundo, na terceira rodada, o dono de 17 troféus de Grand Slam voltou a mostrar um jogo agressivo e com 83 winners (bolas vencedoras) e 24 aces conseguiu superar o adversário.

Na carreira, Federer tem 1.084 vitórias, 311 em Grand Slams - Divulgação/@AustralianOpen

Na carreira, Federer tem 1.084 vitórias, 311 em Grand Slams – Divulgação/@AustralianOpen

Agora, Federer se prepara para enfrentar o alemão Mischa Zverev, 50º do ranking mundial, que surpreendeu ao eliminar o britânico Andy Murray, número um do mundo. Este será o terceiro confronto entre eles e o suíço tentará manter-se invicto. Nas duas vezes anteriores, nas quartas de final do Masters de Roma, em 2009, e nas quartas de final do ATP 500 de Halle, na Alemanha, em 2013, ele venceu sem perder sets.

No último jogo contra Federer, Mischa perdeu por duplo 6/0 - Divulgação/@AustralianOpen

No último jogo contra Federer, Mischa perdeu por duplo 6/0 – Divulgação/@AustralianOpen

Com a vitória deste domingo, Roger Federer ampliou algumas marcas históricas em  sua carreira. Agora, ele soma 311 triunfos em jogos de Grand Slam e é o maior vencedor no masculino, com um resultado positivo a menos que a norte-americana Serena Williams, líder entre todos os tenistas. Além disso, ele agora acumula 1.084 vitórias e é o terceiro maior ganhador de todos os tempos, atrás do norte-americano Jimmy Connors (1.256) e do australiano Rod Laver (1.248), após ultrapassar Bill Tilden, dos Estados Unidos, que venceu 1.083 partidas.