Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
  • Thumbnail

    Invicto, Brasil chega à decisão do Sul-Americano Sub-18 de Vôlei Feminino

    O Brasil derrotou a Argentina, por 3 a 0, parciais de 25/18, 25/16 e 25/18, 1h34 de jogo disputado neste sábado (27), em Lima, no Peru, e garantiu um lugar na decisão do Campeonato Sul-Americano Sub-18 de Vôlei Feminino. Com o resultado, o time dirigido por Maurício Thomas ainda assegurou vaga no mundial da...

    0
  • Thumbnail

    Em Winston-Salem, Pablo Carreño Busta conquista primeiro título de ATP

    O espanhol Pablo Carreño Busta conquistou neste sábado (27), o primeiro título de ATP de sua carreira. Na decisão do ATP 250 de Winston-Salem, Carolina do Norte, Estados Unidos, o 49º do ranking mundial derrotou o compatriota Roberto Bautista Agut, 17º, por 2 a 1, com parciais de 6/7 (6), 7/6 (1) e 6/4,...

    0
  • Thumbnail

    Agnieszka Radwańska é campeã em New Haven

    A polonesa Agnieszka Radwańska sagrou-se campeã do WTA de New Haven, nos Estados Unidos. Neste sábado (27), ela derrotou a ucraniana Elina Svitolina em sets diretos, parciais de 6/1 e 7/6 (3), em 1h36 de partida e conquistou o 19º título da carreira, o segundo na temporada. Número quatro do ranking mundial,  Aga venceu...

    0
  • Thumbnail

    Seleção Brasileira feminina sub-18 de Vôlei vence o Chile e segue 100% no Sul-Americano

    A Seleção Brasileira feminina sub-18 de Vôlei manteve sua invencibilidade no 20º Campeonato Sul-Americano da categoria que acontece em Lima, no Peru. Na quinta-feira (25), o Brasil venceu o Chile em três sets (25/12, 25/14 e 25/9), em 1h15 de jogo e chegou aos seis pontos no grupo “A”. No outro jogo da chave,...

    0
  • Thumbnail

    Seleção Brasileira sub-19 masculina de Vôlei vence amistoso contra a Argentina

    A Seleção Brasileira sub-19 masculina de Vôlei derrotou a Argentina, na quinta-feira (25), em amistoso disputado no Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), em Saquarema (RJ). Com parciais de 25/23, 18/25, 24/26, 25/20 e 15/11, o time comandado por Léo Carvalho venceu o primeiro dos três confrontos preparatórios ao Campeonato Sul-Americano da categoria, que...

    0

Invicto, Brasil chega à decisão do Sul-Americano Sub-18 de Vôlei Feminino

27 de agosto de 2016 0

O Brasil derrotou a Argentina, por 3 a 0, parciais de 25/18, 25/16 e 25/18, 1h34 de jogo disputado neste sábado (27), em Lima, no Peru, e garantiu um lugar na decisão do Campeonato Sul-Americano Sub-18 de Vôlei Feminino. Com o resultado, o time dirigido por Maurício Thomas ainda assegurou vaga no mundial da categoria em 2017, que acontecerá na Argentina.

Brasileiras comemoram vaga na final - Divulgação/CSV

Brasileiras comemoram vaga na final – Divulgação/CSV

Para buscar o título, a equipe brasileira precisará derrotar o time da casa, que na outra semifinal bateu a Colômbia por 3 a 1, parciais de 25/21, 22/25, 25/18 e 25/2, e também manteve a invencibilidade na competição.

Diante das argentinas, o bloqueio brasileiro foi fundamental no triunfo com 12 pontos neste fundamento contra apenas dois das adversárias. As ponteiras Julia Bergmann e Mariana Bambrilla se destacaram e, com 15 acertos cada uma, foram as maiores pontuadoras do confronto.

Brasileiras já estão no Mundial - Divulgação/CSV

Brasileiras já estão no Mundial – Divulgação/CSV

A decisão do Sul-Americano está programada para o domingo (28), às 21h05 (de Brasília), no ginásio Manuel Bonilla. O jogo será transmitido pelo site da Confederação Sul-Americana de Vôlei (CSV). Clique aqui e acompanhe.

Em Winston-Salem, Pablo Carreño Busta conquista primeiro título de ATP

27 de agosto de 2016 0

O espanhol Pablo Carreño Busta conquistou neste sábado (27), o primeiro título de ATP de sua carreira. Na decisão do ATP 250 de Winston-Salem, Carolina do Norte, Estados Unidos, o 49º do ranking mundial derrotou o compatriota Roberto Bautista Agut, 17º, por 2 a 1, com parciais de 6/7 (6), 7/6 (1) e 6/4, depois de 2h34 de partida.

Carreño Busta e seu primeiro troféu de ATP -   Foto: Reprodução/Twitter/@WS Open

Carreño Busta e seu primeiro troféu de ATP – Foto: Reprodução/Twitter/@WS Open

Aos 25 anos, o tenistas nascido em Gijón vinha de dois vices nesta temporada. Em fevereiro, ele perdeu a final do Brasil Open para o uruguaio Pablo Cuevas, e em maio, foi superado pelo compatriota Nicolás Almagro na decisão do Aberto do Estoril, Portugal.

Pela conquista, Carreño Busta ficou com um prêmio de US$ 85.625, além dos 250 pontos na classificação da ATP. O vice rendeu 150 pontos e mais US$ 48.750 para Bautista Agut.

Agnieszka Radwańska é campeã em New Haven

27 de agosto de 2016 0

A polonesa Agnieszka Radwańska sagrou-se campeã do WTA de New Haven, nos Estados Unidos. Neste sábado (27), ela derrotou a ucraniana Elina Svitolina em sets diretos, parciais de 6/1 e 7/6 (3), em 1h36 de partida e conquistou o 19º título da carreira, o segundo na temporada.

Radwanska e o troféu de New Haven - ~Foto: Reprodução/Twitter/@connecticutopen

Radwanska e o troféu de New Haven – ~Foto: Reprodução/Twitter/@connecticutopen

Número quatro do ranking mundial,  Aga venceu o torneio sem perder sets, em suas quatro apresentações. Pela vitória, ela levou um prêmio de US$ 130.300 e mais 470 pontos na classificação da WTA.

Seleção Brasileira feminina sub-18 de Vôlei vence o Chile e segue 100% no Sul-Americano

26 de agosto de 2016 0

A Seleção Brasileira feminina sub-18 de Vôlei manteve sua invencibilidade no 20º Campeonato Sul-Americano da categoria que acontece em Lima, no Peru. Na quinta-feira (25), o Brasil venceu o Chile em três sets (25/12, 25/14 e 25/9), em 1h15 de jogo e chegou aos seis pontos no grupo “A”. No outro jogo da chave, a Colômbia bateu a Bolívia por 3 a 0 (25/16, 25/21 e 25/23) e agora soma cinco pontos.

Julia Bergmann foi a maior pontuadora contra o Chile - Divulgação/FPV

Julia Bergmann foi a maior pontuadora contra o Chile – Divulgação/FPV

Com 17 acertos (13 de ataque, dois de bloqueio e dois de saque), a ponteira Julia Bergmann foi a maior pontuadora do confronto. A oposta Mayra, com 10 pontos, foi outro destaque do time treinado por Maurício Thomas, que elogiou o desempenhode seu time.

“Fizemos uma grande partida. As meninas estavam comprometidas do começo ao fim do jogo. Nós sabíamos que o time do Chile iria arriscar muito no saque, mas conseguimos controlar bem a recepção. O nosso foco agora é sair em primeiro na chave, temos que já pensar no próximo jogo”.

Brasileiras ainda não perderam sets - Divulgação/FPV

Brasileiras ainda não perderam sets – Divulgação/FPV

Nesta sexta-feira (26), Brasil e Colômbia irão se enfrentar na disputa da liderança da chave. A partida está marcada para às 17h (de Brasília). As duas equipes já estão classificadas para às semifinais.

Demais resultados:

Grupo “B” -

Argentina 3 x 0 Venezuela – 25/05, 25/07 e 25/14

Peru 3 x 0 Uruguai – 25/15, 25/12 e 25/13

Seleção Brasileira sub-19 masculina de Vôlei vence amistoso contra a Argentina

26 de agosto de 2016 0

A Seleção Brasileira sub-19 masculina de Vôlei derrotou a Argentina, na quinta-feira (25), em amistoso disputado no Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), em Saquarema (RJ). Com parciais de 25/23, 18/25, 24/26, 25/20 e 15/11, o time comandado por Léo Carvalho venceu o primeiro dos três confrontos preparatórios ao Campeonato Sul-Americano da categoria, que começa no final de setembro no Peru.

Brasileiros venceram o primeiro amistoso da série de três contra argentinos - Divulgação/Inovafoto/CBV

Brasileiros venceram o primeiro amistoso da série de três contra argentinos – Divulgação/Inovafoto/CBV

Para o treinador brasileiro, o objetivo é dar experiência à equipe.

“O objetivo destes amistosos é dar mais experiência internacional aos atletas. Poderemos avaliar o desempenho de cada um, conhecer melhor nosso maior adversário sul-americano e analisar o que precisará ser trabalhado nas próximas quatro semanas de treinamento que teremos até a disputa do campeonato continental”.

Nesta sexta-feira (26) os dois times voltam à quadra também às 15h30 (de Brasília). Já a terceira partida será disputada no sábado (27), às 16 horas.

Na primeira competição pós-Rio 2016, três campeãs olímpicas vencem na Liga Diamante

25 de agosto de 2016 0

Na primeira competição do Atletismo, depois dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, 27 medalhistas estiveram em ação nesta quinta-feira (25) na 11ª etapa da Liga Diamante, em Lausanne, na Suíça. Dezoito deles voltaram ao pódio, mas outros nove não conseguiram repetir o desempenho no Meeting Athletissima.

Campeã do salto triplo, a colombiana Caterine Ibarguen precisou de apenas 14,76m para vencer a prova. Bronze no Rio, a cazaque Olga Rypakova saltou 14,53m e garantiu a segunda posição, à frente da grega Paraskevi Papachristou, oitava colocada na Olimpíada, que fez 14,14m para ficar em terceiro.

Ibarguen confirmou favoritismo - Divulgação/©Keystone /Athletissima

Ibarguen confirmou favoritismo – Divulgação/©Keystone /Athletissima

A jamaicana Elaine Thompson ficou a 0seg07 da marca que lhe deu o ouro olímpico nos 100 m e com 10s78 foi a primeira colocada da prova, superando as norte-americanas Jenna Prandini (11seg11) e Morolake Akinosun (11seg16).

Elaine Thompson venceu 100 m - Divulgação/IAAF

Elaine Thompson venceu 100 m – Divulgação/IAAF

Nos 400 m com barreiras, a norte-americana Dalilah Muhammad fez 53seg78, 0seg65 acima do tempo que lhe garantiu o título no Rio de Janeiro e manteve a sequência vitoriosa. A britânica Eilidh Doyle, oitava na final olímpica, fez 54seg45 e ficou em segundo. Já a vice-campeã olímpica, a dinamarquesa Sara Petersen fez 54seg98 e acabou na terceira posição. Bronze no Rio, a norte-americana Asley Spencer foi apenas a sexta colocada.

Campeã olímpica, Dalilah Muhammad venceu os 400 m com barreiras - Divulgação/©Keystone /Athletissima

Campeã olímpica, Dalilah Muhammad venceu os 400 m com barreiras – Divulgação/©Keystone /Athletissima

Um pódio dos Jogos Rio 2016 se repetiu em Lausanne, porém com inversão entre o primeiro e o segundo lugar. Nos 110 m com barreiras masculino, o espanhol Orlando Ortega, vice-campeão olímpico, fez 13seg11 e superou o campeão, o jamaicano Omar McLeod, por  0seg01. O francês Dimitri Bascou repetiu a terceira posição ao marcar 13seg23.

Ortega (esquerda) venceu duelo com McLeod - Divulgação/IAAF

Ortega (esquerda) venceu duelo com McLeod – Divulgação/IAAF

O jamaicano Asafa Powell correu os 100 m rasos em 9seg96 e superou o marfinense Ben Youssef Meïte, sexto no Rio, que marcou 10seg01 e superou por 0seg05, o britânico Joel Fearon. Já nos 200 m, o holandês Churandy Martina, quinto colocado na final olímpica, venceu com 19seg81 e quebrou o recorde nacional. O panamenho Alonso Edwards, finalista da Rio-16, fez 19seg92 e acabou em segundo, à frente do jamaicano Julian Forte (20seg16).

Martina venceu os 200 m - Divulgação/©Keystone /Athletissima

Martina venceu os 200 m – Divulgação/©Keystone /Athletissima

Após a polêmica final do salto com vara, quando foi superado pelo brasileiro Thiago Braz, o francês Renaud Lavillenie voltou a amargar uma segunda posição. Com 5,72 m, ele ficou 20 centímetros atrás do norte-americano Sam Kendricks, bronze nos Jogos Olímpicos. O polonês Piotr Lisek também saltou 5,72 m e dividiu a segunda posição com o atual recordista mundial.

Kendricks levou o salto em altura - Divulgação/IAAF

Kendricks levou o salto em altura – Divulgação/IAAF

Demais resultados:

400m com barreiras masculino -

Ouro: Rasmus Mägi (EST) 48seg59

Prata: Nicholas Nett (QUE) 48seg68

Bronze: Sergio Fernández (ESP) 49seg22

Lançamento do disco masculino -

Ouro: Philip Milanov (BEL) 65,61m

Prata: Lukas Weisshaudunger (AUT) 64,84m

Bronze: Zoltán Kovagó (HUN) 64,52m

Arremesso do dardo feminino -

Ouro: Madara Palameika (LET) 65,29m

Prata: Barbora Spotáková (CZE) 64,48m

Bronze: Tatsiana Khaladovivh (BLR) 64,15m

Arremesso do peso feminino -

Ouro: Valerie Adams (NZL) 19,94m

Prata: Michelle Carter (EUA) 19,49m

Bronze: Christina Schwanitz (ALE) 19,35m

3.000m com obstáculos feminino -

Ouro: Genzebe Dibaba (ETI) 8min31seg84 – recorde do campeonato -

Prata: Hellen Obiri (QUE) 8min33seg96

Bronze: Mercy Cherono (QUE) 8min34seg49

800m rasos feminino -

Ouro: Francine Niyonsaba (BOT) 1min57seg71

Prata: Eunice Jepkoech Sum (QUE) 1min58seg41

Bronze: Lynsey Sharp (GBR) 1min58seg52

100m com barreiras feminino -

Ouro: Kendra Harriosn (EUA) 12seg42

Prata: Dawn Harper-Nelson (EUA) 12seg71

Bronze: Jasmin Stowers (EUA) 12seg75

400m com barreiras masculino -

Ouro: LaShawn Merritt (EUA) 44seg50

Prata: Steven Gardiner (BAH) 44seg75

Bronze: Liemarvin Bonevacia (HOL) 45seg26

3.000m com obstáculos masculino -

Ouro: Abraham Kibiwott (QUE) 8min09seg58

Prata: Nicholas Bett (QUE) 8min10seg07

Bronze: Abel Kiprop Mutai (QUE) 8min17seg88

Salto em distância feminino -

Ouro: Ivana Spanovic (SER) 6,83m

Prata: Lorraine Ugen (GBR) 6,71m

Bronze: Darya Klishina (RUS) 6,50m

Salto em altura masculino -

Ouro: Mutaz Essa BArshim (CAT) 2,35m

Prata: Robbie Grabarz (GBR) 2,32m

Bronze: Erik Kynard (EUA) 2,32m

1.000m rasos masculino -

Ouro: Ayanleh Souleiman (DJI) 2min13seg49 – melhor marca do ano -

Prata: Robert Biwott (QUE) 2min13seg89

Bronze: Jonathan Kitlit (QUE) 2min13seg95

Após ótima campanha nos Jogos Rio 2016, Hugo Calderano atinge melhor ranking de um mesa-tenista latino-americano

25 de agosto de 2016 0

O brasileiro Hugo Calderano atingiu o melhor resultado de um mesa-tenista latino-americano no ranking da Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF). Após a boa campanha nos Jogos Olímpicos Rio 2016, quando foi eliminado nas oitavas de final, o carioca de 20 anos passou a ocupar a 31ª posição, melhor colocação já atingida por um jogador da América Latina, superando o 33º lugar do paulista Gustavo Tsuboi, em novembro de 2014.

Calderano fez história na Rio 2016 - Divulgação/Christian Martinez/CBTM

Calderano fez história na Rio 2016 – Divulgação/Christian Martinez/CBTM

Medalha de ouro nos Jogos Pan-americanos de Toronto, no Canadá, no ano passado, quando ainda levou o título por equipes, Calderano comemorou a marca.

“Fiquei muito feliz com essa nova posição. Vinha treinando bem há algum tempo, mas não tinha subido no ranking. Agora, isso me dá muita motivação e confiança para os meus próximos campeonatos e também para a Liga Alemã. A Copa do Mundo, que vai ser meu próximo evento internacional, vai ser uma outra boa oportunidade para competir com os melhores do mundo”.

Fonte: Confederação Brasileira de Tênis de Mesa 

Fabiana Murer anuncia aposentadoria

25 de agosto de 2016 0

Campeã mundial de salto com vara em 2001 e vice em 2015, campeã mundial indoor em 2010 e bronze em 2008, medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de 2007 e duas vezes medalhista de prata em 2011/15, a paulista Fabiana Murer anunciou nesta quinta-feira (25) sua aposentadoria.

Murer foi campeã mundial 2011 - Divulgação/IAAF

Murer foi campeã mundial 2011 – Divulgação/IAAF

Aos 35 anos, a dona dos recordes brasileiro e sul-americano saltando 4,87 m na disputa do Troféu Brasil em São Bernardo do Campo, São Paulo, em julho deste ano, disputou sua última competição nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Porém, com uma hérnia cervical diagnosticada não conseguiu superar a lesão e não passou da fase eliminatória de sua terceira Olimpíada.

Durante entrevista coletiva, na manhã de hoje, ela falou sobre sua decisão.

” Eu não compito mais. A Olimpíada foi a minha última competição. Acho que não salto mais. Eu consegui desenvolver uma prova que não tinha tradição nenhuma no Brasil. E agora o mundo sabe que é uma prova forte no Brasil”.

Fabiana Murer disputou três Olimpíadas - Divulgação/CBAt

Fabiana Murer disputou três Olimpíadas – Divulgação/CBAt

Mesmo sem ter conseguido uma medalha olímpica, Murer encerra sua carreira como uma das maiores atletas brasileiras dos últimos anos. A partir de agora, ela passará a ser manager institucional da equipe BM&F Bovespa, de São Caetano do Sul (SP), clube que defendeu ao longo dos anos.

Fabiano de Paula cai diante de favorito no Challenger de Manerbio

25 de agosto de 2016 0

O brasileiro Fabiano de Paula foi eliminado nesta quinta-feira (25), nas oitavas de final do ATP Challenger de Manerbio, cidade localizada na província de Bréscia, na Itália. Diante do segundo cabeça de chave, o japonês Taro Daniel, 104º do mundo, ele perdeu em sets diretos (6/1 e 6/3), em 1h12 de partida.

Fabiano perdeu para o segundo favorito - Divulgação

Fabiano perdeu para o segundo favorito – Divulgação

Número 208 do ranking mundial da ATP, em fevereiro do ano passado, o carioca vem enfrentando dificuldades no momento e ocupa apenas a 911ª colocação.

Polícia Federal investiga desvios de recursos públicos cedidos a confederações esportivas

24 de agosto de 2016 0

A Polícia Federal cumpriu nesta quarta-feira (24) 16 mandados judiciais de busca e apreensão, em uma investigação sobre desvios de recursos públicos cedidos a confederações esportivas. A Operação Nemeus cumpre um mandado de prisão preventiva, contra Sérgio Borges, dono da empresa SB Marketing, quatro de condução coercitiva e oito de busca e apreensão, nas confederações brasileiras de Tiro Esportivo e Taekwondo.

No último sábado, Carlos Fernandes esteve com presidente do COB, Carlos Nuzman, durante finais do Taekwondo - Divulgação/CBTKD

No último sábado, Carlos Fernandes esteve com presidente do COB, Carlos Nuzman, durante finais do Taekwondo – Divulgação/CBTKD

Além disso, há uma notificação judicial de afastamento do presidente da Confederação Brasileira de Taekwondo (CBTKD), Carlos Fernandes. Os mandados estão foram cumpridos nas cidades do Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Manaus e Caxias do Sul.

Segundo a Polícia Federal, pessoas dentro das confederações vêm desviando recursos cedidos pelo Ministério do Esporte, por meio de convênios. Os policiais investigam fraudes em licitações com o uso de documentos falsos, a fim de realizar contratações e aquisições por preços muito acima do mercado.